8 de fevereiro de 2012, 07:46

BAHIA Discurso de Jaques Wagner em 1992 vira arma para a oposição

Foto: Vaner Casaes/Ag. A Tarde/AE

Governador Jaques Wagner

Um discurso do então deputado Jaques Wagner (PT) na Câmara em 1992, reproduzido no site da Veja, virou ontem a nova arma da oposição para vincular o governador a greves passadas da PM. Rapidamente, a transcrição foi disseminada em blogs e twitters por líderes da frente antipetista, como o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) e o deputado federal ACM Neto (DEM). A divulgação em massa do discurso, no qual Wagner hipoteca apoio ao movimento encampado por mulheres de PMs por melhores salários e condena a punição imposta a 110 militares, sinaliza uma tendência da oposição na briga pela sucessão municipal: a de usar os dias de terror na campanha eleitoral e, ao mesmo tempo, atribuir aos políticos da base aliada a responsabilidade pelo motim da PM. Neto nega que a utilização do discurso de Wagner tenha ligação com a estratégia eleitoral da oposição. “Repito o que já disse. Não é momento para pensar em eleições, para dizer quem vai ganhar ou perder com o episódio. Mas outra coisa é fazer o enfrentamento político, e isso eu não vou deixar de fazer nunca”, afirmou. O líder do PMDB baiano também nega ter disseminado a transcrição da fala de Wagner com finalidade eleitoral. “Não tenho essa preocupação agora. O meu interesse é mostrar a mudança do governador em relação à filosofia que ele tinha no passado. Quero que ele volte a ser o Wagner desse discurso, assim ele resolveria o impasse”, disse Geddel. (Correio)

8 de fevereiro de 2012, 07:41

BAHIA Mais um manifestante deixa prédio da Assembleia durante greve da PM

Mais um homem deixou o acampamento na Assembleia Legislativa da Bahia na madrugada desta quarta-feira após revista e checagem da identidade por parte do Exército. No órgão público, estão reunidos policiais militares grevistas, que reivindicam questões salariais ao governo do estado. Na terça-feira, outros dois homens saíram do prédio da Assembleia de forma espontânea. Todos foram liberados porque não há mandados de prisão contra eles. Doze mandados foram expedidos pela Justiça da Bahia contra policiais militares considerados líderes do movimento. Dois foram presos. (G1)

8 de fevereiro de 2012, 07:30

BAHIA Segurança: média do mês já é de 16 homicídios por dia

Decorridos oito dias do movimento dos policiais militares na Bahia, Salvador e cidades da região metropolitana, de acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), já registraram 118 assassinatos. A SSP-BA informou, no final da tarde desta terça, que o número pode sofrer variação, uma vez que a contagem está sendo feita manualmente, pois o site do órgão, em que são divulgados os boletins diários de homicídios no Estado, está fora do ar desde segunda-feira. A secretaria estima que, só no período entre a noite de segunda-feira e o início da noite desta terça, tenham ocorrido 24 mortes. Os números, no entanto, serão confirmados no início da tarde desta quarta, 08, quando o balanço oficial deve ser divulgado. (A Tarde)

8 de fevereiro de 2012, 07:27

BAHIA Após falta de acordo, grevistas gritam que ‘o carnaval acabou’

Foto: Emerson Nunes

Após falta de acordo, grevistas gritam que 'o carnaval acabou'

Após uma tentativa frustrada de acordo com o governo da Bahia, policiais militares grevistas foram à rampa da Assembleia Legislativa do Estado e gritaram em coro: “Ôôô, o Carnaval acabou!” A reunião entre governo e PMs terminou nesta terça-feira sem acordo. A greve dos PMs da Bahia começou na semana passada. Eles reivindicam aumento salarial e a incorporação de gratificações aos salários. Em entrevista à Folha, o governador Jaques Wagner (PT) disse que não pagaria nada acima do reajuste já concedido ao funcionalismo do Estado. Porém, prometeu negociar uma saída para o impasse. A reunião terminou sem acordo. (Folha)

