20 de março de 2012, 15:14

MUNDO Brasil exige explicações da Austrália sobre morte de jovem

Foto: Reprodução

O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, cobrou hoje explicações das autoridades da Austrália sobre as circunstâncias que provocaram a morte do brasileiro Roberto Laudisio Curti, de 21 anos, anteontem. Em nota à imprensa, o Itamaraty informou que funcionários da Embaixada do Brasil na Austrália e do Consulado-Geral do Brasil em Sydney receberam instruções para obter os esclarecimentos. “O governo brasileiro deplora a notícia da morte de cidadão brasileiro em circunstâncias ainda não esclarecidas durante operação policial em Sidney, na Austrália. O Consulado-Geral do Brasil em Sidney e a Embaixada do Brasil em Camberra foram instruídos a prestar toda a solidariedade e o apoio à família da vítima, bem como a solicitar os devidos esclarecimentos às autoridades australianas a respeito do ocorrido”, diz o comunicado. As autoridades brasileiras querem esclarecer em detalhes as circunstâncias que levaram o jovem à morte.

20 de março de 2012, 11:35

MUNDO Michelle Obama entra na campanha pela reeleição do marido

Foto: Jessica Kourkounis/New York Times

Michelle Obama

A primeira-dama americana Michelle Obama entrou na campanha pela reeleição do marido, Barack Obama, ao participar na segunda-feira de um evento com famosos e de um programa de entrevistas. Em um jantar organizado pelo ator Robert De Niro em Nova York, Michelle Obama ensaiou uma versão própria do discurso usual do marido, ao citar suas conquistas nos últimos três anos. “Podem dizer ‘Amém’?”, perguntou em um determinado momento, ao pedir os aplausos das personalidades presentes, que incluíam o produtor de cinema Harvey Weinstein e atores como Ben Stiller e Whoopi Goldberg. Mais tarde, a primeira-dama apareceu no The Late Show with David Letterman, no qual falou sobre a vida na Casa Branca e do cão Bo, que definiu como o “cachorro mais inteligente do mundo”. “É meu filho. Tenho duas filhas e um filho”, brincou em seguida. Os assessores de campanha de Obama esperam que a origem operária da família da primeira-dama – os pais dela não foram para a universidade – ajude na ligação com os americanos que sofrem com a lenta recuperação econômica, a seis meses das eleições. (AFP)

20 de março de 2012, 07:30

MUNDO Explosões simultâneas matam dezenas em várias cidades do Iraque

Foto: Reuters

Oficial em local de explosão nesta terça-feira na cidade iraquiana de Kirkuk

Pelo menos 38 pessoas morreram e 180 ficaram feridas em explosões quase simultâneasa nesta terça-feira em várias cidades do Iraque, incluindo Bagdá (a capital), Kirkuk, Hilla e Kerbala. O número de vítimas ainda pode aumentar, segundo as autoridades. Em Bagdá, um carro-bomba foi detonado perto da sede do ministério das Relações Exteriores, em um ataque que deixou seis feridos. A violência faz desta terça-feira o dia mais letal no Iraque em quase um mês. Os ataques mais violentos aconteceram na cidade sagrada xiita de Kerbala, 110 km ao sul de Bagdá, onde pelo menos 13 pessoas faleceram, e em Kirkuk (norte), onde também foram registradas 13 mortes, a maioria de policiais. As explosões ocorreram no dia do nono aniversário da invasão americana do Iraque e a poucos dias da reunião de cúpula da Liga Árabe prevista para Bagdá, a primeira desde 1990. (G1/agências internacionais)

19 de março de 2012, 17:00

MUNDO Julian Assange, co-fundador do Wikileaks, planeja concorrer ao Senado australiano

