17 de abril de 2012, 10:54

EXCLUSIVA Pelo twitter, Geddel pauta PT de Salvador. Que é que isso, companheiros?

O que é que é isso, Nelson?

O vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima, deveria agradecer publicamente ao PT e seus principais líderes municipais. Ontem, pelo twitter, Geddel fez uma observação segundo a qual o partido do governador estaria rediscutindo a candidatura de Nelson Pelegrino em Salvador e que o movimento estaria sendo coordenado diretamente por Jaques Wagner.

Ora, ora! A que partido Geddel pertence? O PMDB. E o PMDB é aliado ou adversário do PT? Adversário. E o PMDB tem candidato? Tem. Como é o nome dele? É Mário Kertész. Portanto, o PMDB está no campo oposto ao PT? Claro, bingo! Pois é! Sem atentar para perguntas assim ingênuas, petistas apressaram-se a legitimar a especulação de Geddel ao responder-lhe. O primeiro deles foi o senador Walter Pinheiro.

Pinheiro utilizou uma expressão interessantíssima para, aparentemente contraditando-a, aliar-se à fofoca peemedebista.

Segundo o senador, ele não seria uma “opção de emergência” para a disputa petista em Salvador. Ah, deixa disso, senador! Que frase excelente para turbinar o bedelho que Geddel mete livremente no terreno adversário, que, em tese, deveria estar infenso a seu conhecimento e estratégia. Mas o coroamento da tática da “plantação” de Geddel foi, pasmem, dado pelo próprio candidato petista.

E não é que Nelson Pelegrino também resolveu responder ao peemedebista? O que é que é isso, companheiro?

Raul Monteiro

17 de abril de 2012, 09:47

EXCLUSIVA EXCLUSIVO: Delta teve 12 contratos com Derba entre 2008 e 2009

Foto: Ascom/Seinfra

Antônio Batista Neves, ex-secretário estadual de Infraestrutura

A empresa Delta Construções S/A, de propriedade do empresário Fernando Cavendish, celebrou 12 contratos com o Departamento de Infraestrutura de Transportes do Estado da Bahia (Derba) entre os anos de 2008 e 2009, totalizando pagamentos na ordem de R$ 5.259.840,49. Levantamento feito pelo Política Livre mostra que, em 2008, foram estabelecidos quatro contratos entre o órgão e a Delta, sendo o maior deles no valor de R$ 456.171,90. Já em 2009, foram encontrados contratos que variaram de R$ 0,20 (restos a pagar) a R$ 2.651.323,99, referentes a uma obra de manutenção com asfalto da BA 263, entre Itambé e Itapetinga. Naquele mesmo ano, foi estabelecido um contrato com a filial da Delta em Salvador, que havia sido aberta em 2004, no valor de R$ 450, referente ao recolhimento de outras consignações e retenções. O Derba é um órgão vinculado à Secretaria estadual de Infraestrutura (Seinfra). Naquele período, o secretário era Antônio Batista Neves, indicação do PMDB baiano. O PMDB rompeu com o governo Wagner em julho de 2009. Não foram encontrados registros de novos contratos entre a Delta e o governo do estado entre 2010 e 2012. (Thiago Ferreira)

Leia mais:

Em conversa, presidente da Delta fala em dar propina a políticos

PSDB quer convocar Cavendish na CPI do Cachoeira

Delta passou R$ 39 mi a esquema de Cachoeira

Ação sobre carona de Cabral em jato de Eike Batista é arquivada

Agnelo Queiroz intercedeu em favor da construtora Delta

17 de abril de 2012, 06:38

EXCLUSIVA Itabuna: Insegurança sobre candidatura de prefeito favorece Juçara Feitosa e estimula novos candidatos

Capitão Azevedo: colhido por discussão jurídica que pode impedi-lo de concorrer à reeleição

Uma discussão avançada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está tornando uma incógnita a eleição à Prefeitura de Itabuna. Embora inconclusiva, a tese sob apreciação entre mininistros da corte eleitoral levanta a hipótese de que o atual prefeito da cidade, Capitão Azevedo (DEM), não pode concorrer à reeleição em outubro, porque assumiu o cargo em pelo menos duas ocasiões enquanto foi vice do seu antecessor, Fernando Gomes (PMDB). Caso a candidatura de Azevedo se inviabilize, como já é dado como certo em vários ambientes políticos baianos, o quadro eleitoral muda completamente na cidade, transformando em franca favorita Juçara Feitosa, candidata do PT e mulher do deputado federal petista Geraldo Simões, que também já dirigiu o município. Em alguns setores, há tanta certeza de que Azevedo não poderá se candidatar que pelo menos dois deputados estaduais já pensam em disputar o pleito em Itabuna – Coronel Santana (PTN) e Augusto Castro (PSDB) -, ajudando a acirrar ainda mais a disputa na cidade.

