6 de maio de 2019, 10:09

INTERIOR DA BAHIA Vitória da Conquista: Vereadores elogiam prefeito por entregas na área de saúde

Foto: Divulgação/Arquivo

O prefeito Herzem Gusmão diz que está trabalhando muito e avançando na área de Saúde no município

Com o objetivo de oferecer mais comodidade para os pacientes e profissionais, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, entregou na última sexta-feira (3) as reformas das instalações da Unidade de Saúde da Família, em Dantilândia, e do Posto de Saúde Joel Batista dos Santos, no povoado de Corta Lote. “Estou muito feliz com essas entregas porque saúde é uma grande demanda, sinalizada inclusive pela população através de pesquisas. Nós estamos trabalhando muito e avançamos na Saúde, isso é uma benção de Deus”, declarou o prefeito Herzem Gusmão. As solenidades de entrega foram prestigiadas por membros do governo municipal, lideranças locais e os vereadores Gilmar Ferraz, Lúcia Rocha e Osmário Lacerda. Na ocasião, o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Gilmar Ferraz, afirmou: “O prefeito Herzem tem trabalhado não só na Zona Urbana, mas também na Zona Rural e agora vemos essas duas importantíssimas inaugurações”. A Unidade de Saúde de Dantilândia recebeu melhorias na instalação elétrica, pintura, novos móveis e equipamentos. Lá, 16 profissionais atuam em serviços essenciais, acompanhando 819 famílias, o que representa cerca de 2.816 pessoas. Totalmente restaurado, o posto de saúde em Corta Lote será aberto para a população. A nova unidade conta com uma estrutura formada por sala de espera, consultório, farmácia, depósito e sanitário. O terreno onde está instalado o posto de Saúde foi doado ainda em vida por Joel Batista dos Santos, que dá nome ao equipamento. Filha de Joel, Maísa Santos Sousa fala da satisfação em receber este serviço: “É muito gratificante, é uma alegria para comunidade porque não tínhamos o posto e hoje está aí. Nós agradecemos muito a Prefeitura e a Osmário por ter nos conscientizado a doar, pois é um benefício à comunidade”. O equipamento vai beneficiar 150 famílias, aproximadamente 500 pessoas. A comunidade local já é atendida pela equipe de Saúde de São João da Vitória, que realiza atendimentos médicos, atendimentos de enfermagem e procedimentos técnicos.

26 de abril de 2019, 19:35

INTERIOR DA BAHIA Vereador de Conquista é alvo de operação da PF por compra de votos e ameaças

Foto: Reprodução/Facebook

O vereador Rodrigo Oliveira da Silva Moreira (PP)

O vereador Rodrigo Oliveira da Silva Moreira (PP) voltou a ser alvo de uma operação da Polícia Federal em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Ele é suspeito de ameaçar testemunhas de acusação numa ação penal que tramita contra ele na Justiça Federal. A operação aconteceu nesta sexta-feira (26). Segundo a polícia, o vereador de 40 anos fazia ameaças por meio de terceiros. Durante a operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa do parlamentar e de pessoas ligadas a ele. Moreira é suspeito de liderar um suposto esquema de compra de votos nas eleições de 2016, quando foi eleito por quórum partidário. Esta é a segunda fase da operação – a primeira ocorreu no dia 30 de agosto de 2018, quando o parlamentar foi afastado do cargo pela Justiça Federal. Ele voltou ao posto três meses depois, por decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Desta vez, na segunda fase do processo, não houve afastamento do cargo. Além da busca e apreensão, a polícia cumpriu mais quatro mandados de medidas cautelares que proíbem os investigados de manterem contato com as testemunhas, além de dois mandados de intimação. Segundo a PF, participaram da operação 20 policiais federais. “O investigado [vereador Rodrigo Moreira] queria influenciar duas pessoas a mudar o depoimento contrário a ele. Foram as pessoas que procuraram a PF para denunciar que estavam sendo assediadas. Elas disseram que as conversas foram em tom de ameaça”, disse o delegado federal Jorge Vinícius Gobira. Moreira é filho do ex-presidente da Câmara de Vereadores Gilzete Moreira, também envolvido no suposto esquema, assim como o advogado Matheus Moreira, irmão do vereador. Os supostos sufrágios eleitorais consistiam em trocar votos por cargos de confiança em órgãos do Estado e da Prefeitura de Vitória da Conquista. Um dos órgãos usados era o da 4ª Ciretran (Detran), que já foi coordenado pelo irmão do vereador e por outros envolvidos no esquema, a exemplo de Javan Rodrigues dos Santos. Membros da empresa Socializa, que administra o novo presídio de Vitória da Conquista, e sócios administradores do consórcio Zona Azul, responsável pelos estacionamentos no trânsito da cidade, também estão envolvidos. As informações são do jornal Correio*.

