15 de agosto de 2012, 07:46

BRASIL Governo Dilma Rousseff adia propostas e grevistas radicalizam

Foto: Marcello Casal/ABr

Planejamento adia apresentação de propostas e chama PM para administrar frustração de grevistas

As duas primeiras reuniões marcadas pelo Ministério do Planejamento para negociar com servidores públicos em greve resultaram em embromação, frustração e radicalização. A mistura fez ferver os ânimos dos organizadores da marcha sindical que descerá a Esplanada nesta quarta. Na semana passada, Sérgio Mendonça, secretário de Relações de Trabalho, enviara comunicado às entidades sindicais convocando-as para as duas rodadas de negociação, nesta terça –uma pela manhã e outra à tarde. Embromou em ambas. Numa, após tomar um chá de cadeira de quase duas horas, os sindicalistas ouviram do secretário que o governo ainda não lograra formular uma resposta para as reivindicações de 18 das mais de 30 categorias que trazem os braços cruzados. Adiou a apresentação da proposta para sexta. Para complicar, Sérgio Mendonça preparou o ânimo dos interlocutores para o pior. Lero vai, lero vem informou que a proposta que está por vir passará longe dos anseios dos grevistas. Primeira frustração. Leia mais no Blog do Josias.

15 de agosto de 2012, 07:03

BRASIL Mais de 3 mil ex-prefeitos querem voltar ao cargo

O grande número de ex-prefeitos que se candidataram este ano para voltar ao cargo é um fato que divide opiniões no meio acadêmico. Pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que mais de 3 mil candidatos a prefeito nas eleições de outubro já ocuparam o cargo. Eles foram eleitos nos pleitos de 1996, 2000 e 2004. Em Salvador, dos seis candidatos um já dirigiu a cidade duas vezes: Mário Kértesz (PMDB), mas em anos anteriores, de 1979 a 1981, e de 1985 a 1989. Para alguns cientistas políticos, a busca permanente pelo poder municipal é reflexo de uma democracia incipiente, que possibilita ao candidato estabelecer feudos políticos. Outros, no entanto, consideram a prerrogativa de disputar um cargo que já foi exercido nada além do exercício pleno da democracia, que transfere ao povo o poder de colocar quem quiser no cargo. Leia mais na Tribuna.

15 de agosto de 2012, 06:42

BRASIL STF conclui nesta quarta fase de defesa oral dos réus do mensalão

Será 10º dia do julgamento do processo; serão ouvidos mais 3 advogados

O Supremo Tribunal Federal (STF) conclui nesta quarta-feira a fase de sustentações orais dos advogados de defesa dos réus do processo do mensalão. O tribunal ouviu até terça advogados de 35 dos 38 réus. Na décima sessão do julgamento, serão ouvidas as argumentações dos defensores de três acusados – José Luiz Alves, Duda Mendonça e Zilmar Fernandes. Ex-assessor do ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto, também réu, Alves é acusado por lavagem de dinheiro. Ele sacou R$ 600 mil do esquema para Adauto, mas alega que apenas cumpria ordens do chefe. O marqueteiro político Duda Mendonça admitiu em 2005, na CPI dos Correios, que recebeu pagamento não declarado, de paraísos fiscais, pelos serviços de campanha para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele diz que não sabia da origem supostamente ilegal do dinheiro. Sócia de Duda, Zilmar Fernandes sacou R$ 1,4 milhão das contas de Marcos Valério e enviou os recursos para o exterior. Ela também alega que desconhecia de onde vinham os recursos. Leia mais no G1.

15 de agosto de 2012, 06:30

BRASIL Manchetes do dia

A Tarde: Bahia tem queda no ensino médio e a pior escola do país

Correio: O Google viu!

