15 de julho de 2019, 17:17

SALVADOR Marta critica tentativa de autopromoção em cima do rompimento da barragem de Quati

Líder do PT na Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues disse, nesta segunda-feira (15), que gestores e políticos precisam se informar melhor sobre a situação no município Coronel João Sá, onde aconteceu o rompimento da barragem do Quati, para não transparecer oportunismo e repassar desinformação para a população. “Não há feridos ou óbitos decorrente do rompimento da barragem do Quati, no município de Pedro Alexandre. Mesmo assim, o recém-empossado secretário da Saúde de Salvador, Léo Prates, anunciou que enviará duas ambulâncias da capital para a localidade que fica a 500 km de distância, para ajudar as supostas vítimas”, lembrou Marta. Para Marta, o secretário municipal de Saúde deveria se preocupar em ampliar a cobertura da Atenção Básica da capital, que ê uma das piores do Brasil, com apenas 35,99%, o que significa que dois terços dos soteropolitanos não tem acesso a um posto de saúde. “A baixa cobertura da atenção básica impacta diretamente no volume e perfil de atendimento das unidades de emergência. Mais de 70% dos atendimentos de urgência e emergência de Salvador, correspondem a condições que poderiam ter sido evitadas por uma atenção básica mais ampla e resolutiva, principalmente complicações de diabetes e hipertensão mal controlados”, acrescentou. Marta reforça que as autoridades municipais da região, bem como o Governo do Estado, já comunicaram diversas vezes a inexistência de pessoas feridas ou óbitos. “É preciso comprometimento com a informação. Como se fala de mandar ambulância para vítimas, se não há vítimas? As equipes estaduais da vigilância epidemiológica e sanitária estão monitorando a situação e permanecem em contato contínuo com o Ministério da Saúde. Pelo visto o secretário também deve desconhecer que as áreas assistenciais e de medicamentos do Estado encontram-se de prontidão a fim de atender uma eventual demanda. Por fim, sequer contatou as Centrais Regionais no Samu “, diz Marta.

15 de julho de 2019, 16:37

SALVADOR Ônibus 100% elétrico será testado em linhas de transporte a partir dessa terça-feira (16)

O ônibus 100% elétrico da empresa chinesa BYD começa a circular em algumas linhas do transporte público da cidade a partir desta terça-feira (16), com tarifa normal, durante 30 dias. O objetivo da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) é checar a adequação do veículo às condições do dia a dia do transporte coletivo e as características geográficas da cidade. Além disso, o teste permite que a Semob possa tomar uma decisão futura, tanto para a operação do transporte em outros modais, a exemplo do BRT, quanto a possibilidade de utilizar futuramente o ônibus em linhas convencionais do transporte público. Com capacidade para 51 passageiros em pé e 26 sentados, o veículo 100% elétrico não emite qualquer tipo de poluição. O ônibus possui dois motores, sendo um em cada roda, freio ABS, potência de 400cv e consegue rodar 250km com a bateria completa, que leva até 4 horas para ser recarregada.​ O sistema de carregamento da bateria é feito em uma central de abastecimento, que pode ser instalada na garagem dos veículos. O ônibus é conectado em uma tomada até concluir o processo. O veículo oferece aos passageiros conforto e segurança, além de ser sustentável. O secretário da Semob, Fábio Mota, lembrou dos benefícios e reforçou a importância de futuramente o transporte operar com ônibus elétricos “Nós estamos testando as questões da autonomia e da logística do carregamento, assim como a funcionalidade do veículo. O ônibus elétrico é uma tecnologia limpa. É evidente que, entre ele e o normal, o elétrico leva todas essas vantagens por ser um aliado do meio ambiente” destacou. Altamente sustentável, o ônibus possui, dentre as características, a presença de 100% de suspensão pneumática, que oferece mais conforto ao passageiro com o sistema de ajoelhamento, compreendendo o piso baixo e a ausência de degraus. Com acionamento de um botão, o veículo é inclinado para o lado direito, onde uma prancha é deslizada para facilitar o acesso dos cadeirantes e pessoas com deficiência com tranquilidade e segurança.

