25 de outubro de 2007, 12:05

Bacelar ironiza: “Folha não é secreta, mas ninguém sabia”

O deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) classificou como “desculpas” as justificativas dadas pelo secretário Jorge Solla (Saúde) e o líder do governo na Assembléia, Valdenor Pereira (PT), para a denúncia da “folha secreta” pela qual, segundo o parlamentar, médicos estariam recebendo até R$ 30 mil por mês.

“Se não é secreta, porque os contratos não foram publicados, porque é depósito direto em conta dos médicos, porque foi feito sem o conhecimento da Secretaria de Administração e não está no Transparência Bahia? Com que critérios estes médicos foram contratados?”, questionou o parlamentar.

Bacelar disse não ter medo de ser acionado judicialmente pelo secretário e o Estado, depois de ter feito as denúncias, e anunciou que irá hoje aos Ministérios Públicos Federal e Estadual pedir providências contra o procedimento adotado pelo governo para pagar os médicos. “Não é secreta, mas ninguém sabia. Então, tá bom”, disse Bacelar.

25 de outubro de 2007, 11:19

AGENDA CHEIA: Na segunda, Lula recebe “carro vermelho” da Ford, visita Cimatec e viaja para a Suíça com Wagner

Em sua passagem pela Bahia, na próxima segunda-feira, para a entrega do “carro vermelho” da Ford ao governo baiano, o presidente Lula deve visitar também o Cimatec, além de dar início ao processo de modelagem da concessão das BRs 116 e 324, que envolve o anel rodoviário de Feira de Santana, e participar da solenidade que inclui a ferrovia do Oeste, que vem de Barreiras, na MP do Plano Nacional de Logística de Transporte.

Da Bahia, ele viaja com o governador Jaques Wagner para Zurique, na Suíça, a fim de tentar garantir a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, para a qual a Bahia quer se credenciar como uma das subseções. O governador também quer assegurar a realização da finalista de 2010 na Fonte Nova, cujo destino, depois do evento, será definido em discussão com a sociedade baiana.

25 de outubro de 2007, 10:38

Wagner culpa governo passado por fuga de investimentos para Pernambuco

O governador Jaques Wagner reagiu agora há pouco em entrevista à rádio Metrópole às acusações de que a Bahia tem perdido investimentos para Estados como Pernambuco, responsabilizando a gestão passada pela fuga dos virtuais empreendimentos.

“Se algumas coisas estão indo para Recife, é porque gente como Marco Maciel (ex-vice-presidente da República na gestão FHC) preparou a infra-estrutura local para isso”, disse Wagner, referindo-se a portos como o de Suape, no estado pernambucano.

Ele lamentou ter que investir R$ 200 mi na via expressa para desafogar o porto de Salvador, considerado por ele um dos piores do País. “Agora, é muito fácil falar, mas não fui eu que deixei, em 16 anos, de preparar o Estado para receber os investimentos”, disse.

25 de outubro de 2007, 10:26

A Ford é vermelha desde criancinha

O milionésimo carro produzido pela Ford na Bahia que será doado ao governo baiano para uso da Polícia em solenidade nesta segunda-feira, com a presença do presidente Lula, é um Ecosport vermelho. Detalhe: o vermelho é uma homenagem à cor do PT.

O anúncio foi feito hoje pelo governador Jaques Wagner em entrevistas à TV Bahia e à rádio Metrópole. Este Política Livre sugere que a Ford oriente seus pintores a remodelarem o veículo com as cores da Bahia, acrescentando o azul e o branco ao automóvel.

A menos que seja plano do atual governo repintar toda a frota da Polícia de vermelho. Neste caso, para os viaturas ficarem “bonitinhas” e uniformizadas, cada uma delas poderia ganhar, de quebra,  estrelas do PT nas cores preta ou prata, que poderiam ser afixadas no capô, porta-mala, teto…

24 de outubro de 2007, 20:02

“Folha secreta” era indenização, explica líder do governo na Assembléia

O líder do governo na Assembléia, deputado Valdenor Pereira (PT), disse há pouco a este blog que é “vazia e improcedente” a denúncia do deputado João Carlos Bacelar (PTN) sobre a existência de uma folha de pagamento “secreta” na Secretaria de Saúde.

Segundo ele, os documentos obtidos por Bacelar relacionam, na verdade,  cerca de 500 médicos que, por força do término de um convênio do governo estadual com as Obras Sociais Irmã Dulce, tiveram que receber através de indenização por serviços prestados nos meses de julho e agosto.

Ele exibiu parecer da Procuradoria Geral do Estado atestando a legalidade do procedimento utilizado pela Secretaria a fim de não suspender os serviços, realizados por profissionais cujo trabalho não é contemplado através de contratos como o Reda.