Globo: Funcionalismo sindical – Greves: comércio exterior perdeu dois anos em oito

Folha: Novos dados ruins fazem MEC mudar ensino médio

Estadão: Educação avança no País, mas aluno aprende pouco

Correio: Negociação emperra, servidor radicaliza

Valor: “Tempestade perfeita” atinge balanços

Estado de Minas: O preço da comodidade

Zero Hora: Estudo do MEC – RS tem pior resultado em educação no sul do Brasil

14 de agosto de 2012, 20:34

BRASIL Comissão da Verdade vai investigar centros de tortura no Rio de Janeiro

A Comissão da Verdade vai investigar antigos centros de tortura, localizados no Rio de Janeiro, que foram mantidos clandestinamente pela repressão política no estado. De acordo com um dos integrantes da Comissão, Paulo Sérgio Pinheiro, a existência desses locais, onde muitos presos políticos foram vistos com vida pela última vez antes de desaparecer, foi mais acentuada no estado que em outras unidades da Federação. “Em cada local, teremos algum ponto com mais relevância (para investigação)”, completou Pinheiro, que participou, com os conselheiros José Paulo Cavalcanti e Rosa Cardoso, da assinatura de termo de cooperação com a Seccional Rio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). (Blog de Cláudio Humberto)

14 de agosto de 2012, 20:11

BRASIL CPMI do Cachoeira terá depoimentos de ex-diretor do Dnit e de antigo dono da Delta

Pagot

O ex-diretor-geral Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antonio Pagot vai prestar depoimento à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito do Cachoeira no próximo dia 28. A data foi anunciada há pouco pela secretaria da comissão. No mesmo dia, a CPMI ouvirá o empresário Adir Assad, acusado de lavagem de dinheiro. Pela manhã, o presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), havia anunciado que o ex-dono da empreiteira Delta Construções, Fernando Cavendish, iria depor também no dia 28. No entanto, o depoimento dele ficou marcado para o dia 29, mesmo dia em que será ouvido o engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, ex-diretor da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) e ligado ao PSDB de São Paulo. (Agência Brasil)

14 de agosto de 2012, 19:45

BRASIL As greves e o desfile de 7 de Setembro

A estrutura de grades e arquibancadas para o desfile de 7 de setembro começou a ser montada hoje à tarde na Esplanada dos Ministérios com uma dúvida (e uma certeza) cruel nas cabeças coroadas dos burocratas do Planejamento: as greves terão de ser dissipadas a tempo da festa. Do contrário, Dilma Rousseff e o governo poderão viver um Dia da Independência inesquecível em Brasília. (Radar Onlin/Veja)

14 de agosto de 2012, 19:10

BRASIL Advogado diz que ex-deputado petista usou dinheiro para pagar caixa 2

O advogado do ex-deputado petista Paulo Rocha afirmou nesta terça-feira no julgamento do mensalão no STF que seu cliente recebeu R$ 620 mil do PT para pagar caixa 2 de campanhas eleitorais no Pará. Ele negou que o cliente tivesse conhecimento de que o dinheiro teria origem ilícita e afirmou que, na reunião no apartamento de Rocha em que foi fechado um acordo entre o PT e o PL (hoje PR) para as eleições de 2002, ele não realizou negociação financeira, tendo apenas tomado uma cachaça com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Não vamos cometer a pouca urbanidade de entender que uma reunião de coligação política no apartamento funcional de Paulo Rocha com o presidente da República desse para o Paulo o conhecimento disso tudo. A participação do Paulo foi de ficar ao lado do presidente, eles só tomaram uma cachacinha bem pequenininha que o Paulo tinha lá”, afirmou o advogado. (Último Segundo/Ig)

14 de agosto de 2012, 18:24

BRASIL Defesa de Professor Luizinho (PT) culpa assessor “Zé Linguiça” por saques do valerioduto

Comunicar erro Imprimir O advogado Pierpaolo Cruz Bottini, defensor do ex-deputado federal Professor Luizinho (PT-SP) no julgamento do mensalão, procurou responsabilizar José Nilson dos Santos, assessor do parlamentar, conhecido como “Zé Linguiça”, pelos saques realizados do valerioduto. A sustentação oral de Bottini foi apresentada na tarde desta terça-feira (14), no STF (Supremo Tribunal Federal), em Brasília.

