4 de outubro de 2009, 09:42

Nova Soure: Promotor recebe denúncia de fraude em licitação na Câmara

Deu em A Tarde:  “No embalo das fraudes no Enem, o promotor Antonio Eduardo Setúbal, de Nova Soure, recebeu denúncia curiosa: coloca sob suspeição um concurso realizado pela Câmara local, no qual concorreram Asseplac, Seprod e CBI. As três empresas, mais Ibracon e Cibrascon, segundo a denúncia feita por Paulo Roberto de Freitas, são parte de “um conglomerado” liderado pelo advogado João Lopes de Oliveira, que usa parentes e “laranjas” e disputa licitações entre si pela Bahia afora. Em tempo: a maioria das empresas tem o mesmo endereço: Rua da Mangueira, 85, Nazaré, em Salvador. As outras funcionam lá.”

4 de outubro de 2009, 09:31

Denúncias e intervenções levam Judiciário baiano a crise histórica

O plenário luxuoso não tem escondido lixo do Judiciário baiano (crédito: Fernando Vivas - A Tarde

O plenário luxuoso não tem escondido lixo do Judiciário baiano (crédito: Fernando Vivas - A Tarde)

Poucos meses antes de completar 400 anos, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o mais antigo das Américas, mergulhou numa crise. Na lista de problemas recentes que abatem a instituição estão o comércio de sentenças supostamente comandado por um desembargador afastado semana passada. Tudo isso recai sobre a instituição em período pré-eleitoral, que caminha para ser em clima disputado e não tão sereno como foi o último, que elegeu a atual presidente Silvia Zarif por unanimidade.

Desde agosto do ano passado, o TJ-Bahia virou alvo de escândalos de corrupção, além de intervenções administrativas e inspeções promovidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Silvia Zarif admitiu que existe crise na instituição, mas ressaltou que esse é um problema de todo o País. “O Judiciário brasileiro vive uma crise, mas ela é geral, não particular nossa. Talvez nossa pelos anos  de intervenção do administrativo”,  explicou a  magistrada. Para o juiz Ricardo Cunha Chimenti, corregedor do CNJ, a Justiça da Bahia vive um momento de depuração. “Este é um momento de grandes mudanças, de depuração e de um recomeço”, analisou. Leia mais em A Tarde.

4 de outubro de 2009, 09:25

Promessas de palanque de João Henrique são descumpridas, diz A Tarde

Um ano após o primeiro turno das eleições municipais, realizado em 5 de outubro de 2008, a Salvador real é bem diferente daquela prometida pelo prefeito João Henrique Carneiro (PMDB). Das 65 promessas feitas por ele durante a disputa, as cinco que tiveram os prazos vencidos foram descumpridas – 7,7% do total.

Os gestores municipais já desistiram da realização de 14 delas, ou 21,5%.  Outras 27, ou 41,6% do total, então na estaca zero e seguem como promessas para os próximos anos. São, ainda, ideias de projetos a serem executados. No desempenho positivo, o prefeito tem 16 promessas que já começaram a ser cumpridas, 24,6% do universo total. E, por fim, três delas já foram realizadas (4,6%) antes mesmo de o prazo se esgotar.

O levantamento foi feito por A TARDE por meio de checagem in loco e de dados fornecidos pela própria prefeitura de Salvador.  O resultado indica 46 itens, ou 70,8%, entre descumpridos, na estaca zero ou ainda como promessas e que não fazem mais parte das pretensões do mandato. Outras 19, ou 29,2% das 65, já foram cumpridas ou estão em vias de alcançar meta. Leia mais em A Tarde.

4 de outubro de 2009, 09:19

Com 37%, Tarso lidera disputa pelo governo gaúcho

Tarso Genro lidera a pesquisa entre peemedebistas José Fogaça e Germano Rigotto

Tarso Genro lidera a pesquisa entre peemedebistas José Fogaça e Germano Rigotto

Pesquisa do Ibope atribui ao ministro Tarso Genro (Justiça), candidato do PT ao governo do Rio Grande do Sul, a liderança na disputa. Recolheram-se manifestações dos eleitores em relação a quatro cenários. Tarso frequenta o topo em todos eles, ora com 37% ora com 40%. Na segunda colocação vêm os candidatos pemedebistas. Com o prefeito José Fogaça, o PMDB amealha 28%. Com o ex-governador Germano Rigotto, 27%. O nome da governadora Yeda Crusius (PSDB) foi testado em dois cenários. Ela figura em ambos na quarta colocação. Num deles, 5%. Noutro, 4%. Leia mais no blog do jornalista Josias de Souza, da Folha.

