20 de julho de 2019, 10:40

SALVADOR Neto celebra memória de ACM nas redes sociais

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O prefeito ACM Neto (DEM)

O prefeito ACM Neto (DEM) foi às redes sociais celebrar a memória do avô, o ex-senador Antônio Carlos Magalhães, que neste sábado (20) completa 12 anos de morto. “Hj, além de ser o #DiadoAmigo, também é a data em que lembramos do falecimento de meu avô. ACM, sem dúvidas, era um homem que sabia o sinônimo de amizade e entrega. Ele sempre soube ser um grande amigo para cada um de nossa família e também para toda a Bahia, a razão da sua vida”, escreveu o prefeito de Salvador. O ex-senador ACM morreu aos 79 anos, em decorrência de falência de múltiplos órgãos.

19 de julho de 2019, 18:31

SALVADOR Prefeitura lança nesta segunda (22) um dos mais importantes thiathlons do mundo

Salvador sedia a 2º edição do Global Challenge Family, uma das competições de triathlon mais importante do mundo, com data marcada para 27 de outubro, no bairro de Itapuã. O lançamento do evento, fruto da parceria entre a Federação Baiana de Triathlon (FebaTri) e a Prefeitura, acontece nesta segunda-feira (22), às 10h, no Palácio Thomé de Souza, com a presença do prefeito ACM Neto e outras autoridades. O Challenge Salvador contará com uma série de competições que englobam provas para todas as idades. A principal, a Half, terá percursos de 1.9km de natação, 90km de pedal e 21km de corrida. Para envolver toda a família, a marca mundial traz outras provas para a cidade. A Challenge Sprint Distance conta com 750m de natação, 10km de ciclismo e 5km de corrida, que podem ser feitas por homens e mulheres acima de 18 anos. Além disso, será oferecido também o Challenge Júnior, que tem três categorias com distâncias variáveis conforme a idade da criança; e ainda o ChallengeForAll, com corridas de rua, nas modalidades 5km e 10km.

19 de julho de 2019, 18:00

SALVADOR Formação da nova diretoria do Sindap exalta a participação feminina

Foto: Divulgação

Nova diretoria do Sindap-BA

A posse da nova diretoria do Sindicato dos Agentes Disciplinares Penitenciários e Agentes Socioeducadores da Bahia (Sindap-BA) foi marcada por mudanças e exaltação da participação de profissionais mulheres na atuação em unidades prisionais e de ressocialização. No início deste mês de julho, os membros da chapa vitoriosa da eleição sindical assumiram funções para continuar a atuação por direitos trabalhistas e contra a perda de benefícios previdenciários. “Isso é um avanço para a atuação do Sindap aqui na Bahia. O sindicato foi renovado em 40% e conta com mais de 400 profissionais femininas atuando nas unidades do estado desenvolvendo trabalho para ressocializar infratores que por algum motivo estão fora do convívio social”, diz o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). Para o diretor financeiro do sindicato, Antônio Reis, os governos de Temer (MDB) e Bolsonaro (PSL) dificultaram a atuação sindical no país e atrasaram a qualificação do trabalho. Ele cita a reforma Trabalhista como um dos fatores para a estagnação e encerramento das atividades de mais de mil de sindicatos no Brasil. “Foi uma luta para gente conseguir manter o nosso trabalho, que já vinha fazendo e depois desse governo de Michel Temer e continuando com o governo Bolsonaro. Esses governos enfraqueceram os movimentos sociais e a gente se preocupou muito, íamos aos embates, para as caminhadas em Brasília e perdemos isso. Mil e oitenta entidades foram fechadas. Mas mantemos a força da nossa militância e sabemos a importância de mantermos essa raiz do sindicato ligado ao PT”, frisa. De acordo com Reis, o impacto maior foi na construção do trabalho de campanha de reajuste salarial. “Isso enfraqueceu a atuação que a gente vinha fazendo dentro da base. No estado temos nove unidades prisionais, que ficam distantes, como Barreiras, Vitoria da Conquista, Eunápolis e Itabuna, então é difícil atuar sem ter garantias de que conseguiremos arcar com todos os custos. Nos governos de Lula e Dilma tinham o imposto sindical e a taxa assistencial que eram o retorno de gastos que tínhamos durante campanhas salariais”, informa o diretor do Sindap. Ele destaca ainda que se não houvesse o ‘corpo a corpo’ com o trabalhador para conseguir filiação, e consequentemente mais contribuição mensal, o sindicato estaria fechado.

