19 de outubro de 2018, 14:35

SALVADOR Carballal declara apoio à candidatura de Geraldo Júnior à presidência da Câmara

Foto: Política Livre

O vereador Henrique Carbalall (PV) é o líder do governo na Câmara Municipal de Salvador

O líder do governo na Câmara Municipal de Salvador (CMS), Henrique Carballal (PV), declarou na tarde desta sexta-feira (19) apoio à candidatura do vereador Geraldo Júnior (SD) à presidência da Casa. “A candidatura vitoriosa de Geraldo Júnior demonstra a força da gestão do prefeito ACM Neto. Ele, que realizou um brilhante trabalho à frente da Secretaria Municipal de Trabalho Esporte e Lazer, retornou à Câmara e recebeu, de imediato, o carinho e o apoio da maioria esmagadora dos vereadores, o que demonstra o reconhecimento da sua liderança”, disse Carballal. O vereador ainda destacou a competência de Geraldo em aglutinar o apoio de diversos vereadores em torno de sua candidatura. “Com sua competência e espirito de liderança, ele está construindo uma candidatura única, que irá unir todos os setores da Casa, para que a próxima gestão possa ser uma das mais amplas possíveis”. O líder do governo ainda lembrou que Geraldo Júnior é um vereador da base do prefeito ACM Neto e que o gestor da capital baiana “sempre demonstrou que, seja qual fosse o vencedor dos nomes apresentados da base, dentre eles o do próprio Geraldo, ele estaria satisfeito”. “Parabéns a Geraldo, mas parabéns também aos vereadores Kiki Bispo e Cláudio Tinoco, que também apresentaram seus nomes para essa discussão”, concluiu.

19 de outubro de 2018, 14:02

SALVADOR Prefeitura entrega segunda etapa de encosta no Barro Branco neste sábado (20)

Foto: Jefferson Peixoto/Secom-PMS

Enconsta do Barro Branco, no Alto do Peru

Quase um ano e sete meses após o início das obras, uma das maiores obras de contenção de encosta em Salvador – a da localidade do Barro Branco, no Alto do Peru – terá a segunda etapa entregue pela Prefeitura neste sábado (20), às 10h (acesso pela Avenida San Martin, próximo ao Largo do Tanque). A cerimônia contará com as presenças do prefeito ACM Neto e do secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, dentre outras autoridades. A localidade foi uma das mais prejudicadas com as fortes chuvas que caíram na capital baiana em 2015. Com investimento de R$4,6 milhões e obras realizadas pela Seinfra, por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), a intervenção nesta segunda etapa englobou a implantação de cortina atirantada em 599 m² do lado direito e outros 209 m² do lado esquerdo. Além disso, foi utilizada a técnica de solo grampeado em cerca de 200 m² de encosta. A medida complementa a primeira etapa da encosta no Barro Branco, entregue em 29 de março de 2017 – mesmo dia do aniversário de 469 anos de Salvador e da assinatura da ordem de serviço para as obras da segunda etapa. Na ocasião, foi realizada a contenção de 1.682m² de área de risco utilizando a técnica de cortina atirantada, dividida em duas partes: principal e complementar. O investimento para esta ação foi de cerca de R$8,8 milhões. A cortina principal possui 156m de extensão, 10m de altura e 0,25m de espessura. Já as cortinas complementares possuem um total de 75m de extensão, três metros de altura e 0,25m de espessura. A execução da cortina atirantada envolveu escavação, perfuração do solo, introdução dos tirantes e telas metálicas, injeção de calda de cimento, concretagem e protensão (aumento da resistência do concreto) dos tirantes. Ao todo, foram 4.175m de tirantes e 590m³ de concreto. Na área restante, de 4,5 mil m², foi feito o retaludamento e execução de hidrossemeadura para proteção do terreno. Além disso, foi implantada drenagem com instalação de canaletas na crista e no pé das cortinas, junto com as caixas de drenagem. Com isso, toda a água proveniente das chuvas passou a ser encaminhada para a rede de drenagem existente na Avenida San Martin, que fica à margem do Barro Branco. Além da contenção, em ambas as intervenções, também foram implantados nova pavimentação e meio-fio.

