4 de fevereiro de 2012, 09:41

MUNDO ‘Países como Brasil têm de decidir entre os sírios ou Assad’

A chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, desembarca amanhã no Brasil em busca do apoio do governo de Dilma Rousseff a uma resolução patrocinada pela Liga Árabe contra o regime do ditador sírio, Bashar Assad. Em entrevista exclusiva ao Estado, a “chanceler” da União Europeia (UE) pediu apoio do Brasil aos manifestantes pró-democracia na Síria. Segundo ela, a comunidade internacional precisa decidir se está do lado do povo sírio ou de um regime repressor. Ashton elogiou a evolução econômica e o protagonismo político do País na cena mundial, mas evitou respaldar a intenção brasileira de obter um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas. Leia a entrevista no Estadão.

3 de fevereiro de 2012, 15:30

MUNDO Rússia não vai interromper vendas de armas para a Síria

O vice-ministro da Defesa russo, Anatoly Antonov, afirmou nesta quinta-feira que o país não vai interromper a venda de armas para a Síria, mesmo após esforços da comunidade internacional pelo fim da repressão violenta do regime do presidente Bashar al-Assad às manifestações da oposição. Antonov disse que a Rússia não está violando nenhuma de suas obrigações internacionais com o comércio. Moscou vem apoiando a Síria, desde que os protestos antigovernistas eclodiram no país, em março, e foram, consequentemente, reprimidos com força pelo governo de Damasco. (O Globo)

3 de fevereiro de 2012, 15:20

MUNDO Trabalhadores temem por empregos e greve fracassa em Portugal

Nem os trens nem os ônibus pararam. Os bancos abriram em Lisboa. O fraco apoio à greve nos transportes nesta quinta-feira refletiu uma falta de apetite por ação militante dos trabalhadores, mais preocupados com os empregos ameaçados pela crise da dívida cada vez maior em Portugal. Já enfrentando o período de maior dificuldade em décadas, Portugal esteve sob pressão crescente ao longo do último mês por causa dos temores de que será forçado a buscar outro socorro financeiro, além da ajuda atual de € 78 bilhões, ou reestruturar suas dívidas, como a Grécia. Houve recuperação das ações italianas, irlandesas e espanholas, mas as de Portugal permanecem sob a dúvida de se o governo português poderá arcar com sua dívida. (Folha)

3 de fevereiro de 2012, 12:00

MUNDO Desemprego dos EUA volta a cair em janeiro e fica em 8,3%

O índice de desemprego nos Estados Unidos caiu para 8,3% em janeiro, com a adição de 243 mil novas vagas no mercado de trabalho, segundo dados oficiais divulgados nesta sexta-feira. O nível é o mais baixo desde fevereiro de 2009. O indicador veio acima da expectativa do mercado, que previa que a taxa permanecesse em 8,5%, nível do fim de 2011. Segundo o jornal americano “The Wall Street Journal”, economistas esperavam também que apenas 125 mil novas vagas fossem criadas. “O crescimento do número de vagas de trabalho foi generalizado no setor privado, com grandes ganhos em serviços, lazer e hospedaria, e manufatura”, apontou o documento divulgado pelo Departamento de Trabalho dos EUA. O relatório também indicou que o crescimento do setor de trabalho foi mais forte nos meses anteriores do que havia sido divulgado previamente, com a economia ganhando 60 mil novas vagas a mais do que os dados que haviam sido medidos para novembro e dezembro de 2011. (Folha)

3 de fevereiro de 2012, 11:00

MUNDO Manifestantes cercam ministério em novo dia de protestos no Egito

Foto: AP

Oposição pede saída da junta militar após morte de 74 em jogo de futebol

Manifestantes continuavam nesta sexta-feira os protestos contra a junta militar egípcia, dois dias após o massacre de 74 pessoas após um jogo defutebol em Port Said. Ativistas sitiaram a sede do ministério do Interior, no Cairo. Uma pessoa morreu na capital após ser atingida pelo disparo de uma espingarda de caça, e outras duas foram mortas na cidade de Suez, onde a polícia usou munição real para conter uma multidão que tentava invadir uma delegacia, segundo testemunhas e o serviço de ambulâncias. Os manifestantes acusam as autoridades de conivência ou mesmo de responsabilidade direta pelo tumulto ocorrido na noite de quarta-feira na localidade de Port Said, durante o jogo entre o time local Al Masry e o Al Ahli, do Cairo. (G1, com agências internacionais)

