23 de março de 2009, 08:38

DataFolha: Diretor diz que percentual de Geddel pode melhorar

O diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, diz acreditar que, caso Geddel se candidate de fato ao governo da Bahia, a intenção de voto deve aumentar. Geddel nunca disputou cargos majoritários. “Acredito que seja desconhecimento da população, que pode ser revertido a partir do momento em que começar a campanha. Muitas vezes as articulações de bastidores não atingem os eleitores”, diz Paulino, em referência ao cenário das eleições municipais de Salvador, em outubro, quando o candidato de Geddel venceu o apadrinhado de Wagner.

23 de março de 2009, 08:37

DataFolha: Paulo Souto e ACM em segundo lugar

O segundo lugar nas pesquisas é disputado entre os dois principais nomes do DEM baiano, ACM Neto e Paulo Souto. O partido vem sendo considerado cambaleante no Estado após três fatos: a morte do senador Antonio Carlos Magalhães, a perda da hegemonia no governo para o PT e a derrota de ACM Neto na disputa pela Prefeitura de Salvador no ano passado, quando não chegou ao segundo turno.

Quando confrontados, nos cenários, com o senador César Borges, ambos se saem melhor. ACM Neto fica com 17% nos dois cenários em que é citado. Em um deles, Borges tem 14%. Em outro, com Geddel Vieira Lima, o senador fica com 12%. Quando o possível candidato é Paulo Souto, a diferença chega a ser de nove pontos percentuais (19% x 10%) quando Geddel é incluído na disputa.

Sem o ministro, a diferença cai para quatro pontos (18% x 14%). O Datafolha entrevistou 991 pessoas em 36 municípios baianos, entre os dias 16 e 19 deste mês. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

23 de março de 2009, 08:29

Em artigo, Carballal critica projeto do metrô

“Na ausência de uma política nacional de transportes urbanos, devidamente gerenciada, o País ficou acéfalo quanto a diretrizes para investimentos em transporte urbano. Com isso, as grandes empreiteiras se associaram aos fabricantes de trens e passaram a vender necessidades e soluções aos incautos. Obra grande fascina prefeitos, secretários, bancos, fabricantes, técnicos e marqueteiros, logo é sempre bom para quase todo o mundo.” O texto acima faz parte de artigo do vereador Henrique Carballal (PT), publicado hoje no jornal A Tarde, sobre o polêmico metrô de Salvador, cuja leitura pode ser feita clicando aqui.

23 de março de 2009, 08:10

Marcos Valério negocia delação premiada com MP

Em segredo, o ex-provedor de arcas eleitorais Marcos Valério negocia com o Ministério Público uma delação premiada no caso do mensalão. Em troca de redução ou até de eliminação da pena, Valério estaria disposto a abrir o baú de malfeitorias para a Procuradoria da República. É uma informação com potencial para eriçar os pelos de petistas e as plumas de tucanos. Informações do jornalista Josias de Souza,da Folha.

23 de março de 2009, 08:09

Hugo Chávez chama Obama de “pobre ignorante”

A relação entre os presidentes Hugo Chávez e Barack Obama continuam tensas. Após Obama declarar meses atrás que o líder venezuelano exporta atividades terroristas, Chávez disse neste domingo que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é um ‘pobre ignorante’ ao pensar desta forma.

‘Agora Obama vai acusar a mim de exportar o terrorismo? Pelo menos alguém poderia dizer: pobre ignorante, estude, leia um pouco para aprender qual é a realidade que está vivendo e a realidade da América Latina e do mundo’, disse Chávez, durante seu programa dominical de rádio e televisão.

Embora EUA e Venezuela mantenham um dinâmico intercâmbio comercial, as relações entre seus governos chegaram ao ponto mais baixo em décadas, em meio a uma ríspida troca verbal que resultou na retirada dos respectivos embaixadores. Informações do Correio.

23 de março de 2009, 08:07

Três planos de saúde sob risco na Bahia

Planos de saúde que estão em regime especial, ou seja, que apresentam dificuldades financeiras, podem trazer prejuízos para o atendimento de 63 mil usuários baianos. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou que três planos de saúde na Bahia se encontram no regime especial: a Atlanta Operadora de Planos de Saúde, a Cooperativa de Usuários de Serviços e  Sistemas de Saúde e a Milmed Administradora de Serviços Médicos. Em nota ao jornal A TARDE, a ANS divulgou que, após uma empresa entrar neste processo, ela ainda “pode se recuperar e sair do regime especial. Caso isto não ocorra, uma vez comprovada a incapacidade de atuar de maneira adequada no mercado, a operadora poderá se encaminhar para liquidação extrajudicial”.