19 de outubro de 2018, 13:01

SALVADOR Geraldo Jr ganha o apoio de Leo Prates para a presidência da CMS

Foto: Divulgação

Leo Prates e Geraldo Júnior

O atual presidente da Câmara Municipal de Salvador, o vereador Leo Prates (DEM), eleito deputado estadual no pleito deste ano, anunciou que apoiará a candidatura de Geraldo Júnior para presidente da Casa, em sucessão ao seu mandato, que não será renovado. Em vídeo divulgado nas suas redes sociais, Leo disse que Geraldinho está “matematicamente eleito”. “É um cara que conhece a Câmara como ninguém. Eu sempre falei que o meu candidato seria aquele que aglutinasse mais e que a gente conseguisse fazer uma candidatura única. Geraldinho deu esses passos”, disse Leo.

19 de outubro de 2018, 11:36

SALVADOR Prefeitura entrega segunda etapa de encosta no Barro Branco neste sábado

Quase um ano e sete meses após o início das obras, uma das maiores obras de contenção de encosta em Salvador – a da localidade do Barro Branco, no Alto do Peru – terá a segunda etapa entregue pela Prefeitura neste sábado (20), às 10h (acesso pela Avenida San Martin, próximo ao Largo do Tanque). A cerimônia contará com as presenças do prefeito ACM Neto e do secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, dentre outras autoridades. A localidade foi uma das mais prejudicadas com as fortes chuvas que caíram na capital baiana em 2015. Com investimento de R$4,6 milhões e obras realizadas pela Seinfra, por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), a intervenção nesta segunda etapa englobou a implantação de cortina atirantada em 599 m² do lado direito e outros 209 m² do lado esquerdo. Além disso, foi utilizada a técnica de solo grampeado em cerca de 200 m² de encosta. A medida complementa a primeira etapa da encosta no Barro Branco, entregue em 29 de março de 2017 – mesmo dia do aniversário de 469 anos de Salvador e da assinatura da ordem de serviço para as obras da segunda etapa. Na ocasião, foi realizada a contenção de 1.682m² de área de risco utilizando a técnica de cortina atirantada, dividida em duas partes: principal e complementar. O investimento para esta ação foi de cerca de R$8,8 milhões. A cortina principal possui 156m de extensão, 10m de altura e 0,25m de espessura. Já as cortinas complementares possuem um total de 75m de extensão, três metros de altura e 0,25m de espessura. A execução da cortina atirantada envolveu escavação, perfuração do solo, introdução dos tirantes e telas metálicas, injeção de calda de cimento, concretagem e protensão (aumento da resistência do concreto) dos tirantes. Ao todo, foram 4.175m de tirantes e 590m³ de concreto. Na área restante, de 4,5 mil m², foi feito o retaludamento e execução de hidrossemeadura para proteção do terreno. Além disso, foi implantada drenagem com instalação de canaletas na crista e no pé das cortinas, junto com as caixas de drenagem. Com isso, toda a água proveniente das chuvas passou a ser encaminhada para a rede de drenagem existente na Avenida San Martin, que fica à margem do Barro Branco. Além da contenção, em ambas as intervenções, também foram implantados nova pavimentação e meio-fio.

19 de outubro de 2018, 10:45

SALVADOR Aleluia condena ação do PSOL para suspender WhatsApp: ‘Fanáticos por censura’

Foto: Divulgação

Líder do Democratas na Câmara Municipal de Salvador, vereador Alexandre Aleluia

O líder do Democratas na Câmara Municipal de Salvador, vereador Alexandre Aleluia, repudiou a iniciativa do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em pedir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a restrição de funções do WhatsApp ou até mesmo a suspensão total do aplicativo em todo o país até o final das eleições. Segundo o democrata, a prática é corriqueira entre os integrantes da sigla, classificados pelo vereador como “fanáticos por censura”. “O PSOL, que propaga o tumulto e a desordem em vias públicas, atua exclusivamente como linha auxiliar do PT. Eles não têm agenda, apenas se curvam às ordens dadas por um bandido de dentro de uma cela. […] Condeno qualquer tipo de controle do Estado, já os integrantes do PSOL são fanáticos por censura”, disse Alexandre Aleluia. O edil cobrou, ainda, uma posição da bancada baiana do PSOL sobre o tema. “Gostaria de saber o que eles realmente acham sobre essa tentativa de censura. Não existe outra palavra para isso. Soa contraditório. Eles tentam empurrar goela abaixo da população o que eles dizem repudiar”, reivindicou. Nas redes sociais, Alexandre também reagiu à ação psolista no TSE e afirmou que “bloquear o WhatsApp é só um gostinho amargo do socialismo”. “O PT e seus puxadinhos não podem aceitar que a grande maioria da população pense diferente. Solução? Atacar a liberdade das pessoas de se comunicar”, escreveu o vereador, em sua página no Facebook. Após a repercussão negativa, o PSOL voltou atrás e desistiu de pedir a suspensão do WhatsApp no país. Em nova manifestação encaminhada ao TSE, o partido pede agora que a Corte adote as medidas que entender necessárias para coibir abusos na eleição, como por exemplo a aplicação de multa, conforme informou o jornal O Globo.