3 de fevereiro de 2012, 10:15

MUNDO Corte suíça recebe 5 recursos no caso de corrupção na Fifa

O caso de corrupção na Fifa envolvendo a ISL, ex-agência de marketing da entidade, falida em 2001, será avaliado pela Corte Federal da Suíça. Com isso, poderá levar meses para que a Fifa torne públicos os documentos do caso, considerado o maior escândalo de corrupção da história da centenária entidade. A corte informou ontem que abriu cinco processos em separado e que eles podem levar meses para serem analisados. No final de 2011, o tribunal de Zug, na Suíça, deu à Fifa prazo de 30 dias para divulgar os documentos da ISL, falida em meio a denúncias de fraude e corrupção. Há duas semanas, a Fifa informou à Folha que estava determinada a publicar os documentos e que o faria assim que fosse legalmente possível. E salientou que as partes envolvidas tinham até ontem para recorrer da decisão de Zug e impedir que os documentos viessem à tona. As partes que recorreram da decisão estão sob sigilo. (Folha)

2 de fevereiro de 2012, 13:44

MUNDO Baiana é julgada na França por envenenar companheiro

Uma baiana de 42 anos deverá comparecer a partir desta quinta-feira ao Trbibunal de Isère (sul da França) por ter envenenado em 2004 o seu companheiro francês, cujo corpo foi encontrado quatro anos depois enterrado em uma duna no Brasil, após uma longa investigação. Processada por homicídio, Denize Soares, que nega os fatos, é suspeita de ter dado a Sèbastian, 31 anos, doses letais de cianeto e de ter escondido o seu corpo, enquanto estavam de férias no Brasil, em agosto de 2004. A mulher viajou com a vítima e o filho do casal, de 18 meses, para apresentá-lo à sua família em Salvador, Bahia. Ela retornou à França três semanas depois sem o parceiro. Denize contou aos sogros, com quem trabalhava em uma floricultura na cidade de Grenoble, que o filho “adorou o charme do Brasil e decidiu prolongar a sua estadia”, antes de mudar diversas vezes a sua versão. Os pais receberam vários cartões postais escritos pelo filho. Mas, a investigação revelou que a correspondência foi enviada pela própria Denize dias depois do desaparecimento de Sèbastian. O casal também contou aos investigadores que a nora havia lhes mostrado um vídeo, no qual o filho falava sobre a sua intenção de se estabelecer no Brasil. As imagens, gravadas no dia 17 de agosto, dia presumido da morte de Sébastien, mostravam o jovem aparentemente sob o efeito de medicamentos. Sem receberem nenhuma ligação telefônica do filho por 8 meses e sabendo do saque de 10 mil euros de sua conta bancária, os pais de Sébastien finalmente foram para o Brasil em 2005. Após descobrirem que ninguém morava no endereço indicado e que todos pensavam que Sébastien estava na França, prestaram queixa nas polícias francesa e brasileira, que iniciaram uma longa investigação de 4 anos. Os investigadores da polícia judiciária de Grenoble notaram que a acusada tinha retirado 34 mil euros das contas de seu companheiro sem ter procuração legal. Também revelaram transações “fraudulentas” ligadas a dois seguros de vida, que lhe renderam mais 50 mil euros. Presa em setembro de 2006, Denize Soares foi posta em liberdade um ano depois por falta de provas e ausência de cadáver. Antes da prescrição do caso, em abril de 2008, um testemunho inesperado provocou uma reviravolta na investigação. Um homem afirmou aos investigadores que um irmão de Denize confessou a ele ter ajudado a esconder o corpo na areia. Com as indicações da testemunha, a polícia encontrou o corpo em uma área isolada em Salvador. O irmão de Denize confessou à polícia que ela o pediu para comprar o veneno, que foi colocado na cerveja do companheiro. Depois, ela pediu para que ele lhe ajudasse a esconder o corpo. Denize Soares foi detida pela segunda vez e colocada em prisão preventiva. O irmão dela, que será julgado no Brasil por cumplicidade no crime, será ouvido no julgamento desta quinta-feira através de videoconferência. (Terra)

