19 de novembro de 2007, 19:58

TCE elege novo presidente amanhã

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) realiza amanhã eleições para renovar sua presidência. Há grandes chances de Antônio Honorato ser reeleito, mas até o princípio da tarde havia indicativos de que o conselheiro Pedro Lino poderia correr por fora, como candidato da oposição.

19 de novembro de 2007, 19:20

Correio da Bahia quer ser líder de mercado na Bahia

O grupo espanhol que deve comandar a transformação do Correio da Bahia não tem nada a ver com aquele da Universidade de Navarra, na Espanha, responsável por reforma ainda executada no jornal A TARDE.

O pessoal em questão tem trabalhado em projetos jornalísticos nos EUA e, no Brasil, foi responsável pela bem-sucedida virada de “O Globo”, cuja circulação cresceu nos últimos meses e já ameaça a antes sólida liderança da Folha de S. Paulo como impresso nacional.

Confessou a este blog um dos executivos da Rede Bahia, grupo de comunicação da família do ex-senador ACM do qual faz parte o jornal, que o plano do Correio é assumir a liderança do mercado baiano em, no máximo, três anos.

Como a tradição na Rede é de alto profissionalismo na gestão, as notícias não poderiam ser melhores.

19 de novembro de 2007, 19:00

Assembléia aprova contas de Souto por 40 a 14

Por 40 votos a favor, 14 contra e uma abstenção, as contas do governador Paulo Souto relativas ao exercício financeiro de 2006 foram aprovadas agora há pouco na Assembléia Legislativa.

Os votos contrários são atribuídos ao PT e PCdoB, que já haviam se manifestado contrariamente à aprovação, conforme antecipado por este blog na semana passada.

Entre os partidos que deram a vitória ao ex-governador, considerada consagradora pelo líder da Minoria, Gildásio Penedo (DEM), estão, além de seu próprio partido, PR, PMDB, PP e PTN.

“Nem na época em que Paulo Souto era governador conseguiu votação tão expressiva. Isto é um reconhecimento à probidade do ex-governador”, disse Gildásio a este blog.

Entre os oposicionistas, o comentário maldoso é o de que a “enxurrada de votos denunciou um desejo de que Paulo Souto volte logo”.

19 de novembro de 2007, 18:09

EXCLUSIVO: PMDB votará pela aprovação das contas de Paulo Souto

Em reunião da bancada na Assembléia Legislativa, realizada na última quarta-feira, o PMDB decidiu, por unanimidade, encaminhar pela aprovação das contas relativas ao exercício financeiro de 2006 do ex-governador Paulo Souto (DEM).

“Estamos vivendo um novo momento na política baiana, em que não cabem mais retaliações nem que se olhe pelo retrovisor”, disse o líder Leur Lomanto Jr., que vai encaminhar pela aprovação do relatório do deputado Elmar Nascimento (PR) aprovando as contas.

Com a decisão, o PMDB torna-se o primeiro partido da base governista a assumir a defesa da aprovação das contas do ex-governador, uma vez que o PT discute recomendar a desaprovação e o PCdoB já fechou questão pela rejeição das contas.

19 de novembro de 2007, 18:00

Maria Luíza dá parabéns a Paulo Souto na Assembléia

Enquanto presidia temporariamente a sessão de hoje da Assembléia, a deputada estadual Maria Luíza (PMDB), mulher do prefeito João Henrique, decidiu fazer um comunicado que surpreendeu os colegas: “Como presidente da sessão, gostaria de dar os parabéns ao nosso governador Paulo Souto, que aniversaria hoje”. O silêncio foi grande na bancada do PT.

19 de novembro de 2007, 15:11

DEM promete convenção de arromba na sexta-feira

Promete ser bombada a convenção que o DEM programa para esta sexta-feira a fim de confirmar o comando do ex-governador Paulo Souto, na direção estadual, e do ex-deputado federal Gerson Gabrielli, no diretório municipal de Salvador. O local da festa, escolhido a dedo, será o Pelourinho, considerado um marco na gestão dos democratas na área de turismo na Bahia. Há grande expectativa de que, a partir do evento, a candidatura de ACM Neto a prefeito se torne irreversível.

