30 de janeiro de 2012, 17:10

BRASIL Governador de Goiás é diagnosticado com dengue

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), foi diagnosticado com dengue no último sábado. Em mensagem postada em redes sociais pela assessoria do tucano, a doença foi detectada pelo Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO). Segundo a mensagem, outros exames ainda irão apontar qual o sorotipo da dengue que acomete o governador. (Folha)

30 de janeiro de 2012, 17:00

BRASIL Juiz impedido de viajar armado em voo diz que precisou ‘suportar calado’

O juiz estadual que teria motivado o atraso e cancelamento de um voo da Gol por embarcar com arma e munição se pronunciou sobre o caso nesta segunda-feira (30), respaldado pelo apoio da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB). A situação ocorreu no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, na capital baiana, na noite do dia 26 de janeiro deste ano. O destino do voo seria o Aeroporto Galeão, no Rio de Janeiro. Em seu comunicado, o juiz criminal Vitor Bizerra diz que estava com sua família na aeronave e ressalva que há preceito legal que autoriza porte de arma de fogo por qualquer magistrado dentro do território nacional. O juiz afirma que foi submetido a todos os procedimentos legais como a apresentação da quantidade de munições e carregadores à Polícia Federal e que um agente assinou a autorização do embarque e o documento de comunicação para o piloto. (G1)

30 de janeiro de 2012, 16:50

BRASIL Wagner é o único governador que viaja com Dilma para Cuba

Foto: Victor Pinto

Governador Jaques Wagner

Além de diplomatas e ministros, Jaques Wagner é o único governador a integrar a comitiva de Dilma Rousseff que parte hoje para um giro por Cuba e Haiti. Entre os ministros, Dilma leva para a terra dos irmãos Castro Antonio Patriota, Alexandre Padilha, Fernando Pimentel e José Elito. (Radar On-line/Veja)

30 de janeiro de 2012, 16:00

BRASIL Lupi diz que tem condições morais para presidir PDT

Carlos Lupi

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou nesta segunda-feira que tem condições morais para permanecer no comando do partido, apesar de ter sido demitido do Ministério do Trabalho por suspeita de favorecimento a ONGs. Ele não fez referência às acusações, nem às declarações do deputado Brizola Neto (RJ) que defendeu que Lupi não voltasse ao comando partidário sem antes prestar esclarecimentos sobre sua demissão. (Folha)

30 de janeiro de 2012, 15:15

BRASIL Abertura e fechamento de estatal foi decisão de Orlando, diz Aldo

Aldo Rebelo

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou nesta segunda-feira, 30, que tanto a decisão de criar a Empresa Brasileira de Legado Esportivo Brasil 2016 quanto a decisão de extingui-la foram tomadas na gestão do ex-ministro Orlando Silva, que pediu exoneração do cargo após denúncias de participação em suposto esquema de desvio de dinheiro público. “Quando eu cheguei no Ministério do Esporte, a decisão já estava tomada”, afirmou, ao comentar reportagem publicada na edição desta segunda do jornal O Estado de S.Paulo, mostrando que o Ministério do Esporte pagou R$ 4,65 milhões, no ano passado, sem licitação, para a Fundação Instituto de Administração (FIA) ajudar no nascimento da estatal que foi extinta antes de funcionar. (Agência Estado)

30 de janeiro de 2012, 14:50

BRASIL PDT reafirma partido na base independentemente de cargos

O vice-presidente do partido, André figueiredo (PDT-CE), reiterou nesta segunda-feira que a legenda faz parte da base aliada. “Somos da base [do governo] independentemente de cargos, mas não estamos indicando nomes, porque a presidenta não acenou como um convite para o PDT. Estamos aguardando um convite [para definir um nome no Ministério do Trabalho]”. A pasta está sob comando interino de Paulo Roberto dos Santos Pinto desde a saída de Carlos Lupi. O ex-ministro deixou a pasta depois de denúncias de irregularidades em convênios com organizações não governamentais para programas de qualificação de mão de obra. André Figueiredo disse que há dois nomes fortes dentro do partido para o comando do ministério: o de Manuel Dias (secretário-geral) e o do deputado Vieira da Cunha (PDT-RS). Dias reiterou as palavras de Figueiredo sobre a manuntenção do PDT na base do governo. Perguntado se o partido estava rachado por causa das denúncias que resultaram na saída de Carlos Lupi, ele negou que isso estivesse ocorrido. (R7)

30 de janeiro de 2012, 14:40

BRASIL Lupi não deveria ter voltado à direção do PDT, diz Brizola Neto

Foto: Agência Câmara

Brizola Neto

Durante reunião do diretório nacional do PDT nesta segunda-feira o deputado Brizola Neto (RJ) disse que o presidente do partido, Carlos Lupi, não deveria ter voltado ao cargo, sem antes, prestar esclarecimentos sobre sua demissão do Ministério do Trabalho. “Sua volta tinha que ter passado por uma discussão do diretório por toda a circunstância política que envolveu o fim da licença [da presidência do PDT]. O partido deveria ser ouvido, seu retorno não poderia se dar por uma decisão pessoal”, disse Brizola Neto. (Folha)

30 de janeiro de 2012, 13:36

BRASIL PCdoB comemora 90 anos com show de Martinho da Vila

O sambista Martinho da Vila fará o show que celebrará os 90 anos do PCdoB, no dia 24 de março, no Vivo Rio, no Rio de Janeiro. O partido também fará organiza uma sessão especial no Congresso, no dia 26 de março, para celebrar a data. Antes disso, os comunistas inauguram uma exposição na Câmara dos Deputados sobre os 90 anos de história do partido. (Poder On-line/Ig)

30 de janeiro de 2012, 13:12

BRASIL Governador de Sergipe assistiu a protesto de Rita Lee durante show

O governador de Sergipe, Marcelo Déda, assistiu ao início do protesto de Rita Lee contra ação de PMs em seu show de despedida na madrugada de domingo, em Aracaju. Quando a cantora de 67 anos falou “Cadê o responsável? Eu quero falar, esse show é meu!”, vira de costas para o palco e se retira de uma espécie de “área VIP”, sendo seguido por jornalistas. Em entrevista, Déda censurou o comportamento de Rita, ressaltando que a postura da cantora poderia ter gerado uma “confusão generalizada. As informações são do IG.