26 de abril de 2019, 14:30

INTERIOR DA BAHIA Braskem doa RS 3 mi para a construção de galpão que vai gerar centenas de empregos em Madre de Deus

Foi assinado hoje (26), no gabinete do prefeito Jeferson Andrade, um Termo de Doação onde a Braskem destina RS 3 milhões para a construção de um galpão de cerca de 3.000 m2 onde funcionará uma empresa com potencial de geração de 400 postos de trabalho em Madre de Deus. Ainda neste ano será instalada no galpão a empresa Conforto Calçados, que fabrica Equipamentos de Proteção Individual (EPI). A doação é destinada ao Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS). E é necessário que a Câmara Municipal de Madre de Deus aprove uma rubrica para a obra ser licitada e construída através de um crédito especial do FMAS no valor da doação realizada pela Braskem. “Há dois anos estamos realizando um trabalho de captação de negócios para o município. E conseguimos, após meses de negociação, esta Parceria Público Privada (PPP) com a Braskem que teve como finalidade viabilizar este Termo de Doação”, afirmou o prefeito Jeferson Andrade. A assinatura do Termo de Doação contou com a presença de Sandra Lima e Mário Dias, da diretoria de Relações Institucionais da Braskem, do presidente da Câmara Municipal de Madre de Deus, Paulinho de Nalva, e dos vereadores Marden Lessa e Cláudia Copque. Roberto Soledad, consultor Jurídico da Prefeitura, e Djalma Machado, representante do Consórcio Somar, também prestigiaram a reunião.

24 de abril de 2019, 18:00

INTERIOR DA BAHIA Festival de Música Regional em Nova Redenção terá shows e prêmios em dois dias de evento

Além da apresentação dos 24 concorrentes, o sétimo Festival de Música Regional da Chapada Diamantina, a ser realizado nos próximos dias 26 e 27 de abril, no município de Nova Redenção, oferecerá ao público local as atrações musicais Dani Lasalvia, Pereira da Viola e Marcelo Fonseca. Pereira se apresenta na sexta-feira (26) e os outros dois artistas comandam a folia no sábado (27). Nesses dias, a música regional de todos estilos será protagonista na cidade. É preciso lembrar que entre os 24 escolhidos para apresentar suas canções até quatro poderão ficar com os prêmios em dinheiro. O primeiro colocado ficará com R$7 mil, o segundo com R$3 mil e a terceira colocação tem o prêmio de R$ 2 mil. Além disso, os compositores participarão de uma disputa para ganhar também R$2 mil pela Melhor Letra. Idealizador e um dos organizadores do festival, o ex-prefeito Ivan Soares destaca a importância da cultura e da música na sociedade contemporânea. Ele também frisa que o evento está na programação da Semana de Cultura que começou na terça-feira (23) em Nova Redenção com a presença da prefeita Guilma Soares (PT). “É um momento importante. A música proporciona reflexão, bem-estar, facilita a concentração e o desenvolvimento do raciocínio. E é o que mais precisamos ultimamente”, destaca o ex-gestor.

23 de abril de 2019, 19:52

INTERIOR DA BAHIA Podemos reforça bancada de vereadores e terá candidato a prefeito em Alagoinhas

Foto: Divulgação

O deputado federal Bacelar com correligionários da cidade de Alagoinhas

O Podemos vai lançar candidato próprio para disputar a Prefeitura de Alagoinhas no próximo ano. A decisão foi tomada na segunda-feira (22), após acordo firmado entre o presidente do partido na Bahia, deputado federal Bacelar, vereadores do município e o ex-deputado estadual Filadelfo Neto. Os vereadores Anderson Baqueiro, Caio Ramos e Darlan Lucena vão ingressar no Podemos, que já conta com o vereador João Henrique Paolilo. O reforço na bancada motivou a legenda a disputar a eleição para prefeito. “Em Alagoinhas, um município polo regional, nosso partido tem potencial para ser competitivo na eleição para prefeito e eleger seis vereadores em 2020. Estamos estruturando o Podemos para chegarmos ainda mais fortes, nas eleições de 2022”, disse o presidente Bacelar.

