9 de agosto de 2012, 13:28

ECONOMIA Procura do consumidor por crédito aumenta 8% de junho para julho

A procura do consumidor por crédito em julho foi 8% maior do que em junho, segundo levantamento divulgado hoje pela empresa de consultoria Serasa Experian. Na comparação com julho do ano passado, houve crescimento de 2%. No acumulado do ano, no entanto, a demanda caiu 6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Na passagem de junho para julho, entre os consumidores que têm salário até R$ 500, a busca por crédito aumentou 7,9%. Entre os ganham de R$ 500 a R$ 1.000, houve elevação de 8% e, entre os de renda de R$ 1.000 e R$ 2.000, de 8,2%. Por região, as maiores altas em julho foram registradas no Sul (8,8%), no Centro-Oeste (8,7%) e no Nordeste (8,6%). No Sudeste, houve aumento de 7,7% e no Norte, de 3,8%.

9 de agosto de 2012, 13:15

ECONOMIA IPI menor para carros novos derruba preço e vendas de usados, diz setor

A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros novos provocou queda no preço dos veículos usados e retração no mercado. De acordo com a Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), o preço dos carros usados tem como referência o valor do veículo novo. Com o IPI menor para os novos, houve uma desvalorização de 10% a 15% no preço dos usados, conforme a entidade. “Em maio, os estoques estavam lotados de carros comprados por um preço superior. Isso prejudicou os comerciantes, pois tiveram que vender por um valor mais baixo”, explica Ilídio Gonçalves dos Santos, presidente da Fenauto. Leia mais no Correio.

9 de agosto de 2012, 12:11

ECONOMIA Caixa tem lucro de R$ 2,8 bilhões no 1º semestre de 2012

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira ter registrado lucro líquido de R$ 2,846 bilhões no primeiro semestre de 2012 – o melhor primeiro semestre da história do banco. “A Caixa conseguiu comprovar com este resultado que é possível reduzir juros, aumentar a base de clientes, aumentar a oferta de crédito, manter a inadimplência sob controle e até cair um pouco, manter a qualidade da carteira e ter o maior lucro da história do banco”, disse Hereda. O lucro do período representa uma alta de 25,2% em relação ao mesmo período do ano passado, quando ficara em R$ 2,274 bilhões. A instituição atribui o bom resultado, principalmente, ao aumento de 33,3% da contratação total de crédito no semestre, que passou de R$ 102,7 bilhões nos primeiros seis meses de 2011, para R$ 136,9 bilhões. A Caixa lembrou ainda que, em abril, foi lançado o programa Caixa Melhor Crédito, que promoveu redução de juros e ofereceu novas linhas de crédito para várias segmentos. (G1)

Darlan Alvarenga, G1

9 de agosto de 2012, 10:19

ECONOMIA Inflação medida pelo IPC-S aumenta nas sete capitais pesquisadas

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu, na primeira prévia de agosto, nas sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Os dados divulgados hoje mostram que a capital com a maior alta é Salvador, onde a taxa passou de 0,21% para 0,45% entre a última semana de julho e a primeira de agosto. O Recife (de 0,01% para 0,24%) e Porto Alegre (de 0,14% e 0,37%) apresentaram variação de 0,23 ponto percentual no período. Segundo a FGV, o índice passou de 0,47% para 0,69% no Rio de Janeiro e em São Paulo a taxa ficou em 0,41%, ante 0,26%. Brasília foi a capital onde o índice variou menos, de – 0,03% para 0%. Em seguida, vem Belo Horizonte, cujo índice ficou em 0,17%, 0,05 ponto percentual acima da taxa apurada na última semana de julho.

9 de agosto de 2012, 07:13

ECONOMIA Paraguai não continuará a ‘ceder’ energia ao Brasil, diz presidente

O presidente do Paraguai, Federico Franco, afirmou nesta quarta-feira que o país não pretende continuar a “ceder” energia ao Brasil e à Argentina, países dos quais é sócio nas hidrelétricas de Itaipu e Yacyretá, respectivamente. “Não estamos dispostos a seguir cedendo nossa energia. E prestem bem atenção que uso a palavra ceder. Porque o que estamos fazendo é ceder ao Brasil e à Argentina, nem sequer estamos vendendo”, disse ele, de acordo com discurso publicado na página do governo paraguaio. O Paraguai tem baixo consumo de energia, e vende aos sócios grande parte do que lhe cabe na produção das duas usinas. Franco, no entanto, diz querer estimular o uso da energia no próprio país. Leia mais no G1.

