22 de maio de 2019, 09:45

BAHIA Marquinho Viana é relator do projeto que institui o Dia do Vaqueiro na ALBA

Foto: Divulgação

Deputado Marquinhos Viana

O deputado Marquinho Viana (PSB), foi o relator, hoje (21.5), na Comissão de Educação da Assembléia Legislativa da Bahia, presidida pela deputada Fabíola Mansur, do projeto de lei de autoria do deputado Alex de Piatã, que institui o Dia do Vaqueiro, a ser comemorado no último domingo do mês de agosto de cada ano. O deputado Marquinho Viana afirma que esta proposição é mais do que justa, em face da contribuição dada pelo Vaqueiro no desenvolvimento da Bahia, e em especial nas regiões semiáridas, como nos sertões.

21 de maio de 2019, 21:17

BAHIA Partiu Estágio seleciona 1,4 mil universitários em novas convocações

O governador Rui Costa anunciou na noite desta terça-feira (21), durante o #PapoCorreria, a convocação de 1.410 universitários para integrar o Partiu Estágio. Os estudantes, inscritos nos dois editais lançados pelo programa em 2019, deverão se apresentar na primeira semana de junho. “Esse é um grande programa socioeducacional, pois complementa a formação dos universitários e tem como foco os alunos oriundos da rede pública”, afirmou Rui. Nesta quarta (22), a convocação será encaminhada ao candidato por e-mail, o mesmo cadastrado no sistema de inscrição do Partiu Estágio. Os selecionados para o primeiro edital do programa, com vagas para toda a administração pública, têm até o dia 4 de junho para se apresentar. Já os convocados para o segundo edital, específico para atuação na rede estadual de ensino, terão até 6 de junho para se apresentar. Os prazos estão estipulados nos editais correspondentes, disponíveis no site da Secretaria da Administração do Estado. Para o primeiro edital, serão chamados 645 candidatos: estudantes de cursos presenciais de instituições estaduais, federais e privadas da Bahia, que irão atuar em 62 órgãos de 49 municípios. Já a convocação para o segundo edital – destinada a alunos de cursos presenciais e EAD de Letras, Matemática e Educação Física – irá selecionar 765 universitários para a Secretaria da Educação do Estado, com atuação no reforço escolar em todo o estado. As duas convocações, organizadas de acordo com os editais, podem ser consultadas no site da Saeb. É importante ressaltar que a vaga de estágio é garantida apenas com a entrega de toda documentação exigida, dentro do prazo regulamentar. A lista de todos os documentos será encaminhada por e-mail e poderá ser consultada nos dois editais. Quem não entregar toda a documentação, ou não se apresentar no período estipulado, perderá a vaga.

21 de maio de 2019, 20:17

BAHIA Rui reafirma posição sobre universidade, mas admite que momento é inoportuno

Foto: Reprodução/Facebook

O governador Rui Costa recebeu alunos de escola estadual durante o programa Papo Correria

O governador Rui Costa (PT) reafirmou na noite desta terça-feira (21), durante o programa Papo Correria, transmitido pelas redes sociais, que não tem nenhum tabu em discutir o financiamento das universidades públicas. Entretanto, o petista ressaltou que “este não é o momento apropriado para essa discussão“. “Acho que esse é um debate que podemos fazer em um outro momento. Hoje, a universidade pública sofre um ataque sem precedentes na história recente do Brasil, de um presidente devia proteger e ajudar as universidades, ajudar os jovens que querem adquirir uma profissão”. Rui ainda lembrou que os países mais desenvolvidos taxam as grandes fortunas para ajudar a financiar as universidades públicas. “Acho que é preciso discutir uma reforma tributária, uma mudança da lei, para que os ricos de nosso pais possam financiar a saúde e a educação pública”. Sobre a greve dos professores das universidades estaduais, o governador afirmou que não pode fazer mais do já foi anunciado. “Eu peço bom senso, serenidade aos professores, e peço que eles voltem às aulas. Já anunciei a restruturação da carreira, com 900 promoções, e garanti um investimento, de no mínimo, R$ 36 milhões nas quatro universidades esse ano”.

