2 de fevereiro de 2012, 10:37

MUNDO Manifestantes protestam no Cairo após morte de 74 em jogo no Egito

Foto: AFP

Torcedor ferido chega ao Cairo a bordo de avião militar nesta quinta-feira

Manifestantes interromperam o trânsito de carros na Praça Tahrir, no centro do Cairo, em protesto contra a tragédia da noite anterior, que deixou mais de 70 mortos em um jogo de futebol na cidade mediterrânea de Port Said. Os acessos ao prédio da rádio e da TV estatais estão bloqueados. Centenas de pessoas estão acampadas na Praça desde 25 de janeiro, pedindo a saída imediata da junta militar que governa o país desde a queda do regime do ditador Hosni Mubarak, no ano passado. No prédio do Ministério do Interior, as medidas de segurança foram intensificadas, por temor de que os torcedores do Al Ahli, um dos implicados nos incidentes da véspera, e seus rivais do Zamalek entrem em confronto na região. (G1, com agências internacionais)

2 de fevereiro de 2012, 09:41

MUNDO Blogueira cubana se diz “decepcionada” com Dilma

Yoani Sánchez

De Havana, onde edita seu blog Generación Y, a dissidente cubana e colunista do Estado Yoani Sánchez disse ontem, à rádio Estadão ESPN, que está “decepcionada” com a atitude da presidente Dilma Rousseff de evitar o debate sobre direitos humanos em sua passagem por Cuba. “Foi uma pena, uma oportunidade perdida”, afirmou Yoani, que uma semana antes recebeu da mesma Dilma a autorização para vir ao Brasil. “Teria sido um bom momento para um gesto diplomático e solidário com os cidadãos, não só com o governo”, afirmou a dissidente. Na entrevista por telefone, Yoani revelou que deve sair amanhã a resposta do governo de Cuba ao pedido para viajar para o Brasil. Ela é aguardada no dia 10 em Jequié, na Bahia, onde estreará um documentário em que ela aparece como personagem. Até agora, segundo contou, ela fez 18 tentativas de sair da ilha, todas negadas. “Se a resposta sair, será agradável. Mas é claro que não estou esperando uma resposta para me exilar. Quero conhecer o Brasil e voltar.” (Agência Estado)

2 de fevereiro de 2012, 09:15

MUNDO Oceania: 219 pessoas são resgatadas em naufrágio

A Autoridade Marítima Australiana informou nesta quinta-feira que 219 sobreviventes já foram resgatados após o naufrágio de uma embarcação com mais de 300 pessoas a bordo na Papua Nova Guiné. “Às 16h30 (3h30 de Brasília), oito navios mercantes estavam na região e cinco deles haviam socorrido os sobreviventes”, afirma uma nota da Autoridade Marítima. “Fomos informados que 219 sobreviventes estavam nos navios”, completa a nota. Pouco depois do naufrágio, a Autoridade de Segurança Marítima de Papua Nova Guiné (NMSA) informou que mais de 300 pessoas estavam a bordo da embarcação. A empresa Star Ships perdeu contato com o “MV Rabaul Queen” às 6h00 desta quinta-feira (18h00 de Brasília, quarta-feira), quando a embarcação navegava entre os portos de Kime e Lae, na costa leste do país. (Veja)

2 de fevereiro de 2012, 08:20

MUNDO Jogo de futebol no Egito termina em tragédia com mais de 70 mortos

Um jogo de futebol no Egito terminou em tragédia com dezenas de mortos depois das torcidas invadirem o campo e brigarem no gramado. Inicialmente, a agência de notícias Efe divulgou que ao menos 25 pessoas morreram, mas, mais tarde, Reuters, Associated Press e a própria Efe informaram que eram mais de 50 as vítimas fatais. Em seguida, o Ministério egípicio da Saúde confirmou 73 mortes. Depois, o número passou para 74, segundo a Associated Press. “Isso é lamentável e profundamente triste. É o maior desastre da história do futebol egípicio”, disse o vice-ministro da Saúde, Hesham Sheiha, à TV estatal do país, segundo a Reuters. A confusão aconteceu depois de uma partida entre os times Al Ahly, do Cairo, e Al Masry, de Port Said, local do confronto (que fica a 200 km da capital), que terminou 3 a 1 para os anfitriões. Segundo a Associated Press, os torcedores da casa começaram a jogar pedras e garrafas sobre os rivais e feriram também os jogadores do Al Ahly. Testemunhas contaram para a agência Efe que a torcida local passou a provocar os rivais a cada gol. No final, irritados, os seguidores dos dois times invadiram o campo. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, classificou a tragédia como inimaginável. (Folha)

