16 de janeiro de 2012, 16:27

BRASIL No Brasil, Fifa reclama de exigências do governo para a Copa

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, reclamou das exigências feitas pelo governo federal em relação a realização da Copa do Mundo no país. O dirigente, que já havia criticado o atraso na aprovação da Lei Geral da Copa, afirmou que o país pediu mais que os outros que sediaram o Mundial. “Porque vocês ganharam cinco vezes a Copa, vocês acham que podem pedir, pedir”, afirmou Valcke, ao lado do ministro do esporte, Aldo Rebelo, e do membro do conselho administrativo do COL (Comitê Organizador Local da Copa), Ronaldo. O dirigente se referia, principalmente, ao texto da Lei Geral da Copa, documento que deverá dar garantias à Fifa, dona do Mundial. A primeira versão do texto do projeto de lei, encaminhado ao Congresso Nacional em setembro de 2011, desagradou a entidade máxima do futebol. Após se reunir com Valcke, a presidenta Dilma Roussef admitiu alterações no projeto de lei e novo texto foi redigido. O documento está sendo analisado pelos deputados. O governo e a Fifa esperam que ele seja votado até março. (iG)

16 de janeiro de 2012, 16:20

BRASIL Itamaraty deverá ter balanço sobre pedidos de visto de haitianos na sexta

O Ministério das Relações Exteriores deverá ter um balanço dos pedidos de visto requeridos na Embaixada do Brasil em Porto Príncipe, capital do Haiti, na sexta-feira. Na última semana, o governo brasileiro publicou no Diário Oficial da União a resolução do Conselho Nacional de Imigração que limita a entrada de haitianos a 1.200 por ano. A assessoria do Itamaraty informou que não há prazo para a concessão desses passaportes aos haitianos, uma vez que toda a documentação entregue será analisada ainda pela embaixada e o ministério. A resolução determina que o visto seja concedido por razões humanitárias e pelo prazo de cinco anos, circunstância que constará da Cédula de Identidade do Estrangeiro. As razões humanitárias as quais se referem a nova regra são resultantes do agravamento das condições de vida da população haitiana em decorrência do terremoto ocorrido em 12 de janeiro do ano passado. (Agência Brasil)

16 de janeiro de 2012, 16:01

BRASIL PMDB lança candidatura de Chalita em março

O vice-presidente Michel Temer marcou para março uma reunião do Diretório Municipal do PMDB paulistano que servirá de lançamento oficial da candidatura de Gabriel Chalita a prefeito. Com o evento, o PMDB pretende fazer muito barulho para Chalita.(Poder On-line/Ig)

16 de janeiro de 2012, 15:13

BRASIL Ao retomar concessões, Dilma atende a grandes emissoras de tevê

Dilma Rousseff

O decreto estabelecendo regras para novas concessões de rádio e televisão que está previsto para a presidenta Dilma Rousseff assinar ainda esta semana atende a pedido das grandes emissoras de televisão. Independentemente de serem mais rígidas ou não, mais transparentes ou não, o importante para quem vinha reivindicando a volta das concessões é que elas saiam rápido. E o governo sabe disso. Foi comunicado com todas as letras. Logo, as tais “regras duras” passam a ser mera justificativa para Dilma resolver um problema político com grandes consequências eleitorais. A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ouviu das grandes emissoras, cara a cara, reclamações sobre a demora – ou paralização total – das concessões que mofafam na mesa de seu marido, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Sentiu que a situação estava no limite. Comunicou a Dilma e esta chamou Bernardo para um almoço. O atraso das concessões , sobretudo para cidades de até 30 mil habitantes, passaram a cruzar os interesses do governo no Congresso e as eleições municipais nas capitais país afora. A intenção de Dilma é reduzir a insatisfação das grandes emissoras com o fato de Bernardo desprezar o setor de radiodifusão no dia a dia da pasta. (Poder On-line/Ig)

