20 de julho de 2018, 13:31

SALVADOR Força Aérea Brasileira homenageia o vereador Henrique Carballal

Foto: Divulgação

O vereador Henrique Carballal (PV) recebe homenagem da Força Área Brasileira

O vereador Henrique Carballal (PV) recebeu na manhã desta sexta-feira (20) a Medalha de Mérito Santos-Dumont. A condecoração, concedida pela Força Aérea Brasileira (FAB), é destinada a personalidades civis e militares que tenham prestados destacados serviços à FAB. “Ser homenageado pela Força Aérea Brasileira, com a medalha Santos-Dumont, patrono da aviação, é, sem dúvida, uma honra”, disse o líder do governo na Câmara Municipal de Salvador, ao salientar que “essa homenagem aumenta ainda mais minha responsabilidade como homem público. O reconhecimento da FAB ao meu mandato é uma demonstração de que venho cumprindo bem o meu papel de vereador”. Durante o evento, Carballal ainda lembrou que as Forças Armadas são as instituições com maior credibilidade no país. “As Forças Armadas, com seu papel constitucional fundamental de defesa da democracia e, principalmente, da soberania nacional, têm a simpatia, o apoio e o reconhecimento do povo brasileiro”. A cerimônia ocorreu na Base Aérea de Salvador, no bairro de São Cristóvão.

20 de julho de 2018, 12:57

SALVADOR Transalvador interdita trecho de Ondina neste fim de semana

Em função da demolição de um edifício abandonado na avenida Oceânica, nas imediações de Ondina, a Transalvador irá realizar, neste sábado (21) e domingo (22), a interdição total da via no trecho situado entre as ruas Pedra da Sereia e Santa Pua. O acesso será liberado apenas para moradores e comerciantes locais. A demolição irá ocorrer a partir deste sábado (21), com início às 14h, e a previsão é que todo o serviço seja concluído até a noite de domingo (22). Este trecho da avenida Oceânica já está parcialmente interditado desde o dia 2 de maio, no sentido Rio vermelho, em razão das obras de requalificação que vêm sendo realizadas na área. A demolição do edifício faz parte do projeto de melhorias para a região, e após a demolição, o local dará espaço para a construção de uma baia de paragem de ônibus.

20 de julho de 2018, 11:40

SALVADOR Prefeitura entrega requalificação da lagoa do Arraial do Retiro neste sábado

A beleza natural da Lagoa do Arraial do Retiro, situada à margem da rua principal do bairro (Travessa Via de Serviço, s/n, próximo à Estação do Metrô de Bom Juá), antes era ofuscada por conta do acúmulo de lixo, falta de iluminação e de infraestrutura que atendesse, inclusive, às casas mais próximas. Para realçar essa beleza, a Prefeitura inaugura neste sábado (21) a requalificação do entorno da lagoa, às 10h. Foram investidos R$ 364.534,3, numa área de 1.839,43m², com projeto da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) que tronou o espaço bem mais atraente e convidativo para atividades de lazer. O Parque da Lagoa do Arraial do Retiro está inserido no Plano de Desenvolvimento Urbano de Salvador (PDDU) e é parte do eixo Cidade Sustentável do programa Salvador 360. As obras foram realizadas com o objetivo maior de mudar a realidade da comunidade, uma vez que a iniciativa não só valoriza o local, mas como também transforma em espaço público de práticas esportivas, lazer e entretenimento. O projeto deu prioridade à preservação da vegetação e transformou a região em uma área de lazer para a comunidade, por meio da construção de um deque (espécie de ponte), uma praça e duas áreas de lazer. Com intervenções executadas pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop), a praça conta com um deque contemplativo de 75 m², delimitado por guarda-corpo, por meio do qual é possível atravessar para o outro lado da lagoa, aproveitando o espaço de maneira integral. Já as duas áreas de lazer dispõem de parque infantil; um quiosque para baiana de acarajé; bancos de concreto para convivência; mesas de jogos; pergolado em eucalipto; e academia de ginástica ao ar livre. A urbanização envolveu, ainda, a implantação de lixeiras, gramas sintéticas, rampas e escadas de acesso, postes de iluminação em alumínio, de cor branca, e piso intertravado, que permite o compartilhamento da via por pedestres, ciclistas e motoristas. No local, há vagas de estacionamento para bicicletas e veículos. O Parque da Lagoa dos Pássaros, Stiep, também será totalmente reurbanizada pela Prefeitura. A intervenção está sendo executada numa área de 2,6 mil m², com investimento de quase R$825 mil e conclusão prevista para novembro deste ano. A requalificação envolverá a implantação de praça, espaço para contemplação, área de trilha e deques. Dentre as intervenções constam prioridade para a acessibilidade, recuperação e ampliação da pista de caminhada já existente. Além disso, estão previstas a instalação de espaço para piquenique, praça de esportes com parque infantil, equipamentos para musculação e ginástica, área para capoeira, paraciclos e estacionamento via Rua Arthur de Azevedo. A reforma contempla ainda a edificação existente no local, que será utilizada para abrigar um posto de observação e uma sala multiuso voltada para atividades ligadas à preservação do meio ambiente, dentre outras intervenções.