23 de março de 2009, 08:05

Incêndio destruiu 10 laboratórios na UFBa

O Corpo de Bombeiros realizou ontem os procedimentos finais de extinção do incêndio no quinto andar do Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia (Ufba). O fogo teve início na tarde de sábado. Não houve vítimas por conta do acidente, mas prejuízos com perda de equipamentos, materiais e projetos de pesquisa destruídos. As chamas consumiram  10 laboratórios, além de salas de professores vizinhas aos locais dedicados às práticas científicas. Informações do jornal A Tarde.

23 de março de 2009, 08:03

Joaci é citado para suceder Imbassahy no PSDB, diz A Tarde

Deu hoje no jornal A Tarde: “Embora diga a amigos que não mais tem a intenção de postular cargos eletivos, o ex-deputado Joaci Góes pode estar a caminho de pegar um, o de presidente do PSDB na Bahia. É citado para suceder Antônio Imbassahy, cujo mandato acaba em setembro. Como os tucanos estão empolgados com José Serra nas pesquisas, o novo presidente, como comandante das ações para 2010, terá relevante missão do ponto de vista tucano: pavimentar o caminho para uma feliz passagem do agora governador paulista na Bahia, o que inclui esforços para viabilizar a candidatura de Geddel a governador. A pretensão estratégica é nacional.”

23 de março de 2009, 08:02

Lula chega hoje a Salvador, onde fica até amanhã

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarca hoje em Salvador para o lançamento da segunda etapa do programa federal Territórios da Cidadania, no Teatro Castro Alves, às 16h. Lula permanece no Estado até amanhã, quando participará da abertura da I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional, onde será assinado com nove governos estaduais o pacto Mais Nordeste pela Cidadania para a redução das desigualdades na região até 2010, no auditório Iemanjá do Centro de Convenções da Bahia, às 10h. Além do governador da Bahia Jaques Wagner, entre outros do Nordeste, a pré-candidata à sucessão de Lula, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), também participará das atividades, segundo a secretaria de imprensa da Presidência.

23 de março de 2009, 07:33

Manchetes do dia

– A Tarde: Planos em dificuldades põem 63 mil usuários em alerta

– Tribuna da Bahia: Vitória comemora o empate, mesmo o Bahia jogando com 10

– Correio da Bahia: “Obras de ferrovia começam em agosto”

– Globo: Senado cortará novos diretores mas vai rever as demissões

– Folha: Valério negocia delação premiada

– Estadão: Obama muda discurso e vê recuperação mais rápida

– JB: Cota racial abre guerra no ensino superior

– Correio: PF investiga nova rota do tráfico de mulheres

– Valor: Petrobras renegocia obras para cortar custos em 30%

– Gazeta Mercantil: Brasil ajuda a garantir os ganhos das múltis

22 de março de 2009, 13:19

Ida de Pinheiro para administração anima políticos

Com estilo de super-secretário que pretende, ao mesmo tempo, não perder tempo e recuperar o tempo perdido, Walter Pinheiro (Planejamento) está deixando animados colegas de administração que não pertencem ao PT.

“É um cara com visão política no âmbito da administração, o que pode ajudar os colegas que enfrentam dificuldades de relacionamento com o governo”, solta um secretário ouvido pelo Política Livre

No PT, que tem a maioria das pastas no governo, apesar das várias correntes petistas e suas divergências, a chegada do novo secretário também é bem vista. A visão é compartilhada por deputados.

“Pinheiro nem começou de fato a trabalhar – a posse foi na última quinta-feira -, mas na prática já começamos a ver que tem disposição para mudar a face da administração”, conta um parlamentar que nunca havia sido contatado pelo governo antes.

O jejum foi quebrado na sexta-feira passada, quando sua secretária ligou de Brasília para dizer que a bancada federal deve ter uma reunião com o novo secretário entre os dias 30 e 31 próximos. “Ele (Pinheiro) terá que preparar o ouvido”, antecipa.

22 de março de 2009, 13:02

Bornhausen defende candidatura “natural” de Serra

Enquanto o PSDB discute prévias para escolher o candidato a presidente, o DEM declara sua preferência pelo governador paulista José Serra e prega o respeito dos tucanos a uma velha regra da política: a candidatura natural. “O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, é um bom nome e merece o maior respeito, mas, como ex-presidente do DEM, membro da Executiva e do Conselho Político, sou obrigado a dizer que há uma candidatura natural e sua tradução é José Serra”, diz Jorge Bornhausen em entrevista à repórter Cristiane Samarco, do Estado. Confira principais trechos:

P – O DEM recuou da posição inicialmente contrária às prévias do PSDB?

