27 de abril de 2008, 16:57

Assembléia relança “Tempos Temerários”, de Nestor Duarte, nesta terça

A Assembléia Legislativa relança nesta terça-feira, a partir das 17 hs, no saguão do plenário, o livro “Tempos Temerários”, de autoria do político e jurista Nestor Duarte, considerado um dos grandes intelectuais baianos.

A publicação faz parte do selo Ponte da Memória, criado pelo Legislativo para resgatar a memória e a obra de importantes vultos da história do Estado.

O presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Nilo, comparecerá ao evento na condição de governador interino. Nestor Duarte é pai do vice-prefeito de Salvador e avô do ex-deputado federal Nestor Duarte Neto.

27 de abril de 2008, 09:10

Olívia Santana dorme e perde debate na Famettig

Não contem com a pré-candidata do PCdoB à Prefeitura, Olívia Santana, para eventos no turmo matutino. Uma das convidadas para o debate sobre turismo na Famettig, na sexta-feira passada, do qual participaram Antonio Imbassahy (PSDB), Nelson Pelegrino (PT) e Miguel Kertzman (PPS), a pré-candidata confirmou presença no dia anterior, mas demorou a aparecer. Preocupada com o relógio, uma das alunas coordenadoras do evento na Faculdade achou por bem ligar para a comunista. A encontrou no terceiro sono, pedindo mil desculpas pela ausência no evento. A justificativa, claro, foi dada - como relatada por este blog - imediatamente para a audiência do debate.

27 de abril de 2008, 09:03

Kertzman critica “chutômetro” no turismo de Salvador

O pré-candidato do PPS a prefeito, Miguel Kertzman, defendeu o fim do “chutômetro” como instrumento de aferição do turismo em Salvador em debate sobre o tema nas Faculdades Olga Mettig, do qual também participaram os pré-candidatos Antonio Imbassahy (PSDB) e Nelson Pellegrino (PT).

“É preciso adotar meios mais confiáveis para aferir o desempenho do setor, ao invés de sair por aí afirmando, sem nenhuma base concreta, que o Carnaval baiano atraiu um milhão de turistas”, dise Kertzman. Segundo ele, a cidade precisa sair da fórmula “Sol, Praia e Carnaval” para apostar num turismo que dure todo o ano.

O pré-candidato defendeu a adoção de uma Zona Franca Cultural com opção para o turismo na cidade, com a criação de pólos de cinema, música, teatro, dramaturgia, moda, design e fabricação de instrumentos musicais, além de mais atenção ao potencial turístico da Baía de Todos os Santos.

27 de abril de 2008, 08:45

Subscrições a pré-candidatura de Pelegrino no PT deixam concorrentes preocupados

A existência de mais de mil militantes assinando a ficha de inscrição da pré-candidatura de Nelson Pelegrino à Prefeitura de Salvador no PT, um número que é considerado, de partida, um show de representatividade interna, deixou preocupados os coordenadores dos demais pré-candidatos petistas, entre os quais o deputado federal Walter Pinheiro talvez seja o de maior expressão, dado o interesse que sua campanha desperta na cúpula do partido. À boca pequena, o comentário na legenda é que provavelmente apenas J. Carlos – o outro pré-candidato é o secretário estadual Luis Alberto -, cuja força no Subúrbio é respeitada, consiga chegar próximo da demonstração de força que Pelegrino deu na militância.

27 de abril de 2008, 08:26

Manchetes do dia

- A Tarde: Salvador tem 1.215 táxis além do permitido

- Correio da Bahia: Bahia tem 23 mil motoristas infratores impunes

- JB: Propaganda de bebidas leva jovens para o vício

- Folha: Cidades que desmatam lideram violência

- Estadão: Governo estuda antecipação de pagamentos ao Paraguai

- Globo: Governo terceiriza a ONGs política indigenista do país

- Gazeta Mercantil: Cosan surpreende e compra ativos da Esso por US$ 1 bi

- Correio: Exclusivo: Lula exorcisa as tentações

- Valor: Oi e BrT fecham acordo para criar tele nacional

- Veja: Fernando Lugo, do Paraguai, exige cinco vezes mais dinheiro por Itaipu

- Época: O que está por trás do acordo entre Quércia e Kassab

- IstoÉ: Exclusivo: O espólio secreto de ACM

- IstoÉ Dinheiro: A vitória do etanol

- Carta Capital: A guerra da comida

26 de abril de 2008, 15:30

EXCLUSIVO: ACM Jr. vai processar Isto É

O senador ACM Jr. (DEM) avalia a hipótese de processar civil e criminalmente a revista Isto É, que apresenta em sua última edição uma nova versão sobre a invasão do apartamento de sua mãe, Arlette Magalhães (ver post abaixo). Para o político, a reportagem feita pela publicação é, no mínimo, ”sem consistência”.

