20 de janeiro de 2012, 12:06

MUNDO Dono do Megaupload se tranca com espingarda antes de ser preso

A polícia da Nova Zelândia apreendeu um Cadillac rosa ano 1959 e congelou milhões de dólares em uma operação para prender Kim “Dotcom” Schmitz, dono do site Megaupload. Schmitz, um alemão de 37 anos que tem residência na Nova Zelândia e em Hong Kong, foi preso com três outros homens em sua casa. Ao perceber que a polícia havia invadido a mansão, o criador do site se trancou em uma sala-cofre com uma espingarda de cano curto. “Ele se escondeu dentro da casa e ativou vários mecanismos eletrônicos de tranca”, disse o detetive Grant Wormald, responsável pela operação. O governo dos EUA pede a extradição de Kim Schmitz. Ele é acusado de infringir leis de direitos autorais e de lavagem de dinheiro, o que teria causado prejuízos de “mais de meio bilhão de dólares”. (AFP)

20 de janeiro de 2012, 10:32

MUNDO Ex-ministro argentino diz que país faz ‘protecionismo defensivo’

Para o ex-ministro de Economia da Argentina Martin Lousteau, 41, as declarações do ministro Pimentel ilustram o atual momento conflitivo da relação comercial dos dois países. “É preciso desfazer esse clima para que o bem-estar geral não seja sacrificado por alguns interesses. Isso requer da política um compromisso a nível presidencial para que a situação não piore.” Lousteau, que atuou na primeira gestão de Cristina Kirchner, mas se afastou do governo depois da crise com o campo, em 2008, acha que o protecionismo argentino praticado pelo governo é demasiado “defensivo” e que o país deveria imitar o protecionismo brasileiro, que estaria encontrando na crise mundial uma oportunidade para apresentar-se de outro modo nos fóruns internacionais. Leia a entrevista completa na Folha.

19 de janeiro de 2012, 20:43

MUNDO FBI bloqueia Megaupload por distribuição em massa de pirataria na internet

O FBI, polícia federal dos Estados Unidos, restringiu o acesso ao site de compartilhamento Megaupload, que saiu do ar nesta quinta-feira (19). De acordo com a autoridade policial americana, o site “promove a distribuição em massa” de conteúdo protegido por direitos autorais. O prejuízo causado pelo Megaupload e outros serviços de compartilhamento afiliados ao site chega à ordem de US$ 500 milhões, informa a polícia americana. Apesar de a decisão, em tese, afetar apenas usuários americanos do Megaupload, a página de compartilhamento também estava indisponível quando acessada do Brasil na noite desta quinta. O bloqueio foi realizado um dia depois de diversos sites norte-americanos protestarem contra dois projetos de lei antipirataria.Poucas horas após o anúncio do fechamento do Megaupload, hackers do grupo Anonymous informaram pelo Twitter um ataque aos sites da Universal Music, uma das companhias que acusam o Megaupload de pirataria, e ao site do Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Os dois sites ficaram inacessíveis após a divulgação da retaliação. (UOL)

19 de janeiro de 2012, 20:12

MUNDO O repórter deve contestar um entrevistado que mente ou distorce fatos?

Esta pergunta não é nova, mas esta semana provocou um grande bate boca na internet e nos meios jornalísticos. Ela foi feita por ninguém menos que o Editor do Público do jornal The New York Times. Arthur Brisbane fez, em sua coluna, uma pergunta que tocou numa das bases da profissão e deixou claro como está mudando o ambiente geral no jornalismo nesta era de transição de modelos informativos.

Os repórteres deveriam contestar as afirmações de um entrevistado quando houver evidências de que ele não está dizendo a verdade? A pergunta foi feita no momento em que se inicia a campanha eleitoral norte-americana para a sucessão do presidente Barack Obama e, como é praxe na política, os candidatos mentem, distorcem e omitem fatos pensando nas pesquisas de intenção de votos.

