16 de julho de 2019, 15:07

SALVADOR CMS: Reunião extraordinária sobre regulamentação dos aplicativos não ocorre nas comissões

Foto: Antonio Queirós/CMS

O debate não ocorreu na CMS por falta de quórum

Com votação prevista para a primeira semana de agosto, conforme garantiu o presidente da Câmara de Salvador (CMS), vereador Geraldo Júnior (SD), a reunião extraordinária conjunta entre as comissões de Orçamento e Transporte para apreciação do projeto 258/2018 que trata da regulamentação dos transportes por aplicativo, como Uber e 99pop, não ocorreu por falta de quórum.

Marcaram presença apenas o presidente da Comissão de Orçamento, Joceval Rodrigues (Cidadania), a líder do PT Marta Rodrigues, o tucano Cezar Leite e o comunista Hélio Ferreira.

Nos corredores da Casa, a baixa adesão já é creditada a expectativa do recesso parlamentar, que deve ser iniciado nesta terça (16), após votação do Projeto deLei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2020. Uma nova data para o debate ainda não foi anunciada.

Durante balanço do primeiro semestre de gestão à frente da presidência da CMS, Geraldo Júnior afirmou a intenção de votar o projeto no início do próximo mês, desde que emendas sejam acatadas, de forma a dar paridade na disputa entre os motoristas privados e os taxistas.

“Meu desejo é que tenhamos a oportunidade votar na primeira quinzena de agosto, mas ressalto que é preciso paridade de entendimento entre os aplicativos com os taxistas.Afinal, são 8 mil famílias que precisam dessa atividade para sobreviver”, frisou, em referência aos taxistas.

Fernanda Chagas

16 de julho de 2019, 14:56

SALVADOR Ciro Gomes visita Salvador e deve se encontrar com deputado dissidente do PDT

Foto: Divulgação

O vice-presidente nacional do PDT, o ex-governador Ciro Gomes (CE), desembarca, nesta quarta-feira (17), em Salvador para fazer um balanço dos 6 primeiros meses do governo do presidente Jair Bolsonaro. O mesmo balanço foi feito pelo ex-ministro do governo Lula em Porto Alegre e Brasília. A apresentação será às 15 horas, no auditório da Assembleia Legislativa da Bahia.

Defensor da expulsão dos deputados federais que não respeitaram a decisão do partido e votaram a favor do texto-base da reforma da previdência em 1° turno, Ciro chega à capital baiana, onde também deve se encontrar com um dos oito dissidentes de seu partido, o baiano Alex Santana. O deputado federal Felix Mendonça Júnior, presidente do PDT na Bahia, apesar de ter votado contra à reforma, chegou a sair em defesa de Santana logo após às declarações de Ciro – que agora trava uma guerra pública contra à deputada federal paulista Tábata Amaral. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, inclusive, marcou também para esta quarta, em Brasília, uma reunião conjunta da Executiva Nacional na qual dará início a análise dos casos dos parlamentares que não seguiram a orientação partidária na referida votação. Além de Santana e Tabata, também votaram a favor da reforma os deputados pedetistas Subtenente Gonzaga (MG), Silvia Cristina (RO), Marlon Santos (RS), Jesus Sérgio (AC), Gil Cutrim (MA) e Flávio Nogueira (PI).

Durante o encontro na Assembleia, Ciro também fará atualização do Observatório Trabalhista, ferramenta criada para acompanhar os principais indicadores da economia e demais setores brasileiros. A apresentação será seguida de coletiva para a imprensa.

Raiane Veríssimo

16 de julho de 2019, 11:25

SALVADOR Geraldo Jr. admite disputar Prefeitura só em 2024 ou 2028 e diz que fará sucessor na Câmara