19 de julho de 2019, 17:37

SALVADOR Davidson diz que PCdoB terá “candidata” em Salvador e que críticas de Otto foram injustas

Foto: Raiane Veríssimo/Política Livre

Deputado federal Davidson Magalhães

O secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães (presidente estadual do PCdoB), disse hoje que seu partido terá candidata à Prefeitura de Salvador, aproveitando o capital político que construiu na cidade na última sucessão municipal, e chamou de injustas as críticas dirigidas aos comunistas pelo senador Otto Alencar (PSD), que os acusou de incoerentes por terem votado a favor da reforma da Previdência estadual e contra o mesmo projeto apresentado pelo governo federal. Segundo ele, até setembro a candidata será definida entre as deputadas Alice Portugal (federal) e Olívia Santana (estadual). “Nossa compreensão é de que precisamos ter um nome para Salvador e o fato de ter um nome do PCdoB ajuda tanto na mobilização da nossa chapa de vereadores quanto de ter uma personificação deste projeto”, disse Davidson, acrescentando ainda que, neste momento, o partido avalia o que é mais conveniente para a sucessão estadual de 2022, quando também não serão permitidas coligações nas chapas proporcionais.

Sobre as referências ao nome do presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, como nome a ser eventualmente apoiado pelo governador Rui Costa (PT) em Salvador, ele disse não ver nomes sendo discutidos neste momento, seguindo até o que defendeu o governador. Ele deu as declarações ao participar da solenidade de assinatura do termo de parceria para a concessão da Arena Fonte Nova para o evento de canonização de Irmã Dulce. “Vários nomes são bons. Tem vários nomes que compõem a frente política do governo do Estado, tem Bellintani, que não sei se será candidato, mas o PCdoB terá o seu nome para discutir e esperamos que possamos representar a frente que representa o governo do Estado, como fizemos na última eleição, mas ainda é um caminho muito cedo para discutir isso. Ainda tem muita água para rolar debaixo desta ponte”, disse, acrescentando ter considerado a crítica de Otto Alencar aos deputados do PCdoB como injusta.

“Primeiro porque são dois regimes diferentes. Na Previdência nacional, foi o regime geral, que atinge principalmente os mais pobres do Brasil. Não foi o regime próprio, dos servidores públicos. Neste regime próprio, algumas observações nós já tínhamos feito já a nível estadual, quando foi decidida esta questão aqui na Bahia, como no plano federal. Seria incoerente se votássemos contra os trabalhadores do Brasil, contra a viabilidade de Previdência social, que é o maior sistema de distribuição de renda em nosso país. A frente política que apoia o govenador Rui Costa é heterogênea, nós respeitamos. Agora, o regime próprio não tem nada a ver com o regime geral, então as pessoas precisam assumir que votaram contra os pobres.”

19 de julho de 2019, 17:07

SALVADOR I° Torneio de Futebol das Lideranças Comunitárias acontece neste sábado (20)

A bola vai rolar entre representantes de comunidades de Salvador, no I° Torneio de Futebol das Lideranças Comunitárias, que acontece neste sábado (20), a partir das 11h, na Arena Imbuí, localizada na Rua dos Colibris. A iniciativa é do vereador Geraldo Júnior (SD).

“Sou um incentivador do esporte e tive a oportunidade, durante 22 meses à frente da Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer, de realizar, apoiar e incentivar importantes projetos nesta área, como a primeira piscina olímpica municipal e aulas de iniciação esportiva. Esse momento é de integração, onde pessoas de diferentes comunidades vão se reunir para competir de forma saudável e se divertir com a família também”, afirmou Geraldo Júnior.

Durante a competição, seis times, com 15 integrantes cada, das comunidades do Calabar, Mirantes de Periperi, São Tomé, Saúde, Sertanejo e da Assistência Militar, vão disputar o primeiro lugar da competição. O evento segue até às 15h.

O time vencedor vai levar para casa uma bola e o trófeu. Já o segundo e o terceiro lugares vão levar troféus e medalhas. “O mais importante é reunir as famílias através do esporte e estar perto do povo. Esta também é uma forma de cuidar”, finalizou.