26 de abril de 2008, 15:00

Revista Isto É apresenta versão sui generis para invasão do apê de ACM

A revista Isto É,  que há algum tempo convive com um apelido nada abonador entre jornalistas e políticos em Brasília, apresenta em sua última edição uma nova versão para a invasão do apartamento da viúva do senador ACM, Arlette Magalhães, comandada pelo genro e proprietário da OAS, César Mata Pires.

Diz a revista que, por trás do ato, realizado sob a justificativa judicial de inventariar bens do ex-senador que estariam sendo distribuídos pela viúva aos filhos mais chegados, haveria o propósito do empreiteiro de resgatar documentos guardados por ACM contra ele, sua empresa e sócios.

Os documentos, segundo ainda a revista, comporiam uma espécie de dossiê, matéria em que ACM era versado, segundo seus adversários, que manteve Mata Pires sob controle do ex-senador e da família por anos. Pode ser. Como pode não ser. Afinal, por que ACM escolheria exatamente seu apê para guardar o “calhamaço”?

26 de abril de 2008, 14:50

Pelegrino dá demonstração de força em lançamento de pré-candidatura

O deputado federal Nelson Pelegrino deu hoje uma demonstração de força durante o lançamento de sua pré-candidatura a prefeito pelas tendências que o apóiam no PT. Cerca de mil pessoas lotaram o auditório do Colégio das Mercês, na Avenida Sete, para ouví-lo e aos petistas que manifestaram publicamente apoio a ele, a exemplo do prefeito de Camaçari, Luis Caetano, do secretário estadual de Desenvolvimento Social, Walmir Assunção, do deputado estadual Yulo Oiticica e da presidente da Conder, Maria Del Carmem.

Todos enfatizaram o fato de Nelson Pelegrino ser a melhor opção para que o PT possa conquistar a Prefeitura de Salvador, num momento em que, pela primeira vez, governa o Estado e tem o presidente da República. Em discurso ao final do evento, Pelegrino defendeu o fato de o partido ter uma responsabilidade com Salvador e assumir seu papel de “protagonista” na sucessão municipal, seja liderando ou exercendo um papel mais ativo na Frente que defende para a sucessão, formada por partidos como PCdoB, PV, PSB e PPS.

“A divisão na sucessão passada nos tirou do segundo turno. Estou convencido de que agora nossa tarefa é viabilizar a Frente para eleger o próximo prefeito de Salvador”, disse Pelegrino, que disputa com Walter Pinheiro, o deputado estadual J. Carlos e o secretário estadual da Promoção da Igualdade, Luis Alberto, a indicação no PT para candidato a prefeito. Se o partido não conseguir promover a escolha entre os quatro consensualmente, terá que realizar prévias, cujo prazo limite para acontecer é o próximo dia 18 de maio.

26 de abril de 2008, 10:33

Democratas discutem programa de governo para Salvador

O primeiro seminário para discutir a elaboração do programa de governo para a campanha de ACM Neto à Prefeitura de Salvador, que aconteceu ontem no Othon Palace Hotel, foi preparado para um público pequeno – apenas 20 pessoas -, mas contou com a presença dos deputados federais José Carlos Aleluia (presidente da Fundação Liberdade e Cidadania do partido, que promoveu o seminário) e Luiz Carreira (um dos coordenadores da campanha de ACM Neto); do ex-governador Paulo Souto, presidente do partido na Bahia; do ex-ministro da Fazenda e do ex-governador de Pernambuco Gustavo Krause (que tem vindo a Salvador todas as sextas para ajudar na elaboração do programa de governo democrata); além do líder da oposição na Assembléia Legislativa, Gildásio Penedo, e do vereador Téo Senna (PTC).

26 de abril de 2008, 10:18

Líder da Oposição teme risco de epidemia de dengue

Alarmado com os casos de dengue hemorrágica que começam a pipocar em Salvador, o deputado estadual Gildásio Penedo (DEM), líder da Oposição na Assembléia Legislativa, conta ao blog que em Tucano, sua terra, a doença também se alastrou, com o registro de cinco casos. O prefeito José Rubens de Arruda (PSB) contraiu a doença há 40 dias, tendo que permanecer cerca de oito dias internado no Hospital São Rafael, em Salvador. Penedo revela estar preocupado com o risco de uma epidemia no Estado.