Ver em tamanho maiorO julgamento do mensalão no STFFoto 1 de 200 – 14.ago.2012 – O advogado Pierpaolo Bottini, que defende o ex-deputado federal Luiz Carlos da Silva, conhecido como Professor Luizinho, faz sua sustentação oral no nono dia de julgamento do processo do mensalão, nesta terça-feira (14). O ex-deputado, que na época era líder do governo na Câmara dos Deputados, é acusado de receber R$ 20 mil do valerioduto e responde pelo crime de lavagem de dinheiro. Segundo a Procuradoria Geral da República, Luizinho pediu que o assessor sacasse a quantia.

A defesa nega e sustenta que José Nilson era amigo do então tesoureiro do PT, Delúbio Soares, e agiu por conta própria ao fazer os saques. “Ele gozava de uma amizade tão grande com o Delúbio a ponto de ser chamado de ‘Zé Linguiça’ por ele”, afirmou o defensor. O argumento da defesa é que, como Nilson, responsável pelo saque, não foi denunciado no processo, não há sentido em denunciar Luizinho.

UOL Brasília

14 de agosto de 2012, 16:29

BRASIL Sem vender, importadores de carros falam em cenário insustentável

As vendas de carros importados de marcas sem fábrica no Brasil em julho caíram 4,1% na comparação com o mês de junho e despencaram 41,5% no confronto com os números de 2011, informou nesta terça-feira a Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores). Algumas marcas, como as chinesas Lifan e Effa, zeraram suas vendas no mês. Com tais números, a entidade já fala em “cenário insustentável”, com possibilidade real de fechamento de portas (sem especificar quais marcas correm risco) — ou seja, perda de empregos no setor. “A viabilidade dos negócios em nosso setor chega a um ponto insustentável”, afirmou o presidente da Abeiva, Flavio Padovan, que também comanda a Land Rover no Brasil, em comunicado enviado à imprensa. O balanço das importadoras para o mês é mesmo ruim: julho foi fechado com entrega de 10.739 unidades, contra 11.202 unidades emplacadas em junho. Apenas para comparação, em julho de 2011 haviam sido entregues 18.346 carros importados. Ler mais no UOL.

14 de agosto de 2012, 16:25

BRASIL CPI do Cachoeira nega pedido de Collor sobre convocação de jornalista da “Veja”

Na manhã desta terça-feira, a CPI de Carlinhos Cachoeira decidiu que vai reconvocar o contraventor para depor, quebrar o sigilo de Andressa Mendonça, noiva do empresário, e dispensar o depoimento do jornalista Policarpo Júnior da revista Veja, informou o UOL. As decisões foram tomadas durante uma reunião administrativa que analisou cerca de 200 requerimentos apresentados até as 18h da última sexta-feira. Na sessão, o pedido do senador Fernando Collor (PTB-AL) para a convocação de Policarpo Júnior à CPI foi negado. Após saber da determinação, Collor disse que está “frustrado” e chamou o jornalista da Veja de “bandido”. “Ao lado dessa frustração repito que quero reforçar a minha denúncia. No meu entender, no coração dessa organização criminosa está a Editora Abril e a Procuradoria Geral da República. Tenho casos horripilantes para contar sobre o senhor Roberto Civita”, afirmou o senador. (Portal Imprensa)

14 de agosto de 2012, 16:10

BRASIL Mensalão: Marco Aurélio Mello critica ‘pressa’ para conclusão de julgamento

Marco Aurélio Mello

O ministro Marco Aurélio Mello questionou nesta terça-feira a suposta “pressa” de colegas do Supremo Tribunal Federal (STF) para acelerar o julgamento do processo do mensalão. Ele afirmou que o presidente da corte, Carlos Ayres Britto, “não está sendo contemplativo” para observar o calendário da análise da ação penal. Mello criticou a sugestão do relator da ação penal, ministro Joaquim Barbosa, para alterar o calendário a fim de que nesta sexta (17) seja realizada sessão para o voto dos ministros. A previsão inicial era de que, passada a fase das sustentações orais dos advogados de defesa, que termina quarta (15), as sessões do julgamento passassem a ocorrer três vezes na semana (segundas, quartas e quintas) e não diariamente, como na primeira fase do processo. (G1)

