30 de outubro de 2007, 16:40

Mandato na Assembléia favorece candidatura de Isaac Costa em Jequié

O primeiro suplente do PT na Assembléia, Isaac Costa, que deve assumir o mandato de deputado estadual com a ida de Zilton Rocha para o TCE, é candidatíssimo a prefeito em Jequié.

No PT, o fato de ganhar um mandato de deputado é visto como um reforço grande à sua candidatura no município, onde deve enfrentar um candidato do PMDB, partido aliado dos petistas na Assembléia.

Em Jequié, os peemedebistas estão em dúvida entre os nomes do ex-deputado Luis Amaral e o do vereador Joaquim Cayres à Prefeitura. Uma pesquisa deve facilitar a escolha entre os dois em dezembro.

30 de outubro de 2007, 16:28

Santander favorito para levar conta da Prefeitura

Circularam rumores há pouco na Câmara de Vereadores dando conta de que o Santander é apontado como favorito no processo de seleção que a Prefeitura de Salvador fará para entregar a conta-salário dos servidores, hoje administrada pelo Banco do Brasil. Por enquanto, só especulações.

30 de outubro de 2007, 16:06

Escolha de Zilton ao TCE começa de forma polêmica

Promete ser polêmica a eleição do deputado Zilton Rocha (PT), candidato do governo à vaga de conselheiro do TCE. Por enquanto, sob a alegação de que “não confia” no painel eletrônico de votação, a oposição pressiona para que a escolha se dê em cédulas. Governo e oposição estão a longa distância de um virtual consenso.

30 de outubro de 2007, 13:33

EXCLUSIVO: Vítor Hugo deve assumir comunicação do prefeito

O jornalista Vitor Hugo Soares deve ser anunciado agora à tarde novo secretário da Comunicação da Prefeitura, em substituição a Jair Mendonça. Ele teria aceitado o convite, depois de uma reunião de cerca de uma hora que teve com o prefeito João Henrique (PMDB) no final desta manhã.

30 de outubro de 2007, 12:15

Oscimar Torres na mira da substituição na Prefeitura

Depois do secretário de Comunicação, Jair Mendonça, o próximo nome que poderá ser substituído na administração municipal é o do secretário de Administração, Oscimar Torres.

Alvo constante de queixas de colegas de governo, Torres só estaria ainda na administração porque é a única indicação na Prefeitura do senador João Durval (PDT), pai do prefeito João Henrique (PMDB).

Desde que foi deslocado da Secretaria da Fazenda para a Administração, Torres viria, entretanto, criando dificuldades para o atendimento de pedidos de colegas de governo, emperrando a administração.

É o que relata a este blog uma fonte do Thomé de Souza.”Todo mundo diz que Torres nunca engoliu o fato de ter sido trocado de Secretaria. Estaria magoado”, diz um importante auxiliar do prefeito.

Na visão de outra fonte, o secretário é visto “como o último nó” para a administração João Henrique “deslanchar”.

Por este motivo, é muito provável que o secretário entre no pacote de mudanças deflagradas com a saída do secretário de Comunicação e que poderia envolver ainda a secretaria de Educação, hoje ocupada pelo PCdoB.

30 de outubro de 2007, 11:57

Ford vermelha de vergonha

Matéria publicada hoje pelo jornal A TARDE, assinada pelo jornalista Flávio Oliveira, diz que a Ford nega ter decidido presentear o governo baiano com um Ecosport vermelho em homenagem à cor do PT, como anunciara o governador Jaques Wagner, maior representante do partido no Estado.

Segundo a montadora, vermelho e prata são as cores mais vendidas do veículo e, por isso, usadas para promovê-lo. A explicação é um novo feito da Ford da Bahia. Contrário, inclusive, às evidências de que o consumidor prefere carros na cores preta e prata. Além disso, se havia a opção prata, porque a Ford escolheu o vermelho para doar?

Está na cara que o marketing bajulatório da Ford funcionou contra a montadora, deixando-a vermelha de vergonha com a idéia de doar um carro ao Estado da Bahia com a cor de um partido.

30 de outubro de 2007, 11:19

Entrevista do prefeito a rádio teria guilhotinado secretário

A mais nova especulação nos meios políticos atribui o repentino pedido de desligamento do secretário de Comunicação da Prefeitura, jornalista Jair Mendonça, a uma desastrada participação do prefeito João Henrique (PMDB) no programa “Se Liga Bocão”, na última sexta-feira.

Segundo uma fonte do Palácio Thomé de Souza, antes de participar do programa, o prefeito teria combinado com o secretário as perguntas às quais gostaria de responder. No curso da entrevista, entretanto, o apresentador José Eduardo teria aberto o microfone e o script mudou.

Cinco perguntas inesperadas e incisivas de ouvintes teriam pego o prefeito de peito aberto, desconfigurando a boa performance que imaginara para o programa. Chateado, João Henrique teria deixado o estúdio culpando o secretário que, agastado, sequer esperou a segunda-feira para deixar o governo.

30 de outubro de 2007, 10:50

Presidente do PMDB reage com ironia a acusações de PDT a Maria Luíza

O presidente regional do PMDB, Lúcio Vieira Lima, reagiu com ironia às acusações do PDT de que a deputada estadual Maria Luíza estaria forjando uma data de filiação aos quadros peemedebistas para se livrar do pedido de cassação de seu mandato.

“Eles (o PDT) têm 60 dias para questionar e eu para dar risada, porque a situação de Maria Luíza está totalmente dentro da legalidade”, disse o presidente regional do PMDB.

