9 de novembro de 2007, 09:37

Estressado, Rui Costa dá “zignal” na Europa

Apesar de ter viajado à Europa acompanhando o governador Jaques Wagner, o secretário estadual Rui Costa (Relações Institucionais) teria se desgarrado da comitiva oficial logo ao chegar em Portugal, onde não teve tempo sequer de participar do evento sobre Biodiesel naquele País.

Em função da mudança de “escala”, o secretário, consequentemente, também teria deixado de prestigiar o Meeting Point, realizado em Barcelona. Na equipe do governo, a explicação é de que o secretário deu o “zignal” porque precisaria urgentemente descansar.

8 de novembro de 2007, 19:05

EXCLUSIVO: Conversas entre Trindade e prefeito não evoluem e republicano pode ser lançado candidato a prefeito

O PR analisa a possibilidade de lançar o deputado federal Maurício Trindade à Prefeitura de Salvador em 2008.

O assunto foi discutido diretamente entre Trindade e o senador César Borges, presidente regional do PR, em encontro recente.

Na reunião, eles discutiram, inicialmente, a possibilidade de o deputado assumir a presidência do partido em Salvador com o objetivo de organizá-lo na capital.

A conversa teria evoluído, entretanto, para a possibilidade da candidatura própria a prefeito.

O entendimento seria uma evidência de que as conversas iniciadas entre Trindade e o prefeito João Henrique (PMDB) para um possível apoio não avançaram.

8 de novembro de 2007, 17:17

Fernando Barros será ouvido na quarta-feira

Por quatro votos a um, a CPI da Ebal reaprovou ontem a convocação do publicitário Fernando Barros, proprietário da Propeg. Seu depoimento está marcado para a próxima quarta-feira. Barros já havia sido convocado anteriormente, mas não chegou a depor porque os membros da Comissão se desentenderam no dia em que seria ouvido.

8 de novembro de 2007, 15:59

Oposição faz nova ação contra secretaria de Saúde

Os deputados João Carlos Bacelar (PTN) e Heraldo Rocha (DEM) estão reunidos agora, na sede do Ministério Público Federal na Bahia, no Corredor da Vitória, com o procurador-chefe, Danilo Dias, para apresentar denúncia de irregularidades na Secretaria de Saúde do Estado da Bahia.

Os parlamentares alegam a existência de pagamentos a médicos feitos pela Sesab através de uma “folha secreta”, uma vez que não passaria pelo controle da Secretaria de Administração do Estado (Saeb). A denúncia foi feita na Assembléia Legislativa pelo deputado João Carlos Bacelar (PTN).

8 de novembro de 2007, 15:49

Propaganda do governo irrita aliados e adversários

Considerado infantil por aliados e pretensioso por adversários, o bordão “Pela primeira vez na Bahia”, marca da primeira propaganda sobre as ações da gestão Jaques Wagner, causou mais descontentamentos do que satisfação entre políticos.

Além de avaliações de aliados de que, no setor de educação, a propaganda desconsidera o que foi feito no governo de Waldir Pires (PT), a divulgação sobre as ações de combate à seca, articuladas sob um programa intitulado “Água para Todos”, também recebe várias críticas.

“Tanto no governo de João Durval (PDT) quanto no de Paulo Souto houve várias ações relacionadas à área da seca”, diz uma fonte oposicionista a este blog. Para ele, por uma questão política, o governo atual poderia até desconsiderar as intervenções do antecessor.

“Mas pelo menos as ações do governo de João Durval, que é um aliado, não precisavam ter sido esquecidas, como insinua esta propaganda do governo”, diz, em tom provocativo. A avaliação é acompanhada por um governista, para quem a propaganda dá a entender que na Bahia nunca houve governo.

Para esta mesma fonte, o governo se apropria ainda de um programa federal, ao falar sobre as ações contra o analfabetismo. No caso do “Transparência Bahia”, completa, também é um programa inspirado num outro do governo federal, o “Transparência Brasil”.

8 de novembro de 2007, 15:14

Jutahy diz que parceria com Wagner para governar Salvador é suficiente

O deputado federal Jutahy Jr. (PSDB) disse hoje, em entrevista à rádio Nova Salvador FM, que as declarações de Jaques Wagner reconhecendo o fato de Antônio Imbassahy ser o mais forte entre os candidatos a prefeito dos partidos que compõem a sua base sinaliza algo mais importante do que um eventual apoio do governador à candidatura tucana.