No último sábado o WikiLeaks anunciou no Twitter que seu co-fundador, Julian Assange, planeja se candidatar a uma cadeira no Senado da Austrália. De acordo com a Reuters, os comentários não puderam ser imediatamente confirmados. “Descobrimos que é possível que Julian Assange concorra ao Senado australiano enquanto ainda detido. Julian decidiu candidatar-se”, tuitou o WikiLeaks. Além disso, o grupo também tuitou que tem planos de indicar um candidato para concorrer contra a primeira-ministra Julia Gillard em sua terra-natal, Lalor, em Victoria. As eleições mais próximas ao Senado não ocorrerão até o final de 2013. Atualmente, o australiano Assange está em regime de prisão domiciliar no Reino Unido e luta contra a extradição para a Suécia para ser interrogado sobre acusações de crimes sexuais. (Revista Imprensa)

19 de março de 2012, 16:30

MUNDO Turista brasileiro é morto por policiais na Austrália, diz jornal

Um turista brasileiro de 21 anos foi morto após uma perseguição policial na cidade de Sydney, na Austrália, informou o jornal “Sydney Morning Herald”. Segundo a reportagem, imagens de câmeras de segurança mostram um homem que seria o turista correndo sem camisa e sem nada nas mãos quando recebe o impacto da arma de choque disparada pelos policiais.Segundo testemunhas, ele teria pedido socorro e ficou se debatendo após mais três tiros de arma ‘teaser’, de choque’. De acordo com o jornal, a morte está sob investigação por detetives do departamento de homicídio e gerou um debate sobre o uso de armas de choque pela polícia. A reportagem informa que a família do brasileiro, cujo nome não foi revelado, já teria sido contatada e que exames toxicológicos e uma autópsia seriam realizados nesta segunda e poderão revelar ele estava sob efeito de drogas ou álcool. As informações são do G1.

19 de março de 2012, 16:24

MUNDO Arma de ataque em escola na França também foi utilizada contra militares

Um policial francês disse que a mesma arma foi usada no assassinato de quatro pessoas numa escola judaica nesta segunda-feira, 19, e na morte de três militares paraquedistas na semana passada. O policial disse que o homem que atirou e matou três crianças e um rabino numa escola da cidade de Toulouse, sudoeste da França, fez 15 disparos com a arma. Segundo ele, a mesma armas foi usada em dois ataques na semana passada. Num deles, em Toulouse, um paraquedista foi morto. No outro, ocorrido na cidade de Montauban, nas proximidades, dois outros militares morreram e um ficou seriamente ferido. Da Agência Estado, com informações da Associated Press.

19 de março de 2012, 15:53

MUNDO Obama arrecada mais de US$45 mi para campanha em fevereiro

O presidente dos EUA, Barack Obama, e seus aliados democratas arrecadaram mais de 45 milhões de dólares em doações eleitorais no mês de fevereiro, quantia superior à de janeiro. A campanha intensificou o ritmo da arrecadação diante dos temores de que os republicanos possam superar os gastos dos democratas na campanha presidencial de 2012. Em nota divulgada pelo Twitter, a campanha de Obama disse que 348 mil indivíduos fizeram contribuições no mês passado, sendo 105 mil pela primeira vez. Quase 98 por cento das doações do mês foram de até 250 dólares. “Desde abril de 2011, um total de 1,64 milhão de pessoas contribuíram com a campanha”, disse a mensagem pelo Twitter. Há meses a campanha de Obama à reeleição tenta montar uma mobilização popular que resulte em um maior comparecimento às urnas dos eleitores de Obama no dia 6 de novembro. Leia mais no Estadão.

19 de março de 2012, 14:22

MUNDO Estado de saúde de João Havelange é grave, diz boletim médico

Ex-presidente da Fifa, João Havelange

É grave o estado de saúde do ex-presidente da Fifa, João Havelange, de 95 anos, segundo informações do boletim médico do Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio, onde está internado desde a noite deste domingo. Havelange deu entrada com um quadro infeccioso grave, segundo o boletim, e após exames iniciais ele foi internado na Unidade Coronariana do hospital e está recebendo tratamento com antibióticos por via venosa. Ainda não há previsão de alta, segundo o boletim. O dirigente ocupou a chefia da Fifa por 14 anos, até ser substituído por Joseph Blatter em 1998. Leia mais no Estadão.