15 de julho de 2019, 16:21

SALVADOR Limpurb já recolheu 188 mil toneladas de entulho neste ano

Restos de reboco, piso, cerâmica, mármore e outros tipos de refugos provenientes de reformas e construções de imóveis jamais devem ser descartados em passeios ou próximos a vias públicas da cidade. Esses resíduos podem gerar uma série de transtornos para o meio ambiente e para a população, podendo provocar acidentes, entupimentos de canais e bueiros, incluindo eventuais enchentes e alagamentos. Embora haja uma legislação municipal que oriente sobre como o cidadão deve jogar entulho fora, a prática do descarte irregular desse tipo de material ainda é uma constante na capital baiana. Em 2018, a Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) recolheu cerca de 730 mil toneladas de entulho na capital baiana. De janeiro a março deste ano, já são 188 mil toneladas coletadas das ruas. Conforme o decreto nº 25.595, é proibido lançar, depositar, permitir ou propiciar a deposição de resíduos sólidos, bens inservíveis, resíduos da construção civil e resíduos de poda em terrenos baldios. Integram a lista logradouros públicos, rios, lagos, lagoas, riachos, canais, córregos ou às suas margens, ou ainda em qualquer outro local não permitido pelo poder público. Em caso de descumprimento da norma, tanto pessoas físicas como jurídicas podem ser autuadas pelo descarte irregular. As multas variam de R$ 89 a 2,6 mil, mas os valores da penalidade podem dobrar em caso de reincidência. Em 2018 foram feitas 545 autuações e 145 neste ano.

15 de julho de 2019, 15:57

SALVADOR CMS: Por quatro votos a três, LDO 2020 é aprovada na Comissão de Orçamento

Foto: Divulgação

Cézar Leite, Sidninho e Marta Rodrigues votaram contra o relatório apresentado por Joceval

Em meio a polêmica, o texto que trata da Lei de Diretrizes Orçamentarias de 2020 (LDO) foi aprovado na Comissão de Orçamento e Finanças, na tarde desta segunda-feira (15), na Câmara Municipal de Salvador. Foram quatro votos favoráveis contra três contrários, um deles do aliado do prefeito ACM Neto (PSDB), vereador Cézar Leite.

Ainda, o líder da oposição Sidninho (Podemos) e a líder petista Marta Rodrigues (PT), que na semana passada haviam pedido vistas à matéria, também foram contrários ao relatório apresentado por Joceval Rodrigues (Cidadania).

Todos optaram pela rejeição sob a mesma justificativa: as emendas apresentadas pelos edis não terem sido acatadas pelo relator.

Os vereadores Sabá (PV), Kiki Bispo (PTB) e Joceval votaram pelo relatório. Isnard Araújo (PHS), que chegou na votação já com a reunião em andamento, acabou sendo o voto de desempate. A matéria seguirá para apreciação em Plenário, prevista para esta terça-feira (16), antes do recesso parlamentar.

Fernanda Chagas

15 de julho de 2019, 15:41

SALVADOR Promotora Rita Tourinho não deve comparecer a debate na CMS nesta segunda

Foto: Divulgação

A presença da promotora Rita Tourinho foi confirmada desde a semana passada por Geraldo Júnior

A promotora Rita Tourinho, do Ministério Público do Estado, não deve comparecer à Câmara Municipal de Salvador nesta segunda-feira (15), para debate marcado desde a semana passada com objetivo de esclarecer o projeto do Executivo (PLE-133/19) que concede isenção de ISS às empresas de transporte coletivo para evitar novo reajuste da tarifa desta vez no valor de R$0,12.

Conforme alguns vereadores relataram com exclusividade a este Política Livre, a ausência da promotora é dada como certa e, com base nisso, eles, inclusive, já estão se mobilizando para não comparecer às explanações do secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, do presidente da Arsal, Almir Melo e representantes das concessionárias.

“Até porque a nossa dúvida principal é sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre as partes, sem discussão com o Legislativo e a presença do Ministério Público é imprescindível”, disse um edil.

Os vereadores questionam o fato de a Câmara não ter sido sequer informada sobre os cálculos da planilha de composição das tarifas, para justificar a isenção.

O fato, se ocorrer, deve atrasar ainda mais a votação do projeto.