19 de outubro de 2018, 10:25

SALVADOR Antes candidato, Tinoco anuncia apoio a Geraldo Jr na presidência da CMS

Foto: Divulgação

Claudio Tinoco e Geraldo Júnior

Um dos postulantes ao cargo de presidente da Câmara Municipal de Salvador, o vereador licenciado Cláudio Tinoco, que atualmente está na Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), anunciou nest amanhã em entrevista à Rádio Metrópole que desistiu da pretensão e vai apoiar a candidatura de Geraldo Júnior (SD) ao cargo. Geraldo Júnior já tem 30 votos na disputa. Também já declararam apoio: Alexandre Aleluia (DEM), Duda Sanches (DEM), Maurício Trindade (DEM), Orlando Palhinha (DEM), Marcelle Moraes (PV), Sabá (PV), Paulo Magalhães Júnior (PV), Cézar Leite (PSDB), Tiago Correia (PSDB), Paulo Câmara (PSDB), Lorena Brandão (PSC), Joceval Rodrigues (PPS), Daniel Rios (MDB), Felipe Lucas (MDB), Rogéria Santos (PRB), Ireuda Silva (PRB), Edvaldo Brito (PSD), Isnard Araújo (PHS), Luiz Carlos (PRB), Paulo Câmara (PSDB), Alfredo Mangueira (MDB), Téo Sena (PHS), Odiosvaldo Vigas (PDT), Cátia Rodrigues (PRTB), Trindade, Sidninho, Carlos Muniz e Toinho Carolino, todos do Podemos.

19 de outubro de 2018, 09:54

SALVADOR Lorena Brandão homenageia Embaixadores do Rei e União Feminina Missionária

Foto: Valdemiro Lopes

Comemoração aos 95 anos da União Feminina Missionária e 70 anos dos Embaixadores do Rei

Através de uma iniciativa da vereadora Lorena Brandão (PSC), a Câmara Municipal de Salvador realizou nesta quinta-feira (18), no Plenário Cosme de Farias, uma sessão especial que celebrou os 95 anos de fundação da União Feminina Missionária e os 70 anos da criação dos Embaixadores do Rei. As duas agremiações integram a Igreja Batista do Brasil. A vereadora frisou que “nesta comemoração homenageamos pessoas que pregam a palavra de Jesus. O Evangelho ficou muito tempo preso entre quatro paredes. Mas os cidadãos que integram instituições como essas levam a mensagem divina às escolas, trabalho, faculdades e comunidades”. De acordo com a parlamentar, os representantes da União Feminina Missionária e os Embaixadores do Rei entendem as necessidades dos doentes e necessitados e, portanto, são merecedores da celebração realizada no Legislativo Municipal. O pastor Daniel Costa, presidente da Associação Batista de Salvador, afirmou que a sessão especial se constituiu num encontro que celebrou a iniciativa de pessoas que se organizaram para levar aos lares a mensagem do Evangelho. Segundo o líder religioso, os “Embaixadores do Rei foram fundamentais para forjar o meu caráter e ensinar que precisamos, em nome de Deus, servir ao próximo. Portanto, é necessário agradecer muito ao Senhor pelo que nos tornamos através da atuação que temos nessa instituição”. O evento contou com apresentações musicais do Coral da União Feminina e do Coral Radical. Desde o início da obra da Igreja Batista no Brasil, mulheres se reúnem para orar e trabalhar em missões. Mesmo antes de ser uma organização em nível nacional, elas se encontravam nas igrejas para estudar como evangelizar e praticar a beneficência. Em 23 de junho de 1908 surgiu, no Rio de Janeiro, a União Missionária das Senhoras Batistas do Brasil, integrada por 20 sociedades de senhoras e cinco compostas por crianças. No ano de 1922 foi editada a primeira publicação da congregação, intitulada Revista para Trabalho das Senhoras Batistas. Em 1963 esta vertente da igreja passou a ser denominada União Feminina Missionária do Brasil. Além da edição de livros e revistas, a organização realiza ações de expansão do ministério (trabalho religioso). Já a trajetória dos Embaixadores do Rei começou em 1883, quando um grupo de rapazes de 12 a 14 anos, da cidade de Owesboro, Kentucky, nos EUA, realizava reuniões para estudar missões e orar. A organização promove atividades que visam “os desenvolvimentos físicos, morais e espirituais dos meninos de 9 a 17 anos”. Já em 1908 os batistas do Sul dos Estados Unidos avaliaram que havia a necessidade de criar nas igrejas um ambiente mais apropriado para meninos desta faixa etária. E em 1909 já existiam 45 embaixadas envolvendo centenas de meninos, na Convenção Batista do Sul. E em 1915 já haviam mais de 4.500 embaixadores na igreja. Também prestigiaram a mesa do evento o pastor Nerinaldo Luís, presidente da União Missionária de Homens Batista da Bahia; Célia Caribé, presidente da União Feminina Missionária de Salvador; Joel Anunciação, líder dos Embaixadores do Rei de Salvador; Emília Silveira, ex-secretária executiva da União Feminina Missionária da Bahia; e Elson Versoza, ex-líder dos Embaixadores do Rei. Célia Caribé e Joel Anunciação foram homenageados com placas da Associação Batista de Salvador (ABS).

