23 de dezembro de 2009, 07:50

Briga na Assembleia: Zé Neto minimiza denúncias contra suposto petista

O deputado estadual Zé Neto (PT) revela que as denúncias de corrupção em Feira de Santana, envolvendo um parlamentar petista, não passam de boatos até agora sem fundamento. Um dos prováveis suspeitos, ao lado do deputado federal Sérgio Carneiro, pelo fato de serem ambos petistas com base eleitoral em Feira de Santana, Neto esclareceu que as acusações partiram da vereadora Eremita Mota (PP), da Câmara Municipal da cidade, que é ligada ao ex-prefeito José Ronaldo (DEM).

“Ela diz que há direcionamento na escolha das empreiteiras, mas a execução foi pulverizada para 8 ou 9 empresas, a maioria delas ligadas ao DEM”, rebateu. Ele acrescentou ainda que não foram definidos os critérios a serem utilizados para a escolha dos contemplados pelas moradias, o que afastaria a possibilidade de haver corrupção. “Eu quero que me tragam novas informações. Se tiver algo eu vou ser o primeiro a botar fogo”, concluiu. (Rafael Rodrigues)

Comentários