Solange Spigliatti, do Estadão

19 de março de 2012, 11:53

MUNDO Mitt Romney vence primárias em Porto Rico com larga vantagem

Mitt Romney venceu as primárias em Porto Rico com larga vantagem, de acordo com a rede de televisão americana CNN. Com 83% das urnas apuradas, o pré-candidato republicano já conta com 98.000 votos, cerca de 83% do total. Rick Santorum se mantém em vice-liderança distante, com apenas 8%, pouco mais de 9.500 votos. Os outros dois candidatos, Newt Gingrich e Ron Paul mal aparecem na corrida, com 2.431 (2%) e 1.452 (1%) votos, respectivamente. Segundo estimativas da CNN, Romney conta com o apoio de 518 delegados, contra 239 de Santorum. Gingrich tem 139 ao seu lado e Paul conta com 69. Para assegurar a candidatura, são necessários 1.144 delegados. O Estado de Illinois será o próximo a participar das primárias nesta terça-feira. No sábado, vão às urnas os eleitores de Louisiana. (CNN/ iG)

19 de março de 2012, 11:40

MUNDO Ataque a escola judaica na França deixa quatro mortos

Foto: Bruno Martin/AP

Polícia e bombeiros se concentram na região da escola em Toulouse, sudoeste da França

Pelo menos quatro pessoas, inclusive três crianças, foram mortas nesta segunda-feira numa escola judaica de Toulouse, no terceiro tiroteio com mortes em pouco mais de uma semana no sudoeste da França. O presidente Nicolas Sarkozy e o seu adversário eleitoral François Hollande cancelaram compromissos e foram ao local dos crimes para manifestar solidariedade às vítimas e defender reforços na segurança. Sarkozy disse haver evidente semelhança entre o ataque à escolha e os realizados contra os três soldados. “Nós estamos abalados pela similaridade entre o modus operandi do drama de hoje e o daqueles da semana passada, mesmo que tenhamos de esperar para ter mais elementos por parte da polícia para confirmar essa hipótese”, afirmou em Toulouse. Sarkozy disse que um dos soldados mortos nos incidentes da semana passada era de origem caribenha e os outros dois, muçulmanos. (France Presse)

19 de março de 2012, 10:25

MUNDO Síria é teste no encontro de Dilma com Obama

Foto: Jason Reed/Reuters

Barack Obama e DIlma Rousseff

A visita oficial da presidenta Dilma a Washington, mês que vem, poderá ser um teste para a diplomacia “responsável e protetora” do Brasil em relação à Síria, protelando sanções já impostas pela União Europeia, Japão, EUA e até pela Liga Árabe. Barack Obama está determinado a convencer Dilma da importância de “estrangular” o regime do ditador Bashar al-Assad, até que o facínora renuncie e convoque eleições. O Brasil condenou na ONU a ditadura síria, mas insiste no “diálogo” para proteger civis – passam de 9 mil os mortos pelo carniceiro Assad. Diplomatas estrangeiros creditam a política acanhada do Brasil à campanha por uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU. Obama ignorou a abstenção do Brasil na ONU e mandou atacar a Líbia durante a visita ao Rio, há um ano e após discurso moderado de Dilma. Dilma não quis mais Romero Jucá (PMDB-RR) como Líder Governo no Senado, mas não mexe no vice-líder: seu amigo Gim Argelo (PTB-DF). (Blog do Claudio Humberto)

18 de março de 2012, 21:02

BRASIL Brasileiras são libertadas após sequestro no Egito

As duas turistas brasileiras que foram sequestradas neste domingo junto com um guia egípcio supostamente por um grupo de beduínos no sul da Península do Sinai, no leste do Egito, foram libertadas por seus sequestradores. Segundo fontes oficiais citadas pela agência oficial egípcia “Mena”, as turistas brasileiras e o homem egípcio, que retornavam de uma visita ao mosteiro de Santa Catarina, no Monte Sinai, foram libertados após a mediação de líderes das tribos beduínas da região. As mesmas fontes afirmaram que a libertação aconteceu sem que fosse cumprida qualquer exigência dos sequestradores. Leia mais em O Globo.