19 de novembro de 2007, 09:56

Tucano vota pela desaprovação das contas de Souto

Não é só o PT e o PCdoB que planejam votar pela desaprovação das contas relativas ao exercício financeiro de 2006 do ex-governador Paulo Souto (DEM).

O tucano Sérgio Passos já decidiu voto contrário ao ex-governador e promete até discurso hoje, no plenário da Assembléia Legislativa, justificando a posição.

19 de novembro de 2007, 09:51

Depois do PED, definições municipais se aceleram, prevê secretário

Na entrevista agora de manhã (ver post abaixo), o secretário estadual Rui Costa (Relações Institucionais) previu que, depois da realização do PED (Processo de Eleição Direta) petista, as definições políticas no plano municipal vão se acelerar.

Travado como uma batalha de morte entre as várias tendências internas do PT, o PED vai escolher na Bahia os novos presidentes estadual e municipais do partido, que deverão exercer grande influência sobre a sucessão municipal de 2008.

“O PT precisa discutir com os diversos partidos da base. Se os partidos estiverem sintonizados com a população, vão fazer as melhores escolhas (de candidaturas)”, disse o secretário, ao analisar a sucessão em municípios como Salvador.

19 de novembro de 2007, 09:32

Rui Costa anuncia criação de Conselho Político de Wagner e admite divisão da base em Salvador

O secretário estadual Rui Costa (Relações Institucionais) anunciou agora há pouco, durante entrevista à rádio Nova Salvador FM, que o governo do Estado implantará seu Conselho Político no retorno à Bahia do governador Jaques Wagner, que se encontra na China.

De acordo com Costa, o Conselho terá a participação de todos os partidos que integram a base política governista e começará discutindo, entre outros assuntos, a sucessão municipal em Salvador e em outras cidades.

“Vamos instaurar uma nova forma de fazer política. Aquele tempo do ‘manda quem pode, obedece quem tem juízo’ acabou”, disse o secretário, que convidou o dono da rádio, entrevistador e deputado federal Marcos Medrado (PDT), a fazer parte do colegiado por seu partido.

Ao falar sobre a sucessão municipal, o secretário afirmou que a orientação do governador tem sido no sentido de que os partidos da base busquem a unidade, mas admitiu que, em alguns municípios, como Salvador, a medida será difícil.

“Nestes casos, a gente espera que os partidos, se tiverem posições diferentes no primeiro turno, possam estar unidos no segundo”, declarou, observando que o que mais interessa ao governo é que a gestão municipal funcione.

“O importante é que alguém da base aliada ganhe a eleição”, declarou o secretário que, na primeira parte da entrevista, fez várias críticas à gestão anterior no governo. “Encontramos problemas na infra-estrutura, na saúde, educação. Onde está a competência (deles)?”, questionou.

18 de novembro de 2007, 21:15

Com preço mais alto, Odebrecht ganha concorrência da transposição, informa Veja

Habilitada pelo Ministério da Integração Nacional na concorrência para o primeiro dos 14 lotes da transposição do Rio São Francisco, a baiana Odebrecht apresentou o preço mais alto entre as três concorrentes – os consórcios liderados pela Carioca e a Encalso foram desclassificados -, no valor de R$ 275 milhões.

A descoberta foi possível graças a uma ação judicial que parou o processo na Justiça, o qual revelou que a diferença de preço entre a proposta mais baixa e a da empreiteira baiana foi de R$ 36 milhões. As informações estão na revista Veja desta semana. A publicação também informa que o Judiciário determinou que o consório da Carioca participe do certame.

18 de novembro de 2007, 20:59

PCdoB não definiu se irá à reunião com PSB e PT, amanhã

O PCdoB ainda não sabe se irá amanhã à reunião com o PSB e o PT, convocada pela deputada federal socialista Lídice da Mata a fim de discutir o PDDU, criticado duramente pela candidata comunista Olívia Santana, na semana passada.

Deputados comunistas como Javier Alfaya ressaltam que a lógica que preside o lançamento da candidatura de Olívia Santana em Salvador é nacional e não vêem motivos para que se insinue uma articulação dos três partidos contra a reeleição de João Henrique (PMDB).