19 de julho de 2019, 16:00

SALVADOR “Trabalhamos mais por quem mais precisa”, afirma Bruno Reis na Baixa Fria

“Estamos diariamente nas áreas mais pobres da cidade, melhorando a qualidade de vida das pessoas. Trabalhamos mais por quem mais precisa”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), vice-prefeito Bruno Reis, no evento em que o prefeito ACM Neto autorizou o início dos serviços de pavimentação e macrodrenagem na Rua da Baixa Fria, em São Marcos, nesta sexta-feira (19). Lembrando que a comunidade ganhará uma escola municipal e um posto de saúde, Bruno Reis disse que vai cobrar agilidade na execução do cronograma das obras, com prazo de conclusão de 180 dias. “Após a pavimentação e a macrodrenagem, vamos dar sequência à requalificação da região, instalando uma quadra poliesportiva, quiosque, ciclovia, pista de cooper e academia de ginástica. Estamos trazendo saúde, educação, infraestrutura, esporte e lazer para a Baixa Fria”, frisou.

A obra iniciada nesta sexta também vai permitir a realização do Morar Melhor, que promove reformas de até R$ 5 mil nas casas das famílias mais pobres de Salvador. “Vamos retomar o programa na comunidade. Não podemos executá-lo enquanto não forem concluídas a pavimentação e a drenagem, porque, quando chove, o canal alaga as casas. E, com isso, se a gente fizer a reforma, acaba desperdiçando investimentos”, pontuou Bruno Reis. Em discurso, o vice-prefeito destacou ainda as demais intervenções que a administração municipal tem realizado na localidade, como o conjunto habitacional da Baixa Fria, cuja primeira etapa entregou à população 230 imóveis. “Já estivemos lá dando a ordem de serviço para o início de mais 128 unidades, que estão com 15% das obras concluídas”, assinalou Bruno, ao lado de ACM Neto e dos vereadores Téo Senna e Sérgio Nogueira, além de diversos líderes comunitários. Bruno Reis disse também que, em breve, serão iniciadas as obras de requalificação da Via Regional, cujo projeto já foi finalizado, da construção da ligação entre a Avenida Gal Costa e o bairro de Pau da Lima, assim como a criação do Jardim Botânico. Mais cedo, o vice e secretário entregou uma escadaria na Rua 13 de Maio, facilitando o deslocamento dos moradores de Sete de Abril até a Via Regional.

19 de julho de 2019, 15:41

SALVADOR Prefeitura de Salvador abre cotação para implante de prótase peniana

Foto: Divulgação/Arquivo

Por determinação judicial, a Prefeitura de Salvador abriu chamamento público para a contratação de uma empresa especializada em prestação de serviço hospitalar para realizar um implante de prótase peniana. O edital, publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (19), solicita cotação de preço para atender demanda judicial de um paciente no processo nº 12.509/2019. As empresas interessadas em prestar o serviço tem até a próxima segunda-feira (22), às 10h30, para enviarem as propostas. A publicação do edital gerou várias especulações, principalmente entre opositores do prefeito ACM Neto (DEM), até se tomar conhecimento de que se tratava de uma determinação judicial para atender um paciente da rede pública municipal que recorreu à Justiça e foi atendido.

19 de julho de 2019, 15:30

SALVADOR Prefeitura implementa projeto “Manda SMS para mim” na área da saúde

Com o objetivo de acompanhar o trabalho de abertura das Unidades de Saúde da Família (USFs) da capital baiana, o secretário municipal da Saúde, Leo Prates, percorreu hoje (19) a região do Subúrbio Ferroviário para visitar postos​ em Ilha Amarela, Rio Sena, Alto de Coutos, Congo, Fazenda Coutos II e Estrada da Cocisa. A ação é parte da implementação do programa experimental “Manda SMS para mim”, que tem como objetivo o acompanhamento do funcionamento das estruturas municipais de saúde. O programa vista justamente que o titular da pasta de saúde faça vitorias diárias nos postos, mantendo contato direto com a população e buscando melhorar o atendimento dessas unidades, ao lado da equipe da pasta, inclusive médicos e coordenadores.​ Ao lado da equipe da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e de vereadores, inclusive da oposição, Leo Prates acompanhou todo o processo de abertura das unidades, observando o atendimento à população, as estruturas físicas, e avaliou as prioridades para intervenção imediata para aprimorar os serviços. Conforme o secretário, a ação visa, sobretudo, expandir e melhorar o cuidado com a saúde dos soteropolitanos, começando pelo Distrito Sanitário Subúrbio Ferroviário.​ “Sabemos que enfrentamos alguns desafios, e é por isto que estamos aqui avaliando de perto as prioridades, e onde vamos atuar forte para melhorar o cuidado com a vida das pessoas, que é o bem mais precioso que podemos ter”, destacou Prates. Ele acrescentando que “não mediremos esforços para aprimorar e expandir os serviços prestados nas USFs de Salvador, atendendo a determinação principal do prefeito ACM Neto e o desejo de todos os soteropolitanos”.

