16 de novembro de 2008, 10:07

PSOL continua campanha em defesa de Protógenes

O PSOL continua com sua campanha nacional em defesa do delegado Protógenes Queiroz, responsável pela Operação Satiagraha transformado de investigador em investigado. O delegado é forte candidato a ser candidato do partido em 2010.

16 de novembro de 2008, 10:00

PT quer Giovani na mesa diretora da Câmara Municipal

Fonte petista diz ao Política Livre que, apesar de defender candidatura própria à sucessão de Valdenor Cardoso (PTC) na presidência da Câmara Municipal, o PT joga internamente com a estratégia de fazer uma das secretarias da mesa diretora. O nome seria o do vereador Giovani.

16 de novembro de 2008, 09:56

Sérgio Passos diz que extinção de Varas do Consumidor é retrocesso

O deputado estadual Sérgio Passos (PSDB) criticou artigo do projeto de lei de Organização do Judiciário que propõe, dentre outras medidas, a extinção das varas especializadas do Consumidor, na capital e no interior. Passos disse que a medida é um retrocesso e contrária ao direito de defesa do cidadão baiano. “Ao invés de acabar com as Varas, é necessário que seja ampliado, em caráter de urgência, o número das existentes atualmente, garantindo quantidade suficiente para atender a demanda”, afirma Passos. O parlamentar antecipa que se posicionará contra a aprovação do projeto na Assembléia Legislativa.

16 de novembro de 2008, 09:49

Téo Sena nega desejo de disputar presidência da Câmara Municipal

Em email ao site, o vereador Téo Sena (PTC) avisa que não há hipótese de sair candidato à presidência da Câmara Municipal contra o vereador Alfredo Mangueira (PMDB), considerado o favorito na disputa. Lançaria-se na guerra por votos que deve marcar a sucessão de Valdenor Cardoso (PTC) apenas numa hipótese – a de Mangueira desistir de concorrer. O que é considerado cada vez mais remoto.

16 de novembro de 2008, 09:42

Sessões continuam emperradas na Assembléia Legislativa

Ainda que a entrada do PP na base tenha devolvido aos governistas o controle sobre as comissões temáticas na Assembléia Legislativa, cuja correlação de forças havia se invertido em favor da Oposição desde que a Justiça atendeu a ação dos oposicionistas considerando o dia eleição para efeito de cálculo da composição dos colegiados, na prática, as sessões continuam emperradas na Casa. A paralisação das atividades já começa a preocupar os deputados que, entre outras matérias importantes, têm que votar o orçamento estadual de 2009. “Eu faço um apelo ao líder Waldenor Pereira (Governo) e ao líder Gildásio Penedo (Oposição) para que instalem as comissões a fim de analisar as matérias que estão na ordem do dia”, disse esta semana o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PSDB). Mas até agora, nada.

16 de novembro de 2008, 09:32

Geddel diz que candidatura própria do PMDB à presidência em 2010 é “conversa fiada”, mas…

Veja abaixo trechos de reportagem com o ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), feita pelo jornalista Josias de Souza, da Folha de S. Paulo, a respeito de 2010.

“Dono de um linguajar mais direto que o de Temer, o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), diz que a crise global devolveu o PSDB ao jogo sucessório.

Declara que o discurso da candidatura própria do PMDB é conversa fiada: “O partido tem que trabalhar para manter a aliança com o presidente Lula…”

“…Do contrário, o PMDB teria de adotar um comportamento digno, devolver tudo o que tem no governo e ir embora. Fora disso, é brincadeira”.

Mas Geddel também não tem pressa: “Isso é assunto para segundo semestre do ano que vem”.

Até lá, diz o ministro, “o PMDB deve ter como prioridade a construção da aliança com lula”. Geddel traduz assim o que entende por “prioridade”.

“Eu digo prioridade porque, não sendo mais o presidente Lula o candidato, é preciso analisar a conjuntura…”

“…Num país federado como o nosso, com os interesses que tem, é preciso saber como esse contexto nacional pode se consolidar nas composições dos Estados…”

…Por ora, acho que o PMDB tem que fazer a manifestação de preferência. A boa norma política aconselha a superação dos problemas, para consolidar aliança com o PT”.

