22 de dezembro de 2014, 12:04

BAHIA Bahia amplia rede de monitoramento meteorológico

O Estado da Bahia encerra o ano de 2014 com 118 estações de monitoramento, com objetivo de melhorar a coleta de dados referentes às questões meteorológicas voltadas para a agricultura. Desse total, 32 estações meteorológicas foram implantadas fruto do trabalho de parceria entre governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) e Casa Civil, e governo Federal, por meio dos ministérios de Agricultura, Pecuária e Abastecimento/Instituto Nacional de Meteorologia (MAPA/INMET), e de Ciência, Tecnologia e Inovação/Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (MCTI/CEMADEN). Os municípios contemplados foram Ribeira do Pombal, Monte Santo, Nova Soure, Araci, Riachão do Jacuípe, Jeremoabo, Canudos, Uauá, Euclides da Cunha, Fátima, Paripiranga, Serrinha, Lamarão, Biritinga, Teofilândia, Cansanção, Quijingue, Antas, Banzaê, Cícero Dantas, Heliópolis, Tucano, Coronel João Sá, Sítio do Quinto, Inhambupe, Conceição do Coité, Crisópolis, Itapicuru, Olindina, Pé de Serra e Retirolândia. A expectativa é iniciar, no primeiro semestre 2015, a instalação de mais oito estações, em parceria com o INMET, e dar continuidade também à implantação de 172 unidades, em cooperação com o CEMADEN. “O monitoramento climático é uma ferramenta indispensável para auxiliar a tomada de decisões nas formulações de políticas públicas, a exemplo do zoneamento de risco climático, os programas de garantia safras, assim como, a inclusão de municípios em situação de emergência”, explicou o secretário Estadual da Agricultura, Jairo Carneiro.

22 de dezembro de 2014, 11:16

BAHIA O PT capturou a Petrobras, dispara Antonio Imbassahy

Foto: Metropress

Líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy

O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) afirmou nesta manhã que o “PT capturou a Petrobras”, se referindo ao esquema de corrupção instalado na estatal. Em entrevista à rádio Metrópole, Imbassahy disse que “os problemas são de dimensões amazônicas”. “Vejo que esse problema vai durar muito tempo e vai balançar a República. São dimensões amazônicas, planetárias”, disparou.O tucano afirmou ainda que há muitos fatos a serem desenrolados. ” Existem muito mais coisas, tenho informações consistentes. Se a gente sabe como deputado, imagine isso a nível de operação que envolve  R$ 75 bilhões. É impensável o que fizeram com a Petrobras”, acusou. Por fim, o líder do PSDB na Câmara afirmou que não acredita que as investigações sejam abafadas. “Estive com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para conversar sobre este assunto. A gente queria ter uma ideia como estava o andamento do processo. Não vejo condições do processo ser corrompido por uma operação abafa, até porque envolve outros países. Não há como interromper isso”, analisou.

22 de dezembro de 2014, 10:53

BAHIA Teremos um nome representando o PSD em 2016, afirma Sanches

Foto: Divulgação

O deputado estadual pelo PSD, Alan Sanches disse nesta manhã, durante entrevista ao programa Conexão CBN, que tem a “certeza de que o governador Rui Costa conhece demais e fez boas escolhas no seu secretariado”. O deputado revelou ainda que tem conversado com o senador Otto Alencar (PSD) sobre a presença do PSD na disputa do Palácio Tomé de Souza em 2016.”Hoje, pela densidade eleitoral, teremos um nome representando o PSD em 2016″, declarou. Sanches afirmou ainda que o “PSD irá marchar com Paulo Câmara” na disputa pela presidência da Câmara Municipal. “Nosso apoio já foi dado”, frisou. Já sobre o apoio no âmbito estadual, no qual iria entrar para disputa da presidência da AL-BA, Sanches disse que “qualquer eleição é um processe de construção”. “Eu coloquei meu nome e iria para o enfrentamento, mas nossos colegas preferiram a candidatura de Marcelo. Dei meu aval pois é um homem de bem e que trabalha, defende a Assembleia. Não foi dessa vez, mas ele conta com o meu apoio firme, embora eu seja a favor da renovação”, concluiu.