2 de fevereiro de 2012, 07:32

MUNDO Navio com cerca de 350 passageiros afunda na Oceania

Uma embarcação de passageiros com cerca de 350 pessoas a bordo afundou nesta quinta-feira no litoral noroeste de Papua Nova Guiné, informou a imprensa australiana. A Autoridade Nacional Marítima do país afirmou que a tripulação do navio MV Rabaul Queen, da companhia Star Ships, enviou um pedido de auxílio no começo da manhã, quando navegava entre as localidades de Kimbe e Lae. Equipes de resgate foram mandadas ao local e conseguiram resgatar até agora 193 sobreviventes do acidente. Participaram da operação oito navios que estavam nas proximidades do local, disse a porta-voz da Autoridade Nacional de Segurança Marítima da Austrália, Carly Lusk, à emissora de televisão australiana ABC. Até o momento, a autoridade não informou as circunstâncias do acidente e nem o que aconteceu com os outros náufragos, que, segundo a polícia de Papua Nova Guiné, são em sua maioria estudantes e aprendizes de professores. (EFE)

2 de fevereiro de 2012, 07:25

MUNDO Reator nuclear nos EUA é desligado após ‘leve’ vazamento

Um dos reatores nucleares da usina de San Onofre, entre Los Angeles e San Diego, foi desligado na última quarta-feira devido a um “leve” vazamento radioativo que não apresentaria perigos para a população, segundo autoridades americanas. A fuga de gás radioativo, que ocorreu em um duto de vapor localizado em uma instalação do reator, foi detectada na terça-feira à noite, segundo a autoridade americana de segurança nuclear (NRC). Foi lançado então um alarme e o reator foi desligado, afirmou Victor Dricks, porta-voz do orgão. O prédio no qual ocorreu o vazamento não é hermético e é possível que um “nível muito leve” de radioatividade tenha se dispersado na atmosfera, detalhou Dricks. (Veja com Agência France Press)

1 de fevereiro de 2012, 19:45

MUNDO ‘Estamos abertos a receber cidadãos haitianos’, diz Dilma no Haiti

Foto: EBC

Presidente Dilma Rousseff

Em declaração à imprensa após uma reunião com o presidente do Haiti, Michel Martelly, a presidente Dilma Rousseff disse que o Brasil está aberto para receber haitianos. Desde o terremoto que devastou o país em 2010, cresceu o número de imigrantes haitianos no Brasil, que já chegam a 4 mil, segundo o Ministério da Justiça. Em Porto Príncipe, Dilma reafirmou a disposição de receber os imigrantes ao destacar a decisão, anunciada no início de janeiro, de conceder 1,2 mil vistos especiais de trabalho por ano para os haitianos e suas famílias. “Reiterei que continuaremos cooperando para criar para os haitianos condições de vida melhores no próprio Haiti. Deixei claro, no entanto, que como é da natureza dos brasileiros, estamos abertos a receber cidadãos haitianos que optem por buscar oportunidades no Brasil”, disse em declaração à imprensa. (G1)

1 de fevereiro de 2012, 17:34

MUNDO Dilma trocou presentes com Fidel durante encontro em Havana

O ex-comandante Fidel Castro recebeu a presidente Dilma Rousseff nesta terça em sua casa particular, uma espécie de chácara, com jardins bem cuidados, nos arredores de Havana. Dilma deixou Cuba na manhã desta quarta e viajou para o Haiti, onde faz a primeira visita oficial ao país como presidente. O encontro privado com Fidel não constou da programação oficial da presidente em Cuba. Ela levou de presente chocolates do Brasil. E ganhou de Fidel Castro uma biografia dele, ainda não publicada. São dois volumes escritos por uma cubana que tratam da guerrilha. Apesar da saúde abalada, Fidel demonstrou muita lucidez durante o encontro de uma hora com a presidente. Disse estar preocupado com a situação do Haiti. Antes desta terça, a última vez em que Dilma e Fidel se encontraram foi em um congresso de economia, em 1982. (G1)

1 de fevereiro de 2012, 15:30

MUNDO Battisti pede julgamento ‘verdadeiro’ a presidente da Itália

O ex-ativista italiano Cesare Battisti teria pedido para o presidente da Itália, Giorgio Napolitano, a oportunidade de ser julgado de forma “verdadeira”. A solicitação foi feita durante uma entrevista ao programa televisivo “Le Iene”, conforme um trecho antecipado pela própria emissora. (Folha)

1 de fevereiro de 2012, 15:11

MUNDO Twitter só vai retirar tweets quando houver pedido legal, diz CEO

O CEO (executivo-chefe) do Twitter, Dick Costolo, defendeu nesta segunda-feira a política de restrição de conteúdo anunciada pela empresa na quinta-feira, segundo a qual tweets e usuários podem ser censurados de acordo com as leis do país em que estão. Em entrevista concedida durante o evento D: Dive Into Media, promovido pelo site All Things Digital na cidade americana de Dana Point, Costolo reforçou que o conteúdo restrito estará disponível fora do país no qual não poderá ser veiculado. “Quando nós recebermos um pedido legal, vamos tentar garantir que aquele conteúdo esteja disponível no maior número possível de lugares”, disse Costolo, ressaltando que o Twitter terá uma postura reativa e que adotou tal política antes mesmo de ser obrigado a agir de tal forma. (O Globo)

