27 de fevereiro de 2012, 13:45

EXCLUSIVAEXCLUSIVO: Com saída de Zezéu do Planejamento, setores da CNB tentam emplacar Sedes

Com a secretaria de Planejamento já pedida pelo governador Jaques Wagner (PT) a Zezéu Ribeiro para entregar a José Sérgio Gabrielli, setores da CNB (Construindo um Novo Brasil), tendência petista a que o secretário pertence, já começam a se articular para tentar emplacar uma nova pasta na administração. Argumento do grupo: Apesar de pertencer à mesma corrente, Gabrielli vai para o governo praticamente na cota de Wagner. O posto preferido pelo time da CNB, o qual poderia ser ocupado pelo próprio Zezéu, tão resistente a deixar o Planejamento quanto a ir para o Tribunal de Contas do Estado (TCE), segundo se comenta, seria a secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). A Sedes deverá ficar vaga com a saída de Carlos Brasileiro para disputar as eleições em Senhor do Bonfim. Quanto a Zezéu, deixando o Planejamento, volta para a Câmara Federal, desalojando o suplente petista Joseph Bandeira.

 

Raul Monteiro

Comentários