Ele explicou que só comunicou na última sexta-feira à Assembléia que ela teria se filiado ao partido no dia 23 de março por uma questão interna do PMDB. “Tínhamos prazo para apresentar a lista de filiados em abril e em outubro à Justiça. Optamos por outubro”, disse.

O presidente peemedebista disse ainda que toda a documentação sobre a mudança partidária da deputada se encontra devidamente registrada na Justiça Eleitoral, o que o deixa despreocupado.

“Preocupação eu só tenho com Severiano (Alves, presidente regional do PDT), que vai ter que devolver o dinheiro do terno que ele mandou Gilberto José (primeiro suplente do PDT que pode assumir o mandato de Maria Luíza) fazer para a posse”, disse.

30 de outubro de 2007, 10:08

POLÊMICA: PDT acusa Maria Luíza de “mascarar” filiação ao PMDB

Uma carta publicada hoje no Diário Oficial da Assembléia Legislativa acirrou ainda mais a guerra entre o PMDB e o PDT pelo mandato da deputada estadual Maria Luíza, mulher do prefeito João Henrique (PMDB).

No documento, datado do dia 26 de outubro, sexta-feira última, o PMDB informa que a deputada pertence ao partido desde o dia 23 de março, portanto, teria se filiado quatro dias antes do prazo-limite para mudanças partidárias.

Mas o PDT, partido do qual Maria Luíza se desfiliou no dia 25 de fevereiro, está convencido de que a parlamentar estava sem legenda depois do dia 27 de março, o que lhe garantiria o direito de requisitar seu mandato por infidelidade partidária.

“É muito estranho o PMDB estar comunicando isto agora. Por isso, já mandei requisitar à Assembléia todas as informações sobre a deputada”, disse ao Política Livre o secretário-geral do PDT, Alexandre Brust.

Ele acredita que há informações na Casa, como participação em votações e notas taquigráficas, comprovando que a deputada permaneceu sem partido até recentemente.  ”Vamos provar que, além de sem partido, ela quer mascarar a realidade”, disse Brust.

29 de outubro de 2007, 19:12

Victor Hugo e Mazzei sondados para secretaria de Comunicação da Prefeitura

Na bolsa de apostas sobre quem deve substituir o jornalista Jair Fernandes na secretaria de Comunicação da Prefeitura, surgiu agora há pouco o nome de Vitor Hugo Soares, ex-editor da página de Opinião do jornal A TARDE.

Entre os vários nomes colocados na mesa pela equipe que discute a substituição, Soares seria o preferido do prefeito João Henrique, que já aventara a possibilidade de contratá-lo quando demitiu Simone Souto Maior da Secretaria, em 2006.

Além de ter ótima relação com os jornalistas, Vítor já foi sub-secretário de Comunicação na gestão Lídice da Mata, quando a titular da pasta era a conceituada jornalista Carmela Talento.

Informes chegados a este blog dão conta, entretanto, que Soares ainda não teria respondido ao convite.  Na relação dos avaliados, outro nome forte seria o do jornalista Raimundo Mazzei.

Mazzei foi secretário de Comunicação na gestão Fernando José e estaria fora do País.

29 de outubro de 2007, 17:43

Cerimonial comete gafe e coloca Waldir Pires e César Borges lado a lado

O cerimonial da Presidência da República cometeu gafe grave hoje durante o ato de inauguração da segunda etapa do Cimatec (Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia), do Senai, ao colocar lado a lado os ex-governadores Waldir Pires (PT) e César Borges (PR), inimigos políticos históricos. Para evitar ter que se falarem, os dois passaram praticamente todo o evento olhando para lados opostos, em torturante contorcionismo.

29 de outubro de 2007, 17:36

Aleluia critica nova MP do governo Lula

O Diário Oficial da União publicou hoje a medida provisória de número 400, que abre crédito extraordinário em favor da Presidência da República e do Ministério da Saúde no valor global de R$ 50 milhões.
 
“Nos 1.762 dias em que está no governo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva editou uma média de uma MP a cada quadro dias”, contabiliza o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM).
 
Para ele, o pior é que 90% das MPs editadas por Lula não se justificam pelo critério de relevância e muito menos urgência.

29 de outubro de 2007, 15:56

PT discute eleição de Zilton hoje à noite

Zilton Rocha obteve a condição de candidato único do governo à vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), mas seu partido, o PT, não descansará enquanto ele não estiver eleito e empossado. Hoje à noite, a bancada petista se reúne na Assembléia para discutir o processo de eleição de Zilton, que ocorre amanhã. Se tudo correr bem.

29 de outubro de 2007, 15:50

Wagner só convida ex-governador para almoço com presidente

Foi reservadíssimo o almoço que o governador Jaques Wagner ofereceu ao presidente Lula hoje em Salvador, no Palácio de Ondina, no apertado espaço da agenda entre a inauguração do Cimatec, pela manhã, e a comemoração na Ford, no princípio da tarde. De fora, Wagner só convidou o ex-governador e ex-ministro Waldir Pires.

29 de outubro de 2007, 15:49

Zezéu e Geraldo bem na foto com o presidente

Como já se habituou a fazer em solenidades, o presidente Lula pinçou dois nomes locais da platéia durante discurso na inauguração da segunda unidade do Cimatec, hoje pela manhã. Foram citados durante discurso do presidente, num primeiro momento, o secretário estadual Geraldo Simões (Agricultura), quando Lula falou sobre a construção do novo Aeroporto de Ilhéus, e o deputado federal Zezéu Ribeiro.