4 de outubro de 2009, 09:09

Sebastian Vettel domina corrida e vence GP do Japão

Em uma corrida tranquila, Sebastian Vettel venceu o GP do Japão, neste domingo em Suzuka. O alemão da RBR dominou desde a largada, não deu chances para os adversários no circuito e chegou ao seu terceiro triunfo na temporada, o quarto de sua carreira. Jarno Trulli, da Toyota, conseguiu o segundo pódio consecutivo da equipe japonesa, com a segunda posição. Lewis Hamilton, da McLaren, suportou a pressão de Kimi Raikkonen nas voltas finais e manteve-se em terceiro.

Na briga pelo título, Jenson Button continuou com boa folga, após a oitava posição na corrida. Rubens Barrichello, seu companheiro na Brawn GP e principal rival, chegou apenas uma posição na frente, em sétimo, e reduziu a vantagem para 14 pontos, com apenas duas corridas para o fim do campeonato. Vettel, com a vitória, está 16 pontos atrás do líder do campeonato.

4 de outubro de 2009, 09:05

Brincos não têm objetivo eleitoral, afirma secretário

O secretário de Agricultura da Bahia, Roberto Muniz, disse que a ideia de “brincar” (colocar brincos) os animais decorreu da necessidade de diferenciar os doados daqueles que já habitavam as propriedades. Para ele, os brincos com a logomarca e o lema do governo Jaques Wagner não representam propaganda política nem têm objetivo eleitoral. “É para marcar aqueles animais selecionados.” Filiado ao PP e deputado estadual licenciado, Muniz, 45, diz que o programa Sertão Produtivo é bem mais amplo do que o que havia no governo Paulo Souto (DEM). “Era um programa reduzido.”

Sobre a queixa de criadores que recusaram animais doentes, o secretário afirmou que foram as comissões de triagem do Estado e prefeituras que identificaram o problema. O programa prevê o fornecimento a famílias carentes de cinco cabras ou ovelhas mestiças, mais a entrega, a até cinco famílias, de um bode ou carneiro reprodutor, de raça pura. O objetivo é que haja, em até três anos, a melhoria genética das crias. Assim, os animais serão mais corpulentos, terão mais carne e produzirão mais leite, com maior valor nutritivo.  Informações da Folha Online.

4 de outubro de 2009, 09:00

Glória Maria é primeira famosa a visitar Ivete em maternidade

Jornalista disse que cantora baiana está muito bem (foto: Arquivo)

Jornalista disse que cantora baiana está muito bem (crédito: Arquivo)

O primeiro famoso a visitar a cantora Ivete Sangalo ontem foi a jornalista Glória Maria. Ainda no hospital Português, ela falou sobre Ivete: ‘Ela está maravilhosa! Super feliz, tranquila, não sente dor, relax. Ivete está em estado de graça e não larga o Marcelo!’ Segundo a jornalista, o menino, filho da baiana com o estudante de nutrição Daniel Cady, é a cara da amiga. ‘Marcelo é a cara da Ivete. É um neném lindo! Ele ainda é pequenino, mas a boca e os olhinhos são todos dela. Quando ele não está mamando, está no colo dela, lindo!’

4 de outubro de 2009, 08:58

Bahia põe logo do governo em orelhas de cabras e bodes, diz Folha I

O governo Jaques Wagner (PT) difunde seu lema e sua logomarca em brincos pregados nas orelhas de 26.640 cabras, bodes, ovelhas e carneiros distribuídos neste ano a 5.505 famílias de pequenos criadores que moram em municípios pobres da Bahia. Já apelidado de Cabra Família, em alusão ao Bolsa Família do governo Lula, o programa Sertão Produtivo se propõe a melhorar a qualidade do rebanho caprino e ovino do Estado. Famoso na região do semiárido, onde mora a maioria dos beneficiados pelo programa, o brinco é amarelo, com letras em tom escuro. Feito com material plástico, o adorno traz escrita a frase “Terra de todos nós”, antecedido de “Governo da Bahia”, em letras grandes, e precedido de “Secretaria de Agricultura” e “Suaf”, sigla da Superintendência de Agricultura Familiar, criada por Wagner.