Questionado hoje sobre seu desejo de concorrer à Prefeitura de Salvador no ano que vem, ao qual se referiu durante vários momentos na apresentação que sobre seus primeiros seis meses como presidente da Câmara Municipal de Salvador, hoje pela manhã, o vereador Geraldo Jr. (SD) fez uma inflexão e declarou que já falou sobre o seu desejo de governar o município, mas que não sabe se será em 2020, 2024 ou 2028. “Mas eu sei que um dia Deus vai me dar a oportunidade de governar a minha cidade e eu sei que os vereadores da cidade estarão ao meu lado. Eu fui aclamado por estes vereadores, a campanha da presidência surgiu no seio desta Casa”, disse, observando que quando lhe perguntam se será candidato com o apoio do prefeito ACM Neto (DEM) ou do governador Rui Costa (PT), responde que é da base do democrata, mas que quer ter o “o apoio da cidade, quero ser chamado pelo povo da cidade para governar esta cidade. Por que não vai adiantar nada eu trilhar e ser candidato de mim mesmo. As coisas só acontecem no tempo certo, não adianta a gente adiantar o processo”. Em discurso, o vereador disse ainda que fará seu sucessor na presidência da Câmara Municipal e admitiu uma composição até para vice-prefeito nas eleições do próximo ano.

16 de julho de 2019, 11:18

SALVADOR “A Prefeitura não pode jogar no colo da Câmara nenhum aumento”, diz Trindade sobre ISS

Foto: Política Livre

Vereador Maurício Trindade (DEM)

Ouvido por este Política Livre na manhã desta terça-feira (16), no balanço dos trabalhos da Câmara Municipal no 1º semestre, o vereador Maurício Trindade (DEM) voltou a criticar o projeto de isenção do imposto de ISS aos empresários de ônibus que tramita na Câmara Municipal de Salvador. Para o vereador, não há condições de votar o projeto sem maiores explicações e demonstração de legalidade por parte da Prefeitura de Salvador. “Você não pode fazer um acordo com outras duas entidades, os empresários e a Prefeitura, e mandar dizer à Câmara que ela tem um prazo, neste caso 30 de agosto, para um definição. Isso é errado, nós deveríamos sentar na mesa também. Os empresário sequer cumpriram o contrato, não pagaram para estarem prestando serviço. Segundo: a Prefeitura não pode jogar na colo da Câmara nenhum aumento, quem determina esse aumento é a Prefeitura. O que estamos votando é legal ou não? Corre o risco de que, se aprovado, o prefeito perca o cargo. Eles (os empresários) não cumpriram nada e querem mais dinheiro para cumprir o que já estava acordado. Ou seja, está tudo errado. Como é que está tudo errado e estipulam prazo para a Câmara votar? Se a passagem aumentar será culpa da Prefeitura e não da Câmara”, disse o vereador.

16 de julho de 2019, 11:04

SALVADOR Câmara precisa ter candidato a prefeito e nome é o de Geraldo Jr, diz Muniz

Foto: Política Livre

Vereador Carlos Muniz

O vereador Carlo Muniz (Podemos), presente no balanço dos primeiros seis meses de gestão do vereador Geraldo Júnior (SD) como presidente da Câmara Municipal de Salvador, hoje pela manhã, voltou a enfatizar o seu apoio à candidatura do colega para a Prefeitura de Salvador em 2020. “Para mim, hoje, é prioridade a candidatura de Geraldo Júnior à Prefeitura de Salvador. A Câmara necessita ter um candidato a prefeito. Hoje temos uma Câmara independente e no futuro um prefeito que trabalhe para aqueles que mais necessitam, e para mim esse nome é Geraldo Júnior”, disse o vereador. Sobre a possibilidade de Geraldinho sair do Solidariedade e ingressar em outro partido, Muniz ressaltou que espera que ele vá para a base do governador Rui Costa (PT), mas que estará com o “líder” em qualquer condição. “Ele tem que ir para um partido que agregue mais, que agregue outros partidos, que agregue o povo de Salvador. A política é a da conversa e eu tenho certeza que ele está conversando com vários partidos. Eu espero que seja (um partido) da base do governador Rui Costa, mas qualquer caminho que ele trilhar eu estarei com ele”, pontuou.