23 de abril de 2019, 14:09

INTERIOR DA BAHIA Comissão do Senado aprova empréstimo de US$ 100 milhões para Camaçari

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira (23) parecer favorável à Mensagem da Presidência da República 11/2019, que autoriza a Prefeitura de Camaçari (BA) a tomar empréstimo junto à Corporação Andina de Fomento, no valor de US$ 80 milhões, com contrapartida de US$ 20 milhões, para investimento no Programa de Integração e Desenvolvimento Urbano, Social e Ambiental do município. O relatório aprovado, do senador Marcos Rogério (DEM-RO), conclui pela apresentação de um projeto de resolução que aprova a operação de crédito. Agora, esse projeto será analisado pelo Plenário, com pedido de urgência.

17 de abril de 2019, 13:30

INTERIOR DA BAHIA Semana de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes acontecerá em São Francisco do Conde

O dia 18 de maio é lembrado como “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, ocasião em que são realizadas, em todo Brasil, ações de mobilizações destinadas a visibilizar a temática. Em São Francisco do Conde, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes (SEDESE), irá realizar mais uma vez a Semana de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que este ano traz como tema: “Esquecer é permitir. Lembrar é combater!”. A ação, que acontece de 14 a 29 de maio, conta com uma vasta programação que inclui exibição de curtas metragens referentes à temática da violência sexual infantojuvenil, além de dinâmicas de grupos e reflexão, oficinas, rodas de conversa nas escolas e Unidades de Saúde da Família, caminhada, distribuição de materiais informativos/ educativos, dentre outras atividades. O objetivo da campanha é sensibilizar e mobilizar a sociedade no combate aos crimes contra o jovem em São Francisco do Conde. Um trabalho de informação e conscientização para que a comunidade esteja alerta sobre os riscos que a criança e o adolescente correm a todo instante. As atividades são voltadas para um público de todas as idades e irá mobilizar toda cidade em diversas áreas de atuação, além de redes sociais e veículos de comunicação na luta contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Esta ação contará com a parceria de diversos outros órgãos como as secretarias municipais da Educação (SEDUC) e da Saúde (SESAU), Conselhos Tutelares, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA e dos Centros de Referência de Assistência Social de São Bento, Coroado e Caípe.

16 de abril de 2019, 18:30

INTERIOR DA BAHIA Prefeitura de Madre de Deus inaugura Mercado Municipal do Peixe

Foto: Divulgação

Inauguração do Mercado Municipal do Peixe da cidade de Madre de Deus

A Prefeitura de Madre de Deus entregou à população da cidade nesta terça-feira (16) o Mercado Municipal do Peixe, que está funcionando na antiga Cesta do Povo, localizada na Avenida Milton Bahia Ribeiro, no Mirim. Durante a Semana Santa ocorre o aumento considerável o consumo de pescados e mariscos. O equipamento atenderá 30 comerciantes e tem 300 metros quadrados de extensão, com área de tratamento contendo quatro pias para lavagem do pescado, 20 baías de marisco e pescado, além de espaço para comercialização de hortifrúti, sistema elétrico, ventiladores e sala de administração, dentre outras inovações, como um espaço climatizado para o beneficiamento dos pescados. “É um espaço digno para quem vende e para quem compra. Esta era uma importante reivindicação dos vendedores de peixe, frutos do mar e das marisqueiras, que agora têm um equipamento importante para comercializarem seus produtos com dignidade. Com certeza, este mercado atende as necessidades dos profissionais. E Madre de Deus é uma cidade litorânea e agora conta com este Mercado Municipal do Peixe que será uma referência para os consumidores de toda a região e turistas”, afirmou o prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade. “Localizado ao lado do Terminal Marítimo da cidade, próximo do mar, é um local onde circulam pessoas de diversas cidades para visitar as paradisíacas ilhas de Madre de Deus”, afirmou o chefe do Executivo municipal de Madre de Deus. A recuperação do antigo prédio da Cesta do Povo, que atualmente abriga o mercado, contou com o trabalho da Secretaria de Serviços Públicos, que realizou serviços de pintura na área interna e externa; implantou caneletas com grelhas para limpeza, inclusive caixa inteligente para manutenção e recuperação de banheiros. “Os comerciantes de peixes e mariscos estavam trabalhando num lugar improvisado e hoje nosso prefeito atendeu ao pedido da comunidade de Madre com a entrega desse mercado. Agora nosso povo tem um lugar específico para comprar seu peixe, camarão e marisco de forma bem mais confortável”, afirmou a secretária Marinalva Moura. A Prefeitura também irá construir um Centro de Abastecimento da cidade, na Fábrica de Asfalto, e na ocasião o Mercado Municipal do Peixe será transferido para o local.