21 de maio de 2019, 19:30

BAHIA Governo do Estado garante obras de pavimentação de vias em assentamentos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), realizará obras de pavimentação em paralelepípedos e drenagem superficial de vias em assentamentos do Movimento dos Sem Terra (MST) em três municípios do estado – Boa Vista do Tupim, Itamaraju e Alcobaça. O investimento total será superior a R$ 2,7 milhões. “Faremos as obras seguindo todas as normas técnicas, com terraplanagem, pavimentação em ruas de paralelepípedo, drenagem, execução de calçadas, rampas com acessibilidade, enfim, um conjunto de obras que vão garantir uma melhoria de vida para as pessoas que vivem nesses assentamentos”, destaca o titular da Sedur, Sérgio Brito. Após a descentralização dos recursos do Governo do Estado, já garantidos pela Sedur, as obras agora serão licitadas. Em Boa Vista do Tupim, no centro norte do estado, o investimento será de cerca de R$ 1,2 milhão no assentamento da localidade Beira Rio. Em Itamaraju, no extremo sul, o investimento será superior a R$ 1 milhão e realizado no assentamento Bela Vista. Já em Alcobaça, no sul da Bahia, o investimento será de mais de R$ 500 mil. Após a licitação e assinatura de contrato, o prazo médio para realização das obras nos três municípios é de cinco meses.

21 de maio de 2019, 18:32

BAHIA Assembleia aprova projeto que garante repactuação de dívidas com Fundese e Desenbahia

Foto: Política Livre

Diego Coronel relatou projeto do governo na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa aprovou hoje, por unanimidade, projeto de lei de autoria do governo do Estado que autoriza a repactuação de dívidas oriundas de operações de créditos contratadas com o extinto Baneb – Banco do Estado da Bahia S.A. – e cedidas ao Fundo de Desenvolvimento Social e Econômico (Fundese) ou à Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). Segundo o governo, a repactuação permitirá a quitação de créditos de difícil recuperação, diminuindo os custos da administração com cobranças judiciais e devolvendo aos mutuários a “condição de adimplência e, consequentemente, a possibilidade de contratar novos créditos”. O projeto foi relatado na Comissão de Finanças pelo deputado Diego Coronel (PSD), que suprimiu as emendas que haviam sido feitas ao projeto, permitindo que ele fosse aprovado com a mesma redação com que foi enviado à Assembleia.

21 de maio de 2019, 18:30

BAHIA Governo e Bamin assinam termo de unificação dos terminais privados do Porto Sul

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

Rui assina Termo de Unificação dos Terminais Privados do Porto Sul

O governador Rui Costa (PT) e representantes da Bahia Mineração (Bamin) assinaram o termo de unificação dos terminais do Porto Sul e a constituição da Sociedade de Propósito Específico (SPE), para a construção do empreendimento que será instalado em Ilhéus, no sul da Bahia. O evento foi realizado no Salão de Atos da Governadoria, nesta terça-feira (21). “O projeto do Porto Sul foi concebido, inicialmente, com dois terminais. Por causa de todos os problemas econômicos que o Brasil passou e passa, nós resolvemos adotar a estratégia de unificá-los e, com isso, buscar acelerar e viabilizar a construção do porto, além de consolidar a concessão da ferrovia. Tenho repetido diversas vezes que esse projeto só fica de pé com os três ativos juntos: o porto, a ferrovia e a mineração. Por isso, estamos viajando para diferentes partes do mundo, para que investidores participem do projeto e possam dar viabilidade econômica e levar emprego para a região sul, para a região de Jequié, de Brumado, de Caetité, enfim, para o interior da Bahia”, afirmou o governador. O Porto Sul representa um investimento de mais de R$ 2,5 bilhões e já possui todas as licenças ambientais necessárias para o início da implantação. A previsão é que as obras sejam iniciadas no segundo semestre de 2019, e a assinatura do termo permite o início do processo de desapropriações necessário à implantação do Porto. A unificação dos terminais é adotada como forma de assegurar o aumento da eficiência operacional do Porto Sul, a partir do uso compartilhado, pelo Estado e a Bamin, das estruturas marítimas e terrestres do equipamento. A estrutura terá capacidade de armazenamento e transporte de até 41,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. A obra do Porto Sul é considerada fundamental para a exportação do minério de ferro da Bahia Mineração, proveniente da mina Pedra de Ferro, que fica no município de Caetité. A empresa comercializa o minério de ferro para a indústria siderúrgica. De acordo com o diretor financeiro da Bamin, Alexandre Aigner, o próximo passo é o detalhamento dos planos para o início das obras. “Já estamos na parte final de toda a parte técnica, de organograma e cronograma de execução. A parceria com o Governo do Estado já vem há mais de dez anos e é uma parte fundamental desse projeto integrado. A mina e a ferrovia dependem do porto, e o porto vai ser o conforto para que o Governo Federal efetive o leilão da ferrovia, que é a espinha dorsal do projeto”, explicou. Nesta Sociedade de Propósito Específico, o Governo do Estado, como sócio minoritário, tem a competência de deliberar a inclusão de novos acionistas, além de definir políticas e procedimentos para a prestação de serviços no Porto Sul.