16 de abril de 2012, 18:54

EXCLUSIVA Itabuna: Insegurança sobre candidatura de prefeito favorece Juçara Feitosa e estimula novos candidatos

Capitão Azevedo: colhido por discussão jurídica que pode impedi-lo de concorrer à reeleição

Uma discussão avançada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está tornando uma incógnita a eleição à Prefeitura de Itabuna. Embora inconclusiva, a tese sob apreciação entre mininistros da corte eleitoral levanta a hipótese de que o atual prefeito da cidade, Capitão Azevedo (DEM), não pode concorrer à reeleição em outubro, porque assumiu o cargo em pelo menos duas ocasiões enquanto foi vice do seu antecessor, Fernando Gomes (PMDB). Caso a candidatura de Azevedo se inviabilize, como já é dado como certo em vários ambientes políticos baianos, o quadro eleitoral muda completamente na cidade, transformando em franca favorita Juçara Feitosa, candidata do PT e mulher do deputado federal petista Geraldo Simões, que também já dirigiu o município. Em alguns setores, há tanta certeza de que Azevedo não poderá se candidatar que pelo menos dois deputados estaduais já pensam em disputar o pleito em Itabuna – Coronel Santana (PTN) e Augusto Castro (PSDB) -, ajudando a acirrar ainda mais a disputa na cidade.

13 de abril de 2012, 11:32

EXCLUSIVA EXCLUSIVO: Comissão de Mobilidade faz ajustes no projeto da linha 2 do metrô

Foto: Invepar

Projeto do metrô apresentado pela Invepar

A Comissão de Mobilidade, que une representantes do governo do Estado, da União e das Prefeituras de Salvador e Lauro de Freitas, fez ajustes no projeto sugerido pelo Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI). Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), repassadas a este Política Livre, a linha 2 do metrô sairá da Avenida Bonocô, se ligando lá à linha 1, passará pelo Iguatemi e chegará a Lauro de Freitas, na via alternativa e beira rio. É a via que começa no Pastel do Carioca e vem margeando a Base Aérea até o centro de Lauro de Freitas. Na avenida Paralela, o metrô deverá passar por cima dos espelhos d’água, tendo mais um em Lauro de Freitas, em Ipitanga.

Sobre os postos de gasolina, localizados neste trajeto, a Sedur afirmou que será um assunto a ser definido com o projeto técnico que será elaborado após a licitação. A assessoria disse ainda que os postos e os espelhos d’água não foram as razões para as mudanças de prazo da publicação do edital (o governo havia previsto, inicialmente, para dezembro ou janeiro). A data de início da obra e a previsão de conclusão ainda não foram definidos, só devendo ser conhecidos no lançamento do edital.

Segundo a diretora de mobilidade da Sedur, Ana Claúdia Nascimento, as alterações de data teriam sido definidas pela Comissão. Informações de bastidor dão conta, entretanto, que um dos motivos para o atraso foi a demora de assinatura do convênio que criou a Comissão. A Câmara de Vereadores de Salvador chegou a entrar na questão, autorizando o convênio, na mesma votação da Lei de Ordenamento e Uso do Solo (LOUOS), depois de troca de críticas entre vereadores, Prefeitura e Governo do Estado. A expectativa do Governo do Estado, conforme declarações do governador Jaques Wagner (PT), é que a licitação saia em maio.

Thiago Ferreira

13 de abril de 2012, 08:39

EXCLUSIVA Deputado baiano pode ser relator da CPI do Cachoeira

Foto: Divulgação

Deputado Amauri Teixeira (PT)

O deputado federal Amauri Teixeira (PT), da Bahia, pode ser o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito que vai investigar as ligações do bicheiro Carlinhos Cachoeira com a classe política e o mundo empresarial. Amauri foi convidado pelo líder do PT na Câmara Federal, Jilmar Tatto (SP), que estava com dificuldades em encontrar uma pessoa que aceitasse a função. Amauri, que é deputado em primeiro mandato, aceitou, falta agora a confirmação oficial. (Thiago Ferreira)

11 de abril de 2012, 11:16

EXCLUSIVA Regina Simões se afasta de A Tarde e superintendente assume a Presidência