16 de novembro de 2008, 09:09

Manchetes do dia

- A Tarde: O que os 6.996 vão encontrar na UFBa

- Correio da Bahia: De quem é a culpa?

- Globo: Crise reduz compras no exterior em até US$ 9 bi

- Folha: Crise reduz exportações e pode zerar saldo comercial

- Estado: Crise Global começa a afetar produção das indústrias

- JB: Crise no paraíso

- Correio: Infância ameaçada no Orkut

- Valor: FMI alerta para o “efeito bumerangue” na crise

- Gazeta Mercantil: Crise faz crescer 20% as disputas contratuais

- Veja: A luta pela vida

- Época: 80 Blogs que você não pode perder

- IstoÉ: Mulheres infiéis

- IstoÉ Dinheiro: Ele tem R$ 8 bilhões em caixa e nenhuma gota de petróleo (ainda)

- CartaCapital: Nos domínios de Gilmar

- Exame: A era dos megabancos

15 de novembro de 2008, 11:07

Interessado em mais espaço na administração, PCdoB também ataca PMDB

Depois das manifestações públicas dos deputados federais petistas Luiz Bassuma e Geraldo Simões contra a permanência do PMDB na administração Wagner, agora é a vez do PCdoB também defender o rompimento do governo com o partido. O deputado estadual Edson Pimenta (PCdoB) anda dizendo abertamente que chegou a hora de o PMDB ser “defenestrado da máquina” e afirma que os peemedebistas se colocam como opositores ao projeto político do governador Jaques Wagner, “já que pavimentam no interior, explicitamente, a candidatura do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, ao Palácio de Ondina, em 2010.” O comunista diz que o governador Jaques Wagner deve ficar atento ao que se passa ao seu redor e perceber “quem são, de fato, os verdadeiros aliados”. Sem perder tempo, Pimenta aproveita para cobrar do gestor mais espaço para o partido na máquina pública. “Elegemos 18 prefeitos e possuímos uma bancada sólida, tanto na Câmara como na Assembléia. Portanto, nada mais justo que tivéssemos novos espaços no Executivo”. Atualmente, o PCdoB ocupa a secretaria de Trabalho, Emprego e Renda, com Nilton Vasconcelos, e a presidência da Bahiagás, com Davidson Magalhães.

15 de novembro de 2008, 10:54

Governo até agora não executou emendas acordadas com Oposição, diz Gildásio Penedo

Em telefonema ao Política Livre, o líder da Oposição na Assembléia Legislativa, deputado Gildásio Penedo (DEM), lamenta que o governo não tenha até agora cumprido o acordo pelo qual a bancada oposicionista votou a favor da reforma administrativa, em 2007, e da aprovação do Orçamento, em 2008, em troca do pagamento de emendas das oposições, que totalizaram R$ 300 mil, no primeiro ano, e R$ 400 mil, no atual. “Inacreditável o governo até agora não ter honrado os compromissos que assumiu de público com os parlamentares”, afirma Penedo.

15 de novembro de 2008, 09:27

EXCLUSIVO: Lula quer Wagner na executiva nacional do PT

Interessado na oxigenação do PT de olho na sucessão presidencial de 2010, para onde tenta empurrar a todo custo sua ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, o presidente Lula já admitiu a interlocutores que gostaria de ver na executiva do partido o governador Jaques Wagner, que define como “amigo com votos”. Outro governador que Lula gostaria de recrutar para a executiva é Marcelo Deda (Sergipe).