20 de julho de 2018, 11:10

SALVADOR Ouvindo Nosso Bairro é tema de projeto de lei em Campinas

Em duas edições realizadas pela Prefeitura, nos anos de 2015 e 2017, o Ouvindo Nosso Bairro já resultou na realização de mais de 2 mil obras nos 163 bairros de Salvador, com um detalhe: as intervenções foram indicadas pelos próprios cidadãos. O sucesso do já considerado maior programa de consulta popular do país já ultrapassa as fronteiras da capital baiana. Um projeto de lei nos mesmos moldes do do programa soteropolitano já está em tramitação na Câmara de Vereadores de Campinas, cidade do estado de São Paulo. O vereador Carmo Luiz explicou, em entrevista à TV Câmara local, a motivação para a autoria do projeto. “Nós recebemos uma série de demandas populares e uma delas foi essa. Temos o Orçamento Cidadão, que é composto por uma série de eleições em regiões específicas da cidade. Essas eleições determinam uma comissão consultiva, que apresenta as necessidades que a cidade tem para que, colocadas na Lei de Diretrizes Orçamentárias, talvez esse projeto vá para ser construído em um futuro próximo”. Assim como em Salvador, o Ouvindo Nosso Bairro campinense prevê que o poder público deverá realizar reuniões públicas, onde representantes de conselhos comunitários da Prefeitura e da sociedade civil elegem as principais demandas de cada comunidade por bairro. De acordo com Carmo Luiz, o programa deverá ter o mesmo perfil do Orçamento Cidadão, mas com o diferencial de ser participativo. A intenção é ouvir o cidadão – os projetos apresentados e deliberados pelos moradores nos bairros devem ser apresentados na Câmara e levados ao Executivo para serem colocados como emenda parlamentar e, assim, atender ao que foi determinado pelos habitantes da cidade. A diretora-geral das Prefeituras-Bairro, Ana Paula Matos, afirma que a iniciativa em Campinas demonstra o quanto o Ouvindo Nosso Bairro tem chamado a atenção de outras cidades brasileiras, como Chapecó, em Santa Catarina, e até mesmo de outros países. Em abril deste ano, o programa – que se tornou lei municipal em março último – foi apresentado em evento da União das Cidades Capitais Luso-Afro-Américo-Asiáticas (UCCLA), ocorrido em Lisboa.
“Esta é um programa deliberativo e que teve resultados práticos, tanto que foi transformado em lei municipal. Isso faz com que o programa seja referência para outras localidades, mostrando que não é apenas um modelo pertencente a uma gestão mas, sim, pertencente à cidade. É uma forma eficiente de aplicar o orçamento participativo, fazendo com que os próprios moradores também façam parte da tomada de decisões das melhorias dos locais onde moram”, complementa Ana Paula.