Foto: A Tarde

Renato Simões, superintendente que assume no dia 18 Presidência do A Tarde

A presidente do jornal A Tarde, Regina Simões, vai se afastar da presidência no próximo dia 18. O afastamento de Regina Simões foi motivado por problemas de saúde. Quem assume a função, temporariamente, é o atual superintendente do periódico Renato Simões. A decisão será discutida em uma reunião de acionistas que acontecerá no dia 18, às 10 horas, na sede do jornal. A expectativa é que sejam discutidas ainda outras mudanças, que podem ser extensivas a outros herdeiros do fundador do jornal, Ernesto Simões Filho, conforme antecipado em primeira mão por este Política Livre. (Thiago Ferreira)

Leia mais:

EXCLUSIVO: Direção de A Tarde pode ser afastada por decisão de herdeiros de Ernesto Simões

10 de abril de 2012, 12:10

EXCLUSIVA Depois de declarações de ministra, assessores de JH acham que Wagner trabalha contra metrô

Foto: Manu Dias/SECOM

Governador Jaques Wagner

Assessores de João Henrique (PP) que defendem a candidatura de João Leão (PP) a prefeito de Salvador ficaram enfurecidos com o anúncio da ministra Míriam Belchior (Planejamento) de que o governo federal preferiria que o primeiro tramo do metrô, cuja construção é comandada pela Prefeitura, passe a operar apenas depois da conclusão do metrô da Paralela, sob o controle do governo estadual, ou seja, quando o progressista já não for mais prefeito da capital baiana.

Acham que as declarações ao jornal A Tarde de Belchior, em passagem relâmpago pela Bahia, teriam sido fruto de uma manobra urdida pelo governador Jaques Wagner (PT), interessado, segundo eles, em evitar que o funcionamento do metrô ligando a Lapa à Rótula do Abacaxi possa beneficiar a campanha de Leão à Prefeitura. A reforçar a tese, a informação de que Wagner teria feito questão de excluir Leão de uma conversa que teve com a ministra durante a viagem dela pelo interior da Bahia.

Tudo pode não passar de paranóia desvairada de quem vê o tempo passar sem a perspectiva de funcionamento do primeiro trecho do metrô de Salvador, nem dos eventuais dividendos eleitorais que poderão surgir do novo sistema de transportes, mas a informação bate direitinho com queixa recente que João Henrique teria feito numa reunião reservada com o secretariado municipal, na qual, segundo ouvidos atentos, insinuou que faz “tudo, tudo, tudo, tudo” pelo funcionamento do metrô, “apesar” dos governos federal e estadual.

Raul Monteiro

9 de abril de 2012, 11:45

EXCLUSIVA Brust reafirma candidatura de Medrado, mas deixa aberta possibilidade de apoio a Lídice

Foto: A Tarde

Alexandre Brust, presidente estadual do PDT

Em entrevista ao Política Livre, o presidente estadual do PDT, Alexandre Brust, reafirmou a disposição da legenda em apresentar a candidatura do deputado federal, Marcos Medrado, à Prefeitura de Salvador em outubro. No entanto, o pedetista deixou aberta a possibilidade de apoiar a candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB) à Prefeitura. “Nesse momento, ninguém pode falar sobre hipótese. A própria Lídice diz que a sua candidatura é uma hipótese. Não posso falar sobre hipótese. A candidatura de Marcos tá mais firme do que nunca”, declarou, mantendo a porta aberta caso a candidatura da senadora deixe de ser uma hipótese e vire um fato concreto. Segundo a coluna Raio Laser, da Tribuna da Bahia, o interesse do PDT em apoiar Lídice vem do fato de que, se eleita prefeita, a senadora deixa a vaga no Senado para o pedetista Nestor Duarte Neto, filiado à legenda e atual secretário estadual de Administração Judiciária. (Thiago Ferreira)

6 de abril de 2012, 12:11

EXCLUSIVA EXCLUSIVO: Propaganda de Benito Gama na TV deixa governo estadual irritado

Benito é hoje secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte

Um importante político governista confidenciou hoje a este Política Livre ter visto o governador Jaques Wagner, numa audiência recente na Governadoria, revelar indignação com a propaganda do PTB em que o ex-deputado federal Benito Gama faz críticas à segurança pública e à política industrial do Estado. “O Estado da Bahia precisa de duas ações urgentes: cuidar da segurança pública e levar a indústria para o interior da Bahia. Precisamos garantir que o chefe de família saia para trabalhar e volte. Isso é segurança”, diz Benito na peça publicitária do PTB, que começou a ser veiculada esta semana nas TVs baianas. O ex-deputado, cuja gestão na secretaria estadual de Indústria e Comércio no governo César Borges é apontada como uma das responsáveis pela atração da Ford para a Bahia, também é acusado de estar por trás da saída do PTB da base aliada do prefeito petista Luiz Caetano, em Camaçari, em nítida tentativa de favorecer a oposição ao PT na campanha municipal na cidade. Apesar de ter assumido a secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte, Benito continua fazendo política na Bahia. O vídeo com a propaganda do PTB pode ser visto clicando aqui.

