31 de outubro de 2017, 18:47

EXCLUSIVASchmidt comemora decisão contra Marcelo Guimarães: “Estou de alma lavada”

Foto: Divulgação/Arquivo

Fernando Schmidt foi interventor do Esporte Clube Bahia por pouco mais de um ano

O ex-presidente do Esporte Clube Bahia, Fernando Schmidt, disse há pouco a este Política Livre que a decisão da Justiça acatando a denúncia por falsidade ideológica, crime contra a ordem tributária e falsidade ideológica contra seu antecessor, Marcelo Guimarães Filho, e mais três é uma vitória que o deixa de “alma lavada”. “Isso (a decisão judicial) é a confirmação do processo de transparência que buscamos para o Clube desde o momento em que pisamos lá como interventores”, disse o ex-presidente, lembrando do trabalho que fez, segundo ele, para restabelecer a instituição depois de anos de desmandos da parte do antecessor. Schmidt lembrou ainda da perseguição que sofreu da parte de Guimarães Filho, recordando que chegou a se defender em nove instâncias – até o Supremo Tribunal de Justiça – contra ações movidas pelo ex-presidente destituído com o objetivo de tirá-lo, na época, do comando do clube. “Vencemos todas as ações e chicanas que ele (Marcelo Guimarães) tentou. Agora, temos mais esta vitória, que é uma vitória da sociedade, dos torcedores e do Ministério Público”, afirmou Schmidt, referindo-se ao fato de a denúncia ter sido feita pelo Ministério Público Estadual e acatada na sua integralidade pela Segunda Turma da 1a. Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia.

Leia também: Câmara do TJ-BA aceita denuncia por formação de quadrilha contra ex-presidente do Bahia e mais três

Comentários