7 de novembro de 2007, 16:59

Suspeita de desvio de asfalto leva a detenção de assessor de vereador

O vereador Paulo Câmara (PSDB) se encontra neste momento na 4 Delegacia, em São Caetano, acompanhando o depoimento de seu assessor Jairo da Silva Rosa, acusado de ter cooptado um funcionário da Prefeitura para desviar de uma rua para uma travessa um carregamento de asfalto que seria utilizado numa operação tapa-buraco no Lobato, Subúrbio de Salvador.

De acordo com o superintendente da Sumac, Almir Melo, o assessor do vereador teria sido surpreendido no momento em que a caçamba estacionava na Travessa Padre Hebert para iniciar as obras, numa operação combinada com o funcionário-chefe do serviço no bairro, de pré-nome João. Por este motivo, os dois foram denunciados à Polícia e encaminhados à Delegacia.

O vereador Paulo Câmara classificou a denúncia de “armação” e explicou que, como presidente da Associação de Moradores de Boa Vista de São Caetano, seu assessor havia há dias solicitado a operação para algumas ruas da localidade, entre as quais a Travessa Padre Hebert.

Segundo ele, ao ver a caçamba chegando no bairro, Rosa pensou que se tratava do atendimento da solicitação, indicando a rua para o asfaltamento, quando foi surpreendido pelo dirigente da Sumac já com a Polícia. Encaminhado para a Delegacia, o assessor presta depoimento desde as 13h40, disse o vereador visivelmente indignado ao blog.

“Isto é pura retaliação do prefeito. Mostra seu desespero com a última pesquisa divulgada na cidade e as declarações do governador Jaques Wagner assumindo que (Antônio) Imbassahy é o candidato mais bem colocado da base”, disse Câmara, que é sobrinho do ex-prefeito e candidato do PSDB à sucessão municipal. 

7 de novembro de 2007, 12:00

Sábado movimentado para PSDB e PT

O sábado será de grande movimento na política baiana. Além da convenção estadual do PSDB, que começa às 9hs, Salvador sedia um debate entre todos os candidatos à presidência nacional do PT, às 19hs.

7 de novembro de 2007, 11:57

Longe de trocadilhos, João agora é 15

Já começaram a circular na cidade adesivos com um sugestivo “Agora é 15”.  Seria uma alusão ao prefeito e ao número de seu novo partido,  o PMDB . Antes, o número do prefeito era o 12, pertencente ao PDT, o que permitiu que, na campanha, o então PFL fizesse um trocadilho, usando a expressão “É dose”.

7 de novembro de 2007, 10:55

Vereador Bomba no programa do Jô

O vereador Bomba (PRP) é um dos convidados do programa de hoje de Jô Soares (Globo). Gravou na condição de presidente do Esporte Clube Leônico. Ele e o goleiro que tomou 10 gols na última partida de que o time participou. Na Câmara ontem à tarde, ao tomar conhecimento da nova façanha do colega, vereadores mais próximos combinavam para assistir ao programa juntos. Estão convencidos de que a conversa tem tudo para ser um estouro!

7 de novembro de 2007, 10:09

Declarações de Wagner animam Imbassahy

O ex-prefeito Antônio Imbassahy (PSDB) avaliou há pouco para este este blog as declarações do governador Jaques Wagner, hoje, em A TARDE, afirmando, numa análise sobre a sucessão municipal, que ele é o candidato mais forte da base em Salvador.

“Trata-se de uma avaliação qualificada, que revela a simpatia e confiança do governador Jaques Wagner na minha pessoa”, disse o ex-prefeito, afirmando que as declarações de Wagner (ver post abaixo) apontam no sentido de uma outra garantia.

“Na hipótese provável de vir a ser o candidato do PSDB a prefeito, está assegurada a parceria com os governos federal e estadual para a complexa tarefa de reorganizar a cidade”, disse Imbassahy, acrescentando ter ficado “muito feliz com a manifestação do governador”.

7 de novembro de 2007, 09:32

Nos EUA, cai circulação de jornais, que buscam contato com os blogs

Esta é do ex-blog de César Maia: “De acordo com o Bureau que realiza a auditoria sobre a circulação dos jornais americanos, os números não são nada animadores. No período de um ano, ela sofreu uma retração de 3%, sendo as quedas mais notáveis a do Wall Street Journal (1,5%) e a do New York Times (4,5% nos dias de semana e 7,6% nos finais de semana). Em busca de novas alternativas, os jornais buscam um contato cada vez mais próximo com os blogs e ferramentas de social bookmarks. Para alguns, está mais do que na hora de repensar o modelo de negócio dos jornais, buscando fontes alternativas de receita.

7 de novembro de 2007, 09:24

Wagner insinua trabalhar com três opções para sucessão em Salvador

Em matéria publicada hoje no jornal A TARDE, assinada por Ronaldo Jacobina, o governador Jaques Wagner (PT) insinua que analisa o cenário sucessório em Salvador sob pelo menos três perspectivas.

A de seu próprio partido, o PT, “que ainda não tem candidato a prefeito”, a do prefeito João Henrique (PMDB), cuja intenção de querer a reeleição trata como “natural e legítima”, e diz que pode vir a ter o apoio petista. E mais uma.

É aquela em que se refere ao ex-prefeito Antônio Imbassahy (PSDB), apontado pelo governador, segundo A TARDE, “como o mais forte candidato da base”.

O governador finaliza a análise sobre a política local com uma frase eloquente: “Com certeza, quem reunir uma aliança maior leva”.