1 de fevereiro de 2012, 14:20

MUNDO 1.500 morreram tentando entrar na Europa em 2011

Um número recorde de 1.500 pessoas, principalmente de Somália e outras regiões da África, morreram tentando chegar à costa européia em 2011 e a odisseia mortal continua para muitos que partem da Líbia, disse nesta terça-feira o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). A agência informou que os levantes populares na Tunísia e na Líbia levaram mais pessoas a fugir no ano passado, incluindo migrantes da região subsaariana que trabalhavam no Norte da África, depois que medidas mais severas na fronteira haviam reduzido drasticamente as chegadas à Europa em 2009 e 2010. “Isso faz de 2011 o ano mais mortal para esta região desde que o Acnur começou a registrar essas estatísticas em 2006”, disse à imprensa Sybella Wilkes, porta-voz do Acnur. O número da agência da ONU é uma estimativa que inclui pessoas de 15 nacionalidades que se afogaram ou desapareceram no Mar Mediterrâneo, que separa a Europa da África. (O Globo)

1 de fevereiro de 2012, 14:02

MUNDO Grécia está perto de fechar acordo sobre novo pacote de resgate

O porta-voz do governo da Grécia, Pantelis Kapsis, indicou nesta quarta-feira, que um acordo sobre o segundo pacote internacional de resgate para o país, de 130 bilhões de euros, está perto de ser fechado. Mas, antes da finalização, o primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, quer o aval dos líderes dos três principais partidos políticos que fazem parte da coalizão de governo. “O acordo sobre o empréstimo será feito com uma decisão mútua dos líderes políticos”, disse Kapsis. “Eles serão chamados a tomar decisões muito sérias”, acrescentou, se referindo às duras medidas que a Grécia precisará adotar em troca do auxílio externo. Esse encontro entre Papademos e os líderes deve ser realizado nos próximos dias, segundo o porta-voz. Atualmente a Grécia mantém duas frentes de negociação. Uma com a chamada troica de credores internacionais – formada por Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Central Europeu (BCE). E outra com os credores privados, para a reestruturação da dívida do país. Esse acordo com o setor privado, formado principalmente por bancos, é uma precondição para o programa de ajuda internacional. (Agência Estado)

1 de fevereiro de 2012, 10:50

MUNDO Brasil quer transformar Rio+20 em um ‘G20 sustentável’, dizem europeus

A menos de cinco meses da conferência Rio+20, no Rio de Janeiro, autoridades políticas e líderes ambientalistas europeus estão preocupados com a suposta “falta de foco” das propostas feitas pelo governo do Brasil, organizador do evento. As críticas sobre as prioridades brasileiras, antes feitas a portas fechadas, ontem foram externadas em público, durante encontro em Paris. O temor é de que, alargando as discussões, a Rio+20 não resulte em nada. A insatisfação começou a ficar clara com o lançamento, no início de janeiro, do chamado Draft Zero – o rascunho de declaração final do evento preparado pelo governo brasileiro e submetido às autoridades estrangeiras e à sociedade civil. O documento estabelece como prioridades da conferência os temas da “economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza” e o “quadro institucional” para alcançar tal objetivo. Leia mais no G1.

1 de fevereiro de 2012, 07:52

MUNDO Argentina acusa tentativa de militarizar questão das Malvinas

O governo argentino acusou nesta terça-feira o Reino Unido de tentar militarizar o conflito pelas Ilhas Malvinas, com a decisão de enviar um destróier, e lamentou a visita, em breve, do príncipe William ao arquipélago, em comunicado divulgado pela chancelaria. “A República Argentina rejeita a tentativa britânica de militarizar um conflito do qual as Nações Unidas já se ocuparam em diversas ocasiões, indicando que as duas nações devem resolvê-lo em negociações bilaterais”, diz a nota. Acrescenta que “o povo argentino lamenta o desembarque do herdeiro real em solo pátrio com o uniforme de conquistador, não com a sabedoria do estadista que trabalha a serviço da paz e do diálogo entre as nações”. A chancelaria argentina emitiu o comunicado intitulado “Mais Diplomacia menos Armas”, depois de o ministério da Defesa do Reino Unido anunciar que “nos próximos meses” enviará um de seus navios de guerra mais modernos ao Atlântico Sul para substituir a fragata que patrulha a zona. Leia mais na Folha.

1 de fevereiro de 2012, 07:12

MUNDO Romney vence prévia na Flórida e é favorito a ser rival de Obama

Foto: AP

O pré-candidato republicano Mitt Romney

O empresário e ex-governador do estado de Massachusetts, Mitt Romney , venceu nesta terça-feira com ampla vantagem a eleição prévia do Partido Republicano na Flórida. Segundo a divisão eleitoral do estado, Romney teve 46,4% dos votos, seguido por Newt Gingrich em segundo lugar, com 31,9%, e Rick Santorum em terceiro, com 13,4%. O pré-candidato Ron Paul ficou em quarto lugar, com 7% do total de votos. Essa foi a segunda vitória de Romney nas quatro primeiras disputas do partido para decidir quem vai concorrer com o presidente Barack Obama nas eleições de novembro nos Estados Unidos. Romney agora lidera a disputa e se consolida como favorito a ser o candidato a presidente pelos republicanos. (G1)