22 de fevereiro de 2019, 14:03

EXCLUSIVAPesquisa estimula cenário em que Otto pode sair a prefeito com Lázaro na vice

Foto: Divulgação/Arquivo

Senador Otto Alencar é nome lembrado para 2020 no governo, apesar de não ter aparecido na pesquisa

A pesquisa Paraná sobre a sucessão municipal de Salvador em 2020 está estimulando a discussão de cenários no campo do governador Rui Costa (PT), onde aparece o maior número de nomes bem posicionados na sondagem, que juntos cravam mais de 30% das intenções de votos. Um deles leva em conta uma eventual candidatura do senador Otto Alencar (PSD) à Prefeitura, apesar de ele não ter aparecido nos cenários espontâneo nem estimulado. Aliados dizem que o senador já sairia de cara com o apoio de partidos como o PCdoB e o PT e poderia buscar uma composição com o PR, que indicaria à vice o ex-deputado federal Irmão Lázaro, líder das intenções de voto na sondagem. Nome testado, além de experiente como gestor – já foi até governador da Bahia por um período pequeno de tempo -, Otto faria, nestes quesitos, segundo amigos, o contraponto ideal à figura do vice-prefeito Bruno Reis (DEM), candidato de ACM Neto à Prefeitura, que figura no levantamento empatado tecnicamente com os líderes Lázaro e Alice Portugal (PCdoB). A eventual eleição o tiraria também do campo de concorrentes, no grupo, à sucessão de Rui Costa em 2022.

Comentários