Fernanda Chagas

15 de julho de 2019, 15:26

SALVADOR Geraldo Júnior confirma que votação da isenção do ISS ocorrerá somente em agosto

Foto: Divulgação

A confirmação do presidente Geraldo Júnior ocorreu na sessão desta segunda-feira

Conforme o Política Livre antecipou, o projeto de isenção do ISS as empresas de ônibus não será votado antes do recesso. A confirmação veio do próprio presidente da Casa, vereador Geraldo Júnior (SD), que prevê o dia 10 de agosto como data para apreciação.

Na sessão desta segunda (15), antes mesmo de se iniciar o debate que contará com as presenças da promotora Rita Tourinho, do Ministério Público do Estado, do secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, e de representantes das concessionárias, para sanar as dúvidas dos vereadores sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre as partes sem discussão com o Legislativo, reiterou que a matéria não será votada de “forma açodada”.

“Até porque, levando em conta que processo embrionário deveria ter saído desta Casa, não sairemos da posição de protagonistas para coadjuvantes. Sem falar, que não posso posso submetê-lo as comissões sem antes ter um amplo debate e as explicações devida, a começar pela demonstração da planilha de custos”, frisou, lembrando que o prazo para votação do ISS é dia 30 de agosto.

“E esse meu posicionamento, o posicionamento desta Casa, já foi repassado para o prefeito ACM Neto (DEM) e para o líder de governo, vereador Paulo Magalhães Júnior (PV), que compreenderam e acataram, mas garanto que a cidade terá ônibus novos circulando em breve”, reforçou.

Leia também: Sob “Operação tartaruga”, Câmara Municipal deve votar apenas LDO antes do recesso

Fernanda Chagas

15 de julho de 2019, 12:57

SALVADOR ACM Neto sanciona sem vetos lei do “built to suit”

Foto: Divulgação

O projeto havia sido aprovado na Câmara desde o dia 05 de junho

Após o Política Livre revelar o baixo índice de projetos aprovados de autoria da Prefeitura de Salvador na Câmara de Salvador -cinco apenas -, o prefeito ACM Neto (DEM), sancionou sem vetos, nessa segunda-feira (15), o que permite à prefeitura alugar imóveis pelo prazo de 30 anos, sem necessidade de licitação, conhecido como “built to suit”.

A matéria foi aprovada desde o dia 5 de junho na CMS, em meio a muita polêmica e com voto contrário até mesmo de integrantes da base, a exemplo do vereador Cézar Leite (PSDB). A oposição, bem como o bloco independente, em sua grande maioria votou contra pontos principais do texto original.

Na ocasião, dentre as mudanças ao projeto “built to suit”, foi ponto de acordo a supressão do artigo 4 e alteração do artigo 3 que versava sobre a questão da licitação e a modalidade de contratação, cuja competência de regular seria do Executivo municipal, mas agora passam a ser regulados por lei federal.

Outro ponto modificado foi o que envolve a polêmica do aluguel por 30 anos, que hoje qualquer prorrogação neste sentido precisará passar pela crivo da Câmara para aprovação.

Em relação a área especifica de aluguel, antes restrita ao bairro do Comércio, será estendida para outros bairros da cidade.

Com isso, segundo o texto publicado no Diário Oficial do Município, a prefeitura não poderá pagar pelo aluguel, mensalmente, quantia que ultrapasse 1% do valor de mercado do imóvel. Caso o contrato de locação seja superior aos 30 anos, a eventual prorrogação precisará ser baseada em relatório da administração municipal.

Fernanda Chagas

15 de julho de 2019, 12:29

SALVADOR Prefeitura lança programa de capacitação para mulheres na construção civil

Foto: Mari Leal/Política Livre

Prefeito Acm Neto durante lançamento do programa Marias da Construção

O prefeito ACM Neto, acompanhado da titular da Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), Rogéria Santos, e da secretária nacional de Política para as Mulheres, Cristiane Brito, lançou, nesta segunda-feira (15), o projeto piloto do programa Marias na Construção, que ofertará cursos gratuitos de construção civil para população feminina da capital baiana. O evento aconteceu no Campo da Pronaica, em Cajazeiras X.Coordenada pela SPMJ, o Marias na Construção faz parte do eixo capacitação e empregabilidade do órgão. A iniciativa conta com as parcerias do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que ofertará a qualificação profissional, e da Defesa Civil de Salvador (Codesal), que trará informações técnicas acerca de construções seguras no município. Além disso, a ação também terá apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que oferecerá conhecimento sobre empreendedorismo, acesso à crédito, e da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), que garantirá a inserção no mercado de trabalho para as alunas que mais se destacarem durante o curso. O nome do programa homenageia a primeira mestre de obras da Bahia, Maria do Amparo Xavier, que também estará presente no lançamento.

