20 de agosto de 2017, 09:45

SALVADOR Gabinete da Prefeitura em Ação atende 3 mil cidadãos em Alto de Coutos

Moradores do Alto de Coutos e de diversas localidades do Subúrbio Ferroviário buscaram, na manhã deste sábado (19), os diversos serviços municipais ofertados por meio do Gabinete da Prefeitura em Ação. A iniciativa ocorreu durante toda a manhã na Escola Municipal Francisca de Sande, e ofereceu às comunidades soteropolitanas a possibilidade de marcação de consultas, assistência jurídica, ouvidoria, serviços de saúde e odontologia, Bolsa Família e agendamento de biometria, dentre outras ações que, semanalmente, são oferecidas nas dez Prefeituras-Bairro da capital baiana. Na ocasião, estiveram presentes o secretário-chefe de Gabinete, João Roma; o diretor-geral das Prefeituras-Bairro, Junior Magalhães; e o gerente da Prefeitura-Bairro Subúrbio/Ilhas, Sósthenes Macedo, também anfitrião do evento, dentre outros gestores e técnicos municipais. O GPA ocorre sob a orientação da Diretoria-Geral das Prefeituras-Bairro e já foi realizado em cinco bairros da capital: Pau da Lima, Calabetão, Pirajá, Lobato e Santa Cruz. Foram registrados cerca de 8 mil atendimentos neste novo formato, que passa a atender em apenas um local, geralmente na região central das comunidades e bairros vizinhos beneficiados. ”Geralmente, não temos condições de buscar alguns serviços durante a semana. Por isso, acho muito importante ter essa oportunidade de receber esses benefícios durante o final de semana”, afirma a professora Clícia Gonçalves, de 41 anos, que utilizou os serviços de saúde oferecidos no GPA. Ela também garantiu o agendamento no recadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

20 de agosto de 2017, 09:15

SALVADOR Travessia Salvador-Mar Grande está com operações suspensas até às 10h

A travessia marítima do sistema Salvador-Mar Grande iniciou uma parada, às 7h, que vai até às 10h deste domingo (20), devido à falta de condições do Terminal de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, em operar em períodos de maré baixa prolongada. O canal de navegação do terminal não tem profundidade suficiente e a travessia é forçada a suspender as operações. Quando retomar o atendimento, às 10h, a travessia poderá oferecer saídas de 15 em 15 minutos dos terminais, caso ocorra concentração de demanda de passageiros. Os usuários devem ficar atentos porque neste domingo, o último horário saindo de Salvador será às 19h e não às 20h, também por conta da maré bbaixa. De Mar Grande para a capital a última saída do Terminal de Vera Cruz será às 18h30. O movimento de passageiros é tranquilo no Terminal Náutico, no Comércio no embarque para Morro de São Paulo. Os catamarãs operam sem restrições. As próximas saídas para o Morro são às 9h, 10h30, 13h e 14h30. No sentido inverso as saídas são às 9h, 11h30, 13 e 15h. A passagem custa R$ 95,20 e podem ser adquiridas no momento do embarque nos guichês das concessionárias. Já as escunas do tradicional “Passeio às Ilhas” da Baía-de-Todos-os-Santos têm tarifa fixa de R$ 50, zarpam às 9h e retornam às 17h30. O passeio inclui paradas para banho de mar na Ilha dos Frades e em Itaparica.

19 de agosto de 2017, 10:15

SALVADOR ALBA lamenta o falecimento de Fernando Vieira Lima, tio do ex-ministro Geddel

Em nota encaminhada à imprensa, a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) lamenta o falecimento do servidor Fernando Vieira Lima, tio do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que foi encontrado morto em seu apartamento, na noite da última sexta-feira (18), em Salvador. “A perda de Fernando, além de representar uma dor imensa aos familiares e amigos, é golpe sentido também por todos os Parlamentares e servidores da ALBA. O servidor contribuiu ao longo dos anos de atividade com dedicação, profissionalismo, honestidade e comprometimento para a preservação da imagem da ALBA e da vida do próximo”, diz a nota assinada pelo presidente da Casa, o deputado Angelo Coronel. Ainda não há informações sobre o local e horário do sepultamento.