14 de agosto de 2012, 16:00

BRASIL Fiscais agropecuários mantêm greve e recorrem ao STJ

Fiscais agropecuários em greve realizaram nesta terça-feira (14) manifestação em frente ao Ministério da Agricultura e distribuíram leite para a população. Eles queriam “mostrar para as autoridades que o leite é sagrado, além da importância que o alimento tem para a população”, disse o presidente do Sindicato dos Fiscais Federais Agropecuários, Wilson Roberto de Sá. De acordo com o sindicalista, “o governo não está dando importância ao leite, embora 74% do que é produzido seja consumido no país. O leite não está na pauta das exportações, por isso, os governantes não estão preocupados”, disse. Os fiscais agropecuários estão em greve há oito dias e até agora não conseguiram uma reunião com o governo. Eles reivindicam a realização de novos concursos, reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Na última sexta-feira (10), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que em algumas áreas os servidores deveriam retornar ao trabalho. Eles precisam continuar em atividade os fiscais em funções de controle, fiscalização e inspeção de produtos animais e agropecuários em aeroportos, fronteiras e estabelecimentos de abate de animais de açougue, além de laticínios e certificação de frutas. Unidades descentralizadas do Ministério da Agricultura devem ter no mínimo 70% dos fiscais em atividade”. (Agência Brasil)

14 de agosto de 2012, 15:50

BRASIL Último condenado pela chacina da Candelária é liberado pela Justiça

Dezenove anos após da tragédia que levou à morte seis menores e dois maiores de idade na Igreja da Candelária, Centro do Rio, o último dos três policiais militares condenados pela chacina recebeu indulto da Justiça e está em liberdade. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o ex-policial militar Marcus Vinícius Borges Emmanuel recebeu da Vara de Execuções Penais o direito à liberdade no dia 29 de junho deste ano. Um decreto assinado em 2010 permite que o benefício do indulto seja concedido a condenados por crimes considerados não hediondos que tenham cumprido 15 anos ininterruptos de pena com bom comportamento. O caso de Marcus Vinícius se encaixa nos requisitos, já que o homicídio qualificado do qual é acusado só passou a ser considerado hediondo em 1994, um ano após a chacina. Os outros dois ex-PMs condenados pela tragédia, Aurélio Dias Alcântara e Nélson Oliveira dos Santos Cunha, também foram liberados da Justiça, de acordo com o TJ. Nelson está em liberdade condicional por outro crime. Em 23 de julho de 1993, cerca de 40 pessoas dormiam próximo à Igreja da Candelária, quando os criminosos chegaram atirando. Até hoje não se confirmaram os motivos da tragédia. (G1)

14 de agosto de 2012, 15:40

BRASIL Ex-ministro Roberto Rodrigues realiza palestra em Salvador

Roberto Rodrigues

O ex-ministro da agricultura (2003-2006), engenheiro agrônomo e coordenador do Centro de Estudos do Agronegócio na Fundação Getúlio Vargas (FGV), Roberto Rodrigues, é um dos palestrantes do maior congresso agropecuário da do estado, o Agropec Bahia 2012. Na ocasião, ele irá palestrar sobre o Cenário da Competitividade Mundial da Agropecuária, no dia 18 de Setembro, primeiro dia do evento. Segundo Rodrigues, com o crescente aumento da demanda mundial por alimentos, a agropecuária brasileira fica em uma condição muito favorável para os próximos anos, especialmente por conta de três grandes vantagens competitivas: tem terras disponíveis, conta com produtores rurais eficientes e, finalmente, domina a tecnologia tropical, que é altamente sustentável. Ao mesmo tempo, o país precisa enfrentar cinco gargalos para não perder a chance de se tornar a maior potência mundial agrícola: problemas de logística, criação de políticas de renda estável para o campo, abertura de novos mercados internacionais através de acordos comerciais, defesa sanitária e a necessidade de investimento constante em tecnologia.