“Em maio, o convênio (com a OSID) acabou. Como os serviços não podiam ser paralisados, o governo teve, então, que pagar por indenização, conforme orientou a Procuradoria Geral do Estado”, disse Valdenor.

O líder do governo afirmou que a situação foi regularizada desde o mês de setembro, através de um contrato firmado entre a Secretaria de Saúde e a Fundação José Silveira, para proceder o pagamento à equipe de profissionais de Saúde que não se encaixam no perfil do Reda.

24 de outubro de 2007, 19:17

Valdenor dá coletiva para explicar “folha secreta” da Saúde

O deputado Valdenor Pereira (PT), líder do governo na Assembléia, dá neste momento uma coletiva sobre as denúncias do deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) a respeito da existência uma folha de pagamento “secreta” na Secretaria de Saúde. Um sinal de que pelo menos sem uma resposta a denúncia de Bacelar não ficará, como começou a se imaginar.

24 de outubro de 2007, 19:07

“Folha secreta” denunciada por Bacelar pega bancada governista de surpresa

A denúncia do deputado João Carlos Bacelar (PTN) sobre a existência de uma “folha de pagamento secreta” na secretaria de Saúde causou tamanha surpresa na bancada governista que até agora não foi esboçada uma defesa sequer por parte dos governistas.

A secretaria também mobilizou uma equipe razoável de assessores que se dirigiu até a Assembléia hoje à tarde, a fim, provavelmente, de articular a defesa do secretário, mas, pelo visto, o esforço ainda não surtiu os resultados desejados.

O líder do governo na Assembléia, Valdenor Pereira (PT), prometeu aos jornalistas que cobrem a Casa colocar os pingos nos is, mas até agora nada. Tomara que, de fato, saia uma explicação para a revelação do deputado oposicionista. De preferência, convincente.

24 de outubro de 2007, 18:19

ACM Neto diz que em Salvador Bolsa Família é pago sem criança ir à escola

O deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM) teve acesso a dados do Ministério do Desenvolvimento Social que, segundo ele, demonstram que as crianças que recebem o benefício do Bolsa Família na capital baiana não estão freqüentando a escola regularmente. A freqüência escolar é uma das exigências para que as famílias beneficiadas pelo programa continuem a receber os recursos.

Segundo os dados mais recentes do Ministério do Desenvolvimento Social, referentes a junho/julho, entre as cem maiores cidades do País, Salvador é a que apresenta o pior percentual de freqüência escolar entre os alunos que recebem o programa Bolsa Família: 22,1%. Para efeito de comparação e em relação ao mesmo período, em Feira de Santana o percentual é de 65,60%.

Em Vitória da Conquista, é de 81,93. Comparativo em outras capitais: Fortaleza (69,91); Vitória do Espírito Santo (77,7); Belo Horizonte (71,46); Belém (86,34); Teresina (81,71). “Os dados demonstram que a prefeitura de Salvador não está fazendo o acompanhamento dos alunos que recebem o Bolsa Família, que são justamente aqueles que precisam de uma maior atenção do poder público”, disse ACM Neto.

24 de outubro de 2007, 17:53

Bacelar denuncia “folha secreta” de R$ 3 milhões na secretaria de Saúde

O deputado João Carlos Bacelar (PTN) denunciou há pouco, em discurso na Assembléia, a existência de uma folha de pagamento “secreta” na secretaria estadual de Saúde na qual haveria médicos recebendo até R$ 30 mil por mês.

Segundo cálculos do parlamentar, o custo total mensal da folha chegaria a R$ 3 milhões. “Não tem contrato, não tem licitação e nem publicação no Diário Oficial” afirmou o deputado.

De forma irônica, Bacelar cobrou a publicação da informação no site “Transparência Brasil”, uma espécie de portal onde, em tese, o contribuinte poderia identificar todas as receitas e despesas do governo estadual.

Por enquanto, os governistas buscam informação sobre a “folha secreta” para poder rebater o oposicionista.

24 de outubro de 2007, 17:45

TRE fará revisão em 19 municípios baianos até dezembro

Dezenove municípios farão revisão eleitoral até o mês de dezembro na Bahia. São eles: Aiquara, Coaraci, Floresta Azul, Guaratinga, Ibicuí, Itaetê, Itagi, Itagiba, Itapebi, Luis Eduardo Magalhães, Nilo Peçanha, Nova Canaã, Nova Ibiá, Piraí do Norte, Pojuca, São Félix do Coribe, São José da Vitória, Ubatã e Xique-Xique.  A revisão visa normalmente a corrigir o número de eleitores e evitar fraudes.

