20 de fevereiro de 2012, 15:50

SALVADORTaxistas devolvem objetos esquecidos durante corrida

Dois exemplos de honestidade foram registrados pela Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador) na folia. Um deles aconteceu com o motorista de táxi Washington Luiz de Almeida Cruz, morador do Uruguai, que encontrou em seu carro três abadás do Camarote Harém, esquecido por um passageiro que fez a corrida entre o Shopping Iguatemi e a Av. Garibaldi. Ao notar os objetos no banco traseiro do veículo, o taxista dirigiu-se à Gerência de Táxi do órgão para deixá-los à disposição do proprietário, que fez a retirada dos abadás no local. Demonstrando muita surpresa e gratidão, o turista, que preferiu não se identificar, confessou que já tinha perdido a esperança em recuperar as fantasias, mas que ficou muito feliz com o desfecho da história. Outro episódio também envolvendo um taxista chamou ainda mais a atenção de todos. Um permissionário que não teve a identidade revelada encontrou uma sacola com cerca de R$ 5 mil em seu veículo e também a encaminhou para devolução.“O dinheiro não era meu e eu não podia me apropriar dele. Não fiz nada de mais, apenas procurei o dono para devolvê-lo. Sabia onde peguei e deixei o último passageiro, então, por que não fazer? Sei que posso ser tachado de idiota, mas é uma questão de consciência. Prefiro dormir tranquilo”, declarou, optando pelo anonimato.

Comentários