18 de março de 2012, 19:51

MUNDO Itamaraty acompanha de perto sequestro de brasileiras

O Ministério de Relações Exteriores confirmou o sequestro, por parte de um grupo de beduínos, de duas turistas brasileiras e um guia local no Egito e disse que as negociações para tratar a libertação das reféns ‘estão em curso’. Segundo um porta-voz da Chancelaria brasileira, a embaixada no Cairo acompanha de perto as negociações do Ministério do Interior do Egito para libertar as turistas. Fontes oficiais apresentaram informações conflitantes sobre a idade das vítimas. Uma informação preliminar afirmava que as duas eram adolescentes, mas um policial disse que uma tem 18 anos e a outra 40. Os sequestradores, que viajavam em um veículo 4×4, interceptaram o ônibus no qual viajava um grupo com cerca de 45 turistas brasileiros na região de Wadi Firan, no sul da Península do Sinai, e levaram as duas mulheres e seu guia. Eles retornavam à capital egípcia após visitar o mosteiro de Santa Catarina, que está situado no Monte Sinai. O resto dos turistas está viajando a ‘um lugar seguro’, escoltados por policiais e militares egípcios, segundo o Ministério de Relações Exteriores. Leia mais na Veja.

18 de março de 2012, 11:01

MUNDO ‘Apoio do Brasil a Assad é uma política estúpida’

“O apoio do governo brasileiro ao regime de (Bashar) Assad indica uma visão política estúpida, porque o povo sírio não quer Assad.” Esse é o recado para o Brasil do capitão Ayham al-Kurdi, comandante do Exército Sírio Livre (ESL) em Hama, um dos epicentros da guerra civil, no oeste do país. Em entrevista ao Estado, Al-Kurdi revela que a Líbia tentou enviar armas ao ESL, mas falta um corredor para permitir seu transporte. Um dos primeiros oficiais a desertar, em 27 de junho, quando ainda não havia o acampamento que hoje abriga cerca de mil pessoas, entre militares e suas famílias, Al-Kurdi recebeu o repórter no apartamento de seu irmão, na periferia de Antakya, a 25 km da fronteira com a Síria. O capitão, de 30 anos, cruzou a fronteira à paisana, com toda a família, depois que o Exército descobriu seu plano de desertar, com outros oficiais, e confiscou seu carro e sua arma. Leia mais no Estadão.

Lourival Sant’Anna, Estadão.com.br

17 de março de 2012, 10:10

MUNDO Fonte identifica militar acusado de massacre no Afeganistão

Foto: Spc. Ryan Hallock / DVIDS / AFP

Sargento Robert Bales (esq.), em foto de agosto de 2011, durante treinamento em uma base na Califórnia, EUA

O sargento norte-americano acusado de matar 16 civis nesta semana se chama Robert Bales, disse uma autoridade dos EUA, falando sob anonimato e sem dar detalhes adicionais sobre ele. Bales é acusado de ter saído no meio da noite do seu quartel na província de Kandahar para matar civis – inclusive mulheres e crianças – em duas aldeias dos arredores, no domingo, num incidente que deteriorou ainda mais as já tensas relações entre Washington e Cabul. O sargento que chegou na sexta-feira aos Estados Unidos foi levado para uma prisão militar no Kansas. Ainda não está certo quando ele irá a júri. Segundo o secretário de defesa, Leon Panetta, disse que dependendo das investigações e do julgamento, a pena de morte pode ser considerada. Líderes afegãos exigem que o suspeito seja levado a um tribunal por conta dos assassinatos. (Reuters)