21 de maio de 2019, 15:17

BAHIA Empresas têm valores bloqueados para pagamento de direitos a mais de 2,2 mil trabalhadores

Depois de três anos de espera, os 2.289 mil trabalhadores que atuavam como recepcionistas, porteiros, merendeiras e serventes nas empresas LC e MA2, prestando serviço para as secretarias estaduais de Educação (SEC) e Saúde (Sesab), respectivamente, vão receber suas últimas parcelas da rescisão contratual de trabalho. A informação foi confirmada pela direção do SindilimpBA, que representa os terceirizados no estado. De acordo com a coordenadora-geral, Ana Angélica Rabello, a decisão foi da Justiça Regional do Trabalho (TRT) após inúmeras rodadas de negociações. “Com estes valores à disposição dos processos, foi possível um acordo. Realizamos assembleias com os trabalhadores entre os dias 17 e 21 de maio. As audiências para homologação foram nesta terça-feira [21], no TRT, e todos os trabalhadores terão seus direitos assegurados. Uma outra audiência de homologação acontece no interior nesta quarta [22]”, frisa Ana Angélica. O vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), representante dos terceirizados na Câmara Municipal, explica que são diferentes os processos envolvendo duas empresas que prestavam serviços para a SEC e Sesab. Um processo envolve 743 trabalhadores do cargo de recepcionista, vinculados à pasta estadual de Saúde, e que busca o pagamento apenas de recolhimentos de FGTS e multa de 40% devidos pela empresa LC, já que as parcelas rescisórias foram pagas diretamente na época pela Sesab. O outro processo envolve 1.546 trabalhadores da MA2 dos cargos de portaria, merendeira e servente e se refere a dois contratos da empresa com a SEC. São 414 trabalhadores contratados junto às unidades da rede estadual em Salvador e 1.132 trabalhadores que atuaram nos Núcleos Regionais de Educação (NRE) de Alagoinhas, Serrinha e Ribeira do Pombal.

21 de maio de 2019, 14:32

BAHIA Turismo apresenta prioridades para expansão do setor em reunião da Abih-BA

Estratégias e ações prioritárias previstas no plano de desenvolvimento da atividade turística foram apresentadas pelo secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, a integrantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-BA), durante encontro realizado nesta terça-feira ( 21), no Wish Hotel da Bahia. Recepcionados pelo presidente da Abih-BA, Glicério Lemos, líderes do setor, empresários e gestores discutiram o plano elaborado pela Setur para atender à capital baiana – portão de entrada para o turismo no Estado – e 13 zonas turísticas, totalizando mais de 150 destinos. Para um público constituído por profissionais que atuam principalmente em Salvador, Fausto Franco deu ênfase às ações na capital e Baía de Todos-os-Santos. As metas são as de ampliar a permanência dos turistas, viabilizar novos investimentos e o empreendedorismo, elevar a competitividade das zonas turísticas, e ampliar a participação do turismo na economia do Estado. A intensificação da promoção da Bahia em eventos nacionais e internacionais é uma das diretrizes, afirmou o secretário. O foco nos principais mercados emissores (Argentina, Colômbia, Espanha, França, Suíça, Estados Unidos, Chile, Portugal, Itália, Alemanha e Paraguai) é outra prioridade. Para tanto, a Secretaria do Turismo tem atuado de forma agressiva na ampliação da conectividade aérea. “Buscamos ampliação do número de voos regulares, bem como charters e low cost”, disse ele. Novos investimentos em infraestrutura ganharam destaque. O secretário citou aviso de licitação pública nacional para execução de obras civis na borda da Baía de Todos-os-Santos, para requalificação e ampliação da Marina da Penha, no bairro da Ribeira, publicado no Diário Oficial da Bahia do último dia 16. As obras serão executadas no âmbito do Prodetur Nacional Bahia, pela Setur. “O turismo náutico é uma das vertentes para o nosso crescimento”, resumiu. Fausto Franco relatou ainda que, em recente reunião com vereadores de Salvador obteve apoio para a proposta de concessão do Palácio Rio Branco à iniciativa privada. “Fachada totalmente preservada, assim como o Memorial dos Governadores Republicanos, com acesso ao público. É uma forma de preservação do patrimônio histórico e arquitetônico”, explicou. Ao final da apresentação, foi aberto espaço para debate, e os integrantes da Abih-BA afirmaram estar dispostos a atuar em parceria, em defesa do desenvolvimento do setor.

