19 de agosto de 2017, 11:15

BAHIA Prêmio Caymmi reconhece novos talentos da música baiana

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Evento aconteceu na sala principal do Teatro Castro Alves (TCA)

O Prêmio Caymmi de Música foi entregue nesta sexta-feira (18), na sala principal do Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, aos destaques da produção musical baiana em 2017. Os concorrentes foram selecionados durante o Festival Caymmi, realizado entre os meses de abril e maio, com patrocínio do Governo do Estado, por meio do Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural (Fazcultura). ”O Prêmio Caymmi retorna com a força deste festival. Hoje é um grande dia, o dia da culminância, em que a etapa que precedeu possibilitou a circulação de diversos talentos, em vários espaços públicos de Salvador. Retornou ao Passeio Público onde, há 50 anos, eclodiu o Tropicalismo e que, naquele momento, significava uma grande revolução e renovação no cenário cultural”, destacou o superintendente de Promoção Cultural da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), Alexandre Simões. A premiação recebeu cerca de 500 inscrições. No total, 110 artistas da capital e do interior foram selecionados pela comissão julgadora para concorrer ao prêmio. “A gente tem uma grande diferença em relação a outros estados brasileiros. A cultura da Bahia está bem apesar das dificuldades, mas a gente está vivendo porque a gente tem o apoio também do Fazcultura, que é fundamental para que projetos como o Prêmio Caymmi aconteçam”, afirmou a diretora-geral do prêmio, Elaine Hazin. A cerimônia de entrega dos troféus foi animada pelo Bandão Caymmi, que prestou uma homenagem à Tropicália. O cantor Saulo Fernandes e a cantora Alice Caymmi, neta de Dourival Caymmi, também fizeram uma participação especial, junto com artistas que participaram do festival.

18 de agosto de 2017, 18:32

BAHIA Proposta que institui “Escola sem Partido” chega à ALBA

Foto: Divulgação

O deputado Samuel Júnior (PSC) é autor do projeto de Lei que institui Escola sem Partido

De autoria do deputado Samuel Júnior (PSC), o projeto de lei que institui “Escola sem Partido” visa inibir práticas inadequadas de atuação de alunos e professores dentro do ambiente escolar, no desempenho de suas funções. Polêmica, a matéria chega na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), conforme publicação no Diário Oficial do Legislativo desta sexta-feira (18). “A doutrinação política, ideológica e a usurpação do direito dos pais a que seus filhos recebam a educação moral, que esteja de acordo com suas próprias convicções, devem acabar nas salas de aula do nosso Estado. Nosso intuito é extirpar o exército organizado de militantes travestidos de professores que tentam a todo custo segregar e impor de forma perversa suas próprias visões deturpadas de mundo aos nossos jovens estudantes”, justificou o parlamentar. Em maio passado, a matéria causou polêmica na Câmara de Salvador após o vereador Alexandre Aleluia (DEM) – autor de proposição semelhante na casa legislativa soteropolitana – convidar o filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), para uma audiência pública que debateu o assunto. O projeto protocolado na ALBA segue para apreciação das Comissões de Constituição e Justiça, Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público, Direitos Humanos e Segurança Pública e Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle. Após análise, a proposta será votada pelos pares em plenário.

18 de agosto de 2017, 18:19

BAHIA Lula diz ficou triste por não ter recebido título honoris causas

Foto: Divulgação/Twitter

O ex-presidente Lula ao chegar ontem à Fonte Nova

O ex-presidente Lula afirmou que ficou triste por não receber o título honoris causas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), nesta sexta-feira (18), devido a uma liminar impetrada pelo vereador Alexandre Aleluia (DEM) que suspendeu a cerimônia. Segundo Lula, ele se sentirá homenageado quando um filho de um trabalhador da agricultura do fumo receber o título de doutorado da UFRB. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, integrante da comitiva do ex-presidente à vigem a Cruz das Almas, os primeiros dias da caravana de Lula (PT) pelo Nordeste, cujo início foi na quinta-feira (17) em Salvador, estão sendo positivos. Ainda de acordo com Wagner, a população do município baiano que fica na região Recôncavo proporcionou ao ex-presidente muito carinho, emoção e gratidão. Sobre o evento realizado ontem à noite na capital baiana, o secretário de Desenvolvimento Econômico afirmou que Lula ficou emocionado com a recepção das pessoas tanto na Estação do Metrô do Campo da Pólvora como na Fonte Nova. “Foi apoteótico”, disse Wagner.