19 de outubro de 2018, 09:39

SALVADOR Barra será palco da Caminhada Axé Bolsonaro no dia 21

O Movimento Seu Voto Muda o Brasil, que já realizou no primeiro turno atos pró Bolsonaro com a presença de milhares de pessoas na Barra, organiza a Caminhada Axé Bolsonaro, no dia 21 de outubro, a partir de 09h30, entre o Farol da Barra e o Cristo. Coordenador do movimento, o capitão Cláudio Silva afirmou que “Bolsonaro será o próximo presidente do país porque a população clama por segurança, civismo e um governo que vai dar melhores condições de vida a uma população que não aguenta mais uma crise tão longa e causada pelos governos do PT, que vendeu sonhos e entregou pesadelos”, frisou. Está confirmada a presença do deputado federal Irmão Lázaro (PSC). Segundo Marcelo Meireles, também integrante do Movimento Seu Voto Muda o Brasil, “o voto é a mais poderosa arma que a população dispõe. Conclamamos todos à caminhada e podem ter certeza que uma multidão nunca vista em atos políticos na Barra vai dizer que a Bahia está com Bolsonaro”. Segundo ele, o Brasil está mergulhado num caos político e financeiro.

18 de outubro de 2018, 20:30

SALVADOR Barra será palco de caminhada pró Bolsonaro dia 21

Foto: Divulgação

O coordenador do Movimento Seu Voto Muda o Brasil, Cláudio Silva

O Movimento Seu Voto Muda o Brasil, que já realizou no primeiro turno atos pró Bolsonaro com a presença de milhares de pessoas na Barra, organiza a Caminhada Axé Bolsonaro, no dia 21 de outubro, a partir de 9h30, entre o Farol da Barra e o Cristo. Coordenador do movimento, o capitão Cláudio Silva afirmou que “Bolsonaro será o próximo presidente do país, porque a população clama por segurança, civismo e um governo que vai dar melhores condições de vida a uma população que não aguenta mais uma crise tão longa e causada pelos governos do PT, que vendeu sonhos e entregou pesadelos”, frisou. Está confirmada a presença do deputado federal Irmão Lázaro (PSC). Segundo Marcelo Meireles, também integrante do Movimento Seu Voto Muda o Brasil, “o voto é a mais poderosa arma que a população dispõe. Conclamamos todos à caminhada e podem ter certeza que uma multidão nunca vista em atos políticos na Barra vai dizer que a Bahia está com Bolsonaro”. Segundo ele, o Brasil está mergulhado num caos político e financeiro. As pessoas estão convocadas a irem à Barra vestidas com as cores verde, amarelo e branco.