15 de julho de 2019, 10:07

SALVADOR Luis Carlos nega que projeto do ISS só será votado depois do recesso e defende nome de Marinho para prefeito

Foto: Mari Leal/Política Livre

Vereador Luis Carlos, presidente do PRB em Salvador

O vereador Luis Carlos (PRB) disse hoje, ao chegar para o lançamento do programa Marias na Construção, em Cajazeiras X, que tem disposição para votar no projeto que isenta empresas de ônibus da cobrança do ISS a qualquer hora. “É um projeto que já está consolidado, do ponto de vista do entendimento, entre empresários, Ministério Público e Prefeitura, a gente sabe que o transporte público está passando por dificuldades, não é particularidade de Salvador, mas uma questão nacional, e que é importante, sobretudo para quem não tem automóvel (sua aprovação)”, afirmou. Segundo ele, não está definido que a matéria será votada só depois do recesso, porque há conversas em curso, já passou pelas comissões temáticas e não há problema que dificulte a sua aprovação a qualquer momento. Ele negou que a Câmara esteja sob “Operação Tartaruga” e estimou que talvez em dois dias haja convencimento suficiente para votar o projeto. Sobre a eleição municipal, ele lembrou que será diferente de todas as outras, porque não haverá coligações proporcionais, motivo porque os partidos incentivam candidaturas próprias. “Será um desafio”, declarou, dizendo que ter um candidato a prefeito facilitará eleger bancadas à Câmara Municipal. Ele defendeu para a disputa o nome do deputado federal Márcio Marinho, presidente estadual do PRB, lembrando que “já foi vereador, candidato a vice numa chapa do prefeito ACM Neto (DEM), é deputado há 16 anos, disputou a Prefeitura de Salvador, está sempre nas ruas, tem encaminhado emendas para Salvador, portanto o qualifico como um homem para fazer a gestão de Salvador”. Acrescentou, no entanto, que o partido pode vir a apoiar o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) à Prefeitura.

15 de julho de 2019, 09:50

SALVADOR Kiki diz preferir que ACM Neto saia candidato ao governo e não à Presidência

Foto: Mari Leal/Política Livre

Vereador Kiki Bispo (PTB)

Após o deputado federal Elmar Nascimento (DEM) indicar o nome do prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, como possível candidato à Presidência da República, o vereador Kiki Bispo (PTB) comemorou a possibilidade do democrata ser indicado para a disputa nas eleições de 2022, mas disse esperar que ele seja candidato ao governo do Estado, para que haja uma “renovação”. “O prefeito ACM Neto é um dos maiores nomes do país, faz uma gestão de excelência e sua administração é modelo para o Brasil. Ele tem sido o principal maestro ao lado dos presidentes da Câmara e do Senado para que o país comece a fazer as reformas que são necessárias. Naturalmente, ele começa a aparecer como grande nome de 2022, mas eu espero que ele seja candidato a governador da Bahia, só que é claro que ficamos orgulhosos com a indicação dele para a Presidência”, disse Kiki, enfatizando ainda que, em âmbito municipal, o nome de Bruno Reis parece certo para concorrer à Prefeitura de Salvador. O vereador deu as declarações ao chegar para o lançamento do programa Marias na Construção, em Cajazeiras X, pelo prefeito ACM Neto (DEM), que está sendo aguardado.