Confira abaixo a íntegra da nota encaminhada pela ALBA:
É com extremo pesar que a ALBA-Assembleia Legislativa da Bahia recebe a notícia do falecimento do ocorrida em Salvador.

A perda de Fernando, além de representar uma dor imensa aos familiares e amigos, é golpe sentido também por todos os Parlamentares e servidores da ALBA. O servidor contribuiu ao longo dos anos de atividade com dedicação, profissionalismo, honestidade e comprometimento para a preservação da imagem da ALBA e da vida do próximo.

A compreensão de nossa família ALBA é abalada. Quando a tragédia nos atinge, tão perto, é hora de reforçar nossas crenças e valores.

À família enlutada apresentamos nossos sentimentos de solidariedade e respeito pela imensa dor que, com certeza, invade a alma e dilacera qualquer entendimento de lógica.
Angelo Coronel
Presidente da ALBA

19 de agosto de 2017, 10:00

SALVADOR Travessia Salvador-Mar Grande tem intenso movimento após período de parada

Com manhã de sol na capital e em toda a Ilha de Itaparica, o movimento de embarque no Terminal Náutico é bom neste sábado (19), com muitas pessoas utilizando a travessia Salvador-Mar Grande para se deslocarem para as praias da Ilha. Como ocorreu uma parada por conta da maré baixa entre as 6h30 e 8h15, foram feitas saídas extras no Terminal Náutico. A expectativa é de que o fluxo de passageiros cresça e se isso ocorrer as saídas passam a ser de 15 em 15 minutos – normalmente são de meia em meia hora. A travessia está com oito embarcações em tráfego e a Baía de Todos os Santos registra excelentes condições de navegação, com mar calmo e ventos fracos. O período de maré baixa prolongada começou hoje e vai até o dia 25. Os usuários devem ficar atentos pois neste sábado o último horário saindo de Salvador será às 19h e não às 20h, como normalmente acontece. De Mar Grande, a última embarcação deixará o Terminal de Vera Cruz às 18h30. O tempo de viagem da travessia fica entre 35 e 40 minutos. Morro de São Paulo e Escunas – A travessia para Morro de São Paulo também está sendo bastante requisitada e com previsão de que todos os catamarãs deixxem o Terminal Náutico com lotação completa. O primeiro catamarã partiu às 8h30 e depois ocorrem saídas às 9h, 10h30, 13h e 14h30. Para quem vem do Morro para Salvador, os horários são às 9h, 11h30, 13h e 15h. A viagem de catamarã é direta dura duas horas e 20 minutos. Com grande procura neste sábado, as escunas de turismo que fazem o passeio pelas ilhas da Baía de Todos os Santos vão zarpar do Terminal Náutico, às 9h com lotação completa. Muitos baianos e turistas vão fazer o tour hoje, com paradas na Ilha dos Frades e em Itaparica e retorno a Salvador às 17h30.

19 de agosto de 2017, 08:04

SALVADOR Maurício Trindade pede a criação da Secretaria de Segurança Municipal

Foto: Divulgação

O vereador Maurício Trindade (DEM)

O vereador Maurício Trindade (DEM) se pronunciou sobre o ato do governador Rui Costa, que determinou a volta aos batalhões de 10 policias da Assistência Militar da Câmara Municipal. O parlamentar reforça a importância da criação de uma secretaria de segurança do município. “Sou o autor do Projeto de Indicação (37/2017), que solicita à Prefeitura a criação desta secretaria. Se nosso Projeto tivesse recebido a devida atenção, hoje não estávamos passando por esta situação”, afirmou. Em reunião nesta manhã na Câmara, Leo Prates e demais vereadores presentes decidiram entrar com mandado de segurança contra a decisão do governador e pediram reforço para a Guarda Municipal. “A segurança pública é uma das maiores prioridades de um governo, por isso precisamos ter independência nesta questão e criar uma Secretaria de Segurança que será gerida pelo município”, concluiu Maurício Trindade.