18 de outubro de 2018, 17:00

SALVADOR Movimentos sociais serão decisivos no segundo turno da eleição, diz Suíca durante reunião no MST

A reunião de conjuntura do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para essa segunda etapa da eleição presidencial aconteceu em Salvador, nesta quinta-feira (18), com a presença de lideranças políticas de diferentes regiões da Bahia. O vereador da capital, Luiz Carlos Suíca (PT), foi um dos presentes que defendeu os movimentos sociais, principalmente os da região nordeste, e disse que eles serão decisivos neste segundo turno. Para Suíca, o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad (PT), vai comandar a virada mais surpreendente que o país já viu em um pleito para presidente. “Vamos para as ruas. Essa semana tem manifestação das mulheres contra o ‘candidato da ditadura’. Não podemos nos fechar e fingir que nada está acontecendo. O país caminha para a beira do abismo e precisamos tomar as rédeas desta situação antes que seja tarde demais para mudar. Uma eleição é muito importante e o que está em jogo é a democracia, é a vontade do povo pobre. Mas as forças hegemônicas deste país querem que o Brasil volte ao tempo da escravidão, da chibata e da tortura. E isso, os movimentos sociais e todos da esquerda brasileira não vão deixar que aconteça”, salienta o edil petista, ao lado dos dirigentes nacionais do MST João Pedro Stédile e Evanildo Costa. Suíca ainda aponta para as propostas que visam retirar direitos dos trabalhadores. Ele frisa que as minorias no país correm sérios riscos caso o candidato Jair Bolsonaro (PSL) seja eleito. “Mulheres, gays, negros, sem-terra, e tantas frentes que lutam por igualdade neste país serão ainda mais massacrados. Agora o momento é de muita cautela, os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, assim como a nossa Constituição, não devem ser contestados, e estão em riscos. Dizer que o 13º salário é um problema para o país é tirar do pobre para dar aos ricos e é isso que eles querem fazer. Nós não vamos permitir”, completa.

18 de outubro de 2018, 16:36

SALVADOR Transporte de passageiros por aplicativos deve ser regularizado em Salvador

Com o objetivo de discutir as regras que deverão regulamentar o transporte de passageiros por aplicativo, como Uber e 99 Táxi, em Salvador, a vereadora Marcelle Moraes (PV), juntamente com outros parlamentares, realizou uma reunião na tarde desta quarta-feira (17), na Câmara Municipal. Em agosto passado, o prefeito ACM Neto enviou o Projeto de Lei 258/2018 para ser apreciada pela casa legislativa com propostas que definiriam a operacionalização desse tipo de serviço na capital de maneira formalizada. Entre as proposições do regramento, estão a cobrança pela gestão municipal de 1% do valor recebido pela empresa responsável pelo aplicativo, além da limitação do número de veículos em circulação em 7,2 mil (três por automóvel cadastrado). A estimativa hoje dá conta que a cidade tenha mais de 20 mil profissionais cadastrados. “Ouvirmos todos e estamos em conversa para aperfeiçoamento do projeto. Alguns aspectos da proposição original descaracterizam e trazem limitações ao serviço que é prestado, por isso entendemos que há a necessidade de inclusão de emendas que não prejudiquem usuários e motoristas, ao mesmo tempo garantam segurança e contrapartida à gestão municipal”, explicou Moraes. O Projeto de Lei que regulamenta o transporte de passageiros por aplicativo em Salvador deve ser votado no dia 11 de novembro, na Câmara Municipal. Além de Marcelle, participaram da reunião conjunta os vereadores Cezar Leite, Maurício Trindade, Alexandre Aleluia, Lorena Brandão e Paulo Magalhães Júnior.

18 de outubro de 2018, 15:20

SALVADOR Com quatro vereadores, Podemos apoia Geraldo Jr.

Foto: Divulgação

Apoio foi confirmado nesta quinta-feira (18)

Os quatro vereadores do Podemos também fecharam apoio ao nome de Geraldo Jr. (SD) à presidência da Câmara Municipal. O apoio foi oficializado em almoço do vereador com o presidente do partido na Bahia, deputado federal Bacelar, para quem, segundo os próprios vereadores, ele cataliza os anseios de independência da Casa, fincados pelo atual presidente Leonardo Prates (DEM). Com isso, sobe para 27 o número de apoiadores do vereador, mais do que suficiente para sua vitória no próximo dia 19 de dezembro.