8 de fevereiro de 2012, 07:02

BAHIA Movimento tranquilo no nono dia de greve da PM

Apesar da falta de acordo entre o governo e os policiais militares grevistas, o nono dia do movimento, nesta quarta-feira, começa com clima de tranquilidade. Não há confusão desde segunda, quando familiares e PMs que estão do lado de fora da Assembleia entraram em confronto com as tropas federais. Nesta madrugada, foi cortada a energia do Parlamento até as 0h30. No mesmo horário, aconteceu um buzinaço na Avenida Paralela. Não há confirmação da participação de PMs no protesto na Avenida. Mais um PM deixou o acampamento nesta madrugada, totalizando oito desistências entre os manifestantes. Esse número não inclui as crianças que saíram do acampamento após determinação do Ministério Público. O Exército montou mais duas barracas do lado de fora da Assembleia nesta madrugada. No local, há rumores de que uma das estruturas vai funcionar como um QG do comando das tropas federais. (A Tarde)

8 de fevereiro de 2012, 06:49

BAHIA Conquista: boatos disseminados na internet assustam população

Tiroteios, arrastões, motoristas armados em alta velocidade, veículos incendiados e postos de combustível depedrados. A onda de boatos espalhados por meio da internet, com direito a montagem de fotos, provocou a suspensão dos serviços de ônibus e bancos, além do fechamento total do comércio em Vitória da Conquista (a 509 km de Salvador). Apesar do medo, os comerciantes tentaram, aos poucos, retomar a rotina, após a chegada de 23 homens da Força Nacional de Segurança Pública, no final da tarde desta terça-feira. A equipe, requisitada pelo prefeito Guilherme Menezes, irá fiscalizar as rodovias que cortam o município. Algumas linhas de ônibus também voltaram a atender a população, com o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista, Carlos Fernandes, alertando para o risco de nova paralisação. (A Tarde)

8 de fevereiro de 2012, 06:38

BAHIA Grupo de 50 oficiais dá apoio a grevistas da AL

Foto: Claudionor Júnior / Ag. A Tarde

Policiais foram ao CAB em carros particulares e fizeram ato de solidariedade aos colegas

Um grupo de cerca de 50 oficiais (tenentes) da Polícia Militar, entre homens e mulheres, foram nesta terça à noite ao prédio da Assembleia Legislativa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), prestar apoio e solidareidade aos policiais amotinados no local desde o dia 31 de janeiro. Houve uma grande movimentação de carros particulares, pertencentes aos próprios PMs, na área. Por volta de 23h30, o deputado Capitão Tadeu (PSB) conversava com o grupo sobre a situação no local (AL). Ainda de acordo com o deputado, há intransigência por parte do governo na negociação, e o pleito da categoria é justo, “justíssimo”.“Vieram dar um apoio ao movimento”, disse Capitão Tadeu. Ao chegarem em frente à área da Assembleia Legislativa onde se concentram grande parte dos manifestantes, os oficiais foram recebidos pelos colegas com o grito de guerra: “A PM parou!”. (A Tarde)

7 de fevereiro de 2012, 21:00

BAHIA Governo propõe GAP 4 e 5 e absolvição de PMs que participam pacificamente de greve

A implantação escalonada da Gratificação por Atividade Policial GAP IV, a partir de novembro de 2012, de forma que todo o efetivo da Polícia Militar seja promovido até 2015 à GAP V, principal reivindicação da categoria, foi a proposta apresentada nesta terça-feira pelo Governo do Estado aos policiais militares. A GAP IV terá sua implantação concluída em 2013. Um processo de transição será implantado, em 2014, com a aplicação de uma escala intermediária equivalente à metade da diferença entre a GAP IV e a GAP V e, em novembro de 2015, todos chegarão à GAP V. Todo o efetivo da PM terá avanços na GAP, seguindo o mesmo cronograma. Além disso, está assegurado o reajuste de 6,5%, retroativo a janeiro de 2012. Essas propostas irão assegurar ganhos escalonados no período, que chegarão a 38,89% para soldados e a 37,11% para sargentos, graduações que correspondem aos maiores contingentes da tropa. A proposta é centrada no objetivo principal de estabelecer uma política de mobilidade no avanço entre os níveis da GAP até chegar ao quinto e último nível da gratificação criada em 1997. Também está inserida na proposta uma medida de valorização do soldo com a incorporação de R$ 41,00 da GAP III. O Governo do Estado também resolveu desconsiderar, pela via legal, como infração administrativa disciplinar as situações que envolvam, exclusivamente, a paralisação pacífica do serviço durante o período do movimento.

