26 de junho de 2019, 11:23

EXCLUSIVAPara governistas, Jerônimo errou ao admitir candidatura à sucessão estadual de 2022

Foto: Divulgação/Arquivo

Jerônimo Rodrigues é secretário estadual de Educação

Governistas acham que o secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, deu um tiro no pé ao admitir, em entrevista à Tribuna, na última segunda-feira, com quatro anos de antecedência, que acalenta o sonho de disputar a sucessão, em 2022, do governador Rui Costa (PT), seu padrinho político. “Ele agora vai estar na mira de todo mundo. E sua secretaria mais ainda”, disse ao Política Livre um deputado da base do governo, referindo-se às críticas que dirigiu ao secretário hoje, também na Tribuna, o líder da oposição na Assembleia, Targino Machado (DEM). Este site antecipou há meses que Jerônimo é o nome que, se Rui puder, vai tentar escolher para sucedê-lo. Daí a conseguir fazê-lo governador, vai uma loooooonga história.

Comentários