18 de agosto de 2017, 21:55

SALVADOR Silvio Humberto critica suposta invasão da PM em terreiro de candomblé

Foto: Divulgação

Vereador Sílvio Humberto (PSB)

A suposta invasão da Polícia Militar a um terreiro, no bairro do Curuzu, foi alvo de críticas do vereador Sílvio Humberto (PSB). Os policiais do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) são acusados pelo sacerdote Amilton Costa, do terreiro Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe de terem arrombado e invadido o local, na última quinta-feira (17). O vereador ainda questionou se a ação da PM era um retorno ao passado, quando a polícia invadia, depredava, reprimia e perseguia os terreiros de candomblé por racismo e intolerância religiosa. Silvio Humberto defende que a Câmara Municipal de Salvador deva se manifestar sobre o caso. A Comissão de Reparação da Casa já foi acionada pelo vereador.

18 de agosto de 2017, 19:32

SALVADOR Prefeitura começa a demolir construção irregular em área ambiental no Lobato

Foto: Divulgação/PMS

A Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) demoliu estruturas irregulares construídas sem licença em área ambiental

A Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) iniciou, nesta sexta-feira (18), a demolição de estruturas irregulares – um píer, muros e quiosques -, construídas sem licença em área ambiental que deveria ser destinada ao uso pleno da população na região do Salvador Marina, no Lobato. Desde 2011, o local sofre embargos de órgãos de proteção ambiental e, por diversas vezes, fora notificado e até multado pela Sedur, tendo sido interditado no início de julho sem, no entanto, cumprir a determinação de interromper as atividades. O início dos trabalhos foi marcado pela contestação da ação por parte dos proprietários que alegaram ter direito sobre a área utilizada. De forma irregular, os responsáveis pela marina invadiram uma área de, aproximadamente, 3,5 mil metros quadrados, integrando um trecho de praia e uma faixa de mar com as construções que, por determinação legal, carecem de regulamentação emitida pela Sedur e por órgãos ambientais para serem erguidas e mantidas em funcionamento. Além de abrigo para os barcos de particulares, o lugar era utilizado como oficina destinada à construção, pintura, funilaria e manutenção de embarcações. Quando receberam a última notificação, os proprietários também foram informados de que deveriam suspender imediatamente todas as atividades da marina, com base na Lei Municipal 8.915/2015, que trata da Política Municipal de Meio Ambiente. O espaço apresenta diversas irregularidades, dentre elas a falta de licença ambiental apropriada. “O local possuía apenas alvará de funcionamento para manutenção de um pequeno escritório ao lado do posto da marina. No entanto, a área construída avançou mais de 10 mil metros quadrados sobre a costa, o que provocou um extenso aterro em direção ao mar”, explica o diretor de Fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior.

18 de agosto de 2017, 18:59

SALVADOR ‘Lula supera todo limite da megalomania’, diz Aleluia

Foto: Divulgação

Vereador Alexandre Aleluia entrou com uma ação popular para que Lula não recebesse o título honoris causas da UFRB

“Só um completo megalomaníaco imaginaria que alguém deve beijar-lhe os pés, porque ele realizou obras em um local. O condenado a nove anos de prisão não tem limites e demonstra todo seu autoritarismo”, declarou o líder do DEM na Câmara Municipal de Salvador, vereador Alexandre Aleluia, ao comentar entrevista de Lula à Rádio Metrópole, na qual o petista disse que ele deveria beijar-lhe os pés. “Lula, vitimizando-se, disse que eu integro uma ‘elite’. Quem criou a maior elite de ladrões desse país? Quem assaltou o estado brasileiro e passou a viver como um absolutista, que toma as coisas do estado como suas? O delírio de Lula é um perigo para a nação”, advertiu o vereador democrata. O líder do DEM diz que, em sua trajetória, valoriza um princípio cristão que é a humildade. “Toda pessoa que tem uma mente saudável sabe que antes de nós existiram outros grandes homens e mulheres que nos legaram uma tradição e conhecimento. É preciso ter humildade para observar essas realizações. Mas Lula, que escolheu da vida realizar um culto à ignorância e à soberba, não consegue enxergar nada além de sua consciência deformada. É um psicopata como Maduro, como Chávez, como Fidel e Che Guevara”, comparou o vereador. Alexandre Aleluia ressalta que o verdadeiro desastre para Lula é observar que somente alguns “gatos pingados” e militantes pagos estão dispostos a beijar-lhe os pés. “As pessoas já sabem que Lula é uma farsa. Entrei com a ação popular para fazer valer a lei, o princípio da moralidade consagrado pela Constituição, segundo o qual um condenado não pode receber título honorífico de uma instituição do Estado”, ressaltou.

