6 de maio de 2012, 07:09

BRASIL Em um dia, Feirão da Casa Própria movimenta quase R$ 900 milhões em cinco cidades

O 8º Feirão Caixa da Casa Própria recebeu cerca de 46 mil pessoas e movimentou mais de R$ 886 milhões, somente no primeiro dia do evento, que começou ontem e termina amanhã, em cinco cidades – Belo Horizonte, Brasília, Recife, o Rio de Janeiro e Salvador. Sepois das cinco primeiras cidades, o feirão será realizado entre os dias 18 e 20 de maio, em Curitiba, Fortaleza e São Paulo. De 25 a 27 deste mês, o evento ocorrerá em Uberlândia, Campinas e Porto Alegre. As últimas cidades serão Belém e Florianópolis, entre os dias 8 e 10 de junho. No total, serão oferecidos 430 mil imóveis novos, usados e na planta. As linhas de financiamento para a casa própria da Caixa Econômica Federal têm prazo de pagamento de até 30 anos. Os juros podem variar de 4,6% até 9% ao ano. O financiamento pode ser até 100% do valor do imóvel.

6 de maio de 2012, 07:00

BRASIL Manchetes do dia:

– A Tarde: Previsão é de 30 mil vagas em concursos

-Correio*: Hegemonia x jejum de 10 anos

– Globo: Obras do metrô começam em junho e vão tumultuar Zona Sul

– Folha: Com crise política e CPI, Dilma abre cofre a aliados

– Estadão: Mesmo com juros em queda, estoque alto adia recuperação

– Correio: Concursos públicos faturam R$ 50 bi

– Zero Hora: Cachoeiras na cabeça

5 de maio de 2012, 13:03

BRASIL Mulher de Cachoeira diz que ele vai defender legalização do jogo

No dia 15 de maio, quando o Congresso deve parar para ouvir o depoimento do bicheiro Carlinhos Cachoeira, pode ser que as atenções se dividam com a loira de 27 anos que ganhou fama desde que ele foi preso, em fevereiro. Sua atual mulher, Andressa Mendonça, estará presente e, segundo disse ao GLOBO, o companheiro está “superorientado” e não vai prejudicar ninguém. Afirma que ele aproveitará o momento para defender a legalização dos jogos no país. Andressa não quis falar do escândalo envolvendo o marido e das relações dele com o senador Demóstenes Torres e outros políticos. Ela conta que já recusou convite para posar nua na “Playboy” e que prepara o casamento para quando Cachoeira deixar a prisão. Leia mais em O Globo.

Maria Lima, O Globo

5 de maio de 2012, 12:34

BRASIL Acidente envolve ex-ministro Sérgio Amaral e mata um

O ex-ministro e diplomata Sérgio Silva do Amaral envolveu-se em um acidente na noite desta sexta-feira na BR-414, na região de Cocalzinho, em Goiás. O diplomata viajava sozinho de Brasília para Pirenópolis, onde tem uma casa, quando o veículo que dirigia se chocou contra uma moto, conduzida pelo diretor do presídio de Formosa, Ari Rodrigues da Silva, de 43 anos, que morreu no local. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Estado, Sérgio Amaral sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para o Hospital de Urgências de Anápolis. Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, o diplomata sofreu ferimentos na cabeça e está sendo tratado com sedativos e antibióticos. Seu estado não é grave, mas ele deve permanecer em observação por pelo menos 24 horas.

Juliane Freitas, Agência Estado

5 de maio de 2012, 11:58

BRASIL Ativista comemora maturidade dos brasileiros sobre meio ambiente

O resultado de uma pesquisa divulgada recentemente pelo Ibope foi motivo de comemoração para dirigente do PV baiano e presidente da ONG Grupo Ecológico Amigos da Onça (Geamo), Marcell Moraes. O estudo encomendado pelo Confederação Nacional da indústria (CNI) aponta que 94% dos brasileiros citam o meio ambiente como um sério problema enfrentado no país. Para Marcell, esse número é a prova de que a sociedade já enxerga o assunto de forma mais madura, uma vez que antigamente essa preocupação se tratava apenas um receio pautado em motivos particulares. “Tanto que há pouco mais cinco anos apenas 6% dos brasileiros listavam os problemas ecológicos entre os principais do país”, declara Moraes.