6 de abril de 2012, 07:14

EXCLUSIVA Wagner faz suspense e definição de novos secretários só na semana que vem

O governador Jaques Wagner adiou para a próxima semana o anúncio do nome do novo secretário estadual da Fazenda. Enquanto isso, responde interinamente pela pasta o atual subsecretário Carlos Alberto Batista, um dos cotados para assumir o cargo definitivamente. Curioso que até hoje haja indefinição para a secretaria, apesar do desligamento de Carlos Martins já estar decidido desde o final do ano passado. É a mesma situação da secretaria de Desenvolvimento Social, da qual o petista Carlos Brasileiro se desliga amanhã e ainda não se sabe o nome do seu titular definitivo. Com isso, na verdade, o governador mostra a sua faceta de Hitchcock, o mestre do suspense.

6 de abril de 2012, 07:11

EXCLUSIVA EXCLUSIVO: Nestor Duarte Neto pode ir para Codevasf e abrir vaga para Emiliano José

Nestor Duarte

Com a decisão do governador Jaques Wagner praticamente fechada de indicar o novo presidente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), crescem enormemente as chances de ser empossado no posto o atual secretário estadual de Administração Judiciária, Nestor Duarte Neto. O nome dele tem sido lembrado pelos mais variados partidos e lideranças políticas do campo governista, principalmente porque abriria vaga no governo para a indicação de um deputado federal, situação benéfica ao retorno do petista Emiliano José à Câmara dos deputados.

5 de abril de 2012, 19:01

EXCLUSIVA Wagner faz suspense e definição de novos secretários só na semana que vem

O governador Jaques Wagner adiou para a próxima semana o anúncio do nome do novo secretário estadual da Fazenda. Enquanto isso, responde interinamente pela pasta o atual subsecretário Carlos Alberto Batista, um dos cotados para assumir o cargo definitivamente. Curioso que até hoje haja indefinição para a secretaria, apesar do desligamento de Carlos Martins já estar decidido desde o final do ano passado. É a mesma situação da secretaria de Desenvolvimento Social, da qual o petista Carlos Brasileiro se desliga amanhã e ainda não se sabe o nome do seu titular definitivo. Com isso, na verdade, o governador mostra a sua faceta de Hitchcock, o mestre do suspense.

5 de abril de 2012, 18:30

EXCLUSIVA EXCLUSIVO: Nestor Duarte Neto pode ir para Codevasf e abrir vaga para Emiliano José

Nestor Duarte

Com a decisão do governador Jaques Wagner praticamente fechada de indicar o novo presidente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), crescem enormemente as chances de ser empossado no posto o atual secretário estadual de Administração Judiciária, Nestor Duarte Neto. O nome dele tem sido lembrado pelos mais variados partidos e lideranças políticas do campo governista, principalmente porque abriria vaga no governo para a indicação de um deputado federal, situação benéfica ao retorno do petista Emiliano José à Câmara dos deputados.

5 de abril de 2012, 10:35

EXCLUSIVA Político baiano fica encantado com “refinamento e preparo” de Eduardo Paes

Eduardo Paes: refinamento e preparo

Um deputado baiano que recentemente encontrou-se com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), tem proclamado aos quatro cantos que o peemedebista tem todos os recursos para se tornar uma das grandes lideranças do país nos próximos anos. Num almoço com políticos e empresários estrangeiros na sede do governo municipal carioca, Paes, além de se comunicar fluentemente em inglês e espanhol, demonstrou ser uma figura culta, administrativamente preparada e refinada, com grande habilidade de marketing para “vender” a cidade. Ao apresentar cada um dos cerca de seis secretários municipais que o acompanhavam no almoço, lembrou da formação no exterior da maior parte deles, um dos quais, segundo ressaltou, com pós-graduação atestada pelo atual primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy. Num dado momento, o prefeito bateu elegantemente no peito e proclamou que tinha o melhor emprego do país, o qual não gostaria de perder nunca: o de prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Depois do encontro, o político baiano foi incitado, reservadamente, por um dos secretários de Paes a revelar o que achou do almoço:
– Ah, muito bom! Guardadas as proporções, muito parecido com alguns dos quais já participei na Prefeitura de Salvador e no governo do Estado. Satisfeitíssimo, o interlocutor carioca não percebeu que estava ouvindo uma ironia.