17 de setembro de 2019, 15:10

SALVADOR Em discurso na Câmara, tucano diz que vota em Rui e manda líder do governo tomar cuidado

Foto: Divulgação/CMS

Sérgio Nogueira teve o tom do discurso questionado pelo correlegionário Cézar Leite

O líder do PSDB na Câmara de Salvador, vereador Sérgio Nogueira, surpreendeu ao utilizar a tribuna da Casa, nesta terça-feira (17). Inicialmente, embora tenha frisado ter o prefeito ACM Neto (DEM) como filho, afirmou que se o governador Rui Costa (PT) se lançar candidato a presidente em 2022 terá o seu voto.

“Na hora certa eu falo bem do PT. E aqui, eu estou dando parabéns ao governador pela entrevista que ele deu à revista Veja, uma das melhores do Brasil. Todo mundo quer Lula Livre, mas teve a coragem de dizer: “não, deixa ele lá. Todo mundo aqui sabe, senhor presidente [Geraldo Júnior (SD)], que tenho o prefeito ACM Neto como meu filho. Mas, hoje, se Rui realmente se lançar a presidente do Brasil, meu voto é de Rui”, declarou na tribuna da Casa. Parabéns Rui Costa, continue sendo independente porque hoje você é o melhor governador da Bahia e do Brasil”, frisou, ironizando os petistas que, conforme ele, insistem no discurso de ‘Lula Livre”. Em entrevista à revista Veja, na última sexta-feira (13), o governador afirmou que a bandeira do “Lula livre” não poderia ser essencial para formação de novas alianças.

Por tabela, o tucano ainda classificou o presidente do Parlamento municipal, vereador Geraldo Júnior (SD), como o melhor e atacou o líder do grupo ao qual integra, Paulo Magalhães Júnior (PV). “O senhor é muito preparado, inteligente, sabe dizer sim e não há hora certa. É pena que meu líder não esta aqui presente, pois ele sim, que tome cuidado com as forças ocultas que estão perto dele”, disparou sem contextualizar.

Em seguida, questionando o tom do discurso do correligionário, o vereador Cézar Leite disse esperar que ele tenha utilizado de ‘sarcasmo’, pois esse não seria um posicionamento de legenda.”Caso contrário, causará saída em massa no PSDB, mas acredito que nosso líder tenha feito uma brincadeira”. Nogueira, por sua vez, deixou a pergunta no ar.

Fernanda Chagas

17 de setembro de 2019, 14:00

SALVADOR Prefeitura inicia revitalização do Complexo de Irmã Dulce para cerimônia de canonização

Foto: Divulgação

Evento aconteceu na manhã desta terça-feira (17)

Espaço de fé e religiosidade, que ajuda a contar um pouco da trajetória do Anjo Bom da Bahia, o Complexo Turístico Religioso de Irmã Dulce começou a ser requalificado pela Prefeitura. Na manhã desta terça-feira (17), o vice-prefeito Bruno Reis esteve no local, no Largo de Roma, para autorizar o início das obras, que devem ser concluídas até 15 de outubro, dois dias após a cerimônia de canonização da primeira santa brasileira, no Vaticano. Em Salvador, a celebração será em 20 de outubro, na Arena Fonte Nova. Acompanhado da superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita, o vice-prefeito Bruno Reis explicou que as intervenções serão divididas em duas etapas. Na primeira, toda a edificação passará por uma revisão da estrutura, da alvenaria, instalação hidráulica, elétrica e do forro. Também serão feitos serviços de revestimento, pintura interna e externa, além de melhorias no batistério e velário do santuário. De acordo com Bruno Reis, a fachada do complexo também será realçada pela lavagem do prédio, retirando as películas soltas. “Vamos deixar o local pronto para receber os milhares de romeiros e devotos, que virão para o evento de canonização em Salvador, em 20 de outubro, na Arena Fonte Nova. Tenho certeza que as pessoas aproveitarão esse final de semana para visitar o Santuário de Irmã Dulce e a Colina Sagrada”, assinalou. A primeira fase será executada com recursos da Prefeitura, por meio da Secretaria de Manutenção (Seman). Para a segunda etapa, Bruno Reis disse que vai mobilizar a sociedade e buscar parcerias com empresas que queiram contribuir com a revitalização do complexo. “Essa parte envolverá o isolamento acústico do templo e a execução do projeto de evacuação, em caso de incêndio, além da construção de uma passarela, para que os devotos acessem a imagem de Irmã Dulce, em cima do santuário”, pontuou.