24 de outubro de 2007, 16:52

Baiano integra comitiva que apura denúncias contra irmão de Renan

O deputado baiano José Carlos Araújo (PR-BA) integra o grupo de quatro parlamentares membros do Conselho de Ética da Câmara que está hoje em Alagoas para apurar as denúncias contra o deputado Olavo Calheiros (PMDB-AL), irmão do presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

O deputado responde a processo no Conselho por ter vendido uma fábrica de refrigerantes à Schincariol por um preço acima do mercado. Em contrapartida, Renan teria trabalhado junto ao governo para reverter uma dívida de R$ 100 milhões da Schincariol no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Além de José Carlos Araújo, fazem parte da comitiva os deputados Dagoberto Nogueira Filho (PDT-MS), Moreira Mendes (PPS-RO) e Sandes Júnior (PP-GO). Segundo a assessoria do Conselho, os deputados vão visitar a fábrica da Schincariol, localizada em Murici (60 km de Maceió), reduto político do clã Calheiros.

24 de outubro de 2007, 13:05

Diretora do Sindlimp critica “trajes finos” e “mesmo falar” dos petistas no governo municipal

Não coloquem o Sindlimp, sindicato que representa os trabalhadores da área de limpeza, na mesma mesa com secretários municipais do PT. Em comunicado à “opinião pública”, emitido esta manhã, a diretora da entidade Ana Angélica Rabello desanca os petistas encastelos hoje na administração municipal.

Veja trecho de sua mensagem abaixo:

“Nossos ex-companheiros sucumbiram diante do poder, esqueceram os sonhos e princípios e hoje fazem de conta que nada aconteceu. Nós não perdemos a esperança e, sendo assim, esperamos que os que hoje estão nos governos lembrem-se de onde vieram e o que foram para que se lembrem que há pouco tempo atrás estavam do lado dos trabalhadores e não contra eles como hoje estão. (sic) Que eles olhem no espelho e vejam como são caricatos com seus trajes finos e o mesmo falar dos que combatiam.”

24 de outubro de 2007, 12:01

Zé Neto quer PT com candidato definido em Feira até dezembro

Um dos pré-candidatos do PT em Feira de Santana, o deputado estadual Zé Neto defende que o partido escolha até dezembro o nome à sucessão do prefeito José Ronaldo (DEM).

Na avaliação de Zé Neto, o PT “não pode permanecer dividido” na cidade, enquanto o PMDB já definiu seu candidato e o DEM deve promover sua escolha também proximamente.

“O PT tem que decidir a disputa em Feira. A divisão não beneficia a nenhum de nós”, afirma ele, que disputa com o deputado federal Sérgio Carneiro a indicação do PT em Feira.

No final de semana passado, Neto promoveu encontro em sua chácara com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Mizael Freitas, do PSC.

A reunião, da qual participaram também lideranças petistas, aumentou as especulações de que o deputado pensa em colocá-lo como candidato a vice em sua chapa.

Seria também um sinal de que Zé Neto está de olho no eleitorado evangélico, informou o Blog da Feira.

24 de outubro de 2007, 11:12

Gravações sugerem doação da Cisco ao PT em troca de vantagem na Caixa

As informações são da Folha de S. Paulo: a Polícia Federal interceptou conversas telefônicas durante as investigações da Operação Persona que relatam uma “doação” de R$ 500 mil ao PT por empresários do setor de informática. O dinheiro seria para obter uma suposta vantagem numa licitação da Caixa Econômica Federal.

Segundo ainda a Folha, o relatório preparado pela PF informa que Grecco conversa com Pernomian, ambos da Mude, para “acertarem valores e datas do negócio de Carlinhos Carnevali com um representante do PT”. Em outro momento, a polícia relata um diálogo entre Carnevali e Gondin, em que este cita negócios entre o fundador da Cisco e a Caixa.

Mais uma dica sobre no que foram transformados os bancos oficiais no governo do PT.

24 de outubro de 2007, 11:05

Com candidato à sucessão municipal, PCdoB tenta se fingir de morto para ficar na Prefeitura

Realmente não fica bem para o PCdoB, um partido com a tradição que o credencia a ser um dos baluartes da esquerda baiana, querer se fingir de morto na administração municipal, enquanto um de seus principais quadros sai a campo como pré-candidato à sucessão do prefeito João Henrique (PMDB).

Provavelmente buscando aproveitar-se do tamanho, nanico comparado ao partido do prefeito e ao de outras legendas que também integram a administração, o PCdoB tenta compatibilizar presença na secretaria de Educação, uma das mais cobiçadas do governo, com candidatura própria, na ilusão de que ninguém vai perceber nada.

Mas está na cara que não vai colar. O ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) e o presidente regional do PMDB, Lúcio Vieira Lima, já avisaram que estão mais do que atentos ao jogo duplo dos comunistas. Não poderia ser diferente. Depois o PCdoB não venha com a história de que ainda falta combinar com os russos.