2 de fevereiro de 2012, 12:23

MUNDO Premiê reconhece responsabilidade política por tragédia no Egito

O primeiro-ministro do Egito, Kamal Ganzuri, reconheceu nesta quinta-feira, ser o responsável político pela briga de torcidas que aconteceu em um estádio na cidade de Port Said, em que pelo menos 74 pessoas morreram. “Estou disposto a cumprir com qualquer instrução que me peça explicações, porque sei que sou o responsável político”, afirmou. O premiê informou à Câmara Baixa do Parlamento e ao presidente da Federação de Futebol do Egito que destituiu os chefes dos serviços de Segurança e Inteligência de Port Said após a tragédia. A junta militar decretou luto de três dias em memória às vítimas do confronto. (Folha)

2 de fevereiro de 2012, 10:37

MUNDO Manifestantes protestam no Cairo após morte de 74 em jogo no Egito

Foto: AFP

Torcedor ferido chega ao Cairo a bordo de avião militar nesta quinta-feira

Manifestantes interromperam o trânsito de carros na Praça Tahrir, no centro do Cairo, em protesto contra a tragédia da noite anterior, que deixou mais de 70 mortos em um jogo de futebol na cidade mediterrânea de Port Said. Os acessos ao prédio da rádio e da TV estatais estão bloqueados. Centenas de pessoas estão acampadas na Praça desde 25 de janeiro, pedindo a saída imediata da junta militar que governa o país desde a queda do regime do ditador Hosni Mubarak, no ano passado. No prédio do Ministério do Interior, as medidas de segurança foram intensificadas, por temor de que os torcedores do Al Ahli, um dos implicados nos incidentes da véspera, e seus rivais do Zamalek entrem em confronto na região. (G1, com agências internacionais)

2 de fevereiro de 2012, 09:41

MUNDO Blogueira cubana se diz “decepcionada” com Dilma

Yoani Sánchez

De Havana, onde edita seu blog Generación Y, a dissidente cubana e colunista do Estado Yoani Sánchez disse ontem, à rádio Estadão ESPN, que está “decepcionada” com a atitude da presidente Dilma Rousseff de evitar o debate sobre direitos humanos em sua passagem por Cuba. “Foi uma pena, uma oportunidade perdida”, afirmou Yoani, que uma semana antes recebeu da mesma Dilma a autorização para vir ao Brasil. “Teria sido um bom momento para um gesto diplomático e solidário com os cidadãos, não só com o governo”, afirmou a dissidente. Na entrevista por telefone, Yoani revelou que deve sair amanhã a resposta do governo de Cuba ao pedido para viajar para o Brasil. Ela é aguardada no dia 10 em Jequié, na Bahia, onde estreará um documentário em que ela aparece como personagem. Até agora, segundo contou, ela fez 18 tentativas de sair da ilha, todas negadas. “Se a resposta sair, será agradável. Mas é claro que não estou esperando uma resposta para me exilar. Quero conhecer o Brasil e voltar.” (Agência Estado)

2 de fevereiro de 2012, 09:15

MUNDO Oceania: 219 pessoas são resgatadas em naufrágio

A Autoridade Marítima Australiana informou nesta quinta-feira que 219 sobreviventes já foram resgatados após o naufrágio de uma embarcação com mais de 300 pessoas a bordo na Papua Nova Guiné. “Às 16h30 (3h30 de Brasília), oito navios mercantes estavam na região e cinco deles haviam socorrido os sobreviventes”, afirma uma nota da Autoridade Marítima. “Fomos informados que 219 sobreviventes estavam nos navios”, completa a nota. Pouco depois do naufrágio, a Autoridade de Segurança Marítima de Papua Nova Guiné (NMSA) informou que mais de 300 pessoas estavam a bordo da embarcação. A empresa Star Ships perdeu contato com o “MV Rabaul Queen” às 6h00 desta quinta-feira (18h00 de Brasília, quarta-feira), quando a embarcação navegava entre os portos de Kime e Lae, na costa leste do país. (Veja)

