15 de janeiro de 2019, 17:05

BAHIA Lauro de Freitas busca parceria do BNDES para projetos sociais

Foto: Divulgação

Dr. Almeida, Cristiane Saback, Jonas Evangelista e Mauro Cardim

O secretário municipal de Planejamento, Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Urbano de Lauro de Freitas, Mauro Cardim, esteve reunido nesta terça-feira (15) com Jonas Evangelista, da área de projetos do BNDES, para a viabilização da implantação de 10 Laboratórios de Robótica e de um Hospital Veterinário Público no município. Segundo Cardim, “é uma determinação da prefeita Moema Gramacho a realização de parcerias importantes que tragam investimentos e recursos para ajudar no desenvolvimento do município, em todas as áreas. O resultado do encontro foi positivo e passamos todas as informações técnicas e sociais necessárias para contar com o BNDES”, concluiu. Também estiveram na reunião Cristiane Saback, e o diretor da Associação Comercial de Lauro de Freitas, Dr. Almeida.

15 de janeiro de 2019, 12:01

BAHIA UFBA abre edital com vagas para pessoas trans, quilombolas e indígenas

Foto: Divulgação

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

A Universidade Federal da Bahia (UFBA) mantém aberto, até o dia 23 de janeiro de 2019, o processo seletivo que reserva vagas de graduação para quilombolas, imigrantes ou refugiados em situação de vulnerabilidade, indígenas aldeados e pessoas transgênero (travestis e transexuais). Ao todo, estão sendo disponibilizadas 352 oportunidades em 88 cursos da instituição, ministrados nas modalidades Curso de Progressão Linear (CPL) – de categoria tradicional, podendo ser licenciatura, bacharelado ou formação profissional -, Curso Superior de Tecnologia (CST) – formação de três anos, mais voltada à preparação para setores da economia – e Bacharelado Interdisciplinar (BI) – instrução de cunho humanístico, científico e artístico. Segundo as regras determinadas pela universidade, para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ter prestado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio 2018. Para candidatos imigrantes ou refugiados que tenham cursado o nível em outro país, dispensa-se a exigência. Ainda conforme edital, a condição de quilombola e a de indígena aldeado será comprovada mediante certificado da Fundação Cultural Palmares e da Fundação Nacional do Índio (Funai). Já de pessoas transgênero solicita-se a entrega de autodeclaração. Imigrantes ou refugiados, por sua vez, devem apresentar visto humanitário permanente ou temporário, emitido pelo Conselho Nacional de Imigração. Além do ingresso pelo sistema de cotas, a UFBA oferece, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), 4.492 vagas para os cursos de graduação. A legislação em vigor também prevê reserva de cotas para estudantes que cursaram, integralmente, o ensino médio em escolas públicas e estudantes com renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita. Outras informações sobre a seleção, como a documentação completa requerida e critérios de classificação, podem ser obtidas através do site. As inscrições, efetuadas em ambiente online, são gratuitas.

