13 de outubro de 2018, 11:17

BAHIASegundo dia de Flica reúne personagens famosos na internet e lançamento de livros

O fim da tarde do segundo dia da 8ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) reuniu um público expressivo para acompanhar as atividades promovidas pela Fundação Pedro Calmon (FPC) na Casa do Governo/Fundação Hansen Bahia. Na área verde do local, um bate-papo com a jornalista Maíra Azevedo, conhecida nas redes sociais como ‘Tia Má’, e o ator Sulivam Bispo, famoso pelo personagem ‘Mainha’, discutiu como a literatura e a escrita contribuem para o trabalho do digital influencer. Já no auditório da fundação foi realizado o lançamento de livros dos autores Alex Simões e Franciel Cruz. Com uma dinâmica de compartilhamento de experiências de vida de pessoas negras e o processo árduo de construção de suas carreiras, Maíra e Sulivam prenderam a atenção das pessoas que queriam entender a contribuição da literatura no trabalho deles. “A literatura define a minha vida, seja na escolha da profissão ou dos temas que abordo nos meus canais. Tudo perpassa o meu processo de leitura e a literatura que eu tive logo na infância. Eu entendo que quanto mais você lê, mais você produz. Leitura é libertadora e transformadora. A leitura é o alimento para aquisição de conhecimento”, revelou Maíra Azevedo. A leitura também é um traço forte do trabalho de Sulivam Bispo. “Ler biografias de artistas e a literatura preta ajuda a construir esse arsenal histórico-poético que eu trago na minha linguagem. É importante ler as histórias de vida, como fiz com as histórias de minha avó, de minha mãe e de minha mãe de santo. Elas ajudam a compor esse legado africanizado que é o meu papel enquanto artista e humorista”, declarou.

Comentários