11 de setembro de 2019, 12:30

EXCLUSIVANos bastidores, Wagner pede votos para Aras. Mas só nos bastidores…

Foto: Divulgação/Arquivo

Senador Jaques Wagner não quer 'queimar' o filme do baiano que comandará a PGR

Um petista de escol garantiu hoje a este Política Livre que não passam de estratégia pura e simples os posicionamentos públicos frios do senador Jaques Wagner (PT) com relação à indicação de Augusto Aras à PGR. Diferentemente dos colegas de Senado pela Bahia, Otto Alencar e Angelo Coronel (PSD), que já manifestaram voto a favor da indicação do baiano para a chefia do Ministério Público Federal, Wagner vem se esquivando de comentar qual será seu posicionamento. Mas, nos bastidores, defende com unhas e dentes a aprovação do nome do futuro procurador, devendo, naturalmente, votar a seu favor. Conforme o mesmo petista, eles são próximos desde que Wagner se tornou governador e Wagner busca se distanciar dele agora para não atrapalhar o processo de sua escolha para a PGR.

Comentários