Agência Brasil

15 de janeiro de 2019, 10:31

BAHIA Entidades se unem contra o Plano Diretor em Lauro de Freitas

O Conselho das Cidades de Lauro de Freitas – CONCIDADES realiza audiência pública para discutir o Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal – PDDM e o Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU. O evento ocorrerá na UNIME, dia 24 de janeiro (quinta-feira) às 18h30. A iniciativa é fruto de decisão tomada em reunião de conselheiros representantes da sociedade civil, no CONCIDADES. Para Janaína Ribeiro, presidente da Associação de Moradores de Vilas do Atlântico – Amova, e membro do CONCIDADES, “Trata-se da primeira audiência pública de iniciativa popular no município, que foi acolhido oficialmente pelo segmento da sociedade civil do Conselho das Cidades”. Ainda de acordo com Janaína, “As irregularidades sobre o trâmite do PDDM / 2018 são gritantes, visto que o mesmo nem sequer passou pela plenária do CONCIDADES, conforme preconiza a lei federal 10.257/2001- Estatuto das Cidades”. Diversas entidades também questionam a legitimidade do Plano. Segundo o presidente da Associação Comercial de Lauro de Freitas – ACLF, Marcelo Meirelles, a atual gestão municipal impôs à população um PDDM sem realizar audiências públicas e contrariando a legislação. Recentemente a ACLF entrou com uma representação no Ministério Público Estadual – MPE, solicitando a anulação da Lei (publicada em 17/12/2018), considerando como região de Macrozona Industrial – MEU, a comunidade remanescente de Quilombo Kingoma (certificada pelo Governo Federal – Fundação Palmares) e a Reserva Indígena Thá-Fene. O art. 40, § 4º, I da lei 10.257/2001, estabelece que “no processo de elaboração do plano diretor e na fiscalização de sua implementação os Poderes Legislativo e Executivo municipais garantirão: a promoção de audiências públicas e debates com a participação da população e de associações representativas dos vários segmentos da comunidade”. Na sexta-feira (11) entidades e cidadãos estiveram reunidos para tratar sobre a organização do evento. Presentes, Janaína Ribeiro e Antonio Fiuza, da AMOVA / Membro do CONCIDADES, Tina Tude, representando o Instituto ATiTude CelesTina – iAC, Silvana Vaz, moradora e ativista, André Lopes, da Federação Brasileira de Cidadania – FEBRAC / membro do CONCIDADES, Juno Sardeiro, representando o Movimento dos Amigos e Moradores de Ipitanga – AMI, Hendrik Aquino, ativista, além de Marcelo Meirelles e Rebeca Martins, respectivamente, presidente e advogada da ACLF.

15 de janeiro de 2019, 10:25

BAHIA Wagner não quer que PT apoie reeleição de Maia, diz coluna

Foto: João Ramos / Estadão

Jaques Wagner

De acordo com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, o senador eleito Jaques Wagner rechaçou o apoio do PT para a reeleição do deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na Casa. Segundo a publicação, Wagner quer que o seu partido fique longe do Democratas, que é presidido pelo prefeito de Salvador, ACM Neto.

15 de janeiro de 2019, 09:40

BAHIA Otto diz que não fará “oposição irresponsável” a Bolsonaro mas que reagirá caso haja “perseguição”

Foto: Metropress

Senador Otto Alencar (PSD)

Em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta terça-feira (15), o senador Otto Alencar (PSD) disse que não irá fazer “oposição irresponsável” ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), mas que não ficará calado caso haja represália por o estado ser governado por um petista, o governador Rui Costa. De acordo com o senador, a Bahia sofreu “perseguição” do ex-presidente Michel Temer que, de acordo com Otto, foi o responsável pela não liberação de R$ 600 milhões de empréstimo do Banco do Brasil ao Estado. “Vamos reagir como reagimos frente a Temer”, disse o senador. À época, Otto acusou os parlamentares do DEM de pressionarem o presidente para barrar a liberação do recurso.

14 de janeiro de 2019, 21:00

BAHIA Comércio e Calçada têm 53 ruas revitalizadas pelo Projeto Pelas Ruas

Foto: Manu Dias/GOVBA

Obras de requalificação urbana do bairro do Comércio

O governador Rui Costa (PT) esteve no bairro do Comércio, nesta segunda-feira (14), para visitar as obras de infraestrutura urbana que integram o projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador’. Com investimento total de mais de R$ 124 milhões, o projeto contempla a pavimentação de vias, requalificação de calçadas e melhoria da acessibilidade em mais de 300 ruas da capital baiana. Conduzidas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), as obras são realizadas de forma simultânea em 11 bairros que integram o Centro Antigo de Salvador. Somente na região do Comércio e Calçada 53 vias passam por intervenções, sendo que 35 delas já foram concluídas, 11 estão em fase de execução e outras sete ainda terão as obras iniciadas. “Estamos fazendo um investimento em cinco lotes, o primeiro é este que estamos visitando hoje, aqui no Comércio, onde já fizemos 35 ruas. Nos outros lotes temos obras até os bairros da Liberdade, Politeama, Saúde, Tororó, enfim, todo o chamado Centro Antigo. É um investimento importante, que revitaliza as vias urbanas, passeios, calçadas, ruas, vielas. O objetivo desse investimento é trazer as pessoas para freqüentar de volta essa região, atrair investimentos de empresários e grandes hoteis”, afirmou o governador. Segundo o diretor do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias, os bairros do Comércio e Calçada integram o lote 1 do projeto. “O grande objetivo deste projeto é requalificar as ruas, valorizando o patrimônio e oferecendo melhor acessibilidade aos turistas que frequentam esta região. A melhoria já é visível e as pessoas conseguem caminhar pelo Comércio de forma confortável e segura”, explica.