19 de julho de 2018, 20:30

SALVADOR Salvador sediará 3º Simpósio Nacional de Combate à Corrupção

Foto: Marcos de Paula/Estadão

O juiz federal Sérgio Moro participa de seminário sobre combate à corrupção que acontece em agosto em Salvador

Nos dias 23 e 24 de agosto, alguns dos principais nomes do Poder Judiciário brasileiro estarão presentes no 3° Simpósio Nacional de Combate à Corrupção em Salvador. O evento, promovido pela diretoria regional da Bahia da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF/BA), terá como tema “30 anos da Constituição democrática: avanços e perspectivas no enfrentamento à corrupção”. Em 2017, a segunda edição do Simpósio contou com um público aproximado de 500 pessoas. Já para este ano, de acordo com o diretor regional da ADPF na Bahia, Rony Silva, a expectativa é ainda maior. “Esperamos ter um total de mil participantes durante os dois dias de evento. Além disso, queremos alcançar 900 mil pessoas pela internet, por meio de transmissões em tempo real nas mídias sociais da APDF e de diversos parceiros da área jurídica”, declarou. Entre os principais objetivos do Simpósio estão a divulgação das ações da Polícia Federal no combate à corrupção e o compartilhamento de experiências e instrumentos para implementação do combate aos desvios de recursos públicos. Neste ano, a ADPF homenageará o juiz federal Sérgio Moro, que será condecorado pela Associação com a Medalha do Mérito Tiradentes, entregue a nomes de destaque nacional em virtude dos grandes serviços prestados à sociedade e à causa pública. Além do juiz Sérgio Moro, outros nomes importantes do Poder Judiciário já confirmaram presença no evento. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Rogério Schietti e o promotor de Justiça em São Paulo Rogério Sanches Cunha são outras autoridades confirmadas. Para Rony Silva, a realização do Simpósio pelo terceiro ano consecutivo reforça o compromisso público no trabalho realizado pelos delegados federais de todo o Brasil. Em 23 de agosto, primeiro dia de debates e palestras, o credenciamento começará às 7h, com abertura solene prevista para às 8h e atividades agendadas até às 19h30. No dia 24 de agosto o início está previsto para às 8h, com atividades até às 18h, momento em que será realizada a conferência final do Simpósio.

19 de julho de 2018, 20:05

SALVADOR Iniciativa oferece serviços gratuitos para 250 pessoas na Arena Fonte Nova

Foto: David Campbell

Arena Fonte Nova

Arena Fonte Nova recebe a primeira edição do evento Instituto Mix pelo Brasil, neste sábado (21). O evento irá oferecer serviços gratuitos nas áreas da beleza, saúde, gastronomia, administração, preparação profissional, entre outros. Cerca de 50 professores e estudantes da instituição estarão envolvidos na ação, que acontece das 14h às 17h, na Zona Mista da Arena. O acesso será pela Ladeira da Fonte das Pedras (entrada ao lado da Estátua do Pelé). Os serviços são abertos ao público, principalmente para a comunidade do entorno da Arena, mas é preciso realizar a pré-inscrição pelo site www.institutomixsocial.com. Ao todo, serão oferecidos 500 atendimentos para as 250 pessoas. “Essa é mais uma ação do nosso programa Arena Social, que busca promover saúde e cidadania para as comunidades do entorno da Arena”, afirma Laís Coelho, analista de Comunicação e Marketing da Arena Fonte Nova. Na área de saúde serão disponibilizadas ao público serviços de aferição de pressão arterial, instruções de saúde, além de amostras de massagem relaxante. Os estudantes e professoras dos cursos de Beleza, estarão prestando serviços de maquiagem, cabeleireiro, barbearia e manicure. As turmas de Gastronomia irão ministrar aulões de Faça e Venda para confeitaria e culinária. Já na área da Administração e Preparação Profissional serão realizados aulões de Empreendedorismo, Preparação de Currículo, Como passar por uma Entrevista de Emprego, Marketing Pessoal, Oratória e Administração do tempo. De acordo com Daniel Baldacci, diretor Geral da Master Instituto Mix Bahia, o objetivo da ação é de ajudar a melhorar a vida das pessoas. “Somos a maior rede de escolas profissionalizante do país e temos como missão ajudar a realizar o sonho de nossos alunos, através da qualificação profissional, oferecida por meio da grande variedade de cursos que disponibilizamos”, ressalta Baldacci.