19 de julho de 2019, 14:37

SALVADOR “Built to suit”: Galvão quer integrar 10 sedes descentralizadas da prefeitura

Foto: Divulgação

O novo secretário-geral de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro de Salvador, Luiz Galvão, já prepara um projeto para integrar as dez sedes descentralizadas do Executivo municipal a outros órgãos da gestão, a exemplo das gerências regionais de saúde e educação. A ideia é aproveitar a nova lei sobre o aluguel de imóveis aprovada pela Câmara e sancionada pelo prefeito ACM Neto (“built to suit”) na última segunda-feira (15) para economizar recursos utilizados para manter as Prefeituras-Bairro e reunir órgãos e funções da administração municipal em um só local.

“Estou visitando todas as sedes das unidades para conhecer de perto o funcionamento e já preparando ações que promovam melhorias nos serviços prestados à população, bem como a redução dos gastos públicos”, afirmou Galvão, que já ocupou a função de chefe de gabinete da prefeitura e de secretário municipal de Saúde na gestão de Neto.

19 de julho de 2019, 13:40

SALVADOR 2020: Coronel confirma que PSD terá candidato em Salvador, mas não antecipa nomes

Foto: Divulgação

Coronel alega que a disputa ainda está muito longe, mas o PSD possui quadros preparados

O senador Angelo Coronel, durante visita às instalações da Fundação Doutor Jesus, na manhã desta sexta-feira (19), confirmou que o PSD terá candidatura própria para prefeito de Salvador nas eleições municipais de 2020. Ele, no entanto, não antecipou possíveis nomes.

“A ideia é lançar candidatura na maioria dos municípios. Salvador, inclusive. Com o final das coligações, a legenda que não lançar um cabeça de chapa terá dificuldades para eleger bancada de vereadores”, justificou, sem arriscar na aposta do partido nas urnas.

“Ainda está muito longe, mas o PSD com vários quadros preparados. Vamos afunilar mais um pouco para escolher um nome que agregue mais, e tentar com isso atrair também os partidos da base do governo atual para fecharmos logo no 1º turno com o candidato do PSD”, defendeu. O presidente sigla em Salvador, vereador Edvaldo Brito, já colocou seu nome a disposição e a legenda, conforme este Política Livre já publicou, tenta ainda atrair o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani com vistas em 2020.

Mari Leal e Fernanda Chagas

19 de julho de 2019, 12:39

SALVADOR CRAS do Bairro da Paz é entregue requalificado pela Prefeitura

O Bairro da Paz é a mais nova localidade a receber um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) completamente requalificado pela Prefeitura, que passa a funcionar na Rua Tancredo Neves, 80, próximo ao posto de saúde. A entrega do equipamento foi feita pelo prefeito ACM Neto, dentro da programação do Gabinete da Prefeitura em Ação na região administrativa de Itapuã/Ipitanga, que ocorre durante toda esta quinta-feira (18). Também estiveram presentes na ocasião o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis; os secretários de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos, e das Prefeituras-Bairro, Luiz Galvão; demais gestores, autoridades e moradores. A medida faz parte do Programa de Requalificação dos CRAS, iniciado pela administração municipal no mês passado. “O trabalho do CRAS antecipa a resolução de problemas que poderiam se tornar mais graves ao longo do tempo, além de gerar vínculos com a comunidade. O desejo é de que esta unidade seja a extensão da casa de cada família que necessita de assistência social”, pontuou o prefeito. A unidade tem capacidade para realizar 135 atendimentos por mês. Para a reimplantação da estrutura, foi realizado investimento para aluguel de novo imóvel; reforma estrutural, incluindo elétrica e hidráulica; aquisição de móveis e equipamentos de informática; além da reformulação de equipe técnica. Administrado em Salvador pela Sempre, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é uma unidade pública que atua com famílias e indivíduos no contexto comunitário, para orientar e fortalecer o convívio sociofamiliar. Atende a famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica, em decorrência da privação de renda e do acesso a serviços públicos, com vínculos afetivos frágeis, discriminadas por questões de gênero, idade, etnia, deficiência entre outras. As unidades possuem equipes compostas por assistentes sociais, psicólogos, estagiários e pessoal de apoio. Atualmente, Salvador possui 29 CRAS espalhados em locais mais carentes da cidade. Dentre as ações desenvolvidas nos CRAS está o trabalho social com famílias, para orientar e fortalecer os vínculos familiares e comunitários por meio do atendimento psicossocial. Além disso, são feitas visitas domiciliares e institucionais, encaminhamentos à rede socioassistencial e a outras políticas públicas, oficinas de convivência e de trabalho socioeducativo. Também são promovidas articulação e fortalecimento da rede socioassistencial do território e dos grupos sociais locais. O público-alvo dos CRAS é formado por famílias e indivíduos que estejam em situação de vulnerabilidade social. É um público composto por beneficiários do programa Bolsa Família; em situação de extrema pobreza, pobreza ou privação (ausência de renda, acesso precário ou nulo aos serviços públicos); e com vínculos afetivos frágeis.