“Isto não quer dizer que Wagner vá apoiar Imbassahy. Mas sinaliza, claramente, que se Imbassahy ganhar a Prefeitura, ele vai ter no governador um parceiro para reorganizar a cidade. Era uma declaração que esperávamos. Para nós, isto é suficiente”, disse o deputado federal, lembrando que PSDB e PT têm projetos distintos nacionalmente, mas podem repetir a parceria que fazem no plano estadual em benefício da cidade.

“Ao ganharmos a convenção que impediu a aliança com o carlismo, apoiamos Wagner e o PSDB baiano deu uma modesta, mas efetiva contribuição à sua campanha. Neste processo, Marcelo Nilo foi eleito presidente da Assembléia e tem dado uma gigantesca ajuda ao governador na Casa. Uma parceria com o governador para organizar a cidade é muito importante”, disse o deputado.

Jutahy disse considerar essencial a criação de um ambiente entre os partidos aliados no qual Salvador, “que está endividada e completamente desorganizada”, ganhe com o resultado da eleição. “Não tenho dúvidas de que, se o PT lançar candidato, o governador vai apoiar o seu partido”, acrescentou Jutahy, argumentando que por conta da base de apoio grande e diversificada, o governador poderá ter que conviver com várias candidaturas.

Ele citou nomes como os de Nelson Pelegrino (PT), Lídice da Mata (PSB) e Olívia Santana (PCdoB). Com relação ao prefeito João Henrique (PMDB), que também é da base do governador, fez críticas. “Não existe vento bom para mau marinheiro”, afirmou, ao lembrar que a má colocação do peemedebista nas pesquisas é um sinal de que a população tem dificuldades em entender o fracasso de uma administração que tem o apoio do governador e do presidente da República.

O tucano disse ter certeza de que Antônio Imbassahy aparece em primeiro lugar em qualquer pesquisa que se faça em Salvador e também fez referências à candidatura de Raimundo Varela (PRB), que considerou representativa, mas disse achar difícil que ele transfira seus votos, na hipótese de desistir. “O PSDB quer que a cidade seja bem administrada. Por isso, quer ganhar a eleição”, afirmou.

8 de novembro de 2007, 12:00

Sem apoio de Wagner, candidatura de Peri pode naufragar

Com as declarações de que tem simpatia pelo nome de Jonas Paulo à presidência estadual do PT, publicadas com exclusividade por este blog, esta semana, o governador Jaques Wagner (PT) teria causado um estrago irreparável na candidatura do petista Peri Falcon, identificado como pertencente ao seu grupo político.

O relato é de uma fonte do partido. “A candidatura (de Peri Falcon) perdeu o charme, depois da manifestação do governador”, ironiza o mesmo quadro, referindo-se ao fato de que o petista apresentava-se como candidato do governador nos encontros que realizava com a militância no interior e na capital baiana para pedir votos.

Segundo outro petista, para reforçar a imagem de candidato oficial, Peri costumava levar aos encontros mais importantes secretários de Estado como Rui Costa (Relações Institucionais) e Jorge Solla (Saúde), apontados como “wagneristas”.  “Depois deste ‘baque’, dificilmente Peri terá condições de ir agora ao segundo turno”, completa.

8 de novembro de 2007, 11:36

Secretária municipal na UTI do Hospital Português

A secretária municipal de Reparação Social, Antônia Garcia, indicada pelo PT, encontra-se internada na UTI do Hospital Português, depois de ter se submetido a um procedimento cirúrgico. Embora seu estado ainda inspire cuidados, já está fora de perigo, devendo ser transferida para um apartamento entre hoje e amanhã.

8 de novembro de 2007, 10:36

PPS quer mandatos de Colbert e Veloso

O PPS também resolveu entrar com representação contra os deputados Colbert Martins e Raimundo Veloso. A representação, que questiona o ingresso dos parlamentares no PMDB, é assinada por Tiago Martins, presidente da Juventude do partido, e alega que os dois cometeram infidelidade, mesmo tendo efetuado a troca partidária dentro do prazo previsto em lei.

8 de novembro de 2007, 09:17

Gabrielli sinaliza candidatura de ACM Neto

A escolha do ex-deputado federal Gerson Gabrielli para presidente do DEM em Salvador é considerada a “sopa no mel” para a candidatura de ACM Neto à Prefeitura.