17 de setembro de 2019, 12:38

SALVADOR Apoio de corrente ‘O Trabalho’ consolida vitória de Ademário para presidência do PT de Salvador

Foto: Divulgação

Ademário Costa

A corrente interna do PT O Trabalho declarou apoio a Ademário Costa para o segundo turno das eleições para a presidência municipal do partido em Salvador, fato que aumenta a possibilidade de  consolidação de uma vitória do candidato, pois lhe garantirá mais de 50% do total de delegados. A informação do apoio foi confirmada pelo próprio Ademário em conversa com este Política Livre nesta manhã de terça-feira (17).  A corrente é liderada pela professora Edenice Santana, que disputou o primeiro turno e acabou com 90 votos. O segundo turno da eleição acontece no próximo domingo, dia 22 de setembro. Ele disputa a eleição com o ex-vereador e ex-presidente do PT municipal Gilmar Santiago, apoiado, entre outros, pelo senador Jaques Wagner.

Mari Leal

17 de setembro de 2019, 08:09

SALVADOR PP já discute nome para disputar prefeitura de Salvador; Anúncio poderá ser feito em até 20 dias

Foto: Divulgação

Niltinho

Vice-líder do PP na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Niltinho reafirmou que o partido terá candidatura própria na disputa municipal em Salvador ano que vem e que a definição do pré-candidato deverá ser anunciada em, no máximo, 20 dias. Além dele, o deputado federal Cacá Leão também aparece como opção viável. “A gente já vem discutindo. Cacá acabou de assumir a vice-liderança da maioria na Câmara de Deputados. A gente vem discutindo isso interinamente. Dentro de 15, 20 dias deve definir quem vai ocupar. Mas hoje o que posso afirmar é que teremos, sim, um candidato”, disse durante entrevista à Metrópole na noite desta segunda-feira (16).

16 de setembro de 2019, 19:29

SALVADOR Sancionada, lei do vereador Sidninho visa combater pornografia infantil

Foto: Divulgação

A nova lei, conforme Sidninho, aplica-se a qualquer material impresso, sonoro, audiovisual ou de imagem

Sancionada pela prefeitura de Salvador a Lei de nº 9.478 /2019, de autoria do líder da oposição, vereador Sidninho (Podemos), que dispõe sobre a proibição de divulgação e de acesso a crianças e adolescentes de imagens, músicas ou textos pornográficos ou obscenos em serviços e eventos promovidos pelo Poder Público Municipal. A nova legislação, intitulada de ‘Infância sem Pornografia’, visa, conforme destaca o vereador, não apenas estabelecer o respeito dos serviços públicos municipais à dignidade, em especial, de crianças e adolescentes, pessoas em desenvolvimento e em condições de especial fragilidade psicológica, mas acima de tudo combater a pornografia infantil.

Aplica-se a qualquer material impresso, sonoro, audiovisual ou de imagem, ainda que didático, paradidático ou em cartilha, ministrado, entregue ou tornado acessível a crianças e adolescentes, bem como folders, outdoors ou qualquer outra forma de divulgação, em local público ou evento autorizado ou patrocinado pelo Poder Público Municipal, inclusive em mídias ou redes sociais. A exceção se dá apenas para apresentação científico-biológica de informações sobre o ser humano e seu sistema reprodutivo é permitida, respeitada a idade apropriada.

“A violação ao disposto nesta Lei implicará imposição de multa até 20% do valor do contrato ou do patrocínio, e, no caso de servidor público municipal faltoso, as sanções administrativas pertinentes pelo cometimento da infração, por cada ato ilícito, sem prejuízo das responsabilidades civis, administrativas e criminais”, enfatizou Sidninho, reiterando, entretanto, que a legislação não tem relação alguma com a censura ao pensamento e de gênero. Os valores advindos das multas serão destinados ao Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA).

16 de setembro de 2019, 18:25

SALVADOR Transalvador realiza leilão de veículos no dia 30 de setembro

Para quem quer comprar um veículo usado a um preço mais em conta não deve perder a oportunidade de participar do leilão promovido pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). O pregão será no dia 30 deste mês, a partir das 9h, no Hotel Real Classic, Pituba. Os valores dos lances iniciais variam de R$ 100 a R$ 8,5 mil.