14 de julho de 2019, 18:42

SALVADOR Salvador pode ser contemplada com mais um Castramóvel

Cães e gatos nas ruas tem risco iminente de contraírem doenças, sofrerem maus tratos, além da reprodução desordenada. Neste sentido, a vereadora Marcelle Moraes apresentou emenda ao projeto de Lei de Diretrizes Orlamentárias (LDO) de 2020, para aquisição de mais um Castramóvel na capital baiana. A matéria segue em tramitação na Câmara de Vereadores e deve ser votada na próxima semana. O equipamento móvel de castração será do modelo tipo van para castrar cães e gatos em comunidades o ônibus do Castramóvel não tem acesso. “É papel do município garantir acesso aos direitos de cada cidadão. Para isso, vou viabilizar parte do orçamento dessa lei, que garante que as prioridades do município sejam atendidas, para colocar em funcionamento o veículo de menor porte. Muitas pessoas vivem com seus animais em locais distantes e difícil acesso em Salvador, é fundamental que a van possa suprir a necessidade dessas pessoas”, declarou a parlamentar. As zoonoses são doenças transmitidas ao ser humano por animais. “Animais tratados, vermifugados e vacinados, que vivem em boas condições de higiene, dificilmente transmitirão doenças às pessoas. O problema é que muitos deles não têm a mínima assistência. É notório então que não é somente um problema social, mas também é questão de saúde pública, competindo assim, ao poder público, implantar medidas que visem minimizar os impactos em animais, mas também, implicar negativamente na saúde dos seres humanos”, concluiu Marcelle.

14 de julho de 2019, 16:54

SALVADOR Prefeitura lança programa de capacitação para mulheres na construção civil nesta segunda (15)

O prefeito ACM Neto, acompanhado da titular da Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), Rogéria Santos, lança, nesta segunda-feira (15), o projeto piloto do programa Marias na Construção, que ofertará cursos gratuitos de construção civil para população feminina da capital baiana. O evento ocorrerá às 9h, no Campo da Pronaica, em Cajazeiras X. Coordenada pela SPMJ, o Marias na Construção faz parte do eixo capacitação e empregabilidade do órgão. A iniciativa conta com as parcerias do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que ofertará a qualificação profissional, e da Defesa Civil de Salvador (Codesal), que trará informações técnicas acerca de construções seguras no município. Além disso, a ação também terá apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que oferecerá conhecimento sobre empreendedorismo, acesso à crédito, e da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), que garantirá a inserção no mercado de trabalho para as alunas que mais se destacarem durante o curso. O nome do programa homenageia a primeira mestre de obras da Bahia, Maria do Amparo Xavier, que também estará presente no lançamento.

14 de julho de 2019, 08:56

SALVADOR Prefeitura requalifica e entrega campo de futebol em Cajazeiras VII

Foto: Divulgação

Equipamento esportivo foi inaugurado pelo secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, vice-prefeito Bruno Reis

Os moradores de Cajazeiras VII ganharam um campo de futebol requalificado pela Prefeitura. O equipamento esportivo foi inaugurado pelo secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), vice-prefeito Bruno Reis, no sábado (13), quando ele esteve no bairro acompanhado do apresentador Uziel Bueno, dos vereadores Kiki Bispo, Sérgio Nogueira e Demétrio Oliveira, além de diversos líderes comunitários. De acordo com Bruno Reis, a administração municipal investiu R$ 198,6 mil para reformar o equipamento. A Prefeitura, segundo o vice-prefeito, vai continuar destinando recursos para estimular a prática esportiva, que tem ajudado a dar uma opção de lazer e uma alternativa profissional aos jovens da capital baiana. “Vamos avançar com o programa que já construiu ou reformou mais de 350 campos e quadras em toda Salvador”, frisou Bruno. A revitalização do campo, segundo Uziel Bueno, era uma demanda antiga dos moradores de Cajazeiras VII, de mais de 20 anos. Na inauguração, ele elogiou o trabalho da Prefeitura, representada pelo vice-prefeito Bruno Reis. “Além de um gestor público grandioso, você é um cara de coração enorme, que vê realmente as necessidades dos bairros, que está no dia a dia das comunidades e sabe os percalços. Você conhece Salvador como poucas pessoas conhecem”, ressaltou. No evento, o vice-prefeito Bruno Reis autorizou a implantação de nova iluminação em LED em alguns pontos da comunidade. Ele também determinou à equipe técnica da Prefeitura que encontre um local adequado na região para construir uma praça, com brinquedos infantis e academia de saúde, atendendo aos pedidos dos moradores de Cajazeiras VII.