2 de fevereiro de 2012, 08:20

MUNDO Jogo de futebol no Egito termina em tragédia com mais de 70 mortos

Um jogo de futebol no Egito terminou em tragédia com dezenas de mortos depois das torcidas invadirem o campo e brigarem no gramado. Inicialmente, a agência de notícias Efe divulgou que ao menos 25 pessoas morreram, mas, mais tarde, Reuters, Associated Press e a própria Efe informaram que eram mais de 50 as vítimas fatais. Em seguida, o Ministério egípicio da Saúde confirmou 73 mortes. Depois, o número passou para 74, segundo a Associated Press. “Isso é lamentável e profundamente triste. É o maior desastre da história do futebol egípicio”, disse o vice-ministro da Saúde, Hesham Sheiha, à TV estatal do país, segundo a Reuters. A confusão aconteceu depois de uma partida entre os times Al Ahly, do Cairo, e Al Masry, de Port Said, local do confronto (que fica a 200 km da capital), que terminou 3 a 1 para os anfitriões. Segundo a Associated Press, os torcedores da casa começaram a jogar pedras e garrafas sobre os rivais e feriram também os jogadores do Al Ahly. Testemunhas contaram para a agência Efe que a torcida local passou a provocar os rivais a cada gol. No final, irritados, os seguidores dos dois times invadiram o campo. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, classificou a tragédia como inimaginável. (Folha)

2 de fevereiro de 2012, 07:32

MUNDO Navio com cerca de 350 passageiros afunda na Oceania

Uma embarcação de passageiros com cerca de 350 pessoas a bordo afundou nesta quinta-feira no litoral noroeste de Papua Nova Guiné, informou a imprensa australiana. A Autoridade Nacional Marítima do país afirmou que a tripulação do navio MV Rabaul Queen, da companhia Star Ships, enviou um pedido de auxílio no começo da manhã, quando navegava entre as localidades de Kimbe e Lae. Equipes de resgate foram mandadas ao local e conseguiram resgatar até agora 193 sobreviventes do acidente. Participaram da operação oito navios que estavam nas proximidades do local, disse a porta-voz da Autoridade Nacional de Segurança Marítima da Austrália, Carly Lusk, à emissora de televisão australiana ABC. Até o momento, a autoridade não informou as circunstâncias do acidente e nem o que aconteceu com os outros náufragos, que, segundo a polícia de Papua Nova Guiné, são em sua maioria estudantes e aprendizes de professores. (EFE)

2 de fevereiro de 2012, 07:25

MUNDO Reator nuclear nos EUA é desligado após ‘leve’ vazamento

Um dos reatores nucleares da usina de San Onofre, entre Los Angeles e San Diego, foi desligado na última quarta-feira devido a um “leve” vazamento radioativo que não apresentaria perigos para a população, segundo autoridades americanas. A fuga de gás radioativo, que ocorreu em um duto de vapor localizado em uma instalação do reator, foi detectada na terça-feira à noite, segundo a autoridade americana de segurança nuclear (NRC). Foi lançado então um alarme e o reator foi desligado, afirmou Victor Dricks, porta-voz do orgão. O prédio no qual ocorreu o vazamento não é hermético e é possível que um “nível muito leve” de radioatividade tenha se dispersado na atmosfera, detalhou Dricks. (Veja com Agência France Press)

1 de fevereiro de 2012, 19:45

MUNDO ‘Estamos abertos a receber cidadãos haitianos’, diz Dilma no Haiti

Foto: EBC

Presidente Dilma Rousseff

Em declaração à imprensa após uma reunião com o presidente do Haiti, Michel Martelly, a presidente Dilma Rousseff disse que o Brasil está aberto para receber haitianos. Desde o terremoto que devastou o país em 2010, cresceu o número de imigrantes haitianos no Brasil, que já chegam a 4 mil, segundo o Ministério da Justiça. Em Porto Príncipe, Dilma reafirmou a disposição de receber os imigrantes ao destacar a decisão, anunciada no início de janeiro, de conceder 1,2 mil vistos especiais de trabalho por ano para os haitianos e suas famílias. “Reiterei que continuaremos cooperando para criar para os haitianos condições de vida melhores no próprio Haiti. Deixei claro, no entanto, que como é da natureza dos brasileiros, estamos abertos a receber cidadãos haitianos que optem por buscar oportunidades no Brasil”, disse em declaração à imprensa. (G1)