8 de agosto de 2012, 12:35

ECONOMIA INSS antecipa décimo terceiro de aposentados e pensionistas

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão metade do décimo terceiro salário entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro. A antecipação foi autorizada hoje por meio de decreto da presidenta Dilma Rousseff publicado no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério da Previdência Social, mais de 25,6 milhões de beneficiários terão o salário antecipado, o que soma R$ 11,2 bilhões a mais na economia. Não é cobrado Imposto de Renda sobre essa antecipação. O imposto será descontado na segunda parcela marcada para novembro. Quem recebe amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família não tem direito ao décimo terceiro.

8 de agosto de 2012, 10:13

ECONOMIA Inflação para famílias que ganham até cinco mínimos fica em 0,43% em julho

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para famílias com renda até cinco salários mínimos fechou julho em 0,43%, o mesmo resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é a taxa oficial. O INPC está acima da taxa de junho deste ano (0,26%) e de julho do ano passado (0%). Os alimentos tiveram uma inflação de 0,89% e os produtos não alimentícios, de 0,29%. O maior índice foi registrado em Goiânia (0,7%) e o menor, em Belém (0,21%). O INPC acumula taxas de 3% no ano e de 5,36%, nos últimos 12 meses.

8 de agosto de 2012, 08:44

ECONOMIA Inflação medida pelo IPC-S sobe para 0,4% na primeira semana de agosto

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou alta na primeira semana de agosto, ao apresentar variação de 0,4%, ou seja, 0,18 ponto percentual acima da taxa da semana anterior. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o principal impacto na alta da inflação veio do grupo alimentação, cuja taxa passou de 1,02% na última semana de julho para 1,62% na primeira semana de agosto. Entre os alimentos, as hortaliças e os legumes passaram de uma queda de preços de 18,4%, na última semana de julho para uma alta de 26,6% na semana seguinte. Mais cinco classes de despesa tiveram alta no IPC-S: saúde e cuidados pessoais (cuja taxa passou de 0,23% para 0,38%), vestuário (de -0,88% para -0,66%), educação, leitura e recreação (de 0,27% para 0,4%), comunicação (de 0,28% para 0,29%) e transportes (de -0,49% para -0,48%). Apenas a classe de despesa habitação teve redução da taxa, ao passar de uma inflação de 0,18% para uma taxa de 0,14%, com destaque para o item condomínio residencial (de 0,67% para 0,08%). Já a classe de despesas diversas repetiu a variação da última apuração (0,42%).

8 de agosto de 2012, 06:51

ECONOMIA Receita libera hoje consultas ao 3º lote de restituição do IR 2012

A Receita Federal vai liberar nesta quarta-feira, a partir das 9h, as consultas ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2012. No total, serão depositados R$ 2,2 bilhões em restituições referentes aos anos 2008 a 2012. A consulta ao lote poderá ser feita no site da Receita Federal na internet ou pelo Receitafone, no número146. Para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 2.286.395 contribuintes, no valor de R$ 2,13bilhões, com correção da taxa selic de 3,06%. Desse total, 19.604 são contribuintes beneficiados pelo Estatuto do Idoso, ou seja, têm prioridade no depósito da restituição. O pagamento será feito a partir do dia 15. De acordo com a Receita, a restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá pedi-la por meio da internet.

7 de agosto de 2012, 12:17

ECONOMIA RF libera 3º lote de restituição do IRPF de 2012

A Secretaria da Receita Federal libera na quarta-feira, às 9 horas, a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, exercício 2012 e aos lotes residuais relativos aos exercícios de 2011, 2010, 2009 e 2008. Ao todo serão contemplados aproximadamente 2,3 milhões de contribuintes, totalizando R$ 2,2 bilhões em restituições. Grande parte desse total é relativa às restituições do exercício de 2012, já corrigidas pela taxa Selic, de 3,06%. O dinheiro será depositado na conta dos contribuintes no próximo dia 15. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte poderá acessar a página da Receita na Internet (http://www.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. (A Tarde)

7 de agosto de 2012, 11:08

ECONOMIA Governo federal incentiva alta dos investimentos dos Estados

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anuncia nesta quinta-feira mais um incentivo para aumentar os investimentos dos Estados. Além de São Paulo, oito ou nove governadores receberão o aval do Tesouro Nacional para contratar financiamentos para obras, segundo apurou a reportagem do jornal O Estado de S.Paulo. Com dificuldades para estimular os investimentos considerados essenciais para a retomada sustentável do crescimento econômico, o Palácio do Planalto quer transformar os Estados e a iniciativa privada em parceiros na luta para destravar projetos de infraestrutura e de melhoria da malha logística no País. A seleção dos projetos será feita com base no potencial de geração de emprego após a conclusão da obra. “O critério de escolha será aquele investimento que tem maior impacto na atividade econômica”, disse uma fonte. Leia mais na Folha Vitória.