13 de julho de 2019, 19:49

SALVADOR “MP chamada Lei da Liberdade Econômica é mais uma violação à CLT”, diz Marta

Presidenta da Comissão de Direitos Humanos e Democracia da Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues (PT) disse que a MP 881/2019 aprovada na Comissão Mista do Congresso Nacional, na última quinta (11), é mais uma grave violação aos direitos trabalhistas dos brasileiros. “A MP chamada de Lei da Liberdade Econômica nada mais é que a suspensão de direitos na CLT, indo contra direitos garantidos em convenções ou acordos coletivos”, afirmou. Ela explica que alguns dos desmontes previstos na MP são a autorização dos trabalhos nos finais de semana sem a necessidade de acordos, o fim da obrigatoriedade das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (Cipas) e extinção da definição de carga horária máxima para bancários, músicos, profissionais cinematográficos, jornalistas, entre outras profissões. A MP 881/2019 tramita em caráter de urgência e foi aprovada nesta quinta-feira 11 na Comissão Mista, formada por deputados e senadores. Agora ela será analisada pelo plenário da Câmara e, se aprovada, será votada pelo plenário do Senado. Para Marta, a MP chega disfarçada der medidas anticrise, mas pune o trabalhador para favorecer o liberalismo econômico. “O liberalismo econômico não é saída para crise, se o trabalhador é quem tem seus direitos ainda mais afetados e perda salarial. Micro e pequenas empresas pra crescerem precisam dos trabalhadores para se manter”.

13 de julho de 2019, 17:35

SALVADOR Prefeitura-bairro Itinerante realiza 645 atendimentos no Vale das Pedrinhas

Secretário das Prefeituras-bairro, Luiz Galvão marcou presença no evento

O Projeto Prefeitura-Bairro Itinerante atraiu centenas de populares à Escola Municipal Vale das Pedrinhas, na manhã deste sábado (13). Minha Casa, Minha vida, intermediação de mão-de-obra, Bolsa Família, Cartão do SUS, atendimento jurídico, serviços de saúde, entre outros, foram disponibilizados gratuitamente aos moradores do bairro e comunidades adjacentes. Um total de 645 atendimentos foram realizados na localidade. A edição do Vale das Pedrinhas marcou também a estreia do novo secretário das Prefeituras-bairro, Luiz Galvão, na ação itinerante. O titular da pasta conferiu de perto o atendimento dos serviços oferecidos e destacou a importância do projeto para a aproximação cada vez maior entre a administração municipal e o cidadão soteropolitano. “A nossa meta é chegar ainda mais perto da população de Salvador, oferecendo os mais variados serviços, dando continuidade ao trabalho que vem sendo realizado. O Projeto Prefeitura-bairro Itinerante facilita a vida dos moradores das nossas comunidades, que podem ser atendidos gratuitamente perto de casa, usufruindo de importantes serviços. Vamos continuar investindo para dar continuidade a esse processo de aproximação aos nossos cidadãos”, afirmou Luiz Galvão. Coordenador do Prefeitura-bairro Itinerante, Rosalvo Sales também comemorou o resultado positivo da edição e o êxito do projeto. “Mais um final de semana em que deslocamos nossos funcionários e, em parceria com secretarias e órgãos públicos municipais, conseguimos oferecer uma enorme gama de serviços”, declarou. Ao anunciar as mudanças no secretariado municipal, na última terça-feira (9), o prefeito ACM Neto fez questão de elogiar e destacar o sucesso da iniciativa itinerante. “As Prefeituras-bairro nasceram com o objetivo de descentralizar os serviços públicos. O Prefeitura-bairro Itinerante é um dos projetos de mais sucesso na nossa gestão. Descentraliza ainda mais os nossos serviços, levando a prefeitura para dentro das nossas comunidades”, comemorou. Após acompanhar os atendimentos dos serviços no Vale das Pedrinhas, o secretário Luiz Galvão acompanhou também a inauguração do campo de futebol em Cajazeiras VII, ao lado do vice-prefeito Bruno Reis, da subprefeita da unidade de Cajazeiras, Kelly Morais, de vereadores e autoridades municipais.