Apontado como a segunda força eleitoral do partido na capital baiana, depois do próprio pré-candidato, Gabrielli tem presença nos segmentos empresarial, popular e evangélico.

Em suma, um capital político que deve ser colocado integralmente a serviço da candidatura do jovem deputado federal num contexto de completa pacificação interna do DEM.

Afinal, como diz o deputado federal José Carlos Aleluia, o partido vive hoje “na mais completa harmonia e integração entre seus membros”.

7 de novembro de 2007, 19:06

Governo promove enforcamento oficial no dia 16

Por causa do feriado do dia 15 de novembro (Proclamação da República), o governo estabeleceu que as repartições da administração estadual não funcionarão na sexta-feira, dia 16, à excessão de toda a rede de serviço do SAC na capital e no interior, onde haverá expediente normal no sábado. Um verdadeiro feriadão de presente para o funcionalismo.

7 de novembro de 2007, 18:59

CCJ acompanha ACM Neto e vota contra legalização da prostituição

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou há pouco, depois de duas horas de debate, o relatório do deputado ACM Neto (DEM) que rejeita o projeto do deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) legalizando a prostituição no País.

Para o parlamentar baiano, a previsão legal de um contrato cujo objeto seria o comércio do próprio corpo é incompatível com o ordenamento jurídico brasileiro. O projeto foi o único item da pauta da comissão votado hoje.

A matéria, que agora segue para o plenário, reconhece que as pessoas que prestam serviços de natureza sexual fazem jus ao pagamento por tais serviços. ACM Neto disse que já previa que seu relatório seria aprovado.

Ele disse que o projeto pode resultar em preconceito ainda maior contra as prostitutas, muitas delas exercendo a atividade por pura falta de opção. Além disso, disse que o projeto é o reconhecimento de um contrato de uso do corpo.

7 de novembro de 2007, 17:48

PDT requisita à Justiça mandatos de vereadores

O PDT acaba de anunciar que ingressará amanhã no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com uma ação requisitando os mandatos dos vereadores Virgílio Pacheco, Everaldo Bispo e Adriano Meirelles, que deixaram a legenda, segundo os pedetistas, fora do prazo legal. O partido não definiu a data do ingresso da ação contra os deputados Sérgio Brito (federal) e Maria Luíza (estadual), que se filiaram ao PMDB.

7 de novembro de 2007, 16:59

Suspeita de desvio de asfalto leva a detenção de assessor de vereador

O vereador Paulo Câmara (PSDB) se encontra neste momento na 4 Delegacia, em São Caetano, acompanhando o depoimento de seu assessor Jairo da Silva Rosa, acusado de ter cooptado um funcionário da Prefeitura para desviar de uma rua para uma travessa um carregamento de asfalto que seria utilizado numa operação tapa-buraco no Lobato, Subúrbio de Salvador.

De acordo com o superintendente da Sumac, Almir Melo, o assessor do vereador teria sido surpreendido no momento em que a caçamba estacionava na Travessa Padre Hebert para iniciar as obras, numa operação combinada com o funcionário-chefe do serviço no bairro, de pré-nome João. Por este motivo, os dois foram denunciados à Polícia e encaminhados à Delegacia.

O vereador Paulo Câmara classificou a denúncia de “armação” e explicou que, como presidente da Associação de Moradores de Boa Vista de São Caetano, seu assessor havia há dias solicitado a operação para algumas ruas da localidade, entre as quais a Travessa Padre Hebert.

Segundo ele, ao ver a caçamba chegando no bairro, Rosa pensou que se tratava do atendimento da solicitação, indicando a rua para o asfaltamento, quando foi surpreendido pelo dirigente da Sumac já com a Polícia. Encaminhado para a Delegacia, o assessor presta depoimento desde as 13h40, disse o vereador visivelmente indignado ao blog.

“Isto é pura retaliação do prefeito. Mostra seu desespero com a última pesquisa divulgada na cidade e as declarações do governador Jaques Wagner assumindo que (Antônio) Imbassahy é o candidato mais bem colocado da base”, disse Câmara, que é sobrinho do ex-prefeito e candidato do PSDB à sucessão municipal. 

7 de novembro de 2007, 12:00

Sábado movimentado para PSDB e PT

O sábado será de grande movimento na política baiana. Além da convenção estadual do PSDB, que começa às 9hs, Salvador sedia um debate entre todos os candidatos à presidência nacional do PT, às 19hs.