30 de janeiro de 2012, 12:40

BRASIL Dilma viaja, Temer assume e o PMDB torce

Michel Temer e Dilma

O PMDB, que vem reclamando tanto da distribuição dos cargos no governo, pode ter oportunidade hoje mesmo de resolver seus problemas. Se tudo ocorrer como previsto na agenda do Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff viaja agora ao meio dia para Cuba e Haiti. E o presidente licenciado do PMDB, Michel Temer, assume interinamente a Presidência da República. Quem sabe ele não chama o líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves, para uma conversinha? (Poder On-line/Ig)

30 de janeiro de 2012, 12:37

BRASIL Casa Civil demite mais um assessor de Negromonte

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, demitiu hoje mais assessor de confiança do ministro das Cidades, Mário Negromonte, que está como o cargo em risco por causa de uma série de problemas administrativos e políticos na pasta. O PP tenta definir esta semana um nome para subsituir Negromonte. O Diário Oficial da União desta segunda-feira trouxe a exoneração de assessor parlamentar do Ministério das Cidades, João Ubaldo Coelho Dantas. Ele foi demitido cinco dias após a exoneração do chefe-de-gabinete das Cidades, Cássio Peixoto.  O chefe de gabinete de Negromonte deixou a pasta após uma série de denúncias que envolveram seu nome. Assessores das Cidades afirmam que ele não teria aguentado a pressão. Peixoto e Coelho Dantas são ligados politicamente ao grupo de Negromonte na Bahia. Como são assessores de segundo escalão, a exoneração é assinada pela ministra-chefe da Casa Civil. (IG)

30 de janeiro de 2012, 12:20

BRASIL Crise é passageira

Cândido Vaccarezza

Cândido Vaccarezza vai procurar Henrique Eduardo Alves, na próxima semana, para conversar sobre o litígio com o Planalto. Ainda de férias nos EUA, Vaccarezza aposta na boa relação que tem com Alves, “nós somos amigos”, para fazer com que o PMDB continue adestrado nas votações de interesse do governo. Diz Vaccarezza: “Não conversei com o PMDB ainda, mas acho que isso é passageiro”. (Radar On-line/Veja)

30 de janeiro de 2012, 12:09

BRASIL Dilma diz que país passou mais de 20 anos sem política habitacional

Ao participar do lançamento das obras de urbanização em Camaçari (BA), a presidenta Dilma Rousseff disse que pelas duas décadas que antecederam o governo petista o país não teve uma política habitacional. Dilma enfatizou a importância da casa própria para as famílias brasileiras e disse que a orientação de seu governo é garantir esse direito. “Sempre que venho entregar ou lançar uma obra do Minha Casa, Minha Vida, ou qualquer projeto que tenha ligação com qualquer obra de retirada de população de área de risco é um extremo orgulho. Nesse país uma das coisas mais importantes que nós mudamos é justamente a política habitacional. O Brasil passou mais de 20 anos sem ter uma política real de garantia da casa própria para sua população”, disse a presidenta. Hoje, Dilma enfatizou que a obrigação do governo, dos governadores e dos prefeitos é garantir o direito à casa própria. “A casa é talvez a coisa mais importante para uma família. É onde se criam os filhos, onde se recebem os amigos”, disse a presidente. (Agência Brasil)

30 de janeiro de 2012, 11:50

BRASIL Explosão de bueiro deixa 1 morto e 2 feridos no Rio

Um homem morreu e dois ficaram feridos em uma explosão de um bueiro na Avenida Rio de Janeiro, no interior de um armazém na Zona Portuária do Rio, por volta das 10h desta segunda-feira. Segundo os bombeiros, o homem morreu no local e os dois feridos foram socorridos por ambulâncias do Cais e levados para o Hospital Souza Aguiar, no centro da cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, um homem teve fratura exposta no braço direito e queimaduras superficiais na face e, o outro,  já chegou com o braço imobilizado e passa por exames de raios-x para saber a extensão dos ferimentos. Ainda não há informação sobre qual empresa é responsável pelo bueiro. (Estadão)

30 de janeiro de 2012, 11:45

BRASIL Ideli e a choradeira da base

Ideli Salvatti

Responsável pela articulação do governo com o Congresso, Ideli Salvatti sabe que terá trabalho neste primeiro semestre, enquanto as votações na Câmara e no Senado não forem esvaziadas pela campanha eleitoral. Ideli, no entanto, considera ter pelo menos um ponto favorável neste ano: a pauta relativamente tranquila de projetos de interesse do governo. Não há, na visão do palácio, nenhuma proposta vital para o funcionamento do governo pendente no Congresso. Tirando o projeto do fundo de previdência, a Lei Geral da Copa, o Código Florestal ou os royalties do petróleo não são temas que tiram o sono de Ideli. (Radar On-line/Veja)