19 de julho de 2018, 18:00

SALVADOR Prefeitura entrega requalificação da lagoa do Arraial do Retiro neste sábado (21)

A beleza natural da Lagoa do Arraial do Retiro, situada à margem da rua principal do bairro (Travessa Via de Serviço, s/n, próximo à Estação do Metrô de Bom Juá), antes era ofuscada por conta do acúmulo de lixo, falta de iluminação e de infraestrutura que atendesse, inclusive, às casas mais próximas. Para realçar essa beleza, a Prefeitura inaugura neste sábado (21) a requalificação do entorno da lagoa, às 10h. Foram investidos R$ 364.534,3, numa área de 1.839,43m², com projeto da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) que tronou o espaço bem mais atraente e convidativo para atividades de lazer. O Parque da Lagoa do Arraial do Retiro está inserido no Plano de Desenvolvimento Urbano de Salvador (PDDU) e é parte do eixo Cidade Sustentável do programa Salvador 360. As obras foram realizadas com o objetivo maior de mudar a realidade da comunidade, uma vez que a iniciativa não só valoriza o local, mas como também transforma em espaço público de práticas esportivas, lazer e entretenimento. O projeto deu prioridade à preservação da vegetação e transformou a região em uma área de lazer para a comunidade, por meio da construção de um deque (espécie de ponte), uma praça e duas áreas de lazer. Com intervenções executadas pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop), a praça conta com um deque contemplativo de 75 m², delimitado por guarda-corpo, por meio do qual é possível atravessar para o outro lado da lagoa, aproveitando o espaço de maneira integral. Já as duas áreas de lazer dispõem de parque infantil; um quiosque para baiana de acarajé; bancos de concreto para convivência; mesas de jogos; pergolado em eucalipto; e academia de ginástica ao ar livre. A urbanização envolveu, ainda, a implantação de lixeiras, gramas sintéticas, rampas e escadas de acesso, postes de iluminação em alumínio, de cor branca, e piso intertravado, que permite o compartilhamento da via por pedestres, ciclistas e motoristas. No local, há vagas de estacionamento para bicicletas e veículos.

19 de julho de 2018, 17:45

SALVADOR Jornalista denuncia insegurança no estacionamento São Raimundo

Foto: Divulgação

Estacionamento São Raimundo

O assalto à jornalista Rose Lima, em plena luz do meio dia, chama a atenção para a completa falta de segurança no estacionamento de São Raimundo, localizado na descida para o vale dos Barris, explorado pela Prefeitura de Salvador. Os casos se repetem constantemente, inclusive arrombamento de veículos. Funcionária do Departamento de Comunicação do Sindicato dos Bancários da Bahia, localizado nas Mercês, a jornalista era mensalista do estacionamento São Raimundo, mas ficou assustada e cancelou o contrato depois do assalto. “Fiquei sabendo de muita gente que trabalha nas redondezas, utiliza o estacionamento e já foi assaltada”. Rose Lima se queixa de o lugar ser muito deserto e não dispor, nem sequer, de uma câmera de segurança. O estacionamento funciona apenas com uma pessoa na guarita de entrada. O fotógrafo João Ubaldo Muniz é outra vítima. Ele teve o carro arrombado e perdeu muita coisa de valor. A jornalista deu queixa na delegacia, entrou com processo na Transalvador, cobrando os direitos que lhe são devidos, pois se tratava de um contrato comercial, mas o pedido foi indeferido. Como teve grandes prejuízos com o assalto, vai entrar com ação na Justiça.