16 de julho de 2019, 11:03

SALVADOR Presidente da Câmara diz que projeto do ISS será aprovado à unanimidade e Uber, votado em agosto

Foto: Fernanda Chagas/Política Livre

Vereadores participam de anúncios de Geraldo Jr. na Câmara Municipal de Salvador

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr. (SD), disse hoje que, se depender dele, o projeto da Prefeitura que isenta as empresas de ônibus de ISS vai ser votado até o dia 10 de agosto e aprovado à unanimidade na Casa. “Enquanto for presidente, nenhum reajuste será dado (nas tarifas de ônibus)”, declarou, criticando, no entanto, o fato de antes de assinar um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público Estadual para a concessão da isenção, a Prefeitura não ter submetido a proposta à apreciação da Câmara Municipal. Geraldo Jr. disse que, diante do insucesso da apresentação de técnicos da Prefeitura sobre o projeto, ele remarcou o encontro para amanhã de manhã, com a presença dos vereadores, dos representantes da administração e do MP para tratar da matéria. Ele também antecipou que hoje, a partir das 13h, haverá reunião conjunta das comissões de Orçamento e Transporte na Casa para apreciar o projeto que regualmenta os aplicativos de transporte na cidade e que seu desejo é que a matéria entre em pauta para votação na primeira quinzena de agosto “desde que haja paridade e entendimento entre os aplicativos e os taxistas. Sou a favor da regulamentação, mas não posso esquecer dos taxistas”.

16 de julho de 2019, 10:46

SALVADOR Geraldo Jr. anuncia evento com ex-prefeitos para discutir futuro de Salvador em agosto

Foto: Fernanda Chagas/Política Livre

Geraldo Jr. em evento de balanço das atividades do semestre da Câmara

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr. (SD), anunciou hoje, depois de fazer um balanço positivo do primeiro semestre de sua gestão à frente da Casa, que fará um evento na cidade, ainda no mês de agosto, com alguns de seus ex-prefeitos a fim de discutir o futuro do município, que pode resultar num documento com vistas às eleições municipais de 2020.

Segundo Geraldo Jr., deverão ser convidados os ex-prefeitos Edvaldo Brito (atual vereador pelo PSD), Antonio Imbassahy (ex-deputado federal pelo PSDB), Lídice da Mata, deputada federal pelo PSB, Manoel Castro, conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), e o próprio prefeito ACM Neto (DEM), com o objetivo de fazer um debate amplo com os vereadores sobre a cidade.

O evento deverá ocorrer depois do primeiro encontro de presidentes de Câmara Municipais de capitais, que pretende promover também em Salvador, no mesmo mês, e que deve resultar, segundo antecipou, na criação da Associação dos Presidentes de Câmaras Municipais de Capitais, que será presidida por ele na Bahia e da qual deve ocupar a posição de vice-presidente nacional.

16 de julho de 2019, 10:26

SALVADOR Em balanço sobre semestre, Geraldo Jr. diz que relação com Neto é “perfeita”, mas não explica o que são “forças ocultas”

Foto: Fernanda Chagas/Política Livre

Presidente da Câmara faz balanço positivo sobre seis meses de sua gestão à frente da Casa

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Geraldo Jr. (SD), voltou a afirmar hoje, durante coletiva à imprensa para prestar contas sobre as atividades do primeiro semestre, que sua relação com o prefeito ACM Neto (DEM) é “perfeita” desde que assumiu o posto e que continuará assim, “se for mantida a independência e a autonomia dos Poderes, com respeitabilidade, desde que ele converse comigo as demandas e o que interessa à cidade”.

Segundo Geraldo Jr., o posicionamento da Câmara deve ser aberto ao relacionamento com todas as lideranças políticas, inclusive com o governador Rui Costa (PT).  Questionado sobre as “forças ocultas” a que sempre se refere, disse, sem explicar quem são, “que ainda tentam interceder no processo do Legislativo, mas eu irei, além de blindar a Casa, blindar cada um desses vereadores”.

Sobre 2020, o presidente afirmou que o protagonismo da Câmara será mantido e que “a Câmara jamais participará de algum processo na cidade, inclusive nas eleições de 2020, no papel de coadjuvante”.  Para Geraldo Jr., a Câmara está mostrando e a sociedade civil já está entendendo e o cenário político precisa entender: eu sou um presidente que foi aclamado por estes vereadores”.

“Então, toda e qualquer vereador merece o meu respeito, independentemente de sua posição ideológica e partidária e tamanho. Eu falei algo que diz assim: One man, one vote. One woman, one vote (um voto, um homem. Uma mulher um voto).  A cada vereador, haverá o critério da respeitabilidade”, declarou Geraldo Jr., que, depois da entrevista, apresentou um balanço do semestre.