26 de abril de 2008, 10:04

PR já estaria jogando a toalha com relação à participação no governo

Em conversas com este blog, setores do PR já começam a admitir que parece cada vez mais difícil efetivar a participação do partido no governo Jaques Wagner (PT), como fruto de uma negociação que se desenrola há meses, conduzida pela legenda diretamente com o secretário estadual de Relações Institucionais, Rui Costa. “É acurado dizer que o PR está… jogando a toalha”, diz, com um sorriso amarelo no rosto, um parlamentar republicano.

26 de abril de 2008, 09:56

Imbassahy critica “descontinuidade” na área cultural de Salvador

Durante palestra para estudantes de turismo da Faculdade Olga Mettig, o presidente do PSDB baiano e pré-candidato do partido a prefeito de Salvador, Antônio Imbassahy, listou uma série de eventos e ações turísticas e culturais que não tiveram prosseguimento na atual administração municipal. A encenação da Paixão de Cristo no Dique do Tororó, que de acordo com a Polícia Militar reunia de 20 a 30 mil pessoas por dia, e o Festival de Fogos de Artifício, realizado na Baía de Todos os Santos durante quatro dias, iniciativa que dava grande visibilidade internacional à cidade foram alguns dos exemplos citados ao longo da palestra. “Além desses eventos, que infelizmente não tiveram continuidade, tivemos os especiais, para marcar datas comemorativas, como o dos 90 anos de nascimento de Jorge Amado, a comemoração dos 450 anos de Salvador e dos 500 anos da Baía de Todos os Santos. Todos esses eventos, promovidos pela Prefeitura, faziam a cidade ‘respirar’ história e cultura, elevando, inclusive, a auto-estima dos soteropolitanos”, disse Imbassahy.    

26 de abril de 2008, 09:50

Governo lança campanha em favor do trabalhador doméstico

Na semana do Dia do Trabalhador Doméstico, comemorado amanhã, o governo do Estado, através da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), lança uma campanha visando estimular os empregadores a assinarem a carteira profissional do trabalhador doméstico. A iniciativa é mais uma ação que integra a Agenda Bahia do Trabalho Decente, onde o respeito aos princípios e direitos fundamentais no trabalho são um dos quatro pilares que compõem a proposta.  

26 de abril de 2008, 09:44

Candeias ganha também seu SAMU

Nesta segunda-feira, a Prefeitura de Candeias inaugura o Serviço Móvel de Atendimento à Urgência, o SAMU 192. A cerimônia oficial de inauguração acontece às 15 horas, na antiga sede da Brahma, na BA 522. Já confirmaram presença na solenidade o governador em exercício, Marcelo Nilo (PSDB), o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, a deputada federal Tonha Magalhães, o deputado estadual Júnior Magalhães (DEM), a prefeita Maria Célia (Amiga Jú) e o secretariado.

26 de abril de 2008, 09:31

Governo cria mais de 15 mil cargos na área de Saúde

Além de ter aprovado o aumento dos salários do governador e dos secretários, em duas vezes, em 4,4%, a Assembléia Legislativa aprovou também o projeto de lei do Executivo que cria 15.220 cargos efetivos nas carreiras do grupo ocupacional, serviços públicos de saúde, para cumprir o cronograma de concursos do período 2008-2011. A medida visa suprir a deficiência do quadro de pessoal em várias carreiras, dentre elas a de médicos (5.834 cargos), técnicos em enfermagem (3.926), enfermeiros (2.681), fisioterapeutas (588), nutricionistas (313) e psicólogos (190). Parte do quantitativo de cargos irá substituir as contratações temporárias em Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), quando da extinção dos contratos. A expectativa é que sejam nomeados de imediato 60 fisioterapeutas, 261 técnicos de enfermagem, 50 técnicos de radiologia e 18 técnicos de patologia, concursados de 2005, segundo o líder do governo na Assembléia, Waldenor Pereira (PT), ao defender a aprovação do projeto com dispensa de formalidades. A urgência para a votação deveu-se ao fato de que o prazo para a contratação desses profissionais expira em 8 de maio próximo, o que atraiu parte deles para as galerias do plenário, pressionando a oposição para a efetivação do acordo que permitiu a aprovação do projeto.