19 de julho de 2018, 16:51

SALVADOR Câmara entrega ao Iphan projetos para restauração dos prédios

Foto: Antônio Queiros/CMS

Os prédios da Câmara Municipal de Salvador serão restaurados

A Câmara deu um passo importante no processo de restauração de seus prédios ao entregar ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) os projetos para a restauração do Paço Municipal, recuperação do Centro de Cultura e construção de novos gabinetes e do Auditório Hélio Viana, no Edifício Rio Lima, anexo do Legislativo na Rua Rui Barbosa. Os projetos foram entregues ao superintendente do Iphan na Bahia, Bruno Tavares, pelo Diretor Administrativo da Câmara, Leonardo Baruch, e pelo assessor técnico Décio Martins Filho. O encontro ocorreu na sede do órgão, na quarta-feira (18). Nesta sexta-feira (20), pela manhã, técnicos do Iphan vão vistoriar os prédios da Câmara para analisar in loco os projetos. As intervenções serão feitas com recursos federais de R$ 8 milhões, viabilizados a partir de emenda do deputado federal Cacá Leão (PP). O Iphan ficará responsável pela realização de licitações para as obras. “Estamos avançando cada vez mais na melhoria da Câmara e a restauração do Paço, com o Iphan à frente do processo, nos tranquiliza, pois é a autarquia federal com essa responsabilidade”, afirmou o presidente da Casa, vereador Leo Prates (DEM). Uma parte do recurso que será liberado pelo governo federal também possibilitará a construção dos novos gabinetes, acabando com o pagamento de alugueis de salas em prédios vizinhos, utilizadas para suprir a demanda dos 43 vereadores.

19 de julho de 2018, 16:46

SALVADOR Salvador tem 47 mil cães e gatos vacinados em 16 dias de campanha

Quarenta e sete mil animais, entre cães e gatos, foram imunizados em 16 dias da campanha de vacinação antirrábica em Salvador. A estratégia seguirá até 18 de agosto e tem como objetivo proteger 200 mil animais contra raiva na capital. Os donos de animais de estimação poderão levar os bichos para receber a dose em um dos 104 postos distribuídos pela capital baiana. O serviço é oferecido gratuitamente de segunda a sexta-feira, exceto feriado, das 8h às 14h. Devem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, inclusive fêmeas paridas há mais de 15 dias, exceto os que estiverem doentes. “É importante que a população procure os postos, já que a vacinação é a principal medida de prevenção contra a doença. Esse ano, Salvador registrou três casos confirmados de raiva em morcego. Com isso, os animais ficam vulneráveis ao contato, por isso a importância da vacinação”, alertou Aroldo Carneiro, médico veterinário do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O último caso de raiva humana em Salvador foi registrado em 2004.

19 de julho de 2018, 16:08

SALVADOR Compra de antena permitirá transmissão da Rádio Câmara em FM

Foto: Divulgação

Abertura de licitação para aquisição de equipamento foi publicada no Diário Oficial da União

O aviso de licitação para a aquisição de antena que garantirá a transmissão da Rádio Câmara Salvador na frequência 105,3 FM foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18). A abertura das propostas está marcada para 1º de agosto, às 9h30, no site www.comprasnet.gov.br. Com a conclusão do pregão eletrônico que está sendo conduzido pela Câmara dos Deputados será ampliada a audiência da Rádio Câmara Salvador, que entrou no ar no formato digital no dia 11 de junho. O anúncio da licitação foi comemorado pelo presidente do Legislativo de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), que destacou a ampliação do alcance da Rádio Câmara Salvador a partir da veiculação da programação em FM. “Essa é mais uma conquista da nossa Casa e da população de Salvador, que conta com esse importante instrumento democratização da informação, viabilizado através de acordo de cooperação com a Câmara dos Deputados”, comenta. Leo Prates reforça que assumiu a gestão com o desafio de aproximar ainda mais a população do Legislativo e “a Rádio Câmara é mais um instrumento de comunicação para facilitar esse diálogo entre os vereadores, a Câmara e a sociedade, dando maior transparência ao Legislativo”. Gerida pela Fundação Cosme de Farias, a Rádio Câmara Salvador pode ser ouvida em formato digital a partir do Portal da Câmara (www.cms.ba.gov.br) ou através do aplicativo Câmara Municipal de Salvador disponível para download gratuito nas lojas virtuais nas plataformas IOS e Android. Além de produção da local veiculada diariamente, a emissora da capital baiana compartilha programação da Câmara dos Deputados.