“Minha opinião pessoal é a de que o partido que tiver projeto deve apresentá-lo, mas não se trata de nada contra o prefeito, que respeitamos”, afirma o parlamentar, informando que o PCdoB deve definir amanhã se vai ou não vai ao encontro.

18 de novembro de 2007, 18:54

Jornalista Jorge Lindsay morre de infarte

O jornalista Jorge Lindsay faleceu hoje à tarde vitimado por um infarte. Ele ainda foi socorrido ao Hospital São Rafael, mas não resistiu. Jorge tinha 62 anos. Ele será sepultado amanhã, no Cemitério Bosque da Paz, na Estrada Velha do Aeroporto. Ex-funcionário de A TARDE, trabalhava atualmente como assessor de imprensa.

16 de novembro de 2007, 12:06

Apesar de avaliar que Olívia vai crescer, PCdoB evita dar publicidade ao fato para não acirrar ânimos

Apesar de não querer aprofundar, neste momento, o fosso com a administração municipal, o PCdoB avalia que a vereadora Olívia Santana terá condições de crescer – e muito – durante a campanha à sucessão do prefeito João Henrique (PMDB).

Em reunião recente, os comunistas teriam avaliado que, dadas as características pessoais de Olívia e sua identidade com a cidade, a vereadora pode ser uma grande surpresa na acirrada disputa pela Palácio Thomé de Souza.

“Além de ser uma vereadora de destaque, Olívia tem militância numa cidade que é majoritariamente negra e o PCdoB tem um novo projeto para Salvador”, diz uma fonte comunista.

Ele refere-se, entre outros aspectos, à condição de mulher e negra da candidata.  Por enquanto, entretanto, os comunistas preferem evitar dar divulgação muito ostensiva à sua estratégia e ao nome de Olívia.

Seria uma estratégia para evitar abrir uma linha de confronto com o Thomé de Souza que possa justificar o desligamento da legenda da administração municipal mais rápido do que o planejado.

16 de novembro de 2007, 11:14

Varela sonda Maurício Trindade para reassumir coordenação de campanha

Aos poucos, o apresentador Raimundo Varela (PRB) busca retomar os contatos e dar novo gás à campanha a prefeito de Salvador, contaminada por boatos de que havia desistido da disputa desde que o deputado federal Maurício Trindade (PR) desligou-se de sua coordenação política.

Na última quarta-feira, Varela chamou para uma conversa, em seu apartamento no Horto, o próprio Maurício, fazendo definitivamente as pazes com o ex-colaborador. O teor do encontro não vazou, mas tudo indica que o apresentador tenha pedido ao deputado para voltar à articulação.

16 de novembro de 2007, 10:05

Comunista atribui candidatura a “fragmentação” de projeto do prefeito

Pré-candidata do PCdoB à Prefeitura, a vereadora Olívia Santana disse agora há pouco em entrevista à Rádio Nova Salvador que seu partido não aceita ultimato do PMDB com relação à sua permanência na administração municipal, depois de a ter lançado à sucessão do prefeito João Henrique.

“Se o prefeito João Henrique entender que o PCdoB deve sair da administração, ele deve se posicionar. Ele é o administrador da cidade, foi quem nos convidou a integrar a administração”, disse, lamentando expressões como “cuspir no prato que comeu” e “não quer largar o osso”, usadas para definir o comportamento dos comunistas.

“A Prefeitura não é lugar onde as pessoas possam comer. É o espaço da administração da cidade, do seu presente e futuro”, disse a vereadora, atribuindo à “fragmentação” do projeto de governo a dispersão da base em candidaturas alternativas à do prefeito João Henrique.

“Se isto (a fragmentação) não ocorresse os partidos não buscariam alternativas”, declarou. A vereadora fez questão de afirmar ainda que, ao decidir apoiar o prefeito João Henrique no segundo turno das eleições municipais de 2004, o PCdoB não assumiu compromisso com a sua reeleição.

Ela disse que o partido tem divergências com relação à administração. “Discordamos frontalmente do PDDU”, declarou.