Segundo ele, foram 890 proposições dos vereadores aprovados, além de 45 projetos de lei de autoria do Legislativo e cinco do Executivo com quatro vetos ainda na gestão de Léo Prates (que recebeu 10 proposições). “Foi para isso que fui eleito, para mudar o cenário. E agradeço a todos os vereadores que acreditaram em mim”, declarou o presidente da Câmara.

16 de julho de 2019, 09:50

SALVADOR Sabá sugere que notificações de infrações de trânsito sejam emitidas por meio eletrônico

Foto: Divulgação

Vereador Sabá

O vereador Sabá (PV) apresentou na Câmara Municipal Projeto de Indicação sugerindo ao prefeito ACM Neto a emissão das notificações de infrações de trânsito emitidas pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) por meio eletrônico, via SMS e e-mail. De acordo com o edil, “esta proposta legislativa pretende melhorar, modernizar e adequar o envio das notificações de infrações de trânsito ocorridas no Município de Salvador”, frisou. Na justificativa, o vereador afirma que o Art. 282 do Código de Trânsito Brasileiro prevê a possibilidade de notificação do proprietário do veículo ou o condutor autuado por meio eletrônico. “O mero envio da notificação da infração de trânsito pela via postal não garante a notificação do proprietário do veículo ou do condutor, sendo necessário assegurar a efetiva notificação do interessado”, afirma o parlamentar. “Considerando a evolução tecnológica e o acesso às informações cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, cabe à administração pública buscar aliar a tecnologia às demandas da população proporcionando uma maior efetividade e eficiência na prestação do serviço público”, disse Sabá.

16 de julho de 2019, 07:32

SALVADOR Ricardo Almeida rebate críticas de petista por envio de ambulâncias de Salvador ao Quati

Foto: Divulgação

Ricardo Almeida (PSC)

O vereador Ricardo Almeida (PSC) lamentou a falta de sensibilidade da vereadora Marta Rodrigues (PT), que criticou a iniciativa da Prefeitura de Salvador de encaminhar duas ambulâncias de tração 4×4 do SAMU para o povoado de Quati para o auxílio assistencial às vítimas do rompimento de uma barragem no município de Pedro Alexandre. De acordo com ele, apesar de não haver feridos ou óbitos registrados em decorrência do incidente, os veículos serão de extrema importância na condução de pessoas que necessitem de transferência para tratamento de agravos infecciosos, por exemplo, comuns após esse tipo de episódio. “Faltou no mínimo sensibilidade por parte da vereadora Marta Rodrigues. Tentar criar um fato político diante de uma tragédia como essa que deve unir as pessoas independente da convicção partidária foi muita infelicidade. Será que duas ambulâncias totalmente equipadas com tração 4×4 não serão úteis nesse momento à população atingida pela enchente?”, questionou Almeida.

15 de julho de 2019, 21:25

SALVADOR Comércio é aquecido com homenagem a São Pedro em mais uma edição do ‘Forró da Sucupira’

Foto: Divulgação

O vereador Suíca (PT)

O final de semana foi de movimento para o comércio na região do bairro de Santa Cruz, em Salvador, com mais uma edição do ‘Forró da Sucupira’. Os forrozeiros homenagearam São Pedro com o evento fora de época que já se tornou tradição na capital baiana, gerando renda e empregos informais e reunindo famílias inteiras para fechar os festejos juninos. Para o vereador Luiz Carlos Suíca (PT), um dos apoiadores da festa, o governo do Estado e a Prefeitura de Salvador auxiliaram para que a tradição fosse mantida. “Os governos estadual e municipal compreenderem que se trata de uma tradição, de 22 anos do ‘Forró da Sucupira’, e estamos resgatando esta festa por diferentes motivos. O evento é muito importante para o comércio local e é também uma forma de valorizar a cultura da região. Não é aquela cultura vista apenas no calendário, mas também construída pela comunidade e moradores da localidade”, salienta o edil petista. Quem comandou a festa este ano foi Dadall Moreno, que já anima o forró há 19 anos. Para quem não sabe, o ‘Forró da Sucupira’ acontece na rua que leva o mesmo nome, no bairro soteropolitano, e todos os anos os moradores se reúnem para homenagear São Pedro da Sucupira – atraindo pessoas de todo canto da capital baiana. Essa foi a 22ª edição do evento com o apoio da associação de moradores União de Santa Cruz. Estima-se que mais de mil pessoas passaram pelos festejos deste ano. “Não houve ocorrência policial nos dois dias de festas, transcorrendo tudo com clima de paz”, completa Suíca.