22 de dezembro de 2014, 10:50

BAHIA Aumenta número de baianos em situação de segurança alimentar na última década

Ao longo dos últimos dez anos, o número de baianos em situação de segurança alimentar subiu de 49,7%, em 2004, para 62,2% da população em 2013. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2004, cerca de 1,8 milhão de domicílios encontravam-se em situação de segurança alimentar. Em 2013, este número subiu para mais de três milhões. Entre os indicativos que justificam este avanço estão os inúmeros programas sociais de incentivo ao trabalho e de transferência de renda implantados pelos governos estadual e federal na última década. Ações de apoio à agricultura familiar e à economia solidária, de garantia do acesso à água e a retirada de mais de dois milhões de baianos da condição de pobreza contribuíram significativamente para este resultado. No âmbito estadual, destaca-se o programa Vida Melhor, que atua, tanto no eixo rural quanto no urbano, com foco na inclusão socioprodutiva. O Bolsa Família, do governo federal, exemplo de sucesso entre programas de distribuição de renda, melhorou a vida de cerca de 1,8 milhão de famílias baianas em 2013. Para o secretário estadual da Casa Civil em exercício, Carlos Mello, garantir a todas as pessoas o direito de se alimentar regularmente e de forma adequada é um compromisso assumido pelo Governo da Bahia. “É obrigação da administração pública garantir às pessoas o Direito Humano à Alimentação. Ainda temos um longo caminho a percorrer e muito o que melhorar neste aspecto, mas estamos trabalhando incessantemente para criar condições de proporcionar aos baianos a segurança alimentar e nutricional”. O secretário executivo do Grupo Governamental de Segurança Alimentar e Nutricional, Flávio Bastos, cita o Água Para Todos (PAT) como um dos programas fundamentais para a redução do número de domicílios em situação de insegurança alimentar. “Mais de 4,8 milhões de pessoas passaram a ter acesso à água, que é o bem mais básico para a qualidade de vida e saúde da população. Só em abastecimento, o programa representa um investimento de R$4,2 bilhões”.

22 de dezembro de 2014, 10:47

BAHIA Caetano pretende levar Cidade do Saber para municípios baianos

Foto: Divulgação

O deputado federal eleito Luiz Caetano (PT), ex-prefeito de Camaçari, principal mentor e responsável pela implantação da Cidade do Saber no referido município, pretende expandir o projeto pela Bahia. Ele, inclusive, já está dialogando com gestores de diversas cidades para viabilizar a ideia. De acordo com o petista, os trabalhos exitosos da instituição, reconhecidos e elogiado por Dilma Rousseff, durante a primeira visita da presidenta a Camaçari, devem ser ampliados com o intuito de beneficiar mais pessoas pelo estado. “A Cidade do Saber é uma fábrica de sonhos, é um local de transformação de vida de crianças e adultos, por meio da arte, cultura e esporte. É uma das minhas marcas na gestão de Camaçari, da qual me orgulho muito e quero oportunizar para outras comunidades de municípios baianos.”, pontuou. Caetano aproveitou ainda para parabenizar pela matéria publicada no último domingo (21), na Revista Muito, do Grupo A Tarde, sobre a trajetória da Cidade do Saber ao longo dos sete anos de inauguração. “A divulgação na imprensa ajuda as pessoas a conhecerem esse complexo fantástico, premiado nacional e internacionalmente, ao mesmo tempo que estimula os gestores a propagarem essa ideia em suas cidades, em outros estados do Brasil”, completou.