21 de maio de 2019, 14:32

BAHIA Em vídeo, Rui faz defesa das universidades públicas

Na tarde desta terça-feira (21), em vídeo publicado no Facebook, o governador Rui Costa reafirmou o compromisso com as universidades estaduais, ressaltando a importância das unidades públicas de ensino. Ele ainda convidou os internautas para participação no #PapoCorreria, enviando mensagens e dúvidas, que serão respondidas durante o programa. “Sempre estudei em escola pública, desde a infância. Fiz meu curso universitário [Economia] na Universidade Federal da Bahia e sou um absoluto defensor da universidade pública. No mundo inteiro, quem garante pesquisa, produção de ciência e extensão são as universidades públicas. Portanto, não abro mão do apoio absoluto a todas as universidades que têm sofrido ataque nesse momento”, afirmou Rui. O #PapoCorreria será transmitido a partir das 19h desta terça (21), por meio das redes sociais. Assista à íntegra do vídeo com a declaração do governador clicando aqui.

21 de maio de 2019, 08:10

BAHIA Bahia assina documento pela revogação de decreto que amplia porte de armas

Foto: Divulgação/Arquivo

Governador Rui Costa deve ser um dos signatários do documento

A Bahia está entre os 13 Estados brasileiros que preparam carta contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro que ampliou o porte de armas no país. Eles pedem que Executivo, Judiciário e Legislativo atuem pela “imediata revogação” do dispositivo. “Julgamos que as medidas previstas não contribuirão para tornar nossos Estados mais seguros”, dizem, segundo a Folha de S. Paulo. Pelo contrário, afirmam, terão impacto negativo na violência, aumentando a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos e os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias. Além da Bahia, assinam o texto Maranhão, Piauí, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Espírito Santos, Rio Grande do Norte, Amazonas e Tocantins.

20 de maio de 2019, 21:30

BAHIA TJ-BA derruba liminar que impedia a retomada administrativa da posse de áreas do Parque de Pituaçu

Foto: Divulgação

Tribunal de Justiça da Bahia

Em decisão publicada na última sexta-feira (17), o presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto, derrubou a liminar que impedia a retomada administrativa, por parte do Estado da Bahia, da área denominada Vila Nicuri, inserida dentro dos limites do Parque Metropolitano de Pituaçu e indevidamente ocupada há mais de 10 anos. A referida liminar, sob o pretexto de proteger o direito à moradia dos ocupantes da área, impedia também a atuação do Estado da Bahia no que diz respeito à retomada administrativa das áreas com início de ocupação irregular, por meio de ações especiais visando à demolição dos muros, cercas, plantações e inícios de ocupações, de forma a conter a ação de esbulhadores na área em questão. O presidente do TJ-BA, acolhendo os fundamentos do Estado da Bahia, apresentados por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), entendeu que a decisão hostilizada permitiria a ocupação irregular em imóvel não somente público, mas que abriga uma área de proteção ambiental de grande importância para a cidade de Salvador, com franca lesão à ordem e à segurança públicas, “tendo em vista a iminência da ocorrência de grave dano ambiental à área de Mata Atlântica”. Além disso, de acordo com o magistrado, se mantida, a decisão traria como consequência o risco de efeito multiplicador, estimulando “centenas de pessoas a se utilizarem da invasão como instrumento de subversão dos critérios legais”. O desembargador entendeu ainda que a decisão “retira da Administração o devido exercício das suas funções, notadamente no que concerne ao controle da questão fundiária urbana/ambiental, com quebra dos critérios de combate aos esbulhos praticados em áreas públicas estaduais, estabelecidos em Parecer Sistêmico emitido pela Procuradoria Geral do Estado”. “A decisão restaurou a ordem e a segurança jurídica, na medida em que assegura ao Estado da Bahia o legítimo exercício do seu poder-dever de barrar as novas ocupações, protegendo o Parque Metropolitano de Pituaçu da ação de novos esbulhadores, sem prejuízo da salvaguarda dos interesses daqueles que se encontram na situação de ocupações consolidadas (como residência), tal como prevista no referido parecer sistêmico, os quais merecerão um tratamento diverso por parte do Estado, seja mediante regularização fundiária ou, em último caso, pela via da ação judicial”, declarou o procurador do Estado responsável pelo caso, Antonio Lago Júnior.