14 de abril de 2019, 07:58

INTERIOR DA BAHIA ‘Delegado do Inema’, suplente de vereador é preso por estelionato

Foto: Reprodução

Silvio Belo foi preso em flagrante ao tentar receber R$ 5 mil de um posto de combustíveis no município de Entre Rios

O suplente de vereador do município de Mata de São João, Silvio Belo, foi preso ontem (12) por estelionato. De acordo com informações da Polícia Civil, Belo se passava por delegado do Inema, função que não existe, e cobrava quantias em dinheiro para ajudar na liberação de licenciamentos ambientais. Na verdade, ele é apenas membro de um órgão consultivo. Silvio Belo foi preso em flagrante ao tentar receber R$ 5 mil de um posto de combustíveis no município de Entre Rios. Ainda de acordo com a Polícia Civil, ele foi solto após pagamento de fiança. Em janeiro deste ano, o Metro1 denunciou que moradores de Imbassaí reclamavam de chantagem praticada por Belo. Segundo relatos, ele ameaçava cidadãos e trabalhadores da constução civil.

Metro1

13 de abril de 2019, 11:08

INTERIOR DA BAHIA Sítio de Mato: prefeito torna-se réu por autopromoção em redes sociais e obras públicas

Nessa terça-feira 9 de abril, o prefeito de Sítio do Mato (BA), Alfredo de Oliveira Magalhães Júnior (Alfredinho Magalhães), tornou-se réu em ação de improbidade ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) por autopromoção ilegal em redes sociais e obras públicas. A Justiça Federal decidiu pelo recebimento de ação e concedeu medida liminar determinando que o gestor remova imediatamente, de obras públicas e de redes sociais, todos os itens – fotografias, nomes, cores, símbolos ou imagens – que representem sua promoção pessoal. Magalhães Júnior tem o prazo de 20 dias para comprovar o cumprimento da medida sob pena de multa pessoal no valor de R$371.050,33. Na decisão liminar, a Justiça determinou, ainda, que Alfredinho deve abster-se de utilizar fotografias, nomes, cores, símbolos ou imagens que configurem promoção pessoal do chefe do executivo municipal ou de qualquer agente público, em especial nas obras em que haja o emprego de recursos públicos federais, sob pena de multa pessoal no valor de R$ 10mil reais, por infração verificada.

13 de abril de 2019, 09:09

INTERIOR DA BAHIA Transporte Escolar: MPF aciona prefeito de Guanambi e mais cinco por improbabilidade em contrato de R$4mi

Vontade livre e consciente dos gestores de Guanambi (BA) de continuarem a desviar dinheiro público por meio de contratos de transporte escolar. Está é uma das conclusões da investigação do Ministério Público Federal (MPF) que resultou na ação de improbidade administrativa movida em 8 de abril, contra o prefeito de Guanambi, Jairo Silva Magalhães, a secretária de Educação, Maristela Cavalcante, o pregoeiro, Anderson Ribeiro dos Santos, a empresa Sol Dourado Serviços de Transportes Rodoviários Eireli, seu sócio, Renato Ferreira da Silva, e representante William Barros de Souza. Em liminar assinada nesta sexta-feira, 12 de abril, a Justiça Federal fixou prazos e multa para que a prefeitura apure as faltas contratuais e, junto com a empresa, adotem as medidas necessárias para que o transporte escolar seja prestado de forma segura, regular e adequada. De acordo com as investigações, a licitação para o transporte escolar no município, que firmou contrato no valor de R$ 4 milhões, foi direcionada e fraudada, e a continuidade da prestação dos serviços põe em risco a vida de crianças entre 5 e 15 anos de idade, que estão circulando em veículos abertos do tipo “pau de arara” ou em ônibus velhos, enferrujados e sem cinto ou outros itens de segurança.