18 de agosto de 2017, 17:53

BAHIA Rui Costa participa da abertura da XI Jornada Maria da Penha

Foto: Carol Garcia/GOVBA

Cerimônia de abertura da XI edição da Jornada Maria da Penha,

O governador Rui Costa participou da abertura da XI edição da Jornada Maria da Penha, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no auditório do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), em Salvador. Esta é a primeira vez que o evento acontece fora de Brasília. Além das atividades propostas, o encontro vai debater sobre os avanços e desafios da Lei Maria da Penha (lei nº 11.340/2006), que em 2017 completa 11 anos. O evento contou ainda com as presenças da presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia; e da secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira. O governador destacou a consolidação e ampliação da parceria entre o Sistema Judiciário e o Executivo na Bahia, e citou as ações desenvolvidas pelo Governo no combate à violência contra a mulher. “Caminhamos para a instalação de 11 unidades da Maria da Penha da Polícia Militar. Já temos 15 delegacias especializadas, espalhadas nas cidades com maior incidência e ocorrência de casos de violência contra a mulher. Também avançamos bastante, com o Hospital da Mulher, na questão da coleta de provas e no profissionalismo em relação ao acolhimento da mulher vítima de violência, mas é importante que nós possamos trabalhar para além do processo judicial ou para além das ocorrências e, por isso, a ajuda da imprensa é muito importante, para que possamos consolidar o conceito de uma sociedade de paz, que tenha a família como base”, afirmou Rui. A abertura do evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (18).

18 de agosto de 2017, 17:31

BAHIA Senador Álvaro Dias recebe título de cidadão baiano

Foto: Divulgação/Twitter

Assembleia Legislativa da Bahia concede título de cidadão baiano ao senador Álvaro Dias

O senador Álvaro Dias (Podemos-PR) recebeu, nesta sexta-feira (18), no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o título de cidadão baiano. Na ocasião, o parlamentar paranaense falou sobre a contribuição dos baianos na emancipação política do Paraná, além de citar que na época do império o seu estado já teve nove governadores nascidos na Bahia. O projeto de lei que concedeu o título de cidadão baiano ao senador Álvaro Dias foi de autoria do deputado Marcell Moraes (PV).

18 de agosto de 2017, 17:19

BAHIA BCS de Itinga comemora cinco anos de trabalhos sociais

A população de Itinga, em Lauro de Freitas, comemorou os cinco anos de inauguração da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro, nesta sexta-feira (18), com uma grande festa. Composta por um grupo de 78 policiais, a unidade reforça a segurança da região e promove diversos projetos sociais de inclusão para crianças, adolescentes e adultos, como atividades de teatro, esporte e lazer.Para a tenente Naila Reis, comandante da BCS, a presença da base tem um impacto forte na segurança do bairro. “A boa relação que temos com todos aqui faz toda a diferença. Em 2015, fomos a companhia que mais apreendeu armas de fogo. Desde que começamos nossas atividades, recebemos duas vezes o prêmio de desempenho policial. Temos muito trabalho a ser feito ainda, mas certamente estamos conseguindo um resultado muito positivo na diminuição dos índices de violência”.Presente na cerimônia, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, destacou que o evento celebra acima de tudo a relação que os policiais têm com os moradores. “Além da parte operacional, nós oferecemos projetos para melhorar a vida da comunidade. São projetos muito importantes, que promovem uma aproximação entre a polícia e as pessoas, formando uma ponte de confiança, e que também melhoram a autoestima das pessoas que vivem na comunidade”.