15 de julho de 2019, 20:34

SALVADOR “Fiscalização a táxi acima de cinco anos será suspensa até votação dos aplicativos”, garante Lorena

Foto: Divulgação

Vereadora Lorena Brandão (PSC)

Durante a sessão ordinária desta segunda-feira (15) na Câmara Municipal, a vereadora Lorena Brandão (PSC) se reuniu com o secretário de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, e conseguiu junto à pasta a suspensão da fiscalização de táxis acima de cinco anos de fabricação. A medida, que resguardará 2380 motoristas que circulam com veículos fora do previsto por lei, ficará em vigor até a votação do projeto 258/2018, que regulamenta os aplicativos de mobilidade em Salvador. “Essa é uma medida que protege o taxista, que pensamos em conjunto com a Prefeitura de Salvador para proteger esses profissionais tão importantes e históricos para a nossa cidade. No projeto dos aplicativos indicamos que a vida útil dos carros devem ser de até 8 anos e o mesmo queremos para os táxis. Esta foi uma decisão tomada mostrar que Câmara Municipal e o Poder Executivo pensam no melhor para a cidade. Outras medidas já estão sendo pensadas também para os taxistas, mais precisamente para os auxiliares. Queremos que eles tenham prioridade na aquisição de licenças”, garantiu a vereadora, que é relatora do projeto dos transportes por aplicativo na Casa. A vistoria, prevista para o mês de agosto, deve ser abrandada por um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que a prefeitura assinará com o Ministério Público da Bahia.

15 de julho de 2019, 19:22

SALVADOR Associação Comercial da Bahia completa 208 anos com posse de nova diretoria

Foto: Divulgação

Associação Comercial da Bahia (ACB)

Mais antiga das Américas, a Associação Comercial da Bahia (ACB) completou, nesta segunda-feira (15), 208 anos. E a data será marcada com a posse da nova diretoria eleita para o biênio 2019/2021, liderada pelo empresário Mário Dantas, que também preside o LIDE Bahia há mais de 3 anos. O evento será realizado nesta noite, na própria sede da ACB, na Praça Conde dos Arcos (bairro do Comércio).

Com a bandeira “Casa do Empresário”, a nova diretoria – cuja eleição ocorreu em 13 de junho – também é formada pelos vice-presidentes Marcos Cidreira, Teobaldo Costa, Carlos Henrique Gantois, Paulo Sérgio Cavalcante e Rosemma Maluf, além dos secretários Carlos Falcão e Ricardo Luzbel, e as tesoureiras Maria Constança Galvão e Ana Coelho. Também assumem no mesmo dia os membros do Conselho Superior da entidade, sob a presidência do empresário Wilson Galvão Andrade.

Raiane Veríssimo

15 de julho de 2019, 18:53

SALVADOR ISS: Explicações não convencem e nova reunião é marcada para próxima quarta (17)

Foto: Fernanda Chagas

Com a ausência da promotora Rita Tourinho, do Ministério Público do Estado, o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota e o presidente da Arsal, Almir Melo, até tentaram explicar, em números, o que motivou a prefeitura de Salvador a assinar o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que concede isenção de ISS às empresas de transporte coletivo, sem antes passar pelo crivo da Câmara Municipal de Salvador (CMS). No entanto, sob a responsabilidade do consultor Frederico Silveira Barbosa, da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), empresa contratada pela Arsal, para a elaboração dos cálculos que justificaram o TAC, as explanações confusas, perguntas não respondidas e planilhas com números minúsculos acabaram esvaziando o debate em torno da matéria na tarde desta segunda-feira (15), no Salão Nobre da Câmara Municipal de Salvador.