19 de julho de 2019, 12:36

SALVADOR Presidente municipal do DEM denuncia “sucateamento” do Planserv

Foto: Divulgação

Heraldo Rocha

Presidente do DEM em Salvador, o médico e ex-deputado Heraldo Rocha denuncia a situação, segundo ele, de “sucateamento” do Planserv. De acordo com ele, o plano de saúde dos servidores do estado enfrenta problemas que vão desde a falta de especialidades até a negativa de atendimentos, o que tem levado a um processo de judicialização do Planserv. Hoje, cerca de 18 especialidades médicas não atendem pacientes pelo Planserv, entre elas cirurgia geral, urologia, cirurgia vascular, cirurgia pediátrica, cirurgia oncológica, neurocirurgia, otorrinolaringologia e ginecologia, de acordo com o Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed). Além disso, servidores do estado que estão em tratamento de câncer e doenças cardíacas estão ficando sem assistência. “A situação é muito grave, e coloca em sério risco a saúde dos servidores do estado. As pessoas já não conseguem atendimento, levam meses para marcar uma consulta ou um procedimento. Cirurgias estão sendo negadas, pacientes crônicos estão deixando de receber assistência. É um completo descaso do governo”, diz. Rocha cobra uma resposta do governador Rui Costa (PT) para as queixas dos servidores. “O governador precisa deixar a propaganda de lado e ficar atento aos problemas da Bahia. O que estamos vendo no Planserv é uma verdadeira falta de gestão, de planejamento. É uma gestão incompetente e irresponsável”, afirma, ao lembrar que cerca de 500 mil servidores dependem do plano de saúde. O presidente do DEM de Salvador que o sucateamento do Planserv é só mais uma parte do caos que se tornou a saúde da Bahia. “Temos a Central Estadual de Regulação que com uma longa fila de pessoas que precisam de assistência urgente. As pessoas estão morrendo na fila da regulação à espera de cirurgias, de vagas em UTI”, complementa.

19 de julho de 2019, 10:51

SALVADOR Ireuda Silva repudia ato de racismo contra estudante: “A punição precisa ser severa”

Foto: Divulgação

Ireuda Silva (PRB)

A vereadora Ireuda Silva (PRB), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e vice-presidente da Comissão de Reparação na Câmara de Salvador, repudiou as agressões racistas sofridas por um estudante da Unilab, nesta quarta-feira (17), por vigilantes da rodoviária da capital baiana. O rapaz teria sido “confundido” com um infrator, conforme foi noticiado pela imprensa, o que, para a republicana, deixa explícita a atitude discriminatória dos seguranças. “Será que isso teria acontecido se o rapaz fosse um homem branco? Ele foi chamado de vagabundo mesmo depois de dizer que é universitário. O acontecido mostra como a sociedade enxerga o negro e sua presença em determinados espaços. A empresa e os seguranças devem ser punidos por seus atos, e não apenas ‘afastados’ para daqui a uma semana estarem de volta aos seus postos, como se nada tivesse acontecido. A punição precisa ser severa”, pede Ireuda, que é autora de projetos de indicações propondo o endurecimento das penas para racismo e injúria racial. O estudante esperava um ônibus para São Francisco do Conde, onde estuda, e teria sido abordado pelos seguranças com a ordem para se retirar do local. Ele gravou as agressões e postou os vídeos nas redes sociais. “Esse é mais um entre os inúmeros casos que acontecem todos os dias. Por isso não se pode ser tolerante ou omisso. As penas não podem ser brandas”, acrescenta a republicana.