14 de janeiro de 2019, 19:57

BAHIA Inema cria aplicativo que indica qualidade da água das praias baianas

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) desenvolveram o aplicativo ‘Vai dar Praia’

Técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) desenvolveram o aplicativo ‘Vai dar Praia’, que fornece informações sobre os locais próprios e impróprios para banho em todas as regiões da Bahia. “Nosso objetivo é informar e garantir a segurança das pessoas, porque a qualidade das águas é uma questão de saúde. Com o aplicativo, que está acessível para as plataformas Android e iOS, nós disponibilizamos essa informação para que as pessoas possam escolher os lugares mais adequados para ir com a família e amigos sem se colocar em risco”, explica o diretor de Águas do Inema, Eduardo Topázio. Além de indicar a qualidade das águas, o ‘Vai dar Praia’ disponibiliza previsão diária do tempo, tábua das marés, velocidade e direção dos ventos, temperatura do ar, umidade, índice UV e fases da lua, com foto da praia pesquisada, localização de ponto de coleta e rotas mais rápidas para chegar à praia escolhida.

14 de janeiro de 2019, 17:45

BAHIA Governo formaliza criação de 20º Consórcio Público de Saúde

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Rui Costa assina protocolo de intenções que institui o Consórcio Público de Saúde da Região de Salvador

Um protocolo de intenções entre o Governo do Estado e seis prefeituras baianas foi assinado na tarde desta segunda-feira (14), no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O documento institui o Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Salvador, com sede em São Francisco do Conde, que figura como o 20º formado no estado. Com a assinatura, formaliza-se também a instalação de uma Policlínica Regional de Saúde. Fazem parte do consórcio os municípios de Candeias, São Francisco do Conde, Saubara, São Sebastião do Passé, Madre de Deus e Santo Amaro, que, juntos, somam quase 300 mil habitantes. De acordo com o governador Rui Costa (PT), trata-se de “mais um momento simbólico de um novo formato de gestão, que é o modelo de consórcio interfederativo envolvendo Estado e municípios. É um exemplo que mostra união para fazer mais, melhor e mais barato para a população, no cuidado com a saúde pública. Quero agradecer aos prefeitos que assinaram esse documento, apostando na prevenção e diminuindo essa prática de demanda por hospitais”. O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas destacou que “em 2018, em visita a São Francisco do Conde, o governador sugeriu que a policlínica, que seria construída beneficiando apenas o município, passasse a integrar um consórcio, ampliando a cobertura para a região metropolitana avançada de Salvador”. A unidade vai ficar em um prédio doado pela Prefeitura do município. Vilas-Boas lembrou ainda que “a obra está em estágio adiantado e deve ser entregue em 2019″. A policlínica viabilizada pela assinatura do documento ofertará procedimentos de mamografia, ultrassonografia, ergometria, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroencefalograma, endoscopia digestiva, colonoscopia, raio-x, biópsia e tomografia. De acordo com o coordenador dos Consórcios Públicos de Saúde, Nelson Portela, “o próximo passo é reunir os seis prefeitos que integram este protocolo para a aprovação do estatuto e eleição do presidente e vice-presidente do consórcio”. Assim como em outras unidades, o Consórcio da Região de Salvador prevê a manutenção do equipamento custeada 60% pelo Estado e 40% pelos municípios partícipes.