20 de maio de 2019, 21:00

BAHIA Deputados visitarão obras do Centro de Convenções com Bruno Reis

Os deputados da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) visitarão, ao lado do vice-prefeito de Salvador e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, o novo Centro de Convenções que está sendo construído na área do antigo Aeroclube. A visita acontece nesta quarta-feira 922), às 10h30.

20 de maio de 2019, 20:01

BAHIA Vitória da Conquista terá planetário mais moderno do Brasil

Foto: Divulgação

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, e comitiva vistam obras do planetário

“Vitória da Conquista vai ter o planetário mais sofisticado do Brasil. O equipamento vai além da astronomia. Aqui vai ser um museu de arte e conhecimento”, afirmou André Alencar, representante da Evans no Brasil – empresa responsável pela instalação da cúpula dome screen do Professor Everardo Públio de Castro. A declaração foi dada na manhã da última sexta-feira (17), durante visita ao equipamento, localizado no Centro Glauber Rocha – Educação e Cultura. Alencar foi recepcionado pelo prefeito Herzem Gusmão e comitiva. Na oportunidade, o técnico da Evans comentou sobre a vistoria realizada na última quinta (16). “Foi uma surpresa o que encontrei na vistoria. Sinceramente foi o primeiro local que visitei e teve aprovação imediata. A estrutura física foi muito bem-feita, as medidas da cúpula estão perfeitas, o sistema de ar condicionado funcionando, iluminação correta; isolamento térmico e acústico bons. Foi uma construção de alta tecnologia”. A previsão é que em agosto a equipe, formada por técnicos estrangeiros, venha até Vitória da Conquista instalar a cúpula e em seguida promova o treinamento dos técnicos locais. A arcada dome screen permitirá a imersão da tecnologia tridimensional sem uso de óculos. Com capacidade para 165 pessoas em sua sala de projeção, o planetário irá possibilitar atividades educativas de forma lúdica e interativa. “Isso vai ser um ganho para o aprendizado das crianças, secundaristas e universitários de Vitória da Conquista e toda a região sudoeste”, realçou o gestor municipal. Segundo Herzem, houve o atraso por conta das alterações solicitadas pelo Corpo de Bombeiros. “Tivemos que refazer portas, fechaduras e piso além de criar rotas de fuga. Nós retomamos todas as obras paralisadas deixadas na cidade. O planetário é uma iniciativa extraordinária para o aprendizado”, declarou Herzem. As obras do equipamento tiveram o financiamento do Banco do Brasil. “Entramos no processo concedendo uma carta de crédito internacional para garantir todo o processo de instalação. O equipamento já está disponibilizado, agora é só instalar e aproveitar esse planetário”, disse Eduardo Falcão. Além da sala de projeção, o planetário contará com área administrativa, almoxarifado, sala de reunião, recepção, sanitários e salões para exposições em geral.