O contexto político e a sugestão de Brisbane não são específicos dos Estados Unidos, pois se referem a uma realidade existente em dezenas de outros países, inclusive aqui no Brasil. Temos eleições nacionais e regionais a cada dois anos, quando somos levados a testemunhar uma periódica avalancha de cinismo político, onde apenas os casos mais gritantes merecem alguma consideração crítica.

O papel da imprensa como patrulha do governo, políticos, empresários e personalidades públicas está consagrado na retórica convencional e nos manuais da mídia. Por isto não deveria surpreender e nem muito menos gerar resistências no meio profissional. Mas acontece que a realidade não é bem esta.

A questão da objetividade e isenção surge quase que automaticamente quando aparece uma discussão como a provocada pelo Editor do Público do NYT. Para os defensores da isenção, os jornalistas devem se limitar a reproduzir o que vêem ou ouvem, e só em ocasiões especiais, o que sentem e sabem.

Seriam observadores acima dos conflitos de interesses e opiniões. Algo que o filosofo norte-americano Thomas Nagel tentou esclarecer cunhando a expressão The View from Nowhere, que poderia ser traduzida por observação a partir de nenhum lugar.

A isenção plena seria uma condição utópica onde o jornalista veria a realidade sem se envolver nela, como se estivesse observando o planeta Marte por um telescópio. É óbvio que este tipo de postura não existe, mas mesmo assim os quesitos isenção e objetividade fazem parte do discurso oficial das empresas jornalísticas e de muitos jornalistas.

Leia mais em O repórter deve contestar um entrevistado que mente ou distorce fatos? 

Carlos Castilho, Observatório de Imprensa

19 de janeiro de 2012, 19:07

MUNDO Na Disney, Obama diz que EUA facilitarão emissão de vistos a brasileiros

Em discurso em frente ao castelo da Cinderela, na Walt Disney World, em Orlando, o presidente dos EUA, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que a emissão de vistos para turistas do Brasil e da China levará em média 40% menos tempo até o fim deste ano, e apresentou medidas para facilitar o processo –entre elas a possibilidade de isenção de entrevista em alguns casos. Entre as novidades divulgadas pela Casa Branca para agilizar a concessão de vistos para brasileiros está a possibilidade de abolir a entrevista pessoal em um consulado. Quem precisa apenas renovar um visto vencido ou integrantes de determinados grupos que não apresentam “riscos” se encaixam na nova regra. Leia mais no UOL.

19 de janeiro de 2012, 10:14

MUNDO Costa Cruzeiros pagará passagem e danos a passageiros de navio

A Costa Cruzeiros, proprietária do Costa Concordia, o navio que naufragou na última sexta-feira em frente à ilha italiana de Giglio, anunciou nesta quinta-feira, 19, que está entrando em contato com passageiros e associações de consumidores para “reembolsar a passagem e as demais despesas materiais”. O presidente e executivo-chefe da Costa Cruzeiros, Pier Luigi Foschi, enviou uma carta a todos os passageiros para defender a atuação da companhia e de sua tripulação. Na nota da empresa italiana é informado que está contatando todos os passageiros para se certificar de que conseguiram retornar a suas casas, saber de seu estado de saúde e confirmar que abonará o custo do bilhete de embarque e as outras despesas materiais que tiveram devido ao acidente. (Estadão)

19 de janeiro de 2012, 08:15

MUNDO Kodak pede concordata para reorganizar seus negócios

A centenária companhia fotográfica Eastman Kodak apresentou perante um tribunal de Nova York um pedido de quebra concordata para reorganizar seus negócios, informou a própria empresa nesta quinta-feira através de comunicado em seu site. Com esta solicitação, a Kodak pretende reforçar a liquidez nos Estados Unidos e no exterior, rentabilizar a propriedade intelectual não estratégica, solucionar a situação dos passivos e concentrar-se nos negócios mais competitivos. A Kodak, fundada em 1888 e com sede em Rochester (Nova York), dedicou a maior parte de seus investimentos durante os últimos anos à área digital e a materiais de alta tecnologia, responsáveis por 75% de sua receita em 2011. O Conselho de Administração, liderado pelo espanhol Antonio Pérez, acredita que esta solicitação é um passo necessário para garantir o futuro da empresa. A companhia comunicou que firmou um acordo creditício com o Citigroup para um aporte de US$ 950 milhões, a devolver em 18 meses, o que permitirá aumentar sua liquidez. Após o pedido de concordata, porém, esta linha de crédito estará sujeita a aprovação judicial. (Exame)