14 de janeiro de 2019, 17:45

BAHIA Deputado repudia violência e intolerância contra terreiro em Camaçari

A violência, as agressões, a intolerância e os furtos em um terreiro de candomblé em Barra do Pojuca, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), deixaram o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) perplexo e indignado. Para o parlamentar a situação é grave e deve ser investigada com celeridade para coibir a intolerância religiosa que afeta inúmeros centros e terreiros na Bahia. Nesta segunda-feira (14), ele repudiou o caso e defendeu a liberdade de cultos de religião de matriz africana, além de cobrar mais segurança em Camaçari. Esse caso foi registrado no último sábado (12) e deixou ao menos duas pessoas feridas. “Era uma noite festiva, destinada ao pai de todos os orixás, um momento sagrado a Oxalá. O terreiro Ilê Axé Ojisé Olodumare [Casa do Mensageiro] foi invadido por cerca de seis homens armados que agrediram o babalorixá da casa e um fotógrafo que fazia a cobertura do evento. Eles receberam coronhadas na cabeça e chegaram a ir para unidade de saúde receber pontos. Quem estava no local ainda teve seus pertences, como celulares e outros objetos roubados. Um veículo também foi levado. Isso é um absurdo, um local sagrado sendo invadido desse modo, repudio e vou cobrar investigação para que isso não se repita”, frisa Valmir. Conforme dados, esse caso é acompanhado pela delegacia de Monte Gordo, em Camaçari. Assunção disse ainda que a festa era aberta ao público e que era o retorno das atividades do terreiro em 2019. “Tudo isso sendo feito com os homens difamando a imagem do candomblé, eles eram contra a festa e deixaram isso evidenciado na ação”, completa. Representantes do terreiro registraram o caso no Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, mantido pela Secretaria estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), além de procurar o Ministério Público da Bahia (MP-BA). Na manhã desta segunda-feira (14), a Sepromi recebeu a comunidade do terreiro em audiência e, em seguida, foram concedidas entrevistas a duas emissoras locais. Durante a tarde, a 33ª Delegacia de Monte Gordo recebeu as lideranças e emitiu o Boletim de Ocorrência. Dia 21 de janeiro, às 15h, a Secretaria vai participar de ato público no Terreiro Casa do Mensageiro, também em Camaçari.

14 de janeiro de 2019, 11:14

BAHIA Valmir lamenta arrombamento de gabinete de vereador em Prado: “Soa como intimidação”

Foto: Luis Macedo / Estadão

Deputado federal Valmir Assunção (PT-BA)

O arrombamento do gabinete do vereador Odilei Matos, no município de Prado, extremo sul da Bahia, deixou o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) indignado. Neste domingo (13), Assunção disse que o crime soa como intimidação e que é preciso apurar o caso para que a Câmara de Vereadores possa trabalhar em paz e de forma ordeira. “A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia e vamos acompanhar o caso, soa como intimidação e isso é um absurdo. Precisamos apurar o caso de forma rígida e que cada parlamentar possa realizar sua função de fiscalizar independente de ser da oposição ou situação”, salienta Valmir. Conforme dados, a janela do gabinete do vereador de Prado foi encontrada arrombada na última terça-feira (8). Uma pedra foi encontrada no local, e há suspeita que ela teria sido utilizada pelos criminosos para quebrar a janela e adentrar no espaço. “Sugiro que até a presidência da Casa tome providências para evitar que isso aconteça novamente. A instalação de grades nas janelas do prédio seria uma dessas medidas. A polícia também deve realizar perícias no local para concluir o inquérito e descobrir os autores do crime”, completa Assunção.

13 de janeiro de 2019, 10:22

BAHIA Luiza Maia deve deixar Secretária de Desenvolvimento Econômico, diz coluna

Foto: Divulgação

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia

A secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia (PT), deve deixar a pasta na reforma administrativa do governador Rui Costa (PT). De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio*, integrantes da base governista dizem que a deputada licenciada não é bem avaliada e, para completar, o grupo dela saiu enfraquecido da eleição com a inelegibilidade do deputado Luiz Caetano (PT). Ainda segundo a publicação, o PT não abre mão da pasta, com ou sem Luiza. Ainda conforme a coluna, Luiza Maia avisou aos funcionários da Sudic – extinta pelo governo do Estado – que eles devem deixar o órgão até o final do mês. Eles esperavam ser remanejados na administração, mas foram surpreendidos com o anúncio.

13 de janeiro de 2019, 08:30

BAHIA Boa Nova recebe obras de abastecimento de água em benefício de 14 mil moradores

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Sistema de Abastecimento de Água de Boa Nova foi ampliado pelo governo do Estado