“Governo da Bahia – Terra de todos nós” é o lema da administração petista, iniciada em janeiro de 2007. No alto do brinco, ao lado do lema, aparece a logomarca do governo: um triângulo de lados desiguais, como a vela das tradicionais embarcações que singram o litoral baiano. A logomarca e o lema já são bastante conhecidos na Bahia. Estão em outdoors, laterais de carros públicos, bonés distribuídos ao funcionalismo e fachada de obras -como na sede da empresa de turismo do Estado, a Bahiatursa, ao lado do elevador Lacerda, atração turística de Salvador. Para prender o brinco, técnicos do governo furam a orelha dos animais, como se faz com seres humanos. Na face do adorno voltada para o couro, de visualização difícil, aparece uma numeração, registro oficial da inscrição daquele caprino ou ovino no programa.

4 de outubro de 2009, 08:56

Bahia põe logo do governo em orelhas de cabras e bodes, diz Folha II

Com um nome novo, o Sertão Produtivo deu continuidade e ampliou o projeto Cabra Forte, criado na gestão de Paulo Souto (DEM), antecessor de Wagner. A proposta do governo é, até o final deste ano, ter distribuído cerca de 38.265 caprinos e ovinos para 7.560 famílias em 128 dos 417 municípios baianos. A oposição considera que o governo faz campanha publicitária ao fixar brincos com marcas da gestão petista em animais doados a famílias carentes, moradoras das cidades de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) mais baixo no Estado, na região do semiárido, assolada por secas. Em Salvador, o ex-governador mostrou fotos de cabras e bodes com brincos em recentes reuniões políticas. Paulo Souto disse, na ocasião, estar indignado.

À Folha o deputado federal Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM) afirmou considerar “ridícula” e “surreal” a colocação do lema e da logomarca em objetos presos a cabras, bodes, ovelhas e carneiros. “Se não fosse trágico, seria cômico. Porque enquanto faltam recursos para a polícia dar segurança à população, faltam médicos nos hospitais, faltam professores nas escolas, sobra dinheiro para o governo fazer propaganda e divulgar sua marca inclusive em animais.” A distribuição é feita por quatro empresários e três empresas e associações que venceram, no ano passado, concorrência do governo. A Secretaria de Agricultura do informa que já foram gastos R$ 8,5 milhões dos cerca de R$ 12 milhões orçados até o fim do ano.

4 de outubro de 2009, 08:49

Ciro e Marina adotam agenda intensa contra polarização PSDB-PT

Vitaminados pela recente exposição na propaganda partidária, o deputado Ciro Gomes (PSB-SP) e a senadora Marina Silva (PV-AC) têm se lançado numa intensa agenda de viagens para impedir que suas candidaturas à Presidência da República sofram de inanição. A estratégia é conservar o padrão de aparições para sobreviver à polarização entre PT e PSDB na corrida presidencial.Com a tarefa de manter o mesmo patamar nas pesquisas, Ciro viajou, só na semana passada, a São Paulo, Brasília, Petrolina, Recife e Fortaleza. Hoje, estará na serra Gaúcha. Nesta semana, percorrerá o Norte. “Hoje as coisas estão postas, mas são uma espécie de treino livre da Fórmula 1. Entra sozinho, corre só. Depois outro entra”, resume Ciro. Após uma passagem pelo Rio no domingo -para a manifestação “Brasil no Clima”-, Marina, por sua vez, cumpriu agenda em São Paulo na quarta e viajou para Manaus na sexta. Amanhã, estará em Minas. Na quinta, embarca para Mônaco, onde recebe prêmio pela atuação em defesa do ambiente. Informações da Folha.