22 de dezembro de 2014, 10:30

BAHIA Grupo fecha BA-882 entre Caixa Prego e Aratuba, na Ilha de Itaparica

Manifestantes bloquearam os dois sentidos da BA-882, entre as praias de Caixa Prego e Aratuba, na Ilha de Itaparica, nesta segunda-feira (22). Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (PRE), cerca de 150 manifestantes queimaram pneus, galhos de árvore por volta das 7h. O grupo exige a presença do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) para pedir melhoria nas condições da rodovia, segundo a PRE. O protesto provocou lentidão no trânsito na BA-001, no trecho entre Valença e Bom Despacho.

Correio*

22 de dezembro de 2014, 10:11

BAHIA Encontro de Rui Costa com novo secretariado acontece hoje

Foto: Divulgação

O governador  Rui Costa (PT) se reúne hoje com o novo secretariado, apresentado na última sexta. Segundo informações do jornal A Tarde, o deputado federal Josias Gonmes (PT), que será o novo titular de Relações Institucionais, vai definir diretrizes já para os primeiros meses de governo. Ainda de acordo com parlamentar, os cargos de segundo escalão da administração estadual, disputados por partidos aliados, podem ser preenchidos até janeiro. O PTB recebeu a confirmação de que fará parte do governo, mas ainda não sabe o posto, conforme o presidente estadual Benito Gama. Além disso, o atual secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, Cézar Lisboa, que deixará o cargo, deve permanecer na administração.

22 de dezembro de 2014, 10:00

BAHIA ANTT aprova aumento de pedágio de estradas da ViaBahia e Ecosul

Foto: Divulgação

Aumento valerá a partie do dia 1º de janeiro

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta segunda-feira, 22, no Diário Oficial da União o resultado da 6ª revisão extraordinária das tarifas de pedágio do sistema composto pela rodovias BR-116/324 e BA-526/528, no trecho que vai da divisa entre Minas Gerais e Bahia até Salvador, incluindo o acesso à Base Naval de Aratu. De acordo com o órgão regulador, as tarifas do sistema, administrado pela concessionária ViaBahia, subirão de R$ 1,70 para R$ 1,90 nas praças de pedágio P1 e P2, e de R$ 3,10 para R$ 3,40 nas praças P3 a P7. Os novos valores entram em vigor amanhã, dia 23. A ANTT também aprovou os novos valores de pedágio do complexo rodoviário de Pelotas (RS), explorado pela Ecosul. As tarifas subirão de R$ 7,00 para R$ 7,40 em todas as praças de pedágio da concessão, a partir do dia 1º de janeiro de 2015.

Eduardo Rodrigues, Agência Estado

22 de dezembro de 2014, 09:25

BAHIA Paulo Souto fracassou na última semana, diz Carlos Geilson

Foto: Divulgação

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) afirmou nesta manhã, durante entrevista ao programa Conexão CBN, que a estratégia do DEM nas eleições de 2014 foi errada. De acordo com Geilson, o candidato derrotado Paulo Souto (DEM) “pressentiu” a derrota na última semana. “Nos últimos debates com Rui Costa, principalmente quando se questionou sobre a construção de novos hospitais, ele [Souto] já estava abatido. Fracassou ou pressentiu a derrota”, disse. O deputado frisou ainda que, talvez, “um candidato com menor resistência eleitoral fosse mais pra cima”. “Paulo Souto já vinha de outras campanhas, já tinha uma resistência eleitoral. Talvez, um outro candidato, com essa resistência eleitoral menor, fosse mais pra cima”, disse.