Mais de 14 mil moradores de Boa Nova, no centro-sul baiano, agora contam com água tratada em casa. No sábado (12), o governador Rui Costa (PT) inaugurou a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água da sede do município e entregou um Sistema Simplificado de Abastecimento na localidade de Lagoa das Pedras. As obras somadas contam com um investimento de mais de R$ 2,7 milhões. “Estamos inaugurando dois sistemas de água, um da estação de tratamento, com ampliação, pra aumentar o volume da água tratada e, portanto, atender plenamente não só a sede da cidade, mas também expandir as redes da zona rural, levando água potável, com um sistema simplificado. Nossa meta é universalizar o acesso à água”. Na localidade de Lagoa das Pedras, o novo Sistema Simplificado leva água para 46 famílias. Com investimento de R$ 250 mil, a obra conta com uma rede de distribuição de mais de 4,7 mil metros. Na sede do município, o sistema ampliado, que também atende a 16 localidades rurais, recebeu melhorias na adutora, novos equipamentos e uma rede de distribuição com mais de 4,6 mil metros e 32 ligações domiciliares. Foram investidos R$ 2,5 milhões. “Inicialmente o município era abastecido apenas na sede e em 16 localidades. Com a ampliação, a água é distribuída com mais qualidade, em maior quantidade, saindo de uma vazão de 17 litros por segundo pra 24 litros por segundo, ofertando mais água para a população”, afirmou o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cassio Peixoto. O governador também autorizou a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) a licitar obras de pavimentação da rodovia que dá acesso ao município, no trecho do entroncamento com a BR-030. O investimento estimado em mais de R$ 638 mil irá beneficiar 75 mil habitantes de Boa Nova, Dário Meira e Poções. Rui autorizou ainda a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre), através da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), a licitar a construção de uma quadra poliesportiva na Escola Monteiro Lobato com um investimento de mais de R$ 285 mil.

12 de janeiro de 2019, 08:45

BAHIA Empresa de calçados planeja ampliar fábrica em Alagoinhas

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

CEO do grupo Malu Calçados, Vitor Reichelt, se reuniu com o governador Rui Costa e a secretária Luiza Maia

A Malu Calçados, que fica no município de Alagoinhas, planeja ampliar unidade fabril. A notícia foi anunciada pelo CEO do grupo, Vitor Reichelt, em audiência com o governador Rui Costa e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia, na quinta-feira (10). A intenção é aumentar a produção de calçados em 30% e está previsto gerar 250 novos empregos diretos. O governador orientou a empresa a apresentar um plano de negócios à SDE e Desenbahia, para um futuro financiamento do projeto de ampliação. Em paralelo, a empresa vai apresentar à secretaria projeto solicitando a dilação de prazo dos benefícios fiscais, em função da ampliação. De acordo com o gerente da unidade baiana, Josemar Ody, a capacidade de produção atual da empresa é de 10 mil pares diários. Com a ampliação, subirá para 13 mil por dia. Metade da produção é exportada e 50% restante vai para o mercado interno. “Vimos uma janela de oportunidades nas exportações e temos espaço no mercado para crescer 30%. A ampliação é fundamental para que consigamos alcançar essa meta”, explica. Luiza Maia comemorou o que chamou de segunda boa notícia do setor calçadista nesta semana. A primeira foi uma nova unidade da Suzana Santos em Itapetinga. “O setor calçadista é um dos prioritários no Estado. Gera muito emprego, adensa a cadeia produtiva, movimenta a economia das cidades onde o segmento está presente e tem dado resultados positivos ao estado”, afirma a secretária. A Malu Calçados está na Bahia desde 2016 e fabrica calçados femininos. A Europa é o principal mercado consumidor da empresa. Estados Unidos e Ásia também são clientes da marca. Além de fabricarem produto próprio, fazem terceirização para marcas como Arezzo, Mr. Cat, Sonho dos Pés, Renner, entre outras.

12 de janeiro de 2019, 07:45

BAHIA PP trava duelo com PSD por Secretaria da Infraestrutura, diz coluna

Foto: Reprodução/Facebook

O vice-governador do Estado e presidente estadual do PP, João leão

Com uma estratégia mais agressiva na disputa por espaços no governo do Estado, o PP mira postos ocupados pelo PSD na gestão do governador Rui Costa (PT). De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio*, depois de conseguir a eleição do deputado Nelson Leal para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), a sigla do vice-governador João Leão quer agora o comando da Secretaria da Infraestrutura, uma das mais cobiçadas pelos partidos da base por conta do volume de recursos que administra. Embora Rui já tenha sinalizado para a permanência de Marcus Cavalcanti – indicado pelo PSD – na pasta, o PP avisou que quer uma secretaria mais encorpada. Ainda segundo a publicação, além do crescimento do partido na Assembleia, os pepistas argumentam que o PSD já comanda uma pasta robusta – a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), cujo titular é Demir Barbosa (PSD), ex-prefeito de São Desidério. Conforme a coluna, a mudança de postura de Leão nas negociações com o governo é fruto de pressão de integrantes da legenda no Estado, que cobravam do vice-governador mais firmeza nos diálogos por espaços na administração.