5 de maio de 2012, 11:48

BRASIL Justiça Eleitoral faz plantão neste fim de semana para emitir títulos de eleitor

Para facilitar a vida dos cidadãos que têm pendências em relação ao título de eleitor, a Justiça Eleitoral de 22 estados do país atuará em regime de plantão neste fim de semana. O prazo para a regularização de pendências na Justiça Eleitoral vai até a próxima quarta-feira. O prazo também é válido para os eleitores que querem alterar o local de votação e para os deficientes e idosos que desejam se transferir para uma seção especial, com melhor acesso. Para fazer qualquer procedimento relativo ao título, basta procurar o cartório eleitoral mais próximo, e não necessariamente o cartório onde o título foi emitido. Segundo informações divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os estados onde haverá plantão no fim de semana são o Acre, Amazonas, Amapá, a Bahia, o Ceará, Espírito Santo, Goiás, o Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, a Paraíba, o Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e o Tocantins. (Agência Brasil)

5 de maio de 2012, 11:33

BRASIL Lula recebe título de Doutor no Rio

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um discurso em tom emotivo ontem, durante a cerimônia em que recebeu títulos de doutor honoris causa de cinco universidades do Estado do Rio de Janeiro. Ele começou pedindo desculpas por falar sentado e sem improviso, ao contrário do que costuma fazer, justificando que ainda está em processo de recuperação após o tratamento do câncer na laringe. Bem-humorado e demonstrando disposição, o ex-presidente destacou a importância da educação para o País e citou feitos de seu governo. “A educação é o alicerce sobre o qual se constrói a igualdade social. Sempre insisti que o dinheiro público aplicado em educação é investimento e não gasto, pois ajuda a construir um futuro mais digno para as pessoas e para o País”, afirmou.  (Tribuna)

5 de maio de 2012, 11:10

BRASIL Em crise, Delta Construções pode ser comprada por empresa

A J&F Holding, grupo que controla o frigorífico JBS, manifestou a disposição na última semana de adquirir a Delta Construções, empresa alvo de investigação na CPI do Carlinhos Cachoeira, no Congresso Nacional. A informação é de agentes envolvidos na negociação de compra, segundo os quais as operações ainda estão em estágio inicial. Em abril, o colunista do Globo Ancelmo Gois antecipou que a empreiteira estava à venda, após passar por problemas de caixa em virtude da divulgação de irregularidades em contratos com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em 2011. Leia mais em O Globo.

Gustavo Uribe, O Globo

5 de maio de 2012, 10:46

BRASIL Número de decretos de emergência no Nordeste é o maior em 5 anos

Foto: Foto: Glauco Araujo/G1

Cisterna feita pela Prefeitura Municipal de Muquém de São Francisco, na Bahia, em uma casa no povoado de Pedrinhas

Cidades do Nordeste do país tiveram reconhecidos entre janeiro e abril deste ano quase três vezes mais decretos de situação de emergência em comparação com o mesmo período do ano anterior: são 417 em vez de 112, um aumento de 272%. O maior número dos últimos 5 anos. Esse total ultrapassa, também, os decretos na região em todo o ano de 2011, quando houve 297. Os dados levam em conta apenas os decretos aceitos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) e publicados no “Diário Oficial da União”. Os decretos, que em sua maioria tratam de enchentes e estiagem, precisam ser reconhecidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil para que sejam contabilizados no balanço nacional e haja liberação de verba de auxílio federal. O prazo para decretar a emergência é de dez dias a partir de seu início, mas o pedido precisa ser analisado pela secretaria antes do reconhecimento e publicado no Diário Oficial, o que pode demorar meses. Leia mais no G1.

Carlos Oliveira e Rosanne D'Agostino, G1

5 de maio de 2012, 10:43

BRASIL Em troca-troca no governo, Wagner ganha Codevasf e Geddel perde Sudene

Foto: Agência Brasil

Indicado por Geddel, Paulo Fontana dançou

Além da indicação de Elmo Vaz para a Presidência da Codevasf, anunciada em primeira mão por este Política Livre (veja aqui), o dia de ontem foi de troca-troca no Ministério da Integração. Se o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), perdeu a queda-de-braço com Wagner pela Codevasf, o socialista viu seu partido ganhar a diretoria de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf e a Sudene. Ocuparão os cargos dois indicados do governador do Piauí, Wilson Martins (PSB). Para a primeira função, foi indicado o chefe de gabinete de Martins, José Augusto de Carvalho Gonçalves Nunes, e para a Sudene, Luiz Gonzaga Paes Landim, secretário de Mineração do governo piauiense. Saiu da Sudene Paulo Sérgio de Noronha Fontana, uma indicação do vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima (PMDB). O Diário Oficial trouxe ainda a nomeação de Laucimar Loiola (PMDB) para a diretoria de Desenvolvimento Tecnológico e Produção do DNOCS. (Com informações da Folha/Thiago Ferreira)

5 de maio de 2012, 10:27

BRASIL Wagner defende posicionamento da CPI do Cachoeira sobre convocação de governadores