18 de janeiro de 2012, 20:04

MUNDO Juíza diz que capitão observou navio afundando na Itália

A juíza Valeria Montesarchio, responsável pelos casos criminais do naufrágio do navio Costa Concordia, afirmou que o capitão do cruzeiro, Francesco Schettino, ficou sobre um cais na ilha italiana de Giglio vendo como o navio afundava antes do término da evacuação. A conclusão foi o que fez com que a magistrada determinasse a prisão domiciliar do comandante da embarcação. Baseada nos depoimentos feitos na investigação, ela concluiu que “existem indícios graves” dos delitos pelos que a Promotoria acusa Schettino. O capitão é acusado de abandono do navio, homicídio culposo múltiplo e naufrágio. Porém, a juíza não viu indícios de tentativa de fuga nem contaminação das apurações, recusando o pedido da promotoria de prisão preventiva. Leia mais na Folha.

18 de janeiro de 2012, 11:58

MUNDO Número de desempregados bate recorde no Reino Unido

O desemprego subiu para 8,4% no Reino Unido em novembro e o número de desempregados estabeleceu pelo quarto mês consecutivo um recorde em 17 anos, atingindo os 2,68 milhões, entre eles um número sem precedentes de jovens, segundo dados oficiais divulgados nesta quarta-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS). A situação continua sendo especialmente difícil para os jovens entre 16 e 24 anos, cuja taxa de desemprego é agora de 22,3%. Com 52.000 desempregados a mais nesta faixa etária, somam agora 1,04 milhão, um recorde desde que os dados começaram a ser copilados em 1992. Os dados sobre o desemprego confirmam a degradação da economia do Reino Unido, que, segundo alguns analistas, estaria às portas de uma nova recessão, afetada pela crise da dívida europeia e o drástico plano de ajuste imposto pelo governo de David Cameron. (AFP)

18 de janeiro de 2012, 11:24

MUNDO Santana e Chávez

Se na Venezuela adversários de Hugo Chávez e até mesmo alguns chavistas dão como certo que João Santana fará a campanha do coronel à (mais uma) reeleição,  o próprio tem dito aos mais próximos que não é bem assim. De acordo com a coluna Radar On Line, da Veja, ele afirma que já teve algumas conversas, mas não tem nada fechado. Agora, além de cuidar da imagem de Dilma Rousseff, Santana está mergulhado na campanha presidencial  do esquerdista Danilo Medina, na República Dominicana. Faltam cinco meses para as eleições de lá. Medina, que já esteve dezenove pontos atrás de Hipólito Mejía e hoje lidera as pesquisas.

18 de janeiro de 2012, 09:24

MUNDO Capitão de navio naufragado é libertado e vai para casa

O comandante do navio de cruzeiro Costa Concordia, que naufragou na sexta-feira matando 11 pessoas, foi libertado durante a noite e levado a Meta di Sorrento, no sul da Itália, onde cumprirá prisão domiciliar, informou nesta quarta-feira a imprensa italiana. Francesco Schettino chegou a sua casa em Meta di Sorrento às 02h00 local (23h00 de Brasília) escoltado por policiais. O capitão Schettino, acusado de homicídios múltiplos por imprudência e abandono de navio, entrou em seu domicílio por uma passagem secundária para evitar os fotógrafos e repórteres. (Veja com agência France-Presse)