7 de agosto de 2012, 10:13

ECONOMIA Produção industrial cresce em 7 de 14 regiões em junho, mostra IBGE

A produção industrial cresceu em 7 dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em junho, sobre maio, segundo aponta pesquisa divulgada nesta terça-feira (7). Nesta apuração, o maior avanço, de 5,2%, foi verificado no Amazonas. Entre os outros resultados positivos estão os do Espírito Santo (2,3%), de Pernambuco (2,2%), da Bahia (2,1%), de Minas Gerais (1,3%), de São Paulo (1,0%) e da Região Nordeste (0,5%). Na contramão, a atividade fabril caiu em Goiás (-6,0%), Rio de Janeiro (-4,3%), Pará (-4,2%), Paraná (-3,7%), Rio Grande do Sul (-3,1%), Ceará (-2,2%) e Santa Catarina (-1,4%). Leia mais no G1.

6 de agosto de 2012, 19:33

ECONOMIA Pesquisa indica queda de 80,40% na geração de empregos nos bancos

A geração de empregos no sistema bancário brasileiro caiu 80,4% no primeiro semestre de 2012 com relação ao mesmo período do ano passado. Nos primeiros seis meses deste ano, foram criadas 2.350 vagas contra 11.978 no primeiro semestre de 2011. Além disso, no mesmo período, os bancos contrataram 23.336 empregados e desligaram 20.986. No entanto, o salário médio dos que foram admitidos foi de R$ 2.708,70 e o dos demitidos de R$ 4.193,22, uma redução de 35,40%. Os dados são da 14ª edição da Pesquisa de Emprego Bancário, realizada trimestralmente pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. A pesquisa mostra ainda que a rotatividade no setor bancário tem sido maior do que 7% ao ano. (Agência Brasil)

6 de agosto de 2012, 16:11

ECONOMIA Graça Foster diz que aumento da gasolina não foi totalmente sentido

Foto: O Globo

Presidente da Petrobras, Graça Foster

Os efeitos dos dois aumentos de combustíveis anunciados pela Petrobras este ano ainda não foram totalmente sentidos nos resultados da estatal. A avaliação é da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, ao reafirmar que a defasagem entre o preço internacional do petróleo e o praticado no Brasil pela estatal não é o único fator a explicar o prejuízo de R$ 1,3 bilhão no segundo trimestre. Os reajustes de combustíveis anunciados pela Petrobrás em 25 de junho (gasolina 7,83% e diesel 3,94%) e 16 de julho (6% no diesel) só impactarão os resultados do terceiro trimestre. Por isso, os dados registrados entre abril e junho refletem apenas o aumento de 10% na gasolina e de 2% no diesel em vigor a partir de novembro do ano passado. Graça afirmou que a companhia está sempre brigando para trabalhar com paridade de preços, entretanto, precisa se preparar para momentos de maior defasagem. Para isso, é necessário focar na melhoria operacional, como a maior eficiência dos poços da Bacia de Campos. Essa é uma estratégia depende da Petrobras. “precisamos fazer um bom planejamento e seguir a risca”, disse. Segundo ela, a companhia já conseguiu bons resultados na área de refino, que bateu em junho recorde de processamento de derivados de petróleo. (Estadão)

6 de agosto de 2012, 12:45

ECONOMIA Resultado fraco traz mais um tropeço para Petrobras na bolsa

As ações da Petrobras caem forte nesta segunda-feira na Bovespa após a empresa apresentar um balanço que ficou muito abaixo do esperado pelo mercado. “Não importa como olharmos, os resultados da Petrobras foram fracos”, resumem os analistas do BTG Pactual. Na mínima do dia, os papéis ordinários (PETR3) caíam 5,8% e os preferenciais (PETR4) recuavam 5,6%. A estatal de petróleo registrou o seu primeiro prejuízo líquido em 13 anos, com uma perda de 1,3 bilhão de reais. A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Petrobras de 10,6 bilhões de reais ficou muito abaixo do consenso de 15,7 bilhões de reais. O prejuízo líquido foi o que mais surpreendeu. A expectativa do mercado era de um resultado positivo de 3,4 bilhões de reais. Leia mais na Exame.

Gustavo Kahil, Exame