Serão disponibilizados 1.107 lotes, sendo 177 veículos conservados, 298 sucatas aproveitáveis e 632 inservíveis. Os interessados podem ver os lotes nos dias 24, 25, 26 e 27 de setembro de 2019, das 9h às 12h e das 14h às 17h, no pátio do órgão, na Vasco da Gama (número 347, ao lado da Perini).

O estado de conservação das peças é variável. As unidades leiloadas são oriundas de apreensões realizadas pelo órgão, além de itens com avarias ou removidos ao pátio da entidade de trânsito por falta de pagamento ou licenciamento. Os veículos permaneceram por mais de 60 dias no pátio da entidade sem que fossem procurados pelos antigos donos.

Aqueles que não puderem comparecer ao leilão presencialmente poderão participar na modalidade online. Os lances virtuais poderão começar ser dados dez dias antes da realização do leilão. O cadastro é feito previamente através do portal vipleiloes. com. br, observando as regras estabelecidas e aceitando as condições de venda. Este cadastro deverá ser efetuado com, pelo menos, 48 horas de antecedência, para análise dos dados e liberação de participação.

Forma de pagamento – No ato da arrematação, o licitante vencedor pagará o valor integral do total do lance, em boleto bancário, e a nota fiscal só será emitida após compensação bancaria dos mesmos. Para as arrematações efetivadas através da internet, o pagamento do valor da arrematação será feito conforme as orientações contidas no ambiente virtual do leilão e ocorrerá mediante depósito bancário, cuja comprovação também seguirá as instruções no próprio sistema de leilão virtual.

Quem pode participar – Cidadãos maiores de 18 anos e pessoas jurídicas estão aptas a participar do leilão. Os documentos necessários são carteira de identidade original e CPF, para pessoa física. Para pessoa jurídica, é necessário apresentar registro social, estatuto, contrato social, ato constitutivo, ata de fundação e demais documentos conforme enquadramento jurídico e tributário da empresa participante.

Não podem participar do leilão colaboradores da Transalvador e seus parentes, levando em consideração a restrição até o segundo grau de parentesco, além do leiloeiro ou pessoas físicas e jurídicas impedidas de licitar e contratar com a administração.

16 de setembro de 2019, 18:00

SALVADOR Sabá indica a Rui Costa a exposição de fotos de desaparecidos no metrô

Foto: Divulgação

O vereador Sabá (PV)

O vereador Sabá (PV) apresentou na Câmara Municipal de Salvador um Projeto de Indicação solicitando ao governador Rui Costa (PT) a implantação de publicidade com fotos de pessoas desaparecidas no metrô. Segundo o documento, atualmente circulam cerca de 370 mil usuários no sistema do metrô. “Divulgar as fotos dos desaparecidos nas estações e nos trens é uma forma de ajudar na localização dessas pessoas, através das fotos e informações pessoais, como o nome completo e número de contato do respectivo órgão incumbido na localização”, diz o vereador. “Devido ao número crescente de pessoas desaparecidas na cidade e a dificuldade que se tem em localiza-las, entende-se como dever do poder público auxiliar de forma efetiva e inovadora o aumento da visibilidade destes desaparecidos, com o intuito da propagação para efetivar uma possível localização dos mesmos”, disse Sabá.

16 de setembro de 2019, 17:50

SALVADOR Câmara de Salvador realiza sessão em homenagem ao Dia da Visibilidade Lésbica

A Câmara Municipal de Salvador realiza, na próxima terça-feira (17), sessão especial em Homenagem ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, comemorado em 29 de agosto no Brasil. Com o tema: “Saúde Integral da Mulher Lésbica e Bissexual”, o evento ocorrerá às 18 horas no plenário Cosme de Farias. A data vem sendo comemorada com sessões especiais na Casa desde 2017, solicitadas pela vereadora Marta Rodrigues (PT). Também já ocorriam no primeiro mandato da vereadora na Casa (2009 a 2012).