11 de janeiro de 2019, 20:21

BAHIA Produção Industrial Baiana recuou 1,2% em novembro

Em novembro de 2018, a produção industrial (transformação e extrativa mineral) da Bahia, ajustada sazonalmente, declinou 1,2% frente ao mês imediatamente anterior, após ter registrado taxa nula em outubro de 2018. Na comparação com igual mês do ano anterior, a indústria baiana assinalou queda de 0,3%. No acumulado do ano, houve acréscimo de 0,8%, em relação ao mesmo período do ano anterior. Já no acumulado dos últimos 12 meses, foi registrada taxa de 0,6% frente ao mesmo período anterior, resultado abaixo do observado em outubro último, quando ocorreu variação de 0,9%. As informações fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação de novembro de 2018 com igual mês do ano anterior, a indústria baiana apresentou queda de 0,3%, com sete das 12 atividades pesquisadas assinalando crescimento da produção. O setor Veículos (-13,2%) exerceu a principal influência negativa no período, explicada especialmente pela menor fabricação de automóveis e bancos de metal para veículos. Outros resultados negativos no indicador foram observados nos segmentos Produtos químicos (-10,3%), Celulose, papel e produtos de papel (-5,1%), Couro, artigos para viagem e calçados (-2,3%), Produtos de borracha e material plástico (-1,5%), Equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-15,7%) e Bebidas (-1,1%). A explicação para esses resultados está relacionada, em grande parte, pela menor produção de amoníaco e princípios ativos para herbicidas, no caso do primeiro segmento; de pastas químicas de madeira, no segundo; de calçados femininos de material sintético, no terceiro; de pneus novos para automóveis, no quarto; de gravadores ou reprodutores de sinais de áudio e vídeo, no quinto; de refrigerantes, cerveja e chope, no último. Por outro lado, o segmento Derivados de petróleo (16,1%) registrou a maior contribuição positiva, em grande parte, devido ao aumento na produção óleo diesel e gasolina automotiva. Outros segmentos que registraram crescimento foram: Extrativa (14,1%), Alimentos (3,9%), Minerais não metálicos (5,4%) e Metalurgia (0,6%). No período de janeiro a novembro de 2018, em comparação com o mesmo período do ano anterior, a produção industrial baiana obteve acréscimo de 0,8%. Oito dos 12 segmentos da Indústria geral influenciaram o resultado, com destaque para Veículos automotores (9,3%), impulsionado, em grande parte, pela maior fabricação de automóveis e painéis ou quadros para instrumentos de veículos. Outros resultados positivos foram observados em Metalurgia (5,1%), Produtos alimentícios (2,5%), Celulose, papel e produtos de papel (2,2%), Bebidas (9,5%), Derivados de petróleo (0,5%), Extrativa (1,1%) e Equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (15,8%). Negativamente, destacaram-se os segmentos de Produtos químicos (-5,0%) impulsionado, principalmente, pela menor fabricação de princípios ativos para herbicidas, propeno não saturado e policloreto de vinila (PVC); e Couro, artigos para viagem e calçados (-9,7%), influenciado, por sua vez, pela menor produção de tênis de material sintético. No acumulado dos últimos 12 meses, comparado com o mesmo período anterior, a taxa da produção industrial baiana foi de 0,6%. Sete dos 12 segmentos da Indústria geral influenciaram o resultado no período, com destaque para Veículos, que teve aumento de 10,5%. Importante ressaltar também os resultados positivos assinalados por Produtos alimentícios (3,1%), Metalurgia (2,3%), Celulose, papel e produtos de papel (1,9%), Bebidas (9,0%) e Extrativas (2,4%). Destacaram-se negativamente Produtos químicos (-3,9%), Minerais não metálicos (-10,6%), Derivados do petróleo (-1,0%), Couro, artigos de viagem e calçados (-10,1%) e Produtos de borracha e material plástico (-1,2%).