22 de dezembro de 2014, 07:29

BAHIA PSB e PSD devem formar bloco no Senado, diz Lídice

Foto: Divulgação

Ganha força a unidade do PSB e do PSD no Senado Federal. Com a chegada do senador Otto Alencar (PSD), Lídice da Mata (PSB), em conversa com a Tribuna, informou que o diálogo com o seu novo colega de bancada é bem afinado e ambos já analisaram manifestações a respeito da formação de um bloco entre as siglas. “Falei com o senador Otto rapidamente. Há, inclusive, uma hipótese, uma proposta de bloco entre o PSB e PSD, e nós estamos debatendo e estamos avaliando essa conjuntura que pode ser formada no Congresso Nacional”, informou. O PSB age como na Câmara.Lá, a agremiação se juntou com o PV, PPS e Solidariedade em um blocão que já foi cogitado virar, inclusive, um partido político. A possibilidade do bloco do Senado, inclusive, foi confirmada também pelo senador Fernando Bezerra (PSB-PE). Caso o grupo seja formado com o PSD, terá no rol cerca de 10 senadores, destes, seis do PSB. Se houver junção com o PDT, agremiação também cogitada terá 12 senadores. Nos bastidores circula a informação de que a tendência é que os membros do PSB se unam ao PSD, pois querem adotar postura independente, já que os pedetistas estão mais inclinados a ficar com o governo Dilma. A socialista também lembrou da linha de independência que deve ser adotada pelo PSB nacionalmente. Se com Rui Costa (PT) a conversa é amistosa, com Dilma Rousseff (PT), que foi adversária do finado Eduardo Campos (PSB) e da então candidata Marina Silva (PT), a banda tocará diferente. “Nacionalmente, o PSB marchará com independência. Discutindo e votando aquilo que considerarmos importante com o governo e se a gente discordar, votamos contra”, ratificou sobre o assunto.

Victor Pinto, Tribuna

22 de dezembro de 2014, 06:45

BAHIA Novos ônibus escolares vão atender estudantes de Vereda e Guaratinga

Mais dois municípios, desta vez no sul da Bahia, receberam as ações da reta final da gestão do governador Jaques Wagner. Neste domingo (21), em Vereda, cidade com menos de sete mil habitantes, os estudantes passaram a dispor de um novo ônibus escolar para atendê-los a partir do ano letivo de 2015. Em Guaratinga, para onde o governador foi em seguida, além do ônibus escolar, Wagner entrega um trator com implementos agrícolas para facilitar a vida dos pequenos produtores da região. O governador disse que, depois de Vereda e Guaratinga, ficam faltando apenas quatro municípios, que vai visitar nesta segunda-feira (22), antes de ir para Brasília, onde se reúne com a presidente Dilma Rousseff. “Vou cumprir minha missão e minha meta de ser o primeiro governador a visitar os 417 municípios baianos durante o mandato. Acho que para governar, a gente tem que estar junto do povo baiano. O território é muito grande, são 570 mil quilômetros quadrados”. Wagner avalia que a missão está cumprida. “Acho que a gente conseguiu fazer um governo durante estes oito anos de uma forma diferente, mais aberta, mais democrática, atendendo prefeitos de oposição e fazendo obras também nessas cidades. Com isso, levamos ao povo baiano estradas, casas populares, universidades, hospitais, investimentos em segurança, água, [rede de] esgoto, alfabetização, entre muitas outras ações”.

21 de dezembro de 2014, 10:32

BAHIA DEM e PDT podem criar bloco parlamentar no Congresso

Foto: Metropress

Os líderes do DEM estudam três cenários para o futuro da sigla. Por enquanto, o mais cristalizado é uma composição com o PDT. As negociações entre os cardeais dos dois partidos estão bastante avançadas e incluem a composição de um bloco parlamentar no Congresso já para o início do ano. O segundo caminho, menos provável, seria uma incorporação ao PMDB. O terceiro caminho do DEM passa pela construção de uma nova sigla, a partir da dissolução de vários outros partidos que perderam representatividade numérica. A ideia encontra resistência em parte da Executiva Nacional, mas tem sido defendida por novas lideranças. Só em um ponto os democratas concordam à unanimidade. Seja qual for a decisão, está descartada uma guinada para o PT.

Jairo Costa Junior, Correio*