20 de maio de 2019, 18:15

BAHIA MetroUrbi-2019 divulga carta técnica a secretário nacional de Mobilidade

Foto: Divulgação

o secretário Nacional de Mobilidade, José Carlos Pejo, recebe carta técnica das mãos de Mauro Cardim

Conforme estabelecido pela Curadoria Técnica do Seminário Metropolitano de Desenvolvimento Econômico, Mobilidade Urbana e Inovação, foi entregue nesta segunda-feira (20) ao secretário nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos, José Carlos Pejo, a “Carta Técnica do MetroUrbi”, resultado das contribuições advindas dos integrantes e debatedores do seminário realizado no último dia 29 de abril, na cidade de Lauro de Freitas. Em reunião ocorrida em Brasília, Mauro Cardim, curador técnico do evento, destacou “a excelente receptividade do governo federal ao teor do documento, em sintonia com a linha de ação em curso no ministério e o compromisso em gerar uma agenda de trabalho com o Governo da Bahia e com todas as prefeituras que integram a Região Metropolitana de Salvador”. Segundo Cardim, o secretário José Carlos Pejo sugeriu um encontro específico com autoridades do Executivo, em Salvador, para a apresentação de programas e oportunidades de apoio para diversos programas voltados ao setor. A “Carta Técnica do MetroUrbi” será entregue ao governador Rui Costa, ao presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, e aos prefeitos de cidades da Região Metropolitana de Salvador.

20 de maio de 2019, 17:40

BAHIA Mensalidade em universidade pública não deve ser tabu, diz Rui

Foto: Carol Garcia/GOVBA

O governador Rui Costa almoçou com jornalistas nesta segunda-feira (20)

O governador Rui Costa (PT) afirmou que a cobrança de mensalidade nas universidades públicas de alunos que tenham condição de pagá-la não deve ser tratada como um tabu. A declaração foi dada em um encontro com jornalistas nesta segunda-feira (20), cinco dias depois dos protestos que colocaram em lados opostos o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e os professores e estudantes após cortes no orçamento das universidades federais. O petista defendeu a adoção de novas formas de financiamento das universidades públicas, incluindo o incentivo a doações, parcerias com a iniciativa privada e cobrança de mensalidade de estudantes de alta renda familiar. “Uma família que pagou educação privada a vida inteira não tem condições de contribuir com a universidade? Qual o problema disso?”, questionou o governador. Ele ainda comparou o cenário brasileiro com o de países da Europa e afirmou que, sendo mais pobre, o Brasil não pode abrir mão de fontes de financiamento para universidades que países ricos não abrem mão. Mesmo defendendo a proposta, o governador reconheceu que este debate encontraria resistência dentro de seu próprio partido e de setores da esquerda, que historicamente defendem a educação superior pública e gratuita. “Quem é contra [cobrança de mensalidade] não é contra que o rico pague. Mas tem um discurso de que seria o início de uma privatização, que o passo seguinte seria cobrar de todo mundo. Não necessariamente é assim”, afirmou. Por outro lado, destacou que dificilmente haverá um debate sério sobre o financiamento das universidades em um cenário de polarização que vem sendo incentivado por declarações do próprio presidente, Jair Bolsonaro, e do ministro da Educação, Abraham Weintraub. Nas últimas semanas, o presidente chamou professores e estudantes que foram às ruas de “idiotas úteis” enquanto o ministro da Educação prometeu punir com cortes no orçamento as universidades que “promovem balbúrdia”. Além de defender a discussão de novas formas de financiamento, Rui Costa também afirmou que é preciso adotar mecanismos que permitam uma maior influência de representantes da sociedade nas decisões das universidades. Defendeu que os conselhos das universidades tenham uma maior participação de membros da sociedade para evitar o corporativismo. “O Brasil infelizmente tem uma tradição de corporações que se dão benefícios. Não necessariamente o que é bom para a universidade é bom para a sociedade”, afirmou. Assim como Bolsonaro, o governador Rui Costa também é alvo de protestos da comunidade universitária da Bahia. Os professores das universidades estaduais estão em greve há mais de um mês e reclamam de cortes no orçamento das instituições de ensino. Conforme revelado pela Folha, entre 2017 e 2018 o governo baiano deixou de aplicar R$ 110 milhões – diferença entre o valor orçado e o empenhado– nas quatro universidades estaduais baianas. Nesta segunda, Costa disse que a diferença entre o orçado e o empenhado é resultado da crise pela qual o país atravessa. Destacou ainda que ampliou o orçamento das universidades em todos os anos da sua gestão e criticou os professores por entrarem em greve antes mesmo de iniciar uma negociação com o governo do Estado.

Folhapress