29 de setembro de 2008, 15:51

Na TV: João Henrique parte para cima de ACM Neto

O programa do candidato à reeleição João Henrique iniciou de uma maneira inusitada. Após a mensagem “Caro eleitor, você que, com certeza, não vai votar em ACM Neto, pode ficar tranqüilo, você não está sozinho”, foi mostrada uma entrevista do deputado federal Márcio Marinho (PR), vice na chapa de ACM Neto, sendo entrevistado no programa “Se Liga Bocão” e afirmando que não votará no candidato democrata. O candidato a vice diz que já escolheu seu candidato e, depois de ser perguntado pelo apresentador se este seria ACM Neto, responde “com certeza, não”. A entrevista deve ter sido realizada antes da formação da chapa, mas não deixa de ser curiosa a resposta do bispo Márcio Marinho.

29 de setembro de 2008, 15:47

Candidato a concurso do TRT pode se inscrever para mais de um cargo

Quem está interessado em prestar concurso para servidor do TRT5 pode se inscrever para mais de um cargo, desde que não haja coincidência nos horários de aplicação das provas, e que faça as inscrições e pague a taxa para cada cargo/área/especialidade. As inscrições são feitas exclusivamente via internet pelo site da Cesp/UnB (www.cespe.unb.br/concursos/trt5regiao2008), empresa encarregada de realizar o concurso, e vão até a próxima terça-feira, 7 de outubro.

29 de setembro de 2008, 15:26

EXCLUSIVO: Geddel promete auditoria no Ibope em mais uma estratégia para vacinar público contra resultado de próxima pesquisa

O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, disse há pouco ao jornalista Ricardo Noblat, de Brasília, que o PMDB baiano vai pedir uma auditoria nas pesquisas do Ibope.

“Não é possível que resultados de pesquisas do Ibope comecem a circular antes mesmo de elas serem aplicadas. E que os resultados que circulam se confirmem mais tarde”, disse Geddel.

A maior preocupação do PMDB é com um anunciado crescimento do candidato do PT a prefeito, Walter Pinheiro. Segundo comentários, ele teria assumido o segundo lugar.

Desde ontem, o PMDB busca criar uma vacina no eleitorado e na opinião pública contra o resultado do próximo Ibope, que, segundo antecipado na semana passada pelo Política Livre (ver nota), será divulgado logo mais à noite na TV Bahia.

Ao chegar ontem para o debate da TV Itapoan, o prefeito João Henrique deu uma desqualificada na próxima pesquisa do instituto, mesma estratégia usada hoje pela manhã, através de sua assessoria, pelo presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima.

O Política Livre apurou que o ministro está indignado com o Ibope desde a pesquisa anterior, em que o prefeito apareceu em quarto lugar. O problema é que na sondagem passada, à tarde, os números, exatamente como divulgados à noite, chegaram a Geddel.

Irritado, o ministro ligou para a direção do instituto e protestou, mas não houve reação. Hoje, em O Globo, o candidato do PV a prefeito do Rio, Fernando Gabeira, acusa o instituto de manipular dados em sua sede em Salvador (ver nota).

Os números apresentados pelo Ibope sobre a sucessão carioca teriam prejudicado a escolha de Gabeira para conceder uma entrevista na retransmissora da Globo. “Acho que o Gabeira tem razão”, disse Geddel a Noblat.

29 de setembro de 2008, 15:01

Debate: candidatos são hostilizados na saída da TV Itapoan

No final do debate de ontem à noite na TV Itapoan, os adversários do prefeito João Henrique (PMDB) foram hostilizados na saída da emissora com vaias e xingamentos. O candidato petista Walter Pinheiro (PT) foi taxado de “traidor” pelos apoiadores do prefeito, o candidato tucano, Antônio Imbassahy, do PSDB, foi chamado de “mentiroso” e o candidato democrata, ACM Neto, foi fortemente vaiado. O prefeito fez questão de falar com populares que até as 22h30, hora do término do debate, permaneceram no local, dividindo o espaço com militantes do PT, do PSDB, do DEM e do PSOL.