Um deles foi o líder da oposição, vereador Sidninho (Podemos), que acabou deixando a sessão e ainda sugeriu que todos os vereadores do bloco da Minoria também saíssem sob a justificativa de terem sido novamente “enganados”. “Esta é a segunda vez que estamos aqui e, mais uma vez, nada ficou esclarecido. Mas a Câmara não pode ser conivente com a votação dessa tarifa que resultará em um processo catastrófico. A gente precisa de números exatos e de respeito a essa Casa. Peço que os membros da oposição se retirem do salão porque mais uma vez fomos enganados”, disparou.

Antes, o líder do bloco independente, vereador Edvaldo Brito (PSD), em um duro discurso cravou que seu voto será nulo se os cálculos exatos e aspectos jurídicos não forem apresentados da forma devida. “E hoje saio daqui com as mesmas dúvidas que entrei. Não vi nenhuma consideração ao aspecto jurídico, cálculos conviventes, e é impossível votar qualquer matéria sem se priorizar esse aspecto”, afirmou.

Endossando, em mais um fogo amigo, o aliado do prefeito ACM Neto (DEM), Maurício Trindade (DEM) disse que a audiência não sanava as muitas dúvidas. “E, na verdade, protegendo o mandato do prefeito, pois é passível de o prefeito perder o mandato se aprovarmos essa isenção, onde são muitos os questionamentos sem condições de apreciarmos rapidamente até mesmo para agradar o melhor prefeito do Brasil”, ironizou, ressaltando que o prazo de votação (30 de agosto) não será suficiente.

Diante do cenário de críticas, o líder do governo, Paulo Magalhães Júnior (PV), fez apelos pela continuidade do debate. Conforme ele, em referência a planilha dos cálculos da tarifa de ônibus que justificassem isenção de ISS aos empresários do setor apresentada, a reunião seria “única e exclusivamente” para debater os custos. Contudo, uma nova reunião foi marcada para a próxima quarta-feira (17), às 9 horas, no Centro de Cultura da Câmara, mas agora com a presença da promotora do Ministério Público da Bahia, Rita Tourinho, que, como adiantou pelo site Política Livre com exclusividade, não compareceu ao debate conforme acordado desde a última semana. Estarão presentes ainda, representante da Procuradoria-Geral do Município e, novamente, os secretários Fábio Mota e Almir Melo.

Ficou acordado ainda que a planilha será publicada no Diário Oficial, bem como disponibilizada aos 43 vereadores. “A CMS não quer se opor a votar a isenção, mas todos os vereadores precisam ter juízo de convencimento do que é o projeto e quando fiz os convites achei que os fatos seriam esclarecidos, mas os dados apresentados pelos gestores, empresas contratadas para apresentação dessa planilha, foram insuficientes”, finalizou o presidente da CMS, Geraldo Júnior (SD), arrematando que “joga com a verdade”.

Fernanda Chagas e Raiane Veríssimo

15 de julho de 2019, 17:22

SALVADOR Geraldo Jr. tenta justificar ausência de Rita Tourinho em debate sobre ISS na Câmara

Foto: Fernanda Chagas

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Geraldo Jr. (SD), tentou justificar, na tarde desta segunda-feira (15), a ausência da promotora Rita Tourinho em debate na Casa como uma forma de “desassociar a participação do Executivo”. A promotora do Ministério Público da Bahia viria à Casa para participar do debate sobre o projeto do Executivo (PLE-133/19) – que concede isenção de ISS às empresas de transporte coletivo para evitar novo reajuste da tarifa em R$0,12 – e explicar o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre as partes, sem discussão com o Legislativo.

No entanto, a justificativa da ausência não foi bem aceita pelos vereadores presentes que até ameaçaram não participar mais do evento que conta ainda com a participação do secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota; do presidente da Arsal, Almir Melo; e de representantes das concessionárias. Vereadores ouvidos pelo Política Livre afirmaram que o próprio presidente Geraldo Jr. fez o anúncio de que ela viria na semana passada em meio à pressão dos pares. Nos corredores, a informação é de que Rita Tourinho poderia vir à Camara na próxima semana, mas poderá encontrar uma sessão esvaziada devido ao recesso da Casa que deverá votar, nesta terça-feira (16), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020 e retomar os trabalhos somente em agosto.

Fernanda Chagas e Raiane Veríssimo