O governador Jaques Wagner (PT) comentou ainda, durante a entrevista coletiva, ontem na governadoria, a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira. Ao ser questionado se conhecia o bicheiro, o petista negou e se posicionou contra o convite de governadores à CPI neste momento. “A CPI acontece no território das paixões, num ambiente político. Os maiores avanços neste tipo de investigação foram feitos pelo Ministério Público e pela Polícia Federal. Acho que (os governadores) têm que dar explicação, cada um deles, para os seus eleitores. Os maiores adeptos de CPI são os colegas da imprensa. O que eu posso dizer é que nenhum governador baiano conhece Cachoeira. Ao que me parece, nenhum ex-governador também conhecia”. (Thiago Ferreira)

5 de maio de 2012, 09:42

BRASIL Esquema de Cachoeira fez lobby na Anvisa

Diálogos interceptados pela Polícia Federal colocam a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) no foco das investigações sobre a organização criminosa comandada pelo empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, desmantelada pela Operação Monte Carlo. Os grampos revelam que o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) fazia lobby no órgão para que o laboratório Vitapan, de Cachoeira, obtivesse licenças de medicamentos e renovações. Nos diálogos, gravados em abril de 2011, Cachoeira pede ajuda de Demóstenes para resolver demandas na Anvisa. Os dois combinam uma operação para cooptar Norberto Rech, gerente-geral de Medicina do órgão. Os grampos indicam que, depois de uma suposta conversa entre o parlamentar e o servidor, em 13 de abril do ano passado, Cachoeira enviou emissários para uma reunião na agência. Leia mais no Estadão.

5 de maio de 2012, 09:21

BRASIL Banco cobrou dez vezes mais em juro de casa própria

No dia 9 de abril, o Congresso em Foco publicou reportagem informando que lojistas acusam o Banco Safra, em um processo judicial, de ter aplicado um golpe para cobrar valores dobrados de juros em operações de antecipação de vendas no cartão de crédito. Essa pode não ter sido a única operação duvidosa do banco controlado pelo segundo homem mais rico do Brasil envolvendo cobrança de juros. Após a publicação da reportagem, um ex-funcionário do Banco Safra disse ao Congresso em Foco que a instituição lesou mais pessoas entre os anos 1970 e 1980. De acordo com ele, durante esse período, o banco cobrou dez vezes mais que o permitido por lei na taxa de juros de mora daqueles que atrasavam as prestações da casa própria. O ex-chefe do Departamento Administrativo da Safra Crédito Imobiliário Renê Roldan afirmou que os juros extras foram pagos pelos mutuários durante pelo menos quatro anos, entre 1976 e 1986, quando o extinto Banco Nacional da Habitação regulava o setor e na mesma época em que foi feita a informatização do setor de cobrança. Leia mais no Congresso em Foco.

Eduardo Militão, Congresso em Foco

5 de maio de 2012, 08:52

BRASIL Depois dos bancos, governo enfrentará a mídia, diz presidente do PT

Foto: Paulino Menezes

Presidente nacional do PT, Rui Falcão

Depois de deflagrar a cruzada contra o sistema financeiro privado e a cobrança de juros elevados no País, o governo da presidente Dilma Rousseff poderá colocar em discussão o polêmico tema do marco regulatório da comunicação. A informação foi dada nesta sexta-feira, 4, pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, durante discurso em evento sobre estratégia eleitoral do PT nesta campanha municipal, em Embu das Artes, São Paulo. “Este é um governo que tem compromisso com o povo e que tem coragem para peitar um dos maiores conglomerados, dos mais poderosos do País, que é o sistema financeiro e bancário. E se prepara agora para um segundo grande desafio, que iremos nos deparar na campanha eleitoral, que é a apresentação para consulta pública do marco regulatório da comunicação”, disse o dirigente petista em seu pronunciamento. Leia mais no Estadão.

Guilherme Waltenberg e Daiene Cardoso, Agência Estado

5 de maio de 2012, 08:19

BRASIL Presidente do STF defende plenitude da liberdade de imprensa

Ministro Carlos Ayres Britto

Em uma tentativa de reduzir o número de decisões judiciais que resultam em censura ou punição a jornalistas, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Carlos Ayres Britto, pretende usar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – que também preside – para informar o resto do Judiciário sobre a posição do STF acerca da liberdade de expressão. “Eu pretendo, junto com os conselheiros do CNJ, desenvolver programas, quem sabe até campanhas, esclarecendo o conteúdo da decisão do Supremo (que derrubou a Lei de Imprensa, em 2009), que foi pela plenitude da liberdade de imprensa”, disse, depois de fazer a palestra de encerramento do Seminário Internacional de Liberdade de Expressão, nesta sexta-feira, 4, em São Paulo. “Quem sabe o nível de intolerância social diminua.” Nos dois dias do seminário, promovido pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS), especialistas avaliaram que, embora o Supremo venha decidindo em favor do livre exercício do jornalismo, juízes de primeiro e segundo graus por vezes ainda restringem a liberdade de expressão. Leia mais no Estadão.

Lucas de Abreu Maia, de O Estado de S. Paulo