18 de agosto de 2017, 18:48

SALVADOR Gabinete da Prefeitura em Ação contempla Subúrbio

Foto: Divulgação

Reunião do programa Gabinete da Prefeitura em Ação

O programa Gabinete da Prefeitura em Ação chega ao Subúrbio Ferroviário neste sábado (19), com uma gama de serviços públicos gratuitos para moradores da região. O evento acontece das 8h às 12h, na Escola Municipal Francisca de Sande, localizada na Rua Muniz Travasso, em Alto de Coutos. A iniciativa municipal já ocorreu nos bairros de Pau da Lima, Calabetão, Pirajá, Lobato e Santa Cruz e beneficiou cerca de 5 mil pessoas. No Subúrbio, a população terá acesso a consultas e cadastros nos programas Primeiro Passo, Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, além de atendimento com a Coelba, que fará distribuição de lâmpadas LED. Na ocasião, as pessoas também poderão solicitar Cartão do SUS, fazer consultas de vagas de emprego através do SIMM, receber orientação ou fazer denúncias com o Balcão de Justiça, Codecon, Codesal ou Ouvidoria municipal. O evento contará ainda com corte de cabelo e agendamento para o recadastramento biométrico eleitoral. Na área de saúde, serão ofertadas ações como saúde bucal (limpeza e aplicação de flúor), aferição de pressão arterial e verificação de glicemia, vacinação antirrábica para animais, e contra Febre Amarela. Quem for ao local poderá fazer consultas médicas na hora com ortopedistas, clínico geral, cardiologista, exame preventivo para as mulheres, eletrocardiograma e dentista. Na ocasião, os pais poderão levar os filhos para participarem de atividades recreativas através do Ruas de Lazer. Serão disponibilizados cama elástica, jogos de tabuleiro, campeonato de futebol, vôlei, basquete e gincanas. “Esses serviços serão oferecidos sobretudo para aqueles moradores que têm maior dificuldade de ir até esses atendimentos”, explica o prefeito-bairro do Subúrbio, Sósthenes Macedo. Nas edições anteriores, os serviços mais procurados pelos cidadãos são cadastros nos programas sociais Primeiro Passo, Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida. O diretor-geral das Prefeituras-Bairro, Júnior Magalhães, também reforça a ideia do projeto. “Hoje, as Prefeituras-Bairro atendem a quase dez mil pessoas por dia e, por acharmos pouco, buscamos levar cada vez mais serviços para perto do soteropolitano”, destaca.

18 de agosto de 2017, 17:15

SALVADOR Suíca critica “perseguição” a Lula e defende Rui: “Coloca a Guarda Municipal como segurança”

O vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) foi um dos políticos que acompanhou a passagem da caravana ‘Lula pelo Brasil’, no primeiro dia de agendas na capital, nesta quinta-feira (17), e entrou de sola em alguns debates polêmicos. A decisão liminar que cancela o título de doutor Honoris Causa – que o ex-presidente receberia da Universidade Federal do Recôncavo (UFRB), por exemplo, foi tratada como uma intervenção ilegal na autonomia da unidade de ensino. Já a retirada de 20 policiais militares pelo governo estadual da segurança da Câmara de Vereadores e da prefeitura da capital foi defendida por Suíca. Considerando que o governador Rui Costa (PT) tomou uma atitude acertada, o edil petista ainda ironizou o prefeito ACM Neto (DEM). “Coloca a Guarda Municipal como segurança, inclusive nos postos de saúde”. Suíca aponta que não acredita que o governador fez isso para prejudicar a cidade. “O governador está no combate duro contra a violência. Houve concurso agora e não chama de imediato, mas e lógico que estamos precisando desses 20 policiais nas ruas para incorporar e ajudar os outros guerreiros que estão no combate. O prefeito ACM Neto, que é inteligente, tem que pegar a Guarda Municipal e colocar nos postos de saúde. Porque a GM presta para bater em garis, vereador, e não presta para fazer esse serviço?” Suíca disse também que existem pessoas que entram na política para fazer fumaça, e aponta que o vereador Alexandre Aleluia (DEM), autor do pedido de liminar contra a entrega do título de doutor Honoris Causa da UFRB para Lula, é uma destas pessoas. “O vereador entrou na política para fazer fumaça, nem o pai dele se manifestou sobre esse caso. Entendo que dar uma liminar significa que o processo será analisado. Problema é que fica amarrotando a justiça com tanta besteira. Esse título Lula já ganhou igual em Portugal, e vai receber o título aqui da UFRB por reconhecimento em ter criado a unidade de ensino. Essa decisão fere a autonomia da universidade, é um absurdo. Aleluia nutre um ódio sem sentido, nunca foi pobre, não sabe o que é ser barrado, ficar fora das universidades. Mas a maioria do povo brasileiro sabe que hoje tem direito a comer por causa das políticas implantadas por Lula”, dispara o edil petista, durante o lançamento do ‘Memorial da Democracia’, na Arena Fonte Nova, que conta a história e ações dos mandatos de Lula como presidente.

