13 de setembro de 2018, 16:42

EXCLUSIVAIrmão Lázaro rompe novo acordo e convoca ato por recuperação de Bolsonaro

Irmão Lázaro rompe mais um acordo firmado com a campanha de José Ronaldo

O deputado federal Irmão Lázaro, candidato do PSC a senador, deixou cair a máscara e assumiu de vez a defesa da candidatura de Jair Bolsonaro, do PSL, à Presidência da República.

Em vídeo que gravou e está distribuindo em suas redes sociais, ele convida as pessoas para o que chama de “grande confratenização em prol da recuperação do nosso amigo-irmão Jair Bolsonaro”, neste domingo, às 9h, no Farol da Barra.

Também pede que “levem a família e os amigos para nós pedirmos a Deus a restauração deste grande homem que com certeza irá trazer grandes melhorias para nossa Nação”.

A iniciativa de Lázaro é mais um golpe no acordo que ele e seu partido formalizaram com o DEM, partido do candidato a governador José Ronaldo.

Na presença de ACM Neto (DEM), o PSC e Lázaro se comprometeram a não promover atos públicos em defesa de outra candidatura que não a de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República, da qual o prefeito de Salvador é um dos coordenadores informais.

Antes, Lázaro e o PSC já haviam também se comprometido em que a agremiação integraria um chapão de candidatos a deputados à Assembleia e à Câmara dos Deputados em troca de sua indicação para candidato a senador.

Um dia depois de ele ser anunciado na chapa de José Ronaldo com um dos nomes ao Senado, no entanto, a agremiação formalizou uma chapinha com o PTB para disputar as eleições proporcionais.

Como reduziu o quociente eleitoral da coligação, a decisão criou vários problemas para os deputados da base do prefeito. No início do horário eleitoral, o deputado também criou constrangimentos.

Irmão Lázaro veiculou propaganda dizendo que era contra as reformas do governo Michel Temer, principalmente a Trabalhista, aprovada pelos deputados ligados a Neto.

Veja o vídeo abaixo:

Comentários