7 de fevereiro de 2012, 20:40

BAHIA Pedido preventivo de habeas corpus de Prisco e outros quatro PMs é negado

O pedido preventivo de habeas corpus de Marco Prisco e outros quatro policiais militares não foi concedido. Segundo informações do advogado de Prisco e estes outros quatro PMs, Jonas Benício de Souza Neto, o desembargador do 2º Tribunal de Justiça da Bahia, Jefferson Alves, negou o habeas corpus por desconhecer o pedido de prisão preventiva decretada pela Justiça. O advogado Jonas Neto afirmou que regidirá um novo pedido de habeas corpus para Prisco e estes quatro policiais ainda nesta noite, o qual dará entrada o quanto antes. (Correio)

7 de fevereiro de 2012, 19:45

BAHIA Sapeaçu: agência dos Correios é assaltada

Uma agência dos Correios foi assaltada na tarde desta terça-feira, no município de Sapeaçu, a 156 km de Salvador. Segundo informações da Polícia Civil da cidade, os assaltantes renderam o segurança, que não estava armado, e havia dois clientes na agência durante a ação. Dois homens chegaram à agência em uma moto e, enquanto o homem que estava armado fazia guarda na porta dos Correios, o outro assaltante pulou o balcão e roubou R$ 500 que um dos clientes tinha sacado. Além disso, uma quantia que estava em uma das gavetas, cujo valor não foi divulgado pela polícia, e alguns celulares foram roubados. Ainda de acordo com a polícia, a ação foi muito rápida e os ladrões não chegaram a abrir o cofre da agência. Depois do roubo, a dupla fugiu na moto e a polícia foi acionada. Até o momento ninguém foi preso. (Correio)

7 de fevereiro de 2012, 19:20

BAHIA Adolescente de 16 anos é morto a tiros em distrito de São Francisco do Conde

Um adolescente de 16 anos foi morto a tiros nesta terça-feira no distrito de Caipe, que pertence ao município de São Francisco do Conde, região metropolitana de Salvador. Segundo informações da Central de Polícia e da 21ª Delegacia Territorial (DT/São Francisco do Conde), Jeferson de Jesus Cardel foi atingido por vários disparos na região da nuca. A autoria e a motivação do crime são desconhecidas. O corpo do jovem será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde será periciado. A 21ª DT investigará o caso. (Correio)

7 de fevereiro de 2012, 18:10

BAHIA Preso mais um policial militar líder do movimento grevista

A Polícia Federal prendeu, na tarde desta terça-feira, o sargento Elias Alves de Santana, dirigente da Aspol e um dos líderes do movimento de amotinados. Ele é o segundo a ser preso da lista dos 12 mandados de prisão solicitados à Justiça pelo Ministério Público Estadual. Na madrugada de domingo passado, o soldado Alvin dos Santos Silva, lotado na Companhia de Policiamento de Proteção Ambiental (COPPA), foi preso pelo comandante da COPPA, major Nilton Machado, e encaminhado para a Polícia do Exército. A prisão preventiva foi decretada pela juíza Janete Fadul. Todos são acusados de formação de quadrilha e roubo de patrimônio público (viaturas). Além dos crimes, os policiais vão passar por um processo administrativo na própria corporação.