18 de janeiro de 2012, 07:27

MUNDO Casa Branca é fechada após suspeita de bomba

A Casa Branca, residência oficial do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi fechada na noite de terça-feira após uma suspeita de bomba. Autoridades investigavam uma possível bomba de fumaça que foi arremessada nos jardins que rodeiam a casa, informou um porta-voz do serviço secreto norte-americano. Segundo a NBC News, alguém arremessou o que aparentava ser uma bomba de fumaça pelo portão da Casa Branca na noite desta terça-feira. O incidente ocorreu durante os protestos do movimento Occupy DC que aconteciam em frente à Casa Branca. Por volta de mil pessoas participavam do protesto. A multidão foi dispersada. Ninguém foi preso. Até a 1h30 desta quarta (18), não havia informações sobre o presidente Barack Obama e a primeira-dama Michelle Obama. (Reuters)

17 de janeiro de 2012, 22:21

MUNDO Lista com 28 desaparecidos em Transatlântico não possui brasileiros

A prefeitura da cidade de Grosseto, onde foi instalado o gabinete de crise que coordena a operação de resgate no transatlântico naufragado Costa Concordia, divulgou na noite desta terça-feira os nomes de 28 desaparecidos no desastre, ocorrido na noite da última sexta-feira. A administração local ressaltou que a informação “ainda está sendo atualizada”, o que significa que a lista pode incluir ao menos um dos cinco corpos encontrados nesta terça, o que elevou para 11 o número de mortos confirmados no acidente.A relação da Prefeitura de Grosseto contém 13 alemães, seis italianos, quatro franceses, dois americanos, uma peruana, um indiano e um húngaro – quatro deles são integrantes da tripulação e o restante, passageiros. Mais cedo havia ainda um outro alemão considerado desaparecido mas, de acordo com a imprensa italiana, autoridades do gabinete de crise afirmaram que ele foi localizado, são e salvo, na Alemanha. Leia mais na Veja.

17 de janeiro de 2012, 18:40

MUNDO Em protesto, Wikipédia vai suspender suas atividades durante 24 horas

A Wikipédia vai manter sua versão em inglês fora do ar durante 24 horas a partir da meia-noite (3h em Brasília) de quarta-feira como forma de protesto contra as leis antipirataria Stop Online Piracy Act (SOPA) e Protect IP Act (PIPA), que tramitam, respectivamente, na Câmara dos Representantes e no Senado dos Estados Unidos. Mesmo depois que a Casa Branca anunciou que não vai apoiar a legislação da maneira como ela foi redigida, o fundador da Wikipédia, Jimmy Wales, decidiu manter sua decisão de suspender as atividades do site. Em um comunicado oficial, Wales e outros administradores dizem que as leis podem ter efeitos “devastadores para a web livre e aberta” e que embora o conteúdo publicado na Wikipédia seja isento, a existência do site não é, por isso as atividades serão suspensas por um dia. Grandes empresas da internet, como Google, Facebook e Amazon, haviam ameaçado realizar um apagão, mas até agora nenhuma data havia sido marcada. O site Reditt, feito a partir de conteúdo postado por usuários, e o blog Boing Boing, especializado em tecnologia, também vão participar do apagão. O CEO do twitter, Dick Costolo, criticou a decisão: “fechar um negócio global em reação a uma tema específico de política nacional é bobagem”, escreveu em sua conta no microblog. Wales contestou a declaração de Costolo. Depois de trocar tweets sobre o tema, os dois chegaram a um acordo. (Revista Época)

17 de janeiro de 2012, 17:30

MUNDO Vice-presidente do Peru renuncia após escândalo de corrupção

O segundo vice-presidente do Peru, Omar Chehade, renunciou ao cargo em meio a um escândalo de corrupção por um suposto caso de tráfico de influência, a poucas horas de uma votação importante no Congresso sobre o seu futuro político, afirmaram parlamentares nesta terça-feira. Ele apresentou na noite de segunda-feira a sua carta de renúncia ao presidente Ollanta Humala, que já havia pedido a Chehade há alguns meses que tomasse alguma medida para pôr fim ao escândalo que atingiu sua imagem da luta contra a corrupção. (Reuters)