29 de setembro de 2008, 14:59

Debate: Hilton Coelho provoca risos nos bastidores ao falar do hotel Hilton

Houve vários momentos de descontração no debate da TV Itapoan. O candidato do PSOL, Hilton Coelho, provocou risos nos candidatos e convidados presentes ao estúdio ao criticar a construção do hotel Hilton no centro da cidade. A reação dos presentes foi provocada porque o prefeito João Henrique (PMDB), no debate da TV Aratu, passou a chamar Hilton Coelho de Rilton, mesma maneira com que se pronuncia o nome da rede de hotéis americana.

29 de setembro de 2008, 14:58

Debate: Nos bastidores Miguel Kertzman chamou prefeito de cínico

A declaração do prefeito João Henrique de que PT e PSDB teriam colaborado na elaboração do PDDU (Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano) gerou fortes reações no candidato a vice na chapa de Antônio Imbassahy, Miguel Kertzman (PPS), e na vereadora Olívia Santana (PC do B), presentes no estúdio da TV Itapoan, ontem. Kertzman chegou a chamar o prefeito de “cínico” pelas declarações do candidato peemedebista.

29 de setembro de 2008, 11:19

Carmem Gandarela diz que prefeita de Madre de Deus se deu mal em debate

A assessoria da candidata do PT à Prefeitura de Madre de Deus, Carmem Gandarela, se diverte com o que chama de repercussão negativa da atuação da prefeita Nita Brito (PMDB) no debate de quinta-feira numa rádio local. Segundo assessores da petista, durante o debate, a prefeita, candidata à reeleição, teria mostrado desconhecimento sobre contratos assinados pela própria Prefeitura. O impacto do confronto entre as duas candidatas à Prefeitura de Madre de Deus também teria sido sentido no corpo-a-corpo que a prefeita fez ontem no bairro do Suape, situações em que reunia centenas de simpatizantes à sua candidatura.

29 de setembro de 2008, 10:09

Gabeira acusa Ibope de usar sede de Salvador para manipular pesquisas

Está no jornal O Globo de hoje e foi reproduzido pelo blog do Noblat: “Um dia depois de Ibope e Datafolha divergirem sobre a diferença de intenções de voto entre sua candidatura e a de Marcelo Crivella (PRB), o candidato a prefeito Fernando Gabeira (PV) resolveu detalhar ontem uma acusação que vem fazendo desde o início da campanha. Disse que o instituto usa sua sede em Salvador como fachada para receber os pagamentos do PMDB, que encomendou pesquisas no Estado do Rio.

Em troca, disse Gabeira, o Ibope usaria as margens de erro para manipular seu desempenho, estimulando um cenário de segundo turno entre Marcelo Crivella (PRB) e Eduardo Paes, candidato do PMDB. O Ibope apontou uma diferença de 14 pontos dele para Crivella, enquanto o Datafolha são apenas três pontos.

— Nossos advogados estão acompanhando o trabalho do Ibope desde que descobrimos que o instituto é contratado pelo PMDB para fazer pesquisas diárias. (…) O Ibope está usando sua sede de Salvador como fachada para essas operações — disse Gabeira, em terceiro lugar nas duas pesquisas.

Um dos episódios em que o Ibope, segundo Gabeira, teria manipulado números serviu para tirá-lo da lista dos candidatos entrevistados pelo telejornal RJ-TV, da TV Globo. A emissora usou os dados do instituto como critério para selecionar seus convidados.”

29 de setembro de 2008, 09:59

Leitores do Política Livre souberam primeiro

Os leitores do Política Livre souberam ontem à noite, em primeira mão, ainda durante a cobertura do debate da TV Itapoan, que o conselheiro Antonio Humberto, do CNJ, havia suspendido, em decisão liminar, a promoção do juiz Cícero Landim Neto ao cargo de desembargador, a pedido dos juízes João Augusto Alves de Oliveira Pinto, João Lopes da Cruz e Gardênia Pereira Duarte, que se sentiram prejudicados com a escolha (ver nota).