16 de janeiro de 2012, 15:00

BRASIL Dados do BC mostram que economia retomou crescimento em novembro

Os dados do Banco Central mostraram nesta segunda que a economia brasileira voltou a crescer em novembro, interrompendo uma sequência de três quedas seguidas. Porém, o número de outubro foi revisado para baixo, num sinal de que o impacto da crise externa sobre a economia pode ter sido maior do que o estimado. Os números foram divulgados a dois dias da decisão de política monetária, na qual espera-se que a Selic sofra novo corte de 0,5 ponto percentual. (Claudio Humberto)

16 de janeiro de 2012, 14:56

BRASIL Sul do País amplia estado de emergência devido à seca

Passa de 370 o número de municípios da região sul do País que estão em situação de emergência devido à estiagem que atinge os três estados nos últimos meses. A situação mais alarmante é do Rio Grande do Sul, onde 282 cidades tiveram o estado de emergência decretado. Outras 16 cidades do Estado já enviaram à Defesa Civil estadual a notificação de desastre. No total, 1.622.530 pessoas foram afetadas. Em Santa Catarina, subiu para 80 o número de municípios atingidos que também decretaram situação de emergência, com 489.814 pessoas afetadas pela estiagem. A cidade com situação mais crítica é Chapecó, que tem uma população de 183.530 habitantes. São Lourenço do Oeste e Pinhalzinho também estão entre as que maior prejuízo contabilizam, com 21.797 e 16.235 habitantes respectivamente. No Paraná, a escassez de chuvas dos últimos meses atinge 137 municípios do Estado, afetando 1.357.899 pessoas. Até o momento, 15 municípios decretaram situação de emergência. (Agência Estado)

16 de janeiro de 2012, 14:12

BRASIL Equipe de zoonoses faz vistoria nas dependências do Senado

Uma equipe da Gerência de Controle de Zoonoses do Distrito Federal vistoriou as dependências do Senado na manhã desta segunda-feira. O pedido de vistoria foi feito pela direção da Casa, depois que uma funcionária da Secretaria-Geral foi mordida no pé, na última quarta-feira, por um animal que não conseguiu idenficar, segundo a secretária-geral da Mesa Diretora, Claudia Lyra. De acordo com a assessoria do Senado, a equipe de zoonoses vai produzir um relatório e deve prestar informações sobre a inspeção ainda nesta tarde. Nesta sexta-feira, a Secretaria-Geral do Senado dispensou os servidores do trabalho para que fosse feita uma desratização e dedetização em parte das dependências da Casa. Em nota, o Senado afirmou que obedece a um “calendário regular de limpeza” e de prevenção, que inclui dedetização e desratização. Esse trabalho compreende ainda, de acordo com a nota, a limpeza de bueiros, latas de lixo externas e isolamento de frestas e caixas externas. (G1)

16 de janeiro de 2012, 13:59

BRASIL Por telefone, Kassab lança ofensiva para convencer petistas sobre aliança

Foto: Agência Estado

Gilberto Kassab (PSD), prefeito de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), parece estar levando a sério a possibilidade de fechar aliança com o PT nas eleições municipais deste ano. Neste fim de semana, o fundador do PSD ligou para dirigentes petistas, desde vereadores até deputados estaduais e federais do PT em São Paulo, para defender a proposta de que um vice de seu partido pode ser um bom negócio para o candidato do PT à Prefeitura, Fernando Haddad. Na quinta-feira, Kassab telefonou para o próprio ministro da Educação e deixou claro que o PSD pode lhe indicar um vice. O prefeito de São Paulo explicou a Haddad que prioriza fechar uma aliança com o PSDB. No entanto, caso o ex-governador José Serra não saia candidato – como ele mesmo tem dito que não sairá – e o governador Geraldo Alckmin não aceite Guilherme Afif Domingos (PSD) como cabeça de chapa, não haverá acordo entre o PSD e os tucanos. (Terra Magazine)