7 de fevereiro de 2012, 18:00

BAHIA Ex-cabo do Exército acusado de roubo é preso em Feira de Santana

Um ex-cabo do 35º Batalhão de Infantaria do Exército foi preso nesta terça-feira acusado de roubar um morador do bairro do Casebe na cidade de Feira de Santana, a 109 km de Salvador. Segundo informações da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) do município, Odailson Santana da Silva, 22 anos e seu comparsa Gutemberg Silva de Souza, 19 anos, roubaram, de moto, a mochila de um jovem. Após o roubo, a dupla voltou para a casa de Odailson localizada no bairro Pampolada. No local, a polícia apreendeu a mochila, um notebook, uma moto, um revólver calibre 38 e munições de um fuzil calibre 762, de uso restrito das forças armadas. Odailson e Gutemberg foram presos em flagrante por roubo, porte ilegal de armas e munições de uso restrito. Ambos estão na carceragem da DRFR à disposição da Justiça. (Correio)

7 de fevereiro de 2012, 17:05

BAHIA ‘Greve só terá fim com concessão de três reivindicações’, diz líder de PMs

No oitavo dia de paralisação de parte da Polícia Militar no estado da Bahia, o líder do movimento grevista, Marco Prisco, delimita três reivindicações como os itens principais para chegar a um acordo com o governo. “Queremos anistia administrativa, revogação das prisões e pagamento da Gratificação por Atividade Policial 4 e 5, as chamadas GAP. Somente com essas três reivindicações a greve terá fim”, disse Prisco, que representa um grupo dos PMs que ocupa a Assembleia Legislativa do estado. No fim da manhã, o governador Jaques Wagner disse que a expectativa é de que a greve da Polícia Militar acabe ainda nesta terça-feira. “Meu esforço está sendo esse, muito grande, fazendo propostas consistentes para que a gente possa terminar esse movimento ainda hoje”, declarou em entrevista à TV Bahia, afiliada da Globo no estado. O pagamento das Gratificações por Atividade da Polícia Militar de número 4 e 5, que está entre as principais exigências dos manifestantes, não tem como ser incluso “imediatamente” no orçamento do governo o aumento solicitado, disse o governador. Segundo ele, é possível incorporar a gratificação ao soldo, como é chamado o salário dos soldados, até 2015. Um dos integrantes do movimento grevista, que não se identifica, diz que eles aceitam o pagamento escalonado apenas se todos os 12 mandados de prisão já expedidos forem revogados. (G1)

7 de fevereiro de 2012, 16:22

BAHIA Presidente de Comissão de Segurança da Câmara volta à Bahia e culpa Wagner por greve

Deputado sergipano volta à Bahia a pedido dos PMs grevistas

O deputado federal Mendonça Prado (DEM/SE), presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) da Câmara dos Deputados, que esteve em Salvador no sábado passado, foi convidado pelas lideranças do movimento reivindicatório dos policiais militares baianos para voltar à cidade nesta terça-feira. O parlamentar sergipano desembarcará no início da noite na Bahia para se reunir com líderes da polícia baiana e representantes de polícias de diversos Estados brasileiros que se encontram na manifestação. Os policiais grevistas estão acampados na Assembleia Legislativa da Bahia desde terça-feira (31), pedindo revogação das prisões, além do pagamento da Gratificação de Atividade Policial (GAP), concedida por lei (Lei Estadual nº 7.145/97) aos policiais com carga horária de 40 horas semanais. Para Mendonça Prado, é necessário encontrar uma saída para esse impasse que tem prejudicado sobremaneira a imagem da Bahia e do Brasil no exterior. “É preciso ter em mente que o primeiro erro foi cometido pelo governador da Bahia, pois há uma lei em vigor instituindo gratificações e o governo não cumpre! E quem vai punir o governador? Esse é um confronto que precisa acabar através do diálogo. Erros existem de ambas as partes. Ninguém é melhor do que ninguém nessa história, todos tem a sua parcela de culpa, inclusive, Jaques Wagner”, afirmou. O presidente da Comissão de Segurança Pública pediu uma audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, com quem irá se reunir amanhã pela manhã para tratar do assunto.