15 de novembro de 2008, 09:13

J. Carlos sugere a governo criação de escola técnica no Subúrbio

O deputado estadual J. Carlos (PT) apresentou indicação na Assembléia Legislativa para a implantação de uma escola de ensino técnico profissionalizante no Subúrbio Ferroviário. A indicação foi direcionada ao secretário estadual da Educação, Adeum Sauer, recomendando que seja firmado um convênio com o governo do Estado. Pelo projeto do parlamentar, a escola terá nível profissionalizante e oferecerá os seguintes cursos: informática, telemarketing, telecomunicações, tecnologia da informação, culinária, administração, construção, vestuário, turismo, entre outros. “Investir em capacitação é dar novos rumos e autonomia para os jovens que estão fora do mercado de trabalho e o passaporte de entrada para o tão sonhado primeiro emprego”, afirma o deputado.

15 de novembro de 2008, 09:07

PHS quer barrar mudança de sexo por meio do SUS

Se depender de membros do Legislativo, uma iniciativa do Executivo já nasceu fadada ao insucesso. Com o apoio de colegas de Parlamento, o líder do PHS na Câmara, Miguel Martini (MG), protocolou na Mesa Diretora da Casa um projeto de decreto legislativo que interfere na identidade sexual de milhares de pessoas: a realização do chamado “processo transexualizador” – ou cirurgia de mudança de sexo – por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). O deputado quer suspender a portaria 1.707, publicada em agosto deste ano pelo Ministério da Saúde, que prevê a inclusão desse tipo de cirurgia entre os procedimentos custeados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Caso seja aprovado pela Câmara e pelo Senado, o decreto pode frustrar a expectativa das 500 pessoas que, segundo o Coletivo Nacional de Transexuais, aguardam na fila da rede pública para trocar de sexo.

15 de novembro de 2008, 09:01

Juca Ferreira quer Português como idioma oficial da ONU

O ministro da Cultura, o baiano Juca Ferreira, está em Portugal para participar da primeira Reunião Extraordinária de Ministros de Educação e Cultura da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). O tema do evento é a unificação da língua portuguesa. Juca afirmou que irá solicitar que o português seja transformado em idioma oficial da ONU. Para essa mudança, é necessário o apoio da metade das nações lusófonas. Por equanto, Brasil, Portugal, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe já apoiaram a mudança. Ainda é preciso o apoio de Moçambique e Guiné-Bissau.

15 de novembro de 2008, 08:56

Pinheiro diz ter apresentado emendas que priorizam “desenvolvimento sustentável”

O conjunto das emendas individuais do deputado federal Walter Pinheiro (PT) ao Orçamento da União 2009 traz, segundo ele, uma relação direta com as propostas que apresentou para Salvador durante a campanha eleitoral, ampliadas para outros municípios a partir da mesma estratégia de “permitir o desenvolvimento econômico sustentável aliado a políticas de geração de trabalho e renda e combate às desigualdades sociais”. O petista, que também tem a atribuição de vice-líder do governo Lula nas questões orçamentárias no Congresso, afirma que priorizou em suas emendas ações de infra-estrutura urbana, desenvolvimento social e agrário, turismo, educação e esporte. Foram destinados R$ 2 milhões para diversos municípios baianos carentes de infra-estrutura urbana, mais R$ 1 milhão especialmente a projetos de infra-estrutura turística e outros R$ 2 milhões para reforma de mercados e feiras livres.

15 de novembro de 2008, 08:43

Vereadora critica previsão orçamentária para cobertura de PSF

A vereadora Aladilce Souza (PCdoB) questionou reduções nas dotações propostas pelo Executivo Municipal, no Orçamento do próximo ano, durante audiência pública promovida pela Comissão de Orçamento da Câmara, presidida pelo vereador Sandoval Guimarães (PMDB), na manhã de sexta-feira, no Centro Cultural da Câmara. A vereadora fez ver que apesar da crítica situação de desemprego em Salvador, o prefeito João Henrique (PMDB) reduziu para R$ 829 mil a verba destinada à capacitação e qualificação para o trabalho, que em 2008 alcançou R$ 2.073.000,00. Embora fale em aumentar a cobertura do PSF (Programa de Saúde da Família) no município, de 230 mil para 240 mil famílias, o Executivo, de acordo com a peça orçamentária, reduziu a verba que chegaria a R$ 49,9 milhões para R$ 16,7 milhões.