11 de janeiro de 2017, 16:45

SALVADORLeonardo Boff lança livros em evento da EPS neste final de semana

“Quais os desafios que nos interpelam a atual crise nacional e mundial?”. Esse será o tema central debatido pelo escritor e teólogo Leornado Boff, durante o Encontro Estadual da Esquerda Popular Socialista (EPS) – tendência interna do PT, a partir das 18h30 deste sábado (14), na Faculdade de Arquitetura da Ufba, em Salvador. Boff ainda fará o lançamento dos livros ‘Sustentabilidade’, ‘Espiritualidade”, ‘Crise – Oportunidade de Crescimento’ e ‘De onde vem?’. São obras importantes para o atual período sócio-político e econômico que passa o país e que coincidem com os temas que serão tratados pela EPS, como a conjuntura política, os papéis dos partidos e da mídia no processo de golpe e no pós-golpe e a consolidação de um programa neoliberal. Em vídeo publicado em canal no Youtube, o escritor comenta sobre sua mais recente publicação. O livro se chama ‘De onde vem?’, publicado pela editora Mar de Ideias [RJ] no final de 2016. “De onde vem o universo? De onde vem o Sol? De onde vem a Terra? De onde vem a Vida?, De onde vem a vida humana?, De onde vem o Espírito, e, finalmente, de onde De onde vem Deus?. Essas são perguntas que todos fazem e eu tento responder com dados mais seguros da moderna ciência, da cosmologia e da biologia de tal maneira que a pessoa que ler o livro, esplendidamente ilustrado, poderá ter uma visão completa, redonda, de tudo aquilo que nos cerca”, salienta Leonardo Boff. No encontro estadual da EPS, a política será o foco central, com intelectuais e a militância esquerdista do Partido dos Trabalhadores debatendo, traçando e construindo ações para apresentar à sociedade e ao Congresso Nacional da sigla importantes temas que influenciam diretamente os rumos do país. Além de Boff, estão nos debates o jornalista Paulo Henrique Amorim, o professor Hélio Santos e a secretária de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis. Para a parte política, estarão os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Lídice da Mata (PSB-BA), o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (PT-SP), os deputados federais Valmir Assunção (PT-BA) e João Daniel (PT-SE), ambos da direção da EPS.

Comentários