18 de julho de 2019, 19:22

EXCLUSIVA Rebeldia de Maurício Trindade e César Leite pode dificultar aprovação de isenção do ISS

Foto: Fernanda Chagas / Política Livre

Maurício Trindade e César Leite podem não votar com o prefeito em matérias polêmicas

A independência com que passaram a se comportar dois antes aliados do Palácio Thomé de Souza [o tucano Cézar Leite e o democrata Maurício Trindade], pode causar ainda muita dor de cabeça ao prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal, dificultando a aprovação de projetos que versem sobre carga tributária e alguns outros de teor mais polêmico.

O modus operandi dos “rebelados”, pode prejudicar em cheio, por exemplo, a votação do projeto de lei que concede isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) às empresas de ônibus, levando em conta que o Executivo municipal precisa ter 29 votos dos 43 vereadores para a aprovação, placar que cai para 27, caso Maurício e César decidam não votar a favor da matéria.

Cézar Leite já se coloca, inclusive, como independente e diz não saber o que é ser da base. “Eu pertenço ao partido PSDB, que possui um pensamento liberal, que tem várias matizes de pensamento e sou um político de direita hoje, liberal conservador, e as pautas pertinentes ao meu seguimento sempre vou votar. É certo que a gente sempre faz análises, mas acima de tudo eu também acredito na independência dos Poderes”, diz.

O tucano, que votou parcialmente contrário ao projeto do “Built to Suit” e contra a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), arremata ainda que é considerado integrante do grupo de Neto por ser do PSDB. “Porém, faço a política de acordo com a minha consciência, defendo pautas em que eu acredito. Eu não faço pedidos, não tenho cargos, não tenho nada na máquina pública”, reforça.

Sobre a votação da isenção do ISS, que caso não seja aprovada até o dia 30 de agosto, pode elevar o valor da tarifa de ônibus na capital baiana de R$ 4 para R$ 4,12, César também não confirma voto favorável. Porém, em reposta ao prefeito, que cobrou aos edis contrários à isenção do imposto para empresas de ônibus que abram mão de privilégios relativos ao cargo, disse estar tranqüilo.

“Se o critério para votar a favor ou contra a isenção do ISS para as 3 empresas de transporte urbano for devolver carro oficial da câmara, estou tranquilo. Não uso carro oficial, devolvi há muito tempo. Sugiro o mesmo para o executivo. Que tal Uber Gov?”, rebate.  Trindade, por sua vez, teria se rebelado, após ouvir no Palácio Thomé de Souza que nada mais lhe seria concedido, ainda que na posição de aliado.

Agora, adotando nova postura, o democrata não apenas defende que a o valor da passagem seja reduzido para R$ 3,70, como confirmou que não há condições de votar o projeto sem maiores explicações e demonstração de legalidade por parte da Prefeitura de Salvador. “Você não pode fazer um acordo com outras duas entidades, os empresários e a Prefeitura, e mandar dizer à Câmara que ela tem um prazo, neste caso 30 de agosto, para uma definição”, afirma.

A reação foi provocada pelo fato de a Prefeitura ter firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TACs) com o Ministério Público estadual (MP-BA) e as concessionárias de ônibus para conceder isenção do ISS sem antes, conforme manda o regimento, ter submetido o projeto à apreciação da Câmara Municipal.

Fernanda Chagas

18 de julho de 2019, 17:04

SALVADOR Aladilce intermediará negociação entre servidores e Prefeitura

Foto: Antonio Queirós/CMS

Objetivo do debate é a incorporação do abono ao salário

A vereadora Aladilce Souza (PCdoB) intermediará uma mesa de negociação envolvendo a Prefeitura de Salvador e as categorias de médicos e profissionais de serviço geral para incorporar o abono ao salário-base dos servidores. Nos últimos anos, segundo ela, a gestão tem encaminhado à Câmara Municipal projetos para o pagamento anual do abono, descumprindo uma promessa antiga de incorporação.

A bancada da oposição se posicionou contrária à prática como política salarial e defendeu a incorporação para que os trabalhadores recebam seus benefícios calculados a partir do ganho real. “Tencionamos com o aval do sindicato da categoria, porque nos últimos cinco anos a prefeitura vem adotando a prática de mandar projeto para esta Casa renovando o abono, e isso não é uma política salarial”, destacou Aladilce.

Após negociações, o abono de 2019 foi aprovado, mediante o compromisso da prefeitura de instalar uma mesa de negociação que paute a incorporação dos valores ao salário-base. A vereadora Aladilce foi destacada pelo presidente Geraldo Júnior (SD) para representar a Câmara no processo de mediação.