18 de agosto de 2017, 16:00

SALVADOR Maurício Trindade repudia ação de policiais militares

Foto: Divulgação

Ação aconteceu na manhã da última quinta-feira (17)

O vereador Maurício Trindade (DEM) repudia a atitude de policiais militares do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) que foram acusados de arrombar e invadir o espaço do terreiro de candomblé Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe, no Curuzu, na Liberdade, na manhã desta quinta-feira, 17, durante uma operação no bairro. Segundo relato das vítimas, os policiais invadiram o terreiro, arrebentam as portas, colocaram armas no rosto dos filhos de santo da casa, xingaram o pai de santo e não respeitaram o espaço sagrado. O parlamentar se solidariza com o caso e afirma que a ação foi truculenta. “O que possivelmente tenha motivado esta atitude foram a intolerância religiosa e o racismo. Estamos falando de invasão, sem mandato e sem permissão dos donos da casa”, disse.
O terreiro de candomblé Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe desenvolve um trabalho social voltado para comunidade. De acordo com o vereador, a Prefeitura implantou e realizou nessa entidade o vestibular social, que abriu as portas das faculdades a milhares de estudantes, transformando o futuro desses jovens e suas famílias. “Mesmo não sendo adepto desta religião, precisamos todos lutar contra o racismo denunciando a intolerância religiosa”, concluiu.

18 de agosto de 2017, 14:00

SALVADOR Câmara aciona Justiça contra retirada de policiais

Foto: Divulgação

Reunião dos vereadores sobre a segurança na Câmara

O presidente da Câmara de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), em comum acordo com seus pares, decidiu impetrar um mandado de segurança contra o ato do Governo da Bahia, que determinou a volta aos batalhões de 10 policias da Assistência Militar da Casa. A medida cautelar visa reverter a ação governamental, que causou a redução de 62,5% do efetivo policial, inviabilizando, por questão de segurança, o funcionamento do Legislativo Municipal. A decisão foi tomada em reunião no final da manhã desta sexta-feira (18), no Salão Nobre do Paço Municipal. Outra decisão tomada para garantir a segurança dos trabalhos legislativos foi requisitar o apoio da Guarda Civil Municipal de Salvador. Logo após o encontro com os vereadores, o presidente Leo Prates foi ao prefeito ACM Neto, que autorizou a liberação de 15 guardas para recompor o sistema de segurança da Câmara. No gabinete do prefeito, Leo Prates fez o seguinte pronunciamento nas redes sociais: ”Lamento a decisão do governador da Bahia de retirar da Câmara Municipal 10 policiais, o que está inviabilizando o funcionamento da Casa do Povo de Salvador. Neste momento, estamos tomando duas medidas, a primeira delas é judicial para reverter a decisão do governador. Estamos ingressando com uma ação na Justiça, hoje. E fomos também à Prefeitura, apelar ao prefeito ACM Neto, para disponibilização de 15 guardas municipais para que a Câmara funcione regularmente”. No mesmo vídeo, o prefeito ACM Neto também se pronunciou: “Como é meu desejo que a Câmara Municipal possa trabalhar, eu estou provisoriamente disponibilizando 15 guardas municipais para que a Câmara continue funcionando adequadamente e, é claro, reforço e lamento profundamente que o governador tenha tomado essa medida que é de perseguição com a cidade de Salvador”.