18 de agosto de 2017, 15:00

BAHIA Governo mantém policiais em postos de saúde e reforça policiamento nas ruas de Salvador

Em janeiro de 2015, o Governo do Estado iniciou a redução significativa de policiais militares que exercem atividades administrativas em órgãos municipais e estaduais, incluindo o próprio Poder Executivo. A medida teve como objetivo transferir esses policiais para atividades nas ruas da capital e do interior, ampliando a segurança da população. Desde aquele ano, o Governo do Estado tem, gradativamente, transferido para a atividade de rua policiais militares que executavam serviços administrativos na Governadoria, em secretarias do Estado e diversas outras instituições, como Ministério Público, Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça da Bahia. Atualmente, 800 policiais militares continuam prestando serviço, em escala extra, em instituições municipais. Esse efetivo permanecerá trabalhando nos postos de saúde de Salvador, entre outras estruturas da Prefeitura da capital. Os policiais militares remanejados da Prefeitura prestavam serviço na Assistência Militar da Prefeitura e, a partir de agora, atuarão nas ruas de Salvador, reforçando a segurança pública para a população.⁠⁠⁠⁠

18 de agosto de 2017, 12:30

BAHIA Rui participa de abertura de posto de recadastramentro biométrico na estação do metrô de Pirajá

Nesta segunda-feira (21), às 9h, o governador Rui Costa participa da abertura do posto de recadastramento biométrico eleitoral da Estação Pirajá do metrô. Participam da solenidade, além do governador, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano e o presidente-diretor da CCR Metrô Bahia, Luís Valença. Com o novo posto de atendimento, Salvador passará a contar com 21 postos avançados do TRE-BA para o recadastramento biométrico. A estação está localizada na Rua da Indonésia, s/n – Granjas Rurais Presidentes Vargas.

18 de agosto de 2017, 11:09

BAHIA Lula cita Jaques Wagner e Pimentel como alternativas para 2018

Foto: Divulgação

Ex-governador Jaques Wagner (PT)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva exaltou nesta sexta-feira, 18, em entrevista à rádio Metrópole, em Salvador, qualidades do ex-governador Jaques Wagner (PT) e dos governadores da Bahia, Rui Costa (PT), e de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), e ao ser questionado sobre nomes alternativos à disputa presidencial de 2018 caso sua candidatura seja impugnada pela Justiça. Aos 71 anos de idade, foi condenado em 12 de julho a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro. Não é a primeira vez que Lula cita possíveis nomes do PT se seu registro de candidatura for cassado. Além dos dois, o ex-presidente já apontou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como um possível sucessor na disputa em 2018. Se a decisão de Moro for mantida pela 2.ª instância, Lula poderá ser impedido de se candidatar com base da Lei da Ficha Limpa. Durante entrevista a Mário Kertész, o petista declarou que a “Bahia tem bons candidatos”. “A gente tem (Jaques) Wagner, que tem um pedigree político como ninguém tem nesse País. O cara que acabou com o carlismo (domínio da política local pelo grupo do ex-governador da Bahia Antônio Carlos Magalhães), se elegeu duas vezes. Tem Rui (Costa, atual governador, do PT) que está indo maravilhosamente bem. Ontem vi o carinho do povo com ele, um carinho assim de gente grande. Então, na hora que for necessário escolher, a gente escolhe”, afirmou. O ex-presidente indicou ainda aliados de outros Estados. “Você tem o (Fernando) Pimentel, em (governador de) Minas Gerais; Camilo (Santana, governador), no Ceará; nosso Índio (José Wellington), no Piauí , que é um gênio da política”, listou.

Estadão

18 de agosto de 2017, 09:37

BAHIA Valmir critica cortes de direitos por Temer e volta a defender legado de Lula como presidente