12 de abril de 2019, 19:15

INTERIOR DA BAHIA Prefeito de Sítio do Mato vira réu por autopromoção em redes sociais e obras públicas

Foto: Divulgação

O prefeito de Sítio do Mato (BA), Alfredo de Oliveira Magalhães Júnior

O prefeito de Sítio do Mato (BA), Alfredo de Oliveira Magalhães Júnior (Alfredinho Magalhães), tornou-se réu em ação de improbidade ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) por autopromoção ilegal em redes sociais e obras públicas. A Justiça Federal decidiu pelo recebimento de ação e concedeu medida liminar determinando que o gestor remova imediatamente, de obras públicas e de redes sociais, todos os itens – fotografias, nomes, cores, símbolos ou imagens – que representem sua promoção pessoal. Magalhães Júnior tem o prazo de 20 dias para comprovar o cumprimento da medida sob pena de multa pessoal no valor de R$ 371.050,33. Na decisão liminar, a Justiça determinou, ainda, que Alfredinho deve abster-se de utilizar fotografias, nomes, cores, símbolos ou imagens que configurem promoção pessoal do chefe do executivo municipal ou de qualquer agente público, em especial nas obras em que haja o emprego de recursos públicos federais, sob pena de multa pessoal no valor de R$ 10 mil, por infração verificada. A decisão atende a pedido feito em ação ajuizada pelo procurador da República Adnilson Gonçalves da Silva em 23 de abril de 2018. Na ação, o procurador informa que, ao solicitar sua manifestação e esclarecer a ilegalidade da prática, o prefeito não apenas admitiu o uso de fotografia pessoal, como também defendeu o ato como “tradição cultivada pela administração pública” e “prática habitual reiterada”. Antes do ajuizamento da ação, o gestor foi alertado pelo MPF por meio de Recomendação, em outubro de 2018; o documento foi recebido pela prefeitura, mas não houve resposta. O procurador considerou que a continuidade da prática ilegal demonstra “evidente afronta aos princípios da impessoalidade e da moralidade administrativa e à proibição expressa ao uso de nome, símbolo, cor ou imagem que caracterize promoção pessoal de autoridade”. Seguindo o andamento previsto na Lei 8.429/92 (Lei de Improbidade), após o recebimento da ação e o julgamento do pedido liminar – que foi deferido – o réu (prefeito) deverá ser citado para apresentar contestação. O processo segue tramitando na Justiça até que seja julgado o pedido final feito pelo MPF: a condenação de Alfredinho por improbidade administrativa.

12 de abril de 2019, 18:45

INTERIOR DA BAHIA STF suspende liminar e libera R$ 30 mi em recursos para educação em Itapicuru

Foto: Estadão

Supremo Tribunal Federal (STF)

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu liminar e liberou R$ 30 milhões em recursos para a educação em Itapicuru (BA) – município localizado a 230 km de Salvador. A decisão foi do presidente do STF, ministro Dias Toffoli. A partir de agora, o valor está liberado para investimentos na área. A verba, proveniente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef), estava bloqueada nas contas do município desde 2016, por conta de um processo judicial movido pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação da Bahia (APLB). O recurso em questão é a soma de valores que deixaram de ser repassados pelo governo federal entre os anos de 1998 e 2006. A prefeitura acionou a justiça e o processo teve sentença favorável para o município. O valor foi pago em dezembro de 2016. O sindicato dos professores, no entanto, acionou a justiça alegando que 60% destes recursos deveriam ser divididos entre os professores, como forma de abono. A justificativa foi baseada na Lei nº 9.424/96, que regulamenta o Fundef e determina que este é o percentual destinado ao pagamento dos profissionais de educação. A entidade perdeu a disputa em primeira instância pois o Tribunal de Contas da União (TCU) e outros órgãos de controle entenderam que esta divisão era desproporcional, feria a lei de responsabilidade fiscal e poderia representar enriquecimento ilícito dos professores. O sindicato recorreu e o processo foi para o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que decidiu liminarmente pelo bloqueio dos recursos até a conclusão do processo. Com pouco mais de 35 mil habitantes, Itapicuru é o município com o menor índice de desenvolvimento humano da Bahia e tem um dos menores PIB per capta do país, dependendo basicamente de repasses do governo federal para manter as contas em dia. A suspensão desta liminar, que bloqueava os recursos, vai garantir novos investimentos em educação no município.