18 de agosto de 2017, 13:32

SALVADOR Senador pede saída de Temer e diz que país vive “tragédia política histórica”

Foto: Tácio Moreira/ Metropress

O senador Álvaro Dias (Podemos-PR)

O senador Álvaro Dias (Podemos-PR) foi entrevistado por Mário Kertész nesta sexta-feira (18), durante o Jornal do Meio Dia da Rádio Metrópole. Pré-candidato à presidência da República, ele defendeu a saída de Michel Temer do comando do país e disse que sempre defendeu a renovação do cargo, desde a saída da presidente Dilma Rousseff (PT) do cargo. Para Dias, o impeachment não poderia ser considerado bom para o país. ”Em nenhum momento acreditei nisso, tanto é que defendi o impeachment completo, da chapa toda. Denunciei que o vice, ao assumir em mais de uma oportunidade, também praticou pedaladas. Em nenhum momento tive a vã ilusão de que Temer seria a solução para o país. Agora temos que conviver com essa realidade, o país vai continuar nesse calvário. Vamos alimentar a esperança para que a população prepare a estrada para a mudança”, disse o senador. Álvaro Dias declarou ainda que o Brasil vive “uma tragédia política histórica”. “Assaltaram o brasil, a descrença se generalizou. Há uma esquizofrenia politica hoje por causa do desespero causado pela incompetência. A Lava Jato está arrasando os partidos. Se esse ano se constituir no ano da limpeza, quem sabe no ano que vem possamos ter o ano da mudança, com instituições acreditadas e o país construído da forma que os brasileiros merecem”, afirmou.

Metro1

18 de agosto de 2017, 12:20

SALVADOR USF de Pirajá levará nome do deputado Luiz Braga

Foto: Divulgação

Prefeito assina ordem de serviço para construção da Unidade de Saúde da Família de Pirajá

Durante a assinatura da ordem de serviço para a construção de uma Unidade de Saúde da Família (USF), no bairro de Pirajá, na manhã destas sexta-feira (18), prefeito ACM Neto (DEM) anunciou que o posto levará o nome do deputado federal Luiz Braga (1949-2005), pai do vereador licenciado e diretor-presidente da Companha de Governança Eletrônica de Salvador (Cogel), Alberto Braga. Luiz Braga exerceu os cargos de deputado federal constituinte e de deputado estadual pelo antigo Partido da Frente Liberal (PFL), “com importantes serviços prestados ao Brasil e a Bahia”, disse ACM Neto durante a cerimônia. “Talvez, hoje tenha sido o dia mais feliz em minha vida pública”, falou emocionado Alberto Braga. “Quero agradecer ao prefeito ACM Neto e ao seu chefe de gabinete, João Roma, pelo reconhecimento ao meu pai, homem que me inspirou a fazer sempre o melhor para o povo”, declarou o presidente da Cogel, ao salientar que “hoje, tive a surpresa de saber que a nova USF de Pirajá, bairro que sempre estive presente ao lado dos moradores, se chamará Deputado Luiz Braga. Essa homenagem só reforça meu compromisso em trabalhar ainda mais por Salvador e pelo nosso Estado”.

18 de agosto de 2017, 11:54

SALVADOR Câmara deve “fechar as portas” mais cedo por conta de decisão de Rui

Foto: Divulgação

Gabinetes dos vereadores terão suas atividades encerradas às 14h

Abrir as portas para populares foi uma das grandes promessas do presidente da Câmara Municipal de Salvador Leo Prates ao assumir o posto no Legislativo Municipal. Agora, com a decisão do governador Rui Costa em recolher grande parte dos policiais militares que estavam emprestados à Prefeitura e a CMS, Prates agora se encontra praticamente obrigado a “fechar as portas” após pouco mais de 15 dias de decisão em tornar a Casa mais democrática. Nesta sexta-feira (18), os gabinetes dos vereadores também funcionarão até às 14h, como medida preventiva à decisão de Rui. Ainda hoje, o democrata terá uma reunião com a promotora do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Rita Tourinho, para que seja permitida a contratação de agentes privados e que os trabalhos na Câmara possam ser normatizados. Nos bastidores, os vereadores da base do prefeito ACM Neto (DEM) enxergam a decisão do governador como retaliação, já que Neto acusou o petista de estar “com os braços cruzados” com a atual situação de segurança pública do Estado.