A primeira agenda da caravana ‘Lula pelo Brasil’ passou por Salvador como um rolo compressor, arrastando uma multidão. Críticas ao novo modelo econômico, contra as reformas propostas pelo atual governo federal foram compartilhadas pela militância petista durante a inauguração do ‘Memorial da Democracia’, que narra as principais ações dos dois mandatos de Lula. Para o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), membro do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o ex-presidente “continua sendo o mais querido do país e isso ficou evidente na atividade desta quinta-feira [17]”. Assunção aponta que a única saída para resolver a crise política é uma eleição direta. “Queremos que Lula seja candidato e volte a estabelecer uma política que olhe para o povo, porque o governo do golpista Temer só retira direitos dos trabalhadores, e isenta ricos. Economiza no salário mínimo, mas perdoa as dívidas dos empresários”, salienta. Lula desembarcou no aeroporto da capital baiana, foi recebido pelo governador Rui Costa e pelo ex-governador e ex-ministro do governo Dilma, Jaques Wagner, e se encontrou com o jovem Everton Conceição, 11 anos depois de ter participado de uma agenda com o ex-presidente em Lauro de Freitas e virado símbolo da campanha de reeleição em 2006. O primeiro dia da caravana ‘Lula pelo Brasil’ também teve uma visita a obras da estação do metrô de Pituaçu, onde ele conheceu as instalações e se encontrou com operários, militantes e políticos. Já na Fonte Nova, participou do lançamento da 3ª fase do Memorial da Democracia, e do lançamento da obra ‘Comentários sobre uma sentença anunciada’. Em seu discurso, o ex-presidente fez um relato das ações realizadas por ele, criticou a liminar que cancelou a entrega de um título Honoris Causa pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e o vereador do DEM, autor da ação, além de narrar momentos importantes da história do Brasil, que começou pela Bahia com inúmeras revoltas contra a Coroa Portuguesa. “Foi aqui na Bahia, que essa história começou. Aqui teve início a dominação colonial, o martírio dos indígenas, a exploração desumana dos africanos escravizados. Foi também na Bahia, que começou a penar uma heroica resistência de um povo que foi se formando a garantir tantas e tantas origens. Episódios como a Revolução dos Malês, a Conjuração Baiana e a Sabinada são exemplos de luta contra a escravidão e a tirania que marcam a formação do povo baiano. Entre tantos heróis da liberdade que a Bahia deu ao Brasil quero recordar de três mulheres: Joana Angélica, Maria Quitéria, e a negra Maria Felipa”, detalha Lula. Salvador foi a primeira cidade da caravana, que vai até o dia 5 de setembro, no Maranhão. Lula percorrerá de ônibus nove estados nordestinos para conhecer as mudanças que ocorreram durante os governos do PT. Tem agenda do ex-presidente na Bahia ainda em Cruz das Almas, São Francisco do Conde e Feira de Santana.

17 de agosto de 2017, 21:57

BAHIA Oposição quer saber quantos policiais fazem a segurança da família do governador Rui Costa

Diante da obrigação do governo do estado de promover policiamento ostensivo, visando garantir a segurança da população, a Bancada de oposição na Assembleia Legislativa vai apresentar requerimento questionando, com base na Lei de Informação, o governador Rui Costa e o secretário de Segurança, Maurício Barbosa, sobre a quantidade de policiais que servem à família do chefe do Executivo estadual.“O questionamento vai ao encontro da aguda situação que a segurança pública no estado vem passando com o alarmado aumento nos índices da violência, com toques de recolher, homicídios, roubos e assaltos. Precisamos saber como o efetivo vem sendo distribuído”, justifica o líder da bancada, Leur Lomanto Jr. A oposição criticou a recente decisão do governador Rui Costa (PT) de retirar 20 dos 35 policiais militares que prestam serviço aos postos de saúde e fazem a proteção institucional da Prefeitura de Salvador. Além disso, o governo retirou policiais também da Câmara de Vereadores de Salvador, que é presidida por outro político adversário do governador. “Numa atitude vingativa e autoritária o governador reduziu o número de policiais nos postos de saúde. O lamentável é que isso atinge quem mais precisa, que é a população que se dirige todos os dias aos postos de saúde de nossa capital. Queremos saber se ele também vai reduzir número de policiais que fazem a sua segurança?”, indagou Leur Lomanto Júnior.A oposição espera que o governo do estado responda o requerimento o mais rápido possível. “A lei assegura que é dever do Estado garantir efetivo de policiais para prefeituras, câmaras e outras instituições. O dever do estado é com a segurança pública dos cidadãos e das instituições. Está na lei. O que não pode é usar a polícia para fazer chantagem política. Aliás, coisa que o governador já fez em episódios recentes, inclusive com ocupações indevidas de equipamentos públicos de responsabilidade da Prefeitura, como a Estação Pirajá”, lembrou.