4 de outubro de 2009, 08:46

Pouso de emergência interditou Aeroporto de Salvador ontem pela manhã

O Aeroporto Luís Eduardo Magalhães ficou interditado no final da manhã de ontem por conta de um pouso de emergência de uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB). De acordo com o Coordenador de Comunicação Social do aeroporto, o avião decolou mas apresentou problemas no trem de pouso e teve que retornar após 30 minutos. Ainda de acordo com ele, o problema técnico impediu que a aeronave pudesse manobrar na pista, tendo que ser rebocada. A interdição durou cerca de 40 minutos, mas não comprometeu a programação dos voos diários. A manutenção no avião da FAB foi realizada ainda no aeroporto, vindo a decolar logo em seguida.

4 de outubro de 2009, 08:32

Mercedez Sosa morre aos 74

Sosa era a cantora argentina mais conhecida nacionalmente depois de Gardel e Piazzola

Sosa era a cantora argentina mais conhecida nacionalmente depois de Gardel e Piazzola (crédito: A Tarde)

Aos 74 anos, morreu neste domingo a cantora argentina Mercedes Sosa, em Buenos Aires. A artista foi internada há três semanas por causa de um problema renal. Seu estado de saúde piorou com mais complicações pulmonares. Nos últimos dias, foi mantida sedada, respirando com a ajuda de aparelhos.

Cantora de destaque internacional desde a década de 1970, Mercedes Sosa foi perseguida pelo governo militar argentino e precisou se exilar na Europa entre 1976 e 1983. Chamada carinhosamente de “La Negra”, por causa do tom de pele, tornou-se a artista mais conhecida de seu país mundialmente depois de Carlos Gardel e Astor Piazolla.

O último trabalho de Mercedes Sosa foi o álbum duplo “Cantora”, com participação do baiano Caetano Veloso, entre outros músicos, como Joan Manuel Serrat e Shakira, recebendo três indicações ao Grammy Latino de 2009.

4 de outubro de 2009, 08:23

MEC estuda criar “feriado” para Enem

O governo federal poderá decretar feriado estudantil durante dois dias da semana para aplicar as provas do Enem, caso não consiga uma nova data para a realização do exame num final de semana de novembro. O assunto será discutido nesta segunda-feira (5) numa reunião com reitores das universidades federais. Um acordo com os reitores das federais é importante porque a maioria dessas instituições decidiu utilizar as avaliações do exame no ingresso dos estudantes. E a escolha de datas no meio da semana poderia ser uma forma de evitar conflito com outros vestibulares. Informações da Folha Online.

4 de outubro de 2009, 08:22

Dilma se mexe e tenta evitar que o PDT se alie a Ciro

Ministra-candidata tenta evitar perder o apoio o PSB à sua candidatra

Ministra candidata tenta evitar perder o apoio do PDT (crédito: Folha)

É dura a vida de Ciro Gomes. Ao levar seu título eleitoral para passear em São Paulo, tornou-se um candidato multiuso. Presidência? Talvez. Sucessão paulista? Quem sabe. Na dúvida, os potenciais aliados de Ciro olham ao redor. É o caso do PDT. O ministro Carlos Lupi (Trabalho) frequentava o noticiário como alternativa de vice para Ciro. Asseadiado por Dilma Rousseff, Lupi abriu o leque. Leia mais no blog do jornalista Josias de Souza, da Folha.

4 de outubro de 2009, 08:18

Bahia é campeã em troca-troca partidário de deputados federais

A Bahia é o estado brasileiro onde houve o maior troca-troca partidário de deputados federais esta semana, quando encerrou o prazo para filiações. Mudaram de partido Jairo Carneiro (do DEM para o PP), Severiano Alves (do PDT para o PMDB), Sérgio Brito (PDT para PSC), Luis Bassuma (PT para PV), José Carlos Araújo (PR para PDT) e Márcio Marinho (PR para o PRB).

Nacionalmente, o partido que mais perdeu deputados foi o PMDB – saíram sete deputados e entraram dois, o que dá um saldo de cinco parlamentares. Do DEM, saíram quatro. No PDT, saíram três e entrou um. Dois parlamentares deixaram o PT. O PSDB perdeu um e ganhou dois. Deixou o PV um e entraram dois. Os partidos que mais ganharam deputados foram, pela ordem, o PSC (cinco), o PR (quatro) e o PP (três).