18 de maio de 2017, 18:30

SALVADORVereador quer debater terceirização da merenda escolar com a população

A polêmica terceirização da merenda das escolas municipais de Salvador é tema de audiência pública nessa sexta (19), a partir das 9h, no auditório do Centro de Cultura da Câmara Municipal. O presidente da Comissão de Educação da Câmara, vereador Sidninho (PTN/Podemos) diz que “a terceirização não garante a qualidade e dificulta a fiscalização dos órgãos de controle da alimentação escolar. Além disso, precisamos tomar conhecimento de como foi feito o processo licitatório”. O edital de licitação foi lançado pela prefeitura e a Comissão decidiu abrir o tema ao debate público porque “o governo municipal acaba com o sistema centralizado que garante o controle da qualidade, armazenamento, transporte e fornecimento das refeições e passa a beneficiar uma empresa envolvida em denúncias de improbidade administrativa, sem considerar a dispensa de centenas de merendeiras, por exemplo”, alfineta o vereador, se referindo à Nutriplus, empresa vencedora da licitação e investigada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo.

Comentários