19 de julho de 2018, 15:43

SALVADOR Prefeitura participa de projeto para incentivar troca de livros na cidade

A Fundação Gregório de Mattos (FGM), por meio da Gerência de Bibliotecas, Livro e Leitura, participa mais uma vez do projeto “Esqueça um Livro e Espalhe Conhecimento”, com ações de distribuição de volumes pela cidade. O projeto acontece todo ano no dia 25 de julho, em comemoração ao Dia do Escritor, quando acontece a mobilização nacional da campanha, mas uma ampla programação acontece durante a semana em Salvador. Este ano, a FGM traz três novidades: a primeira é o “Encontro com autores das Bibliotecas Comunitárias de Salvador”, uma maneira da ação passear pelos bairros da cidade e apresentar os escritores dessas regiões. Nesta quinta-feira (19), o encontro acontece em Escada, no Subúrbio; dia 20, no Calafate; 23, Calabar; e dia 24, na Cidade Nova, sempre às 14h, culminando no dia 25 com o “Sarau com Escritores das Bibliotecas Comunitárias”, das 14h às 17h. A segunda novidade é com relação ao local do dia 25: além da Nova Estação da Lapa, acontecerão atividades no Largo Dois de Julho e na Praça da Revolução, em Periperi. A terceira é o “Recital de poesia” com a participação do diretor da instituição parceira, a Aliança Francesa, Mamadou Gaya, que declamará trechos de diversos poetas, nas Plataformas do Térreo da Lapa, dia 25, das 10h às 12h. Também no dia 25, cerca de 30 agentes da FGM e parceiros participam da mobilização e vão “esquecer” livros nos pontos focais da ação. Serão deixados exemplares nos bancos dos ônibus e em pontos estratégicos da estação Lapa, com atividades das 9h às 12h, e das 14h às 16h; do Circo de Um Homem Só, que se apresenta nas Plataformas do Subsolo; performance do grupo História de Raiz, abordando sobre a importância dos livros e da leitura, no Térreo, em frente acesso ao Metrô; além dos alunos do Projeto Dom Quixote, que realizarão dinâmicas e performances dentro do contexto da importância de ler e difundir a informação.

19 de julho de 2018, 14:45

SALVADOR Mutirão leva cidadania ao bairro de Arenoso

A comunidade do bairro de Arenoso, em Salvador, pôde emitir Certidão de Nascimento, Passe Livre, CPF, Carteira de Trabalho e de Identidade, gratuitamente, nesta quinta-feira (19), em mais uma edição do Mutirão Social Pacto Pela Vida. Os serviços foram oferecidos no Colégio Estadual Norma Ribeiro para renovação de documentação ou tirar a primeira via. “O objetivo do Mutirão é garantir documentação básica para a população carente. A gente trabalha de forma itinerante, a cada semana estamos em um município ou em um bairro de Salvador”, explica a coordenadora da ação, Andreia Sales. Na próxima semana, no dia 24, chega a Santo Antônio de Jesus e, no dia 26, será a vez de Nazaré das Farinhas. A emissão de RG foi o serviço mais procurado. Foram oferecidas 250 senhas. A operadora de telemarketing Jéssica de Freitas levou o filho Miguel, de apenas cinco meses, para tirar a primeira Carteira de Identidade. “Fica mais razoável sair com a Carteira de Identidade do que com a Certidão (de nascimento), pelo fato da certidão não poder plastificar. A carteira de identidade é menor, ocupa menos espaço”, declara a mãe. Os documentos ficam prontos no prazo de 30 dias e poderão ser retirados no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) de Pernambués, de acordo com a coordenadora do instituto Pedro Melo, Lucilene Martim. Além da emissão de documentos, também foi oferecido serviço de intermediação de mão de obra, atendimento no Procon e cadastro no Programa Identidade Jovem, que garante meia entrada e gratuidade em ônibus intermunicipais.

19 de julho de 2018, 13:42

SALVADOR Salvador integra lista de cidades mais inteligentes do mundo

Foto: Jefferson Peixoto/Agecom

A capital baiana é a única do Norte/Nordeste a figurar no ranking de 165 smart cities