17 de agosto de 2017, 21:11

BAHIA Neto atua de forma tupiniquim e mesquinha, diz Caetano

Presente na caravana do ex-presidente Lula em Salvador, o deputado federal Luiz Caetano (PT) classificou como um ‘momento de emoção’ a visita do correligionário na capital baiana. Em entrevista a este Política Livre, o petista disse que Lula entra com o pé direito no Nordeste. “Energia que o povo está com ele”. Questionado sobre as críticas do prefeito ACM Neto (DEM) direcionadas ao governador Rui Costa (PT) em relação a segurança pública, Caetano não poupou o democrata e afirmou que Neto está ‘criando ‘factoide’.”Rui e Wagner conseguiram melhorar muito a segurança na Bahia. O problema da segurança pública é nacional e internacional. Ele tenta criar um fato político e Rui não deve dar ousadia. Ele [Neto] deveria ajudar e não estar criticando”. O ex-prefeito de Camaçari também atacou Neto quando questionado sobre a liberação do empréstimo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil ao Estado. “Sacanagem de ACM Neto. Irresponsabilidade como governante. Rui nunca vetou nada. Ele deveria aprender com rui o que é ser republicano e democrático. Neto atua de forma tupiniquim e mesquinha”, completou.

17 de agosto de 2017, 19:59

BAHIA Rui evita polemizar com Neto sobre segurança e retorno de PMs ao governo

Foto: João Ramos/AscomSDE

Governador Rui Costa (PT) evitou dar prosseguimento à polêmica com o prefeito ACM Neto (DEM)

O governador Rui Costa (PT) evitou dar prosseguimento à polêmica com o prefeito ACM Neto (DEM) a respeito da segurança pública na Bahia durante evento em apoio à candidatura do ex-presidente Lula à Presidência em 2018, na Arena Fonte Nova. Hoje, um dia depois que o prefeito pediu a demissão do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e do comandante da PM, coronel Anselmo Brandão, o governo baixou um ato determinando a volta de 20 dos 35 PMs que estavam à disposição da Prefeitura fazendo a proteção das UPAs e do Palácio Thomé de Souza, o que levou Neto a gravar um vídeo acusando a ação de perseguição e Rui de “autoritário”. “Eu quero falar de coisa boa. Estou aqui nesta alegria, nesta emoção com o presidente Lula. Este momento é de comemorar este afeto, este carinho que o presidente tem aqui na Bahia por tudo que ele fez pela Bahia e pelo Nordeste”, disse o governador.

17 de agosto de 2017, 19:54

BAHIA “Segurança Pública é duríssima no Brasil inteiro”, diz Wagner sobre críticas de Neto

Foto: Política Livre

Ex-governador Jaques Wagner

O ex-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner (PT), defendeu hoje a manutenção no governo do secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e do comandante da PM, Anselmo Brandão, cuja atuação foi criticada ontem em discurso num evento da Prefeitura pelo prefeito ACM Neto (DEM). “Segurança pública é um problema duríssimo no Brasil inteiro, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, está fazendo um trabalho excepcional, o coronel Anselmo Brandão, comandante da PM, também é um coronel superdiligente. Agora, ninguém tem uma varinha de condão para resolver o problema da noite para o dia. Aí eu acho que me parece mais aquele joguihno político, falar mal para marcar posição”, afirmou o ex-governador, que voltou a cobrar o presidente Michel Temer (PMDB) em relação à liberação do empréstimo do BB no valor de R$ 600 milhões para obras na Bahia. “O dinheiro não é para mim, nem para o Rui, é para os baianos. Fica feio para ele. Até porque se ele estava na chapa da Dilma aqui foi dos lugares em que eles mais receberam votos. A gente não governa assim, atrapalhando a vida alheia, infelizmente algumas pessoas estão na política com a cabeça de mil novecentos e antigamente, querendo atrapalhar. Melhor é trabalhar e, com reconhecimento, tentar ganhar”, afirmou durante ato de lançamento de livro em homenagem ao ex-presidente Lula, na Arena Fonte Nova.

17 de agosto de 2017, 18:56

BAHIA Sob confusão, Lula desembarca no Campo da Pólvora e se depara com manifesto por volta dos militares

Sob muita confusão e gritaria o ex-presidente Lula desembarcou agora há pouco na Estação do Campo da Pólvora do metrô de Salvador vindo de Mussurunga. Na descida para a Arena Fonte Nova, onde participará do ato de lançamento de livro crítico à sua condenação judicial por corrupção e lavagem de dinheiro, Lula e sua comitiva se defrontaram com um grupo de manifestantes que defendem o “Golpe Militar”, os quais foram abertamente hostilizados pelos petistas.