6 de novembro de 2007, 18:26

PT e oito partidos assinam nota contra o terceiro mandato de Lula

Presidentes de nove partidos governistas e da oposição se uniram hoje para repudiar a proposta de criar um terceiro mandato para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, informa a Folha de S. Paulo. A proposta chegou a ser articulada por deputados do PT.

Em nota assinada pelo PT, PSDB, PMDB, DEM, PDT, PC do B, PP, PSC e PSB, os presidentes dos nove partidos afirmam que são contrários a mudanças na Constituição Federal que possam permitir um terceiro mandato ao presidente da República, governadores e prefeitos.

“Os presidentes de partido tornam público o seu posicionamento contrário a quaisquer alterações das normas constitucionais que disciplinam as eleições para cargos de presidente da República, governadores e prefeitos, visando facultar um terceiro mandato consecutivo mediante segunda reeleição”, diz a nota.

6 de novembro de 2007, 15:49

Governador deve ser tema da próxima Caros Amigos

O governador Jaques Wagner (PT) deve ser um dos assuntos principais da próxima edição da Caros Amigos. A revista, cujas ligações com o PT são conhecidas, aproveitou ontem a passagem dele por São Paulo para fazer uma demorada entrevista com o governador.

6 de novembro de 2007, 15:19

EXCLUSIVO: Wagner manifesta simpatia por Jonas Paulo

A mesma simpatia que devota ao nome de José Eduardo Cardozo à presidência nacional do PT, o governador Jaques Wagner possui também por Jonas Paulo à direção estadual do partido. A afirmação foi feita por ele agora há pouco em São Paulo num almoço com cerca de 15 jornalistas.

Em ambos os casos, o governador não vai se envolver nas disputas internas do partido, ou seja, apenas manifesta preferência pelos nomes, sem pretender pedir voto para nenhum dos dois candidatos, que pertencem a correntes petistas adversárias.

De São Paulo, onde participou de eventos na Fiesp a fim de vender a Bahia, Wagner embarca hoje para Portugal e Espanha, de onde pretende também trazer boas notícias para o Estado.

6 de novembro de 2007, 12:02

Em rádio, Medrado divulga pesquisa

O deputado federal Marcos Medrado, dono da Rádio Nova Salvador, divulgou hoje na emissora números de uma pesquisa sobre intenções de voto à sucessão municipal, sem fonte definida, mas cuja realização é atribuída à Prefeitura de Salvador.

Segundo a sondagem, Antônio Imbassahy (PSDB) aparece com 31%, seguido de Raimundo Varela (PRB), com 21%, e do prefeito João Henrique (PMDB), com 16%. O Democrata ACM Neto apareceria empatado com o prefeito, com 15%.

Abaixo deles, vem o petista Nelson Pelegrino, com 10%, seguido do próprio Medrado, com 7%. Mais de uma fonte da Prefeitura negou hoje a este blog que a consulta tenha sido encomendada pelo Thomé de Souza, o que torna a origem da pesquisa uma incógnita.

6 de novembro de 2007, 11:11

EXCLUSIVO: jornalista Jorge Ramos será sub-secretário

O jornalista Jorge Ramos será o sub-secretário de Comunicação da Prefeitura. Profissional respeitado, com passagem por vários veículos e emissoras de TV, Ramos confirma aposta do secretário Vítor Hugo na melhoria do relacionamento com a mídia. O jornalista havia voltado para o CRA, depois de experiência em Angola.

6 de novembro de 2007, 10:47

Em estilo bateu-levou, Lúcio contesta Marcos Medrado

Em conversa há pouco com este Política Livre, o presidente regional do PMDB, Lúcio Vieira Lima, contestou as críticas do radialista e deputado federal Marcos Medrado (PDT) de que o prefeito João Henrique (PMDB) lhe teria passado “uma procuração” para comandar a cidade.

“Se isto fosse verdade, Marcos Medrado não tinha mais um dos 15 cargos que mantém na Prefeitura”, respondeu Lúcio, completando: “Se mandasse na Prefeitura, teria mandado pagar o alegado débito com a rádio dele, mas não tenho força”.

O presidente regional do PMDB disse “gostar muito do Marcos Medrado que vai ao PMDB me pedir emprego para parentes do (ex-vereador) Alcindo da Anunciação”, que também faz parte do cast da rádio. “É mais humilde”, disse.

6 de novembro de 2007, 10:38

PPS quer lançar candidato a prefeito em Salvador

Salvador está entre as capitais em que o PPS pretende lançar candidato a prefeito em 2008. A decisão foi tomada em reunião ampliada do diretório nacional da legenda realizada este final de semana. O problema é identificar, na capital baiana, quem queira assumir o desafio. Em Salvador, o PPS integra a administração do prefeito João Henrique (PMDB).

6 de novembro de 2007, 10:31

Presidência contrata biógrafa de Genoíno, diz Folha

A Presidência da República contratou no mês passado, sem licitação, a professora da Universidade de Brasília (UnB) Maria Francisca Pinheiro Coelho para prestar “serviço de especialista em sociologia política” e editar livro com os anais de seminário sobre reforma política realizado em junho, informa a Folha de S. Paulo.

Professora do Departamento de Sociologia da universidade, Maria Francisca tem ligações com o PT, mas diz que não é filiada. Ela publicou em junho desse ano o livro “José Genoino: Escolhas Políticas” (Editora Centauro), biografia autorizada do ex-presidente do PT e atual deputado federal, contendo vários depoimentos dele.

De acordo com a Folha, a contratação da professora foi feita a partir de uma exceção contida na lei 8.666/93, a Lei de Licitações, que dispensa esse instrumento para “assessorias ou consultorias técnicas”. Ela receberá R$ 14 mil por dois meses de trabalho.