R – Não. Nós compreendemos a necessidade que tem o PSDB de dar uma boa solução para a escolha de seu candidato. Se eles entenderem que o caminho são as prévias, não há por que contestar. Queremos é que a solução seja boa.
E a preferência do DEM é… Há uma regra em política sobre contrariar candidaturas naturais. Candidatura natural é aquela que tem a maior possibilidade de vitória e isto está constatado em todas as pesquisas. Se o PSDB vai decidir por prévias, ou não, a maioria do Conselho Político do DEM é pela candidatura natural, que tem um nome: José Serra.

P – Mas o que define o candidato natural são as pesquisas de opinião?
R –
O candidato se define por pesquisas, pela densidade eleitoral do seu Estado, pela posição do Brasil em relação às circunstâncias da crise. Tudo isso indica a candidatura de Serra. Sem nenhum demérito ao governador Aécio, que f az boa administração em Minas, Serra é o melhor perfil para administrar na crise.
Tem candidato que larga com 3% nas pesquisas e acaba vencendo a eleição, como Fernando Collor (1989). O sucesso de gestão em Minas não torna Aécio competitivo?
Collor era candidato de um partido inexistente. Foi uma aventura política que deu certo, e em seguida deu errado. A escolha, agora, é de um partido grande, sólido, conceituado, com a responsabilidade de ganhar a eleição.

P – Os aecistas do PSDB dizem que ele é a melhor opção pela capacidade de agregar apoios, sobretudo em uma eleição de dois turnos.
R –
Eu antevejo uma eleição bipolarizada. Tudo caminha na direção da candidata governista (ministra Dilma Rousseff) contra o candidato da oposição. É muito provável que esta eleição se defina no primeiro turno, porque será realmente um plebiscito em torno de quem poderá dirigir melhor o Brasil na crise.

P – A grande preocupação do PSDB é que Minas Gerais está fechada com Aécio. Tem como trazer Aécio para o projeto Serra sem prévias?
R –
Se o caminho escolhido for o das prévias, será exatamente para atender o sentimento da maioria do partido.

P – O sr. acredita que a maioria do PSDB é Serra, assim como o DEM?
R-
Eu acredito que a tese da candidatura natural não é a tese de um partido. É uma regra da política, e o bom senso me diz que esta regra será respeitada.

22 de março de 2009, 12:53

Partidos perdem filiados em todo o País

Praticamente todos os partidos sofreram redução no número de filiados em relação ao ano passado. No período entre janeiro de 2008 e janeiro de 2009, o porcentual de eleitores vinculados a algum partido diminuiu consideravelmente no Brasil. Segundo dados fornecidos pelos partidos políticos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dos 127,7 milhões de eleitores existentes em janeiro do ano passado, 115,3 milhões não eram filiados a nenhum partido. Isso significava que 90,2% dos eleitores brasileiros não pertenciam a nenhuma legenda. Conforme os dados do TSE, em janeiro deste ano, esse índice subiu para 91,6%, com 119,7 milhões dos 130,6 milhões de eleitores desvinculados de qualquer partido político. Enquanto o número de eleitores cresceu cerca de 2,9 milhões desde janeiro do ano passado, o total de não-filiados aumentou em 4,3 milhões no mesmo período. Informações do Estadão.

22 de março de 2009, 12:06

Executiva provisória começa reestruturação do PSB

A comissão executiva provisória do PSB em Salvador se reuniu na noite de sexta-feira, pela primeira vez, na sede do partido para tratar da organização da legenda e do Congresso para a escolha do novo diretório, além de definir uma agenda de trabalho para os próximos 120 dias. O presidente da comissão, Celsinho Cotrim, defendeu como prioridade do colegiado a estruturação interna do diretório municipal e elaboração de um projeto de fortalecimento do partido na cidade.

O presidente apresentou aos membros da executiva a certidão do TRE que oficializa a composição do colegiado, garantindo a legitimidade do grupo. Em tom de unificação, Celsinho declarou o seu intento de fortalecer o PSB na capital. “Nós não estamos aqui para sangrar o partido, porque as nossas discussões são políticas sem ofensas e de forma democrática para revigorar o PSB”, declarou.

22 de março de 2009, 11:30

Economia mundial vai encolher até 2% em 2009, diz Banco Mundial

A economia global vai encolher de 1 a 2 por cento este ano, afirmou no sábado o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick. Ele disse ainda que o ritmo da redução econômica não tem precedentes desde a Grande Depressão de 1930. Falando numa conferência em Bruxelas, Zoellick referiu-se à previsão do Fundo Monetário Internacional de que a economia mundial vai encolher até 1 por cento este ano. Ele afirmou: – Nós no banco vamos divulgar nossas projeções em breve, provavelmente na faixa de 1 a 2 por cento… Ainda não tínhamos visto um número como esse no mundo desde a Segunda Guerra Mundial, o que realmente significa desde a Grande Depressão.