A data nacional foi estabelecida por ativistas para discutir as diversas violências psicológicas, simbólicas físicas e econômicas sofridas pelas mulheres na sociedade. “Esta data tem como objetivo contrapor o apagamento das vivências e da militância das mulheres lésbicas dentro do movimento feminista e LGBTI+. Essa sessão é uma forma de trazer este debate para Salvador, cidade cuja trajetória da militância tem sido fundamental para o combate a todo tipo de preconceito”, esclarece a vereadora.

A sessão especial na Câmara também fará uma homenagem à Luana Barbosa. Negra, lésbica e moradora da periferia de Ribeirão Preto, em São Paulo, Luana Barbosa foi espancada, em 2016, por policiais militares ao solicitar uma policial feminina para ser abordada durante uma revista. Na ocasião, ela estava com o filho de 14 anos. Seis dias após o episódio, Luana morreu no hospital.

“Luana foi mais uma vítima do racismo e da LGBTfobia no nosso país. E precisamos levar esse debate para as instituições e casas legislativas de todo o Brasil, inclusive Salvador”, declara Marta, acrescentando ainda que este ano, no Brasil, pelo menos 141 pessoas LGBTs foram mortas até maio, conforme dados do Grupo Gay da Bahia (GGB). Em 2018, 420 pessoas foram assassinadas ou morreram em decorrência da intolerância.

Na ocasião, serão entregues troféus a instituições e ativistas que contribuíram com a causa e com a visibilidade lésbica: Flávia Nascimento, os movimentos sociais Lesbibahia, Elekô, Rede Sapatá – Rede Nacional de Lésbicas e Bissexuais Negras para Promoção de Políticas Públicas em Saúde; Mães do Arco Íris; Famílias pela Diversidade; o espaço cultural Caras e Bocas e o Bar de Rai.

16 de setembro de 2019, 17:40

SALVADOR Salvador terá voos diretos para aeroporto no Centro do Rio de Janeiro

Foto: Carol Garcia

Gol vai operar voos diretos de Salvador para o aeroporto Santos Dumont

Com tarifas a partir de R$505, ida e volta, a Gol Linhas Aéreas Inteligentes vai lançar uma nova rota entre Salvador e Rio de Janeiro a partir do dia 21 de setembro. A empresa vai operar voos diretos de Salvador para o aeroporto Santos Dumont, que fica no Centro da capital carioca. A saída de Salvador será sempre às 4h30 com previsão de chegada ao Rio às 6h40; o trajeto contrário sai do Aeroporto Santos Dumont às 22h e deve estar em Salvador às 23h59. “A novidade nas operações entre as cidades é um facilitador não só para os viajantes a negócios, em função dos horários, mas também para os turistas baianos e cariocas que conseguirão desfrutar de mais tempo nas cidades”, pontua o secretário do Turismo, Fausto Franco. A iniciativa faz parte do pacote de incentivos lançado pelo Governo do Estado para ampliar a malha aérea, com o ICMS do combustível de aviação podendo chegar até 3%.

16 de setembro de 2019, 17:32

SALVADOR Lei que proíbe o uso de canudos plásticos descartáveis em Salvador pode ser votada esta semana

Reduzir a produção de resíduos sólidos jogados no lixo, além de preservar o meio ambiente. Esse é o objetivo do Projeto de Lei (89/2019) de autoria da vereadora Marcelle Moraes que visa proibir a fabricação, venda e a comercialização de canudos plásticos descartáveis em estabelecimentos comerciais, bem como a utilização dos materiais em bares, restaurantes, ambulantes, hotéis e outros locais similares em Salvador e que pode entrar na pauta de votação desta semana.

A capital pode ser o segundo município da Bahia a aderir a prática ecológica. Em junho deste ano, a Câmara Municipal de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, aprovou a lei que foi sancionada na cidade. “Essa medida visa reduzir o impacto ambiental causado pela enorme quantidade de canudos que são despejados nos aterros sanitários da cidade, além de representar uma economia de custos para os estabelecimentos comerciais. Também estaremos contribuindo para implantarmos uma nova cultura e um novo comportamento sustentável em nossa cidade”, considerou a parlamentar.

“O futuro da cidade passa pela Casa e nada mais coerente que a votação de um projeto que visa preservação do meio ambiente e bem-estar da população passe sem problemas. Estou confiante”, destacou Marcelle. Caso seja aprovado pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito ACM Neto, os estabelecimentos da capital terão seis meses para erradicar o uso do material descartável na cidade.