Os avanços na área da tecnologia a serviço do cidadão, realizados pela Prefeitura, já colocam Salvador na lista das cidades mais inteligentes do mundo. A capital baiana é a única do Norte/Nordeste a figurar no ranking de 165 smart cities na quinta edição do estudo IESE Cities in Motion Index 2018, divulgado pela Forbes na quarta-feira (18) e que coloca a cidade na 147ª posição. Além de Salvador, apenas outros cinco municípios brasileiros estão presentes no ranking: São Paulo (116ª), Rio de Janeiro (126ª), Curitiba (135ª), Brasília (138ª) e Belo Horizonte (151ª). A líder mundial é a norte-americana Nova Iorque. Preparado pelo Centro de Globalização e Estratégia do IESE Business School, o índice analisa o nível de desenvolvimento das cidades em 80 países, em nove dimensões consideradas fundamentais para uma cidade inteligente e sustentável. São elas: capital humano (desenvolvimento, atração e promoção de talentos), coesão social (consenso entre os diferentes grupos sociais de uma cidade), economia, meio ambiente, governança, planejamento urbano, alcance internacional, tecnologia, mobilidade e transporte (facilidade de locomoção e acesso a serviços públicos). O titular da Secretaria Municipal Cidade Sustentável e Inovação (Secis), André Fraga, ressalta que o resultado é fruto do esforço que vem sendo feito por todos os órgãos municipais desde 2013. “São ações que envolvem desde infraestrutura, tecnologia e possibilidade de participação cidadã até o diálogo com a sociedade civil. Podemos observar que Salvador desenvolve todos os critérios adotados pelo estudo. A presença da capital baiana em grupos como o C40 (Grandes Cidades para Liderança do Clima) e ICLEI (Governos Locais para Sustentabilidade) também contribui para o desenvolvimento dessas ações. O índice dá uma energia extra para continuar nesse caminho, lembrando que tudo isso é resultado do esforço conjunto do poder público, dos setores empresarial e acadêmico e da sociedade civil”, afirma. Dentre as iniciativas que passaram a tornar Salvador cada vez mais inteligente e sustentável estão a adoção de aplicativos como o NOA Cidadão, CittaMobi e Coleta Seletiva; implantação de agenda e criação de comitê interno de inovação; criação do Hub Salvador, no Comércio; estabelecimento de um grande calendário de eventos de inovação e lançamento de editais para atração e desenvolvimento de startups, na busca de soluções tecnológicas para atender às necessidades da gestão municipal e dos cidadãos. Tudo isso está incluso em dois dos eixos do megaprograma municipal Salvador 360, denominados Cidade Inteligente e Cidade Sustentável.

19 de julho de 2018, 12:02

SALVADOR Lorena pede ensinamento ambiental e contexto histórico religioso no Plano Municipal de Educação

Foto: Divulgação

Vereadora Lorena Brandão (PSC)

A vereadora Lorena Brandão (PSC) entregou à Câmara Municipal de Salvador, na última semana, um projeto de Lei que pede a alteração da lei n° 9.105/2016 que aprova o Plano Municipal de Educação de Salvador. Na proposição, Lorena pediu a inclusão da promoção da educação ambiental como um processo que deve envolver o Poder Público, indivíduos e a coletividade na busca pela construção de valores sociais, de conhecimentos, de habilidades e de atitudes para a conservação do meio ambiente e para a adoção de práticas voltadas à sustentabilidade em todos níveis; a inserção dos valores da soberania e da individualidade, do autogoverno, do caráter, do relacionamento, do serviço e da relação de causa e efeito no mundo e na natureza; o oferecimento do ensina da religião de livre opção dos educandos ou de seus responsáveis legais com observância do ensino da visão história dos fatos e a inclusão de atividade e conteúdos relativos à educação financeira com noções de economia monetária, fiscal e de capital, noções ainda de planejamento financeiro e dos princípios contábeis, especialmente débito e crédito. “Acreditamos que é necessária a inclusão desses itens no Plano Municipal de Educação, que são temas de alta relevância para a sociedade e fundamentais para o crescimento de nossas crianças e adolescentes, com educação ambiental, respeito às religiões e educação financeira. Além disso, essas emendas também tem o objetivo de colaborar para a sustentabilidade, com a diminuição de casos de desrespeito com as crenças e também com o crescimento econômico do município”, disse a vereadora. A Lei Federal nº 9.795, de 27 de abril de 1999, no seu artigo 16 diz que os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, na esfera de sua competência e nas áreas de sua jurisdição, definirão diretrizes, normas e critérios para a educação ambiental, respeitados os princípios e objetivos da Política Nacional de Educação Ambiental.