16 de janeiro de 2012, 13:36

BRASIL Centrais sindicais realizam ato na quarta-feira pela queda dos juros

As centrais sindicais realizam, na manhã de quarta-feira, um ato em frente ao Banco Central, em São Paulo, reivindicando a queda na taxa básica de juros. No mesmo dia, o Copom (Comitê de Política Monetária) divulgará a nova taxa Selic. “Vamos pressionar para que o Copom mantenha a política de redução da taxa Selic. Baixar os juros funciona como um estímulo para a criação de novos empregos e para o aumento da produção no país”, disse Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical. Em dezembro, na ata de sua última reunião, o Copom reduziu a Selic para 11% ao ano. (Folha)

16 de janeiro de 2012, 13:33

BRASIL Presidente uruguaio visita Lula amanhã em São Paulo

O presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, chega amanhã a São Paulo exclusivamente para visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Diplomatas uruguaios informaram à Agência Brasil que Pepe Mujica passará apenas a terça-feira no Brasil com esse único compromisso. O local do encontro ainda está sendo definido. Pepe e Lula se tratam de “amigos”. A assessores, Mujica disse que quer prestar solidariedade a Lula, que faz tratamento de combate ao câncer de laringe. Diagnosticado há três meses com o tumor, o ex-presidente segue um rigoroso tratamento que começou com quimioterapia e agora está na fase de radioterapia, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O ex-presidente optou por revelar em detalhes todos os procedimentos médicos a que vem se submetendo. Ele raspou o cabelo e a barba no começo do tratamento. Bem-humorado, disse que estava se antecipando aos efeitos dos medicamentos. Em dezembro do ano passado, Lula concluiu o ciclo da quimioterapia principal. De acordo com a equipe médica que o acompanha, o tumor na laringe, que tinha três centímetros de diâmetro, teve uma redução de 75%. (Agência Brasil)

16 de janeiro de 2012, 13:15

BRASIL Edição do BBB12 ignora possível caso de estupro

Foto: Reprodução/TV Globo

Monique, na manhã deste domingo: sem saber o que aconteceu de fato

Se houve ou não abuso sexual no Big Brother Brasil 12, a Globo não viu. Ou fez que não viu. Durante todo o domingo, as redes sociais discutiram e compartilharam vídeos de mais de sete minutos em que a estudante gaúcha é agarrada pelo modelo paulista Daniel sob o edredom na casa do reality show. Os arquivos, retirados do Youtube devido a um acordo que a Globo mantém com o Google desde a novela Insensato Coração, mostram uma Monique estática, como se estivesse dormindo, a maior parte do tempo. Daniel, que não parou de se mexer por vários minutos sob a coberta, teria tirado proveito da estudante sem seu consentimento, afirmaram os usuários do Twitter, que pediram a saída do modelo do programa. Na edição que foi ao ar neste domingo, porém, nada disso foi mostrado. Nos poucos segundos do episódio exibidos, Monique corresponde à investida de Daniel. Leia mais no site da revista Veja.

16 de janeiro de 2012, 12:03

BRASIL Tião Viana recebe diretora para falar de filme sobre Marina Silva

A cineasta Sandra Werneck viaja hoje para Rio Branco, no Acre, para encontrar Tião Viana (PT), governador do Estado. Na pauta, as filmagens do longa sobre a vida da ex-senadora Marina Silva, 53. O filme começa a ser rodado em julho. Em novembro, Marina aceitou ter uma fase da sua vida retratada no filme da diretora. A proposta já vinha sendo feita há algum tempo pela diretora de cinema e Marina conta que só aceitou “porque a proposta é que o filme registraria um período, não viria pra essa coisa da política”. Marina disse que isso a deixou mais confortável. “Claro que as pessoas vão saber de quem se trata. Mas será muito mais um testemunho de vida para dialogar com os temas e as causas.” Marina nasceu em Breu Velho, no Acre. Com a saúde frágil, aprendeu a cozinhar e a lavar roupa enquanto dava os primeiros passos na alfabetização. Estudar foi a motivação para deixar, aos 16 anos, o seringal Bagaço, onde ajudava o pai na extração da borracha. