19 de setembro de 2019, 17:20

SALVADOR Téo Senna pede atenção da Embasa no Resgate

Foto: Divulgação

Téo Senna pontua que o problema é recorrente, uma vez que este é resultado de um serviço realizado há mais de três anos no bairro

Inconformado com o resultado do serviço realizado pela Embasa, no Bairro Resgate, o vereador Téo Senna (PHS) volta a pedir providências. Nesta quinta-feira (19), o parlamentar encaminhou o pedido para a Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal). De acordo com o documento, a comunidade alega que o serviço de recuperação da via, realizado através da Leão Engenharia, não foi executado de maneira satisfatória, ocasionando diversos transtornos. Para Téo Senna, o trabalho efetuado recentemente comprometeu a pavimentação da Rua Nossa Senhora do Resgate gerando a insatisfação dos moradores: “Fiz essa denúncia no mês de agosto e hoje volto a bater na mesma tecla, uma vez que nada foi resolvido. É uma vergonha que uma empresa que quer privatizar não consegue nem realizar um simples trabalho de recomposição do asfalto após procedimento da reguladora. O problema não é o tempo de entrega e sim a qualidade do serviço”. Téo Senna pontua que o problema é recorrente, uma vez que este é resultado de um serviço realizado há mais de três anos no bairro: “Esta não é a primeira vez, os moradores já não aguentam mais. O trabalho é mal feito e às pressas, pois com uma semana já está tudo deteriorado”.

19 de setembro de 2019, 17:05

SALVADOR Câmara terá posto de cadastramento biométrico

A população de Salvador vai contar com mais um posto do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para realizar o cadastramento biométrico. O presidente da Câmara Municipal, vereador Geraldo Júnior (SD), esteve com o presidente da Corte Eleitoral baiana, desembargador Jatahy Fonseca, para firmar uma parceria a fim de garantir que os mais de 200 mil eleitores sem biometria regularizem a situação perante a Justiça Eleitoral e não tenham o título cancelado. “Na próxima segunda-feira vamos assinar o termo de cooperação técnica. Para mim é uma grande alegria receber este convite. A biometria é um assunto importante para a cidade. Salvador vai ser referência para as outras capitais, pois esta iniciativa vai servir de modelo”, afirmou Geraldo Júnior. A assinatura do termo de cooperação está marcada para a próxima segunda-feira (23), às 9h, na sede do TRE-BA, no Centro Administrativo da Bahia. Aqui em Salvador, a revisão biométrica foi encerrada em janeiro de 2018. A proposta é que no posto do TRE, na Câmara Municipal, o eleitor que teve o título cancelado possa regularizar a situação, principalmente para o próximo pleito.

19 de setembro de 2019, 16:40

SALVADOR CCJ da Câmara de Salvador debate Programa de Regularização Fundiária

Foto: Reginaldo Ipê/CMS

O vereador Alexandre Aleluia, presidente da CCJ, conduziu o evento

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ) da Câmara Municipal de Salvador promoveu, na manhã desta quinta-feira (19), no auditório do Anexo Bahia Center, uma audiência para debater o Projeto de Lei Complementar nº 02/2019, que institui o Programa de Regularização Fundiária Urbana (Reurb). A proposta de autoria do Executivo Municipal chegou à Casa por meio da Mensagem 04/2019. O vereador Alexandre Aleluia (DEM), presidente da CCJ, conduziu o evento. “O objetivo da audiência é dar publicidade ao projeto e escutar sugestões de pessoas da sociedade, tanto de quem sofre diretamente com a falta de regularização fundiária quanto das pessoas ligadas à academia. Como esse projeto ainda não passou pela CCJ, qualquer sugestão pode ser bem-vinda”, afirmou Alexandre Aleluia. Ele acrescentou que “é um projeto que vai impactar a vida das pessoas de Salvador”.

Um dos participantes da mesa, o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, Sérgio Guanabara, disse que a matéria tem o propósito de inclusão social. “O projeto trata da regularização da moradia de aproximadamente 150 mil famílias. Isso equivale a 60%, 70% da nossa população que reside em 20% do nosso território. Portanto, é um programa de inclusão social e econômico que tem como proposito assegurar a propriedade dessas pessoas”, afirmou. Integrante da CCJ, a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) opinou sobre a regularização de terras: “Nossa cidade tem uma grande parte do seu território de maneira ainda irregular e esse projeto de lei visa regularizar essas terras. Então é importante debater com a comunidade, com a população”. Ela que disse que “esse é um dos projetos mais importantes para a cidade”.

Líder do governo na Câmara, o vereador Paulo Magalhães (PV) garantiu que “o projeto devolve a dignidade das pessoas, dando poder e autoestima, já que vai assegurar o título de proprietário da casa”. Participaram da audiência pública, além dos citados, os vereadores Sílvio Humberto (PSB) e Joceval Rodrigues (Cidadania); a coordenadora da União Nacional de Moradia Popular, Marli Carrara, e a diretora do Instituto do Direito Urbanístico, Adriana Lima. O projeto agora será analisado pelo relator, vereador Alexandre Aleluia. Depois da CCJ, a matéria seguirá para a Comissão de Orçamento, encerrando a tramitação na Comissão de Planejamento e Desenvolvimento Urbano.

19 de setembro de 2019, 16:15

SALVADOR Democrata sugere nome de Ricardo Almeida, do PSC, como vice de Bruno Reis

Foto: Fernanda Chagas / Política Livre

O vereador Ricardo Almeida (PSC)

Em meio à disputa pela vaga de vice em uma eventual chapa de Bruno Reis (DEM) na disputa pela prefeitura de Salvador, não passou despercebida nesta quinta-feira (19), a sugestão do deputado estadual democrata Sandro Régis em prol do nome do vereador e presidente do PSC em Salvador, Ricardo Almeida.

Ao responder a um post do socialista cristão que nada remetia a 2020, mas a última visita às obras do Centro de Convenções, ao qual ele classificou como um equipamento que irá impulsionar a economia e turismo da cidade, proporcionando eventos de grande porte para toda população, Régis respondeu: “Bom Vice para @brunoreisba”.

Ricardo Almeida foi procurado pela reportagem, mas não foi encontrado. A declaração do democrata, no entanto, foi endossada por outros seguidores. O detalhe fica por conta do parlamentar ser líder do DEM na Assembleia Legislativa da Bahia e braço direito do prefeito, que aposta todas as suas fichas no nome o vice-prefeito.

Entre os nomes cotados para o posto estão o do deputado estadual Alan Sanches (DEM) pela capilaridade política que possui em Salvador e o secretário da Saúde, Leo Prates (DEM), tido também como plano B, caso o nome de Reis não desponte. Na lista consta ainda a turma do PSL que utiliza do discurso de que por ser ‘o partido do Presidente da República, hoje o maior do Brasil na oposição ao PT’, tem muito a contribuir em Salvador.

Fernanda Chagas

19 de setembro de 2019, 15:35

SALVADOR Prefeitura aciona polícia em ato de vandalismo contra escultura de Mãe Stella de Oxóssi

A Fundação Gregório de Mattos (FGM) registrou boletim de ocorrência na polícia em função do ataque sofrido, na madrugada de hoje (19), pelo monumento em homenagem à Mãe Stella de Oxóssi, que fica próxima à avenida que leva o nome da líder religiosa falecida em 2018, no acesso da Avenida Luiz Viana Filho (Paralela) ao bairro de Stella Maris. Além disso, técnicos do órgão municipal já estiveram no local para verificar os danos e programar a pintura da obra, assim como a recolocação da placa, o que deve acontecer nos próximos dias. A escultura amanheceu com pichações e teve a placa com a marca da Prefeitura arrancada. A obra, composta por esculturas do orixá Oxóssi e de Mãe Stella, é de autoria do artista plástico Tatti Moreno. O monumento foi entregue pela Prefeitura em abril deste ano. Todos os meses, o poder público municipal gasta cerca de R$45 mil com reparos de praças, academias de saúde, espaços de lazer e monumentos, alvos de vandalismo.

19 de setembro de 2019, 15:17

SALVADOR Salvador-Itaparica: Geraldo Jr. assume posição em defesa do governo e anuncia ida de Leão à Câmara

Foto: Divulgação/Arquivo

Conforme Geraldo Júnior, João Leão vai à Câmara apresentar o projeto questionado pelo prefeito

Após o prefeito ACM Neto (DEM) declarar que o governo do Estado tenta passar por cima da Prefeitura ao não apresentar ao executivo municipal o projeto da ponte Salvador-Itaparica já licitado, avisando que será difícil executar a obra se não houver entendimento, o presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD),  assumiu hoje posição em defesa do executivo estadual. Conforme ele, o projeto ainda está em sua ‘forma embrionária’ e sequer houve discussão na cidade. Contudo, Geraldo Jr. antecipou que o vice-governador da Bahia e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão (PP), irá até a Casa Legislativa apresentar o projeto questionado pelo prefeito.

“O vice-governador João Leão, em conversa na Governadoria, já se prontificou a demonstrar, a exemplo de Rui [Costa], o projeto aos vereadores. O governador foi e explanou sobre o VLT. O vice-governador se colocou à disposição de forma a estabelecer as informações necessárias”, afirmou Geraldo Junior em entrevista ao programa “Isso é Bahia”, na rádio A Tarde 103,9 FM, com Fernando Duarte e Jefferson Beltrão, nesta quinta-feira (19).

Nesta quinta-feira (19), em entrevista a este Política Livre, o vice-governador, no entanto, afirmou que está disposto a se reunir com o prefeito ACM Neto (DEM) para detalhar o projeto e ainda antecipou que a nova estrutura não causará qualquer impacto na cidade, direcionando o fluxo de veículos para a BR-324, próximo à Via Expressa.

“Ninguém quer passar por cima de ninguém. A gente tem tempo ainda de discutir. Se não tiver acordo, vamos para o próximo prefeito. Se ele [ACM Neto] quiser sentar, terei muito prazer em fazer explanação. Não terá impacto nenhum em Salvador. Quando o governo construiu a Via Expressa, já foi baseado na ponte”, disse Leão, acrescentando que o equipamento “vai melhorar o fluxo (de veículos) em Salvador”.

Fernanda Chagas

19 de setembro de 2019, 14:24

SALVADOR Tesouro Nacional aponta Salvador como campeã em honrar compromissos

Foto: Divulgação

Conforme Souto, resultado é fruto do compromisso da administração municipal com a responsabilidade fiscal

O Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais de 2019, publicação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que analisa a gestão fiscal dos estados e municípios no ano de 2018, apontou Salvador como a capital mais eficiente em todo o país no que se refere à execução dos pagamentos de seus compromissos. Este índice de eficiência da STN baseia-se no exame de quanto das despesas reconhecidas como efetuadas e, portanto, devidas, chamadas de liquidadas no jargão técnico, foram transferidas, como restos a pagar, para o exercício seguinte ou foram liquidadas no próprio exercício. Em Salvador, este índice foi de 0,2% em 2018, o que importa dizer que, para cada R$ 1.000 de despesa reconhecida, o município quitou R$ 998,00 no próprio exercício. Mais ainda: além de exibir o menor índice, no ano de 2018 Salvador superou em dez vezes a média de todas as capitais, que ficou em 2%.

Segundo o secretário municipal da Fazenda, Paulo Souto, “isso significa que a nossa capital tem um grau de eficiência nos seus pagamentos dez vezes superior ao da média das capitais brasileiras, fornecendo a nossos fornecedores a tranquilidade e a certeza de que os valores correspondentes aos bens adquiridos e serviços recebidos pelo nosso município serão pagos pronta e tempestivamente”. Paulo Souto acrescentou ainda que, fruto do permanente compromisso da administração municipal com a responsabilidade fiscal, este índice vem melhorando progressivamente ao longo dos últimos anos, tendo caído de 3,6% em 2013 para 1,4% em 2014, 0,8% em 2015 e 0,3% em 2016 e 2017, até chegar aos mencionados 0,2% de 2018.

19 de setembro de 2019, 11:24

SALVADOR “Pessoas fortes querem vir para nosso partido”, diz Leão sobre disputa pela prefeitura de Salvador em 2020

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

João Leão

O presidente do Partido Progressista (PP) na Bahia, vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, garantiu, em conversa com este Política Livre, que em 15 dias decidirá o nome para disputar o comando da capital baiana em 2020. “Hoje temos dois candidatos, Niltinho e Cacá Leão. Não quero demorar mais que 15 dias para bater o martelo. Temos também pessoas fortes e consagradas que querem participar do processo eleitoral em Salvador e que querem vir para nosso partido”. Questionado sobre as “pessoas fortes” que desejam disputar pelo PP, Leão desconversou, afirmando entre risos que “política é a arte do segredinho”. Vale lembrar que a sigla é apontada como uma das opções para viabilizar uma candidatura do atual presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr (SD). Durante o desfile em comemoração ao Dois de Julho, Geraldo marchou ao lado de próprio Leão e outros nomes do partido, como o presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Leal.

Mari Leal

19 de setembro de 2019, 09:49

SALVADOR Ireuda Silva comemora projeto que obriga agressores de mulheres a pagar tratamento das vítimas

Foto: Divulgação

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara de Salvador, vereadora Ireuda Silva (Republicanos), comemorou a sanção do projeto que obriga agressores de mulheres a ressarcirem o Sistema Único de Saúde (SUS) pelo tratamento das vítimas de violência doméstica. A matéria é de autoria dos deputados federais Rafael Motta e Mariana Carvalho, e altera a Lei Maria da Penha. A republicana chegou a apresentar, no Legislativo municipal, projeto com o mesmo objetivo.

“A obrigação de reparar o dano causado às vítimas é do agressor, que hoje é apenas responsabilizado no âmbito penal. Essa lei tem o objetivo de contribuir para a efetivação das políticas públicas de proteção à mulher”, disse Ireuda. “O fato de essa lei ter sido sancionada mostra que o poder público e os representantes do povo estão em certa medida sintonizados com essa causa de suma importância, que é o combate à violência contra a mulher. Portanto, não podemos deixar de parabenizar os autores, os deputados Rafael Motta e Mariana Carvalho, e o presidente Jair Bolsonaro, por seu entendimento no momento de sancionar a matéria”, acrescenta a republicana.

O Brasil é o 5º país em um ranking de agressões contra mulheres da Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o Ministério da Saúde, o número de notificações de violência contra a mulher quase quadruplicou entre 2009 e 2016. Além disso, 42% das mulheres afirmaram que já sofreram violência dentro de casa. “As pessoas também precisam se conscientizar e intervir em episódios de agressão sempre que possível, mesmo que seja só chamando a polícia. É um compromisso que deve ser assumido por todos”, pontua Ireuda.

18 de setembro de 2019, 21:00

SALVADOR Leo Prates comemora a aprovação, por unanimidade, da Lei Sempre Melhor

Foto: Política Livre

O secretário Municipal de saúde, Leo Prates

O secretário Municipal de saúde, Leo Prates, comemorou a aprovação, por unanimidade, da Lei Sempre Melhor, na Câmara Municipal de Salvador, em votação realizada nesta quarta-feira (18). A proposta possibilita que o município realize reformas de associações beneficentes, Organizações não Governamentais (ONGs) e entidades comunitárias que prestam serviços públicos, através de chamamento/credenciamento, nos valores de R$ 25 mil, R$ 50 mil e R$ 100 mil. O texto que foi apresentado à Câmara quando Prates ainda chefiava a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, vai conseguir adequar diversas instituições a exigências da legislação. “Essa é uma grande conquista para política social de Salvador, já que entidades que prestam um serviço fundamental para a sociedade, agora poderão receber melhorias para aprimorar ainda mais o atendimento e acolhimento da população”, afirmou. Prates também agradeceu aos vereadores, em especial ao presidente da casa, Geraldo Jr, pelo empenho na tramitação e aprovação da Lei Sempre Melhor e parabenizou a atual titular da SEMPRE. “Eu e toda a cidade agradecemos à Câmara e confiamos que a secretária Ana Paula Matos seguirá fazendo um grande trabalho”, Completou.

18 de setembro de 2019, 19:58

SALVADOR Audiências públicas sobre a Regularização Fundiária começam nesta quinta

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) dará início, nesta quinta-feira (19), às 9h, no Centro de Cultura da Câmara dos Vereadores, a primeira audiência para discutir o projeto de lei da Regularização Fundiária (Reurb). O encontro, que vai reunir vereadores e representantes da sociedade civil, tem o objetivo de discutir o tema e abrir a possibilidade para quem quiser contribuir com o projeto. O programa de Regularização Fundiária faz parte do eixo Inclusão Econômica do Salvador 360 e visa resolver a questão da moradia irregular em Salvador. Serão contempladas 236 Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), com cerca de 150 mil moradias onde as pessoas residem, tem a posse, mas não possuem a propriedade, em áreas como Gamboa e Subúrbio. “É importante abrirmos esse espaço para discussão porque precisamos ouvir das pessoas o que elas precisam. A Reurb é extremamente importante para a cidade e vai promover uma grande transformação dessas áreas com a inclusão no ordenamento urbano, com acesso aos serviços públicos, estímulo a geração de renda e o resgate da cidadania da população carente”, explica o secretário Sedur, Sérgio Guanabara.

18 de setembro de 2019, 18:44

SALVADOR Comissão da Câmara que fiscaliza concessão das empresas de ônibus vai ao MP na quinta

Foto: Antonio Queirós/CMS

O vereador Carballal é o presidente do colegiado

A Comissão Especial de acompanhamento e fiscalização do contrato de concessão das empresas de ônibus instalada na Câmara de Salvador no dia 11, tem encontro marcado, às 14h, na sede do Ministério Público da Bahia, órgão com quem a Prefeitura de Salvador e os empresários de ônibus assinaram um Termo de Ajustes de Conduta (TAC) para reajuste da tarifa dos ônibus da capital, assinado em março deste ano. Conforme o presidente do colegiado, vereador Carballal (PV), na ocasião ouvirão a promotora Rita Tourinho e em seguida a Comissão visitará a empresa TransCard, responsável pela bilhetagem eletrônica em Salvador. Ante, na segunda-feira (23), às 9h, na Câmara, os vereadores ouvirão representantes da empresa Integra, concessionária de transporte coletivo.

Fernanda Chagas

18 de setembro de 2019, 18:26

SALVADOR Em retaliação à oposição, governistas na Câmara rejeitam moção a Jean Wyllys

Foto: Arquivo

A vereadora Aladilce foi autora da honraria a Jean Willys

Com um clima de tensão instalado em plenário na Câmara de Salvador na tarde desta quarta-feira (18), a Moção nº 102/19, de iniciativa da vereadora Aladilce Souza (PCdoB), cujo objetivo era aplaudir o jornalista baiano e ex-deputado federal Jean Wyllys, do PSOL, foi rejeitada, dentre centenas aprovadas. A justificativa de Aladilce foi o ex-deputado ter sido convidado para dar aulas como professor visitante no Afro-Latin Institute da tradicional Universidade de Harvard, apesar de ter se exilado do país por perseguição política, porém a bancada do governo se voltou contra a honraria e a rejeitou.

Encampado pelos vereadores Alexandre Aleluia (DEM), Duda Sanches (DEM) e Cezar Leite (PSDB), o movimento teria sido uma retaliação à bancada de oposição, que votou contra alguns projetos de resolução de integrantes da base do governo, a exemplo da moção de aplausos aos policiais do Bope que atuaram no recente sequestro de um ônibus na ponte Rio-Niterói, de autoria do democrata Alexandre Aleluia.

Inconformada Aladilce classificou a rejeição como uma incoerência. “É uma incoerência essa rejeição, um equívoco, pois trata-se de um baiano, meu conterrâneo de Alagoinhas, reconhecido por esta Casa com o Título de Cidadão de Salvador. Ser convidado para ensinar em uma das universidades mais importantes do mundo deveria ser motivo de orgulho”, registrou a vereadora.

Fernanda Chagas

18 de setembro de 2019, 18:15

SALVADOR Nova Unidade de Acolhimento vai atender a casais moradores de rua da Cidade Baixa

Foto: Max Haack/Secom

A unidade foi inaugurada pelo prefeito ao lado da secretária de Promoção Social , Ana Paula Matos

A entrega da Unidade de Acolhimento Institucional (UAI) da Ribeira, feita nesta quarta-feira (18) pelo prefeito ACM Neto, ilustra a evolução das políticas públicas do município com foco nas pessoas em situação de rua e extrema vulnerabilidade. Como revelou o prefeito, a Prefeitura está investindo R$65 milhões em assistência e promoção social, beneficiando sobretudo esse público mais vulnerável.

“Passamos e vimos a realidade dessas pessoas encostadas com o cobertor, muitas vezes só com a roupa do corpo e, infelizmente, vítimas do vício de substâncias psicoativas. O problema do morador de rua é nosso, da Prefeitura, e da coletividade. Estamos trabalhando muito no sentido de enfrentar o problema”, destacou ACM Neto, que participou da inauguração da UAI da Ribeira ao lado do vice-prefeito Bruno Reis e da secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Ana Paula Matos.

O novo equipamento amplia a rede municipal de assistência, elevando a dez o número de UAIs espalhadas pela cidade. Segundo estimativas da Sempre, outras quatro unidades do tipo serão inauguradas nos próximos 90 dias. A da Ribeira tem capacidade para cuidar de 25 casais (50 pessoas) e funciona na Rua Visconde de Caravelas, 150 (atrás da Biblioteca Pública e próximo à Prefeitura-Bairro da Cidade Baixa).

Na UAI, o beneficiário, além da dormida, a todas as refeições, acompanhamento médico e social. “A Prefeitura trabalha para que essas pessoas sejam, no futuro, reinseridas no âmbito familiar ou no mercado de trabalho, tendo autonomia em suas vidas. É um suporte passageiro, mas importante”, disse ACM Neto.

A administração desses espaços fica a cargo da Sempre. “Estamos ampliando a capacidade de atendimento dessas pessoas que vivem nas ruas aqui na região da Cidade Baixa, a exemplo dos Mares. Nossa expectativa é que aqueles acolhidos aqui fiquem de três a seis meses, prazo em que podem conseguir autonomia e até benefícios como o aluguel social, conseguindo assim se mudar para as próprias residências”, declarou Ana Paula.

Levantamento – Um levantamento do número total de pessoas em situação de rua em Salvador está sendo realizado através de uma parceria entre a Prefeitura e o Projeto Axé. Serão elaborados mapeamento, contagem e estimativa da população em situação de rua na capital baiana, com foco específico em pessoas que utilizam os espaços públicos como moradia. Por enquanto, a Prefeitura trabalha com uma estimativa entre 4,5 mil a 14 mil pessoas em situação de rua.

A UAI da Ribeira, assim como as outras nove unidades, dispõem de equipes multidisciplinares que trabalham 24 horas realizando ações de resgate da autoestima e reinserção de pessoas em situação de rua junto às famílias e ao mercado de trabalho. O novo equipamento terá como foco de atendimento casais que não têm filhos. Entre os profissionais que trabalham nas UAIs estão psicólogos, assistentes sociais, educadores sociais, entre outros.

18 de setembro de 2019, 18:13

SALVADOR Líder afirma que bancada de Neto “continua firme e forte” na CMS

Foto: Fernanda Chagas/Política Livre

O líder governista, vereador Paulo Magalhães Júnior (PV), disse, nesta quarta-feira (18), que a bancada do prefeito ACM Neto (DEM) “continua firme e forte” na Câmara Municipal de Salvador. A declaração foi dada ao site Política Livre ao comentar sobre as últimas declarações do tucano Sérgio Nogueira. O líder do PSDB afirmou que ele deveria tomar cuidado com “forças ocultas” em sua volta ao elogiar o presidente da Casa, Geraldo Júnior (SD).

“Ele [Sérgio Nogueira] também às vezes é surpreendido, porque dentro da bancada a gente recebe sempre muitos elogios pelo esforço que tem sido feito, empreendido aí, votado e aprovado diversas matérias importantes para a nossa cidade. E, às vezes, é surpreendido dizendo que a liderança está balançada, que o líder vai cair. Então, eu já caí umas dez ou 11 vezes, mas a bancada continua firme e forte e acho que Sérgio Nogueira queria se referir a isso. Eu até o agradeci depois”, ponderou o líder na inauguração da Unidade de Acolhimento Institucional (UAI) da Ribeira.

Fernanda Chagas e Raiane Veríssimo