1 de abril de 2019, 19:15

INTERIOR DA BAHIA Ex-prefeita de Conceição do Jacuípe é condenada por desvio de R$ 118 mil da Educação

Foto: Divulgação

A ex-prefeita de Conceição do Jacuípe, Tania Yoshida

A Justiça Federal, a pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Feira de Santana (BA), condenou a ex-prefeita de Conceição do Jacuípe (BA) Tania Marli Ribeiro Yoshida por improbabilidade administrativa. A ex-gestora desviou mais de R$ 118 mil em recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que haviam sido repassados para a construção de uma creche pré-escolar no município, que fica a 99 km de Salvador. De acordo com a ação, ajuizada em 2015, o orçamento para a construção da unidade educacional era de R$ 598.340,70. Em 4 de junho de 2012, a prefeitura recebeu repasse do FNDE no valor de R$ 119.668,14, que deveria ser gasto exclusivamente para a construção da creche, de acordo com os termos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). No mesmo dia do depósito, a ex-prefeita transferiu R$ 118 mil para a conta geral do tesouro municipal, utilizando o valor para outros fins, descumprindo os termos do PAC. Fotografias do local (Rua Emílio Brito, no Loteamento Água Branca) onde a unidade de educação seria implantada mostram que a obra não existe, e o FNDE informou, em março de 2014, que a obra ainda estava em estado de planejamento pelo proponente, comprovando que a prefeitura não utilizou os recursos repassados pelo fundo. A sentença é de setembro 2018, mas o MPF foi notificado da decisão judicial apenas em março deste ano. No documento, a Justiça determinou que a ex-prefeita terá que devolver ao FNDE o valor desviado (R$ 118 mil) com correção monetária e juros, além de pagar multa civil correspondente a 5% do valor desviado. Tânia também foi condenada à suspensão dos direitos políticos por 5 anos. Cabe recurso da sentença. Pelo mesmo desvio, a ex-prefeita foi acionada penalmente pelo MPF em 2016 e condenada por crime de responsabilidade (Decreto-Lei nº206/1967) em fevereiro do ano passado.

19 de março de 2019, 14:38

INTERIOR DA BAHIA População rejeita implantação de aterro sanitário no Novo Paraíso, em Jacobina

Foto: Divulgação

Audiência pública foi realizada na noite dessa segunda-feira (18)

A implantação do Aterro Sanitário no distrito de Novo Paraíso, em Jacobina, foi rejeitada pela população local durante audiência pública realizada na noite dessa segunda-feira (18) no Clube CESP, no Novo Paraíso. O evento promovido pela Câmara de Vereadores em parceria com a Frente Parlamentar Ambientalista da Bahia foi provocado pelo vereador Martins e coordenado pelo deputado estadual Marcelino Galo (PT). Segundo estimativa dos organizadores, a atividade contou com a participação de 250 pessoas. O empreendimento licenciado pela prefeitura local e tocado pela empresa D2 Engenharia foi alvo de críticas da população, que até então não tinha sido escutada sobre a implantação do aterro numa área próxima ao riacho do ministro, que deságua na barragem de pedras altas, responsável pelo abastecimento de água de cidades da região, e perto de propriedades de beneficiamento de mel e que produzem leite, afetando as comunidades de Pau a Ferro, Salaminho, Saracura, Incho e do Novo Paraíso, com uma população estimada em 8 mil habitantes. A preocupação relatada pelos moradores na audiência é de que haja impactos ao solo, ao lençol freático e, por consequência, às pequenas propriedades de agricultura familiar e também nas cadeias produtivas do mel e do leite, que tiveram financiamento do Estado. Na comunidade há 100 produtores de leite, 34 apicultores, com 200 caixas instaladas no entorno do terreno onde pode ser implementado o aterro e uma casa de farinha em pleno funcionamento e outra em fase final de acabamento com equipamentos moderno. Também participaram da audiência pública Romilson Souza do Movimento dos Pequenos Agricultores, Welton Luiz, Diretor Adjunto do INEMA, Daniel Mota, Secretário de Meio Ambiente do Município de Jacobina, Leonardo Lino, da Cooperativa de Trabalho e Assistência a Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte (COFASPI), Maria Antonieta, da Agência De Defesa Agropecuária Da Bahia (ADAB), Maivanda, Coordenadora de Apicultura da SAUAP/SDR, Richard Silva, da Associação de Ação Social e Preservação das Águas, Fauna e Flora da Chapada Norte (ASPAF), representação da empesa 2D engenharia e os vereadores Eduardo Ribeiro e Thiago Dias.