18 de outubro de 2018, 12:18

SALVADOR Odiosvaldo declara apoio a Geraldo Jr. e diz que Câmara é “independente”

Foto: Divulgação/Arquivo

Vereador Odiosvaldo Vigas (PDT)

O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT), em contato com este Política Livre na manhã desta quinta-feira (18), declarou apoio à candidatura de Geraldo Júnior (SD) para a presidência da Câmara Municipal de Salvador. Para o vereador, que é um dos mais antigos da Casa, ao lado de Alfredo Mangueira (MDB), a indicação do nome de Geraldinho acontece por conta do currículo do ex-secretário de Trabalho, Esportes e Lazer da Prefeitura de Salvador. “Geraldo é um vereador de vários mandatos na Câmara, conhece o Legislativo como poucos, foi secretário e ocupou vários cargos aqui na Casa e nós  maturamos com Mangueira a indicação de um nome que teria que fazer uma ampliação do trabalho que foi feito por Leo Prates (atual presidente). Precisamos de um presidente que agregue em torno dele, que tenha um bom relacionamento com os seus colegas e Geraldo foi rápido para fazer essa articulação”, disse Vigas, que elogiou outro postulante, o vereador Kiki Bispo (PTB), mas enfatizou que o “líder”, como é chamado Geraldo, foi mais rápido na articulação política. Sobre a declaração do secretário de Cultura e Turismo (Secult), o vereador licenciado Cláudio Tinoco (DEM), que afirmou ser prematura a divulgação de apoio por parte dos vereadores e que os mesmos deveriam ouvir a orientação do prefeito ACM Neto (DEM) antes de qualquer decisão, Odiosvaldo Vigas afirmou que o Legislativo “tem a sua independência”. “O poder legislativo tem a sua independência. Geraldo foi secretário do prefeito e isso não tem discussão. A sociedade não quer mais conchavos políticos, quer clareza e transparência”, completou.

18 de outubro de 2018, 11:34

SALVADOR Mangueira é 22o. vereador a anunciar apoio a Geraldo Jr. para presidente da Câmara

Foto: Divulgação/Arquivo

Vereador Alfredo Mangueira é considerado um dos mais influentes da Câmara Municipal de Salvador

O vereador Alfredo Mangueira (MDB) acaba de anunciar também apoio à candidatura de Geraldo Jr. (SD) à presidência da Câmara Municipal de Salvador, o que eleva para 22 o número de apoiadores reunidos até agora em torno do nome do vereador do Solidariedade. Segundo Mangueira, vereador veterano e considerado um dos mais influentes da Câmara, Geraldo Jr. reuniu rapidamente as condições para assumir o comando do Legislativo municipal e dar continuidade ao “excelente trabalho” executado pelo atual presidente, Leonardo Prates (DEM).

18 de outubro de 2018, 10:54

SALVADOR Rio Vermelho recebe primeira geomanta grafitada nesta sexta

Com um investimento de R$ 217,8 mil, a primeira geomanta grafitada será entregue pela Prefeitura na Rua Pedro Conselheiro Luiz, no Rio Vermelho, no cruzamento da antiga Coca-Cola. O evento, comandado pelo prefeito ACM Neto, acontece nesta sexta-feira (19), às 10h30, a obra que protege uma encosta de 1.391 m² e beneficia cerca de 53 famílias. Adotada desde 2016, a técnica já foi aplicada em 113 áreas de risco, compreendendo um total de 77,4 mil m², onde foram investidos pela administração municipal cerca de R$ 12 milhões. “A geomanta é um grande avanço trazido pelo prefeito ACM Neto que, com celeridade, gera segurança e proteção através da impermeabilização, garantindo tranquilidade à população que vive em áreas de risco”, afirma o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo. Sosthenes conta que, ao analisar algumas geomantas já aplicadas, percebeu que em determinadas situações poderia dar um pouco de cor a elas. “Conversando com alguns parceiros da Prefeitura de Salvador e de fora, vimos na grafitagem a oportunidade de ‘dar vida’ a algumas geomantas. Essa foi a primeira, mas pretendemos ampliar esta ação em parceria com a Fundação Gregório de Mattos”, declara. Inspirada na paisagem do próprio bairro, o trabalho de grafitagem realizada pelo artista Bruno Wiw destaca a liberdade, o mar, a natureza, belezas características do Rio Vermelho. “É uma iniciativa muito boa porque, além da conservação, promove a parte estética da obra, além de ser mais uma oportunidade para os artistas grafiteiros desenvolverem seus trabalhos em Salvador, que é uma cidade que ainda não está tão acostumada com a arte do grafite”, afirma. Inicialmente, a área que vai receber a geomanta é avaliada para verificar a possibilidade da instalação. Sendo aprovada, é realizada a limpeza e remoção de materiais como vegetação, lixo, restos de obra e revestimento solto. Posteriormente, é instalada a geomanta, que consiste na aplicação do material formado por um composto de PVC e geotêxtil, que é revestido com argamassa de concreto, seguida por pintura antifungos. A finalização compreende a instalação de canalhas, cerca de proteção e reconstituição da drenagem.