29 de setembro de 2008, 09:51

Pesquisa P&A confirma liderança de ACM Neto

Pesquisa do instituto P&A, contratada pelo PMDB, sobre a sucessão municipal em Salvador, aponta, na espontânea, ACM Neto (DEM) com 20.3% das intenções de votos, seguido do prefeito João Henrique (PMDB), com 19.9%, e de Walter Pinheiro (PT), com 17.6%. Antonio Imbassahy (PSDB) aparece com 10.8% e Hilton Coelho, do PSOL, 3.3%. Não souberam ou não quiseram opinar 27.2%. Com margem de erro de 2,5 pontos percentuais, o estudo foi realizado entre os dias 26, 27 e 28 deste mês e teve seu pedido de registro junto à Justiça Eleitoral protocolado sob o número 3794-6/2008. Na sondagem estimulada, ACM Neto tem 23,2%, JH 22,1% e Pinheiro 20,9%. Antonio Imbassahy aparece com 12,5%, e Hilton Coelho, 4%.

29 de setembro de 2008, 09:48

P&A: Democrata também é líder em rejeição

A pesquisa P&A também avaliou a rejeição dos candidatos. ACM Neto aparece liderando com 42%, seguido do prefeito João Henrique, que tem 36%, e de Hilton Coelho, com 33,8%. Logo abaixo estão Antonio Imbassahy, com 30,8%, e Walter Pinheiro, com 30%.

29 de setembro de 2008, 09:37

Ministro Patrus Ananias visita Pinheiro amanhã

O candidato do PT a prefeito, Walter Pinheiro, anunciou ontem, durante o morno debate da TV Itapoan, como disse a Tribuna da Bahia em sua edição de hoje, que o ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), estará em Salvador nesta terça-feira, visitando-o.

29 de setembro de 2008, 07:39

Não é só Pinheiro que sofre com indiferença de Lula

Não é só o candidato do PT a prefeito de Salvador, Walter Pinheiro, que sofre com a indiferença do presidente Lula com relação a sua campanha. No Rio, apesar da promessa de não entrar na campanha das cidades onde os partidos aliados se enfrentam, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez gravações para petistas ou coligados com o PT em várias cidades do Rio, na maioria delas contra candidatos do governador Sérgio Cabral (PMDB), seu aliado, mas o candidato petista na capital, Alessandro Molon, que tem dificuldades para subir nas pesquisas, ficou de fora. As gravações de Lula, que já provocaram muita polêmica nos partidos da base, acentuaram ainda mais o abandono de Molon e o foco do PT do Rio na Baixada Fluminense.

29 de setembro de 2008, 07:33

Jornalista ataca decreto de novo acordo ortográfico

O registro é do jornalista Cláudio Humberto: “O presidente Lula assina uma estupidez, nesta segunda-feira: o decreto fixando o cronograma para a vigência do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, produto do lobby de editoras de livros didáticos. Milhões de exemplares atuais serão inutilizados, e os títulos, claro, novamente impressos, adquiridos e pagos regiamente pelo Ministério da Educação. E o pior: o acordo é rejeitado por intelectuais do Brasil e d’além mar. O Acordo Ortográfico prevê vinte bases de mudanças. A partir dele, só será possível ter ideia em assembleia assim, sem acento agudo.”

29 de setembro de 2008, 07:31

Concessões de 184 emissoras de rádio e TV estão vencidas no País

Pelo menos 184 emissoras de rádio e de televisão funcionam com prazo de concessão vencido. Segundo especialistas, a situação no setor é caótica. Há casos de emissoras que estão com as concessões expiradas há mais de 20 anos e cujos pedidos de renovação de outorga ficaram emperrados no Ministério das Comunicações e no Congresso Nacional.
As famílias dos ex-presidentes da República Fernando Collor de Mello e José Sarney têm emissoras nessa situação, além de outros políticos, como o senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA) e os deputados federais Jader Barbalho e Elcione Barbalho (ambos do PMDB-PA). Todos alegam que entregaram a documentação no tempo adequado ao governo.