16 de setembro de 2019, 17:05

SALVADOR Câmara reduz expediente e às sextas funcionará somente até 14h

Foto: Arquivo

A meta é a diminuição anualmente em 10% das despesas de telefonia, água, energia elétrica e de material de consumo

A Câmara Municipal de Salvador, conforme portaria publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (16), passará a funcionar das 8h às 17h de segunda à quinta-feira a partir desta semana. Ás sextas-feiras, o expediente será das 8h às 14h. A decisão do presidente, vereador Geraldo Júnior (SD), conforme consta no documento, seu deu ‘considerando a necessidade de redução das despesas de custeio e otimização do gasto público’, cuja meta é a diminuição anualmente em 10% das despesas de telefonia, água, energia elétrica e de material de consumo. Além disso, Geraldo Jr. determinou a revisão de todos os contratos administrativos firmados pela Câmara.

Em dias de sessões, as Diretorias Administrativa e Legislativa farão os ajustes necessários do expediente dos servidores envolvidos nos trabalhos para que não haja prejuízo dos serviços.
Contudo, os serviços de limpeza, conservação, reparo e manutenção das instalações e patrimônio da Câmara poderão ser realizados fora do horário estabelecido, de acordo com a natureza do serviço e conveniência da Administração.

Fernanda Chagas

16 de setembro de 2019, 16:45

SALVADOR Fim do arrastão: Carballal rebate prefeito e questiona secretário

Foto: Arquivo

Conforme Carballal, o debate em torno da matéria na Câmara ocorre desde 2016

O vereador Henrique Carballal (PV), autor do projeto que proíbe a realização do arrastão da Quarta-Feira de Cinzas, apesar de integrar a base governista na Câmara de Salvador, rebateu em plenário nesta segunda-feira (16), o prefeito ACM Neto (DEM) sobre a ‘falta de diálogo com a sociedade e amplo debate sobre o projeto’. Aliado a isso, levando em conta a declaração do prefeito de que o Executivo municipal há muito não patrocina a festa, o verde questionou o secretário de Trabalho, Esportes e Lazer, Alberto Pimentel (PSL), sobre a liberação e o pagamento das taxas de dois trios elétricos que desfilaram no último dia da folia este ano.

“O debate em torno da matéria nesta Casa ocorre desde 2016 e passou pelas devidas comissões [Constituição e Justiça e Orçamenmto e Fiscalização]. Além disso, o texto foi aprovado por 38 vereadores, que votaram sabendo o que estava sendo votado. Portanto, não entendo esse tipo de discurso que vem sendo propagado”, disparou, complementando que o líder do prefeito, vereador Paulo Magalhães Júnior (PV), era presidente da CCJ na época.

“Ainda, o secretário Pimentel que disponibilizou dois trios elétricos para o arrastão precisa explicar se os empresários pagaram as devidas taxas ou prevaricaram, já que a Quarta-Feira de Cinzas não faz parte do calendário oficial do Carnaval e não foi patrocinado pela Prefeitura, conforme atesta o gestor”, questionou.

Por fim, Carballal afirmou ainda que o discurso religioso é só o pano de fundo, pois também existe a necessidade de se estabelecer a ordem no bairro da Barra. “sem falar que essa cidade está abrindo mão de um dia útil, por conta, do interesse de alguns empresários carnavalescos”, arrematou. O projeto foi votado na última quarta-feira (11) e recebeu 38 votos a favor, 2 contra e 1 abstenção. O motivo seria a incompatibilidade com o início da quaresma, período que antecede a páscoa cristã. Prevê uma multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento da determinação por artistas, grupos musicais ou quem organizar o arrastão. Segundo o texto, o dinheiro arrecadado servirá para conservar, recuperar e melhorar prédios religiosos do município.

Fernanda Chagas

16 de setembro de 2019, 16:36

SALVADOR Lutar por mais candidaturas negras também é uma forma de promover reparação, diz Ireuda Silva

Foto: Divulgação

Vereadora Ireuda Silva (Republicanos)

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e vice-presidente do colegiado da Reparação na Câmara de Salvador, vereadora Ireuda Silva (Republicanos), acredita que é de suma importância que haja um maior número de candidaturas negras nas eleições de 2020. Para a republicana, é contraditório que a capital baiana, cidade mais negra fora do continente africano, tenha tão poucos representantes negros no Legislativo e no Executivo. “O pouco número de candidaturas e, consequentemente, de representantes negros no Executivo e no Legislativo não são obra do acaso, mas resultado de um processo de exclusão histórica. Assim como sempre estiveram à margem do sistema de educacional, do mercado de trabalho formal, da economia e até de direitos básicos, a parcela negra da sociedade também ficaram de fora do sistema representativo”, avalia Ireuda. A republicana defende que os partidos reservem cotas de financiamento para candidaturas negras, semelhantes aos 30% de candidaturas femininas. “Lutar por mais candidaturas negras também é uma forma de promover reparação e fortalecer a democracia. As movimentações que existem em defesa de mais candidatos negros nas eleições do ano que vem, incluindo para a prefeitura de Salvador, são legítimas e condizentes com a realidade da nossa cidade, em que mais de 80% da população é negra, mas é marcada pelo racismo estrutural e por um dos maiores índices de desigualdade social do país”, acrescenta Ireuda.

16 de setembro de 2019, 15:02

SALVADOR Wagner, Gabrielli e Mercadante discutem crises política e econômica em Salvador

O senador Jaques Wagner (PT); o ex-presidente da Petrobras (2005-2012), José Sérgio Gabrielli; e o ex-ministro Aloizio Mercadante (dos governos Lula e Dilma) vão participar, no próximo dia 28, do seminário “Conjuntura Política e Econômica: Alternativas de Saída da Crise” em Salvador. O evento – promovido pelo deputado federal Afonso Florence (PT) – será realizado, às 9 horas, na Faculdade de Direito da UFBA.

Entre os temas centrais estão o projeto da reforma tributária em tramitação no Congresso e o Plano Emergencial de Emprego e Renda lançado pelo PT em agosto. Com a participação de Gabrielli no evento, o encerramento das atividades da Petrobras na Bahia poderá também ser abordado no encontro.

Na última semana, a notícia tem travado um duelo entre o PT e o DEM na Bahia para tentar justificar de quem é a culpa pela desocupação do edifício Torre Pituba (Ediba), na capital baiana. O anúncio foi feito pela Petrobras no último dia 6. A construção do prédio é alvo da Operação Sem Fundos, na 56ª fase da Lava Jato, por suspeita de superfaturamento de R$ 1 bilhão – orçado, inicialmente, R$ 320 milhões, o empreendimento custou R$1,32 bilhão – e pagamento de propinas pelas empreiteiras OAS e a Odebrecht de R$ 68 milhões que teriam, segundo o Ministério Público Federal (MPF), beneficiado o PT e ex-dirigentes da Petrobras e da Petros (fundo de pensão da estatal).

Raiane Veríssimo

16 de setembro de 2019, 14:10

SALVADOR Presidente e relatora da CPMI das Fake News participam de debate em Salvador

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Para discutir a propagação de notícias falsas nos meios digitais e as consequências desse processo à democracia e à categoria dos jornalistas, ocorrerá em Salvador o debate “Contra a pior fake news, o bom jornalismo”. A atividade terá a participação dos parlamentares que estão à frente da recém-instalada Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das “Fake News”, o senador Ângelo Coronel (PSD) – que é presidente do colegiado – e a deputada federal Lídice da Mata (PSB), relatora.

Também farão parte da mesa o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Bahia (Sinjorba), Moacy Neves; o presidente da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), Walter Pinheiro; e a diretora da Faculdade de Comunicação da Ufba (Facom), Suzana Barbosa. O evento é aberto ao público e será realizado, às 9 horas, no auditório da ABI, na Praça da Sé (Rua Guedes de Brito, nº 1).

Segundo Moacy, apesar de notícias falsas sempre existirem, elas nunca foram tão disseminadas e tiveram tanta influência na agenda política do país a partir do surgimento das redes sociais. Durante a eleição presidencial de 2018, com a polarização e o acirramento das disputas políticas, as “fake news” foram muito utilizadas. “Empregada em alta escala, as notícias falsas ameaçam a democracia do país, uma vez que interferem no acesso à informação como um direito do cidadão. Precisamos debater seus impactos, os meios para identificar e punir a indústria das ‘fake news’ e ainda como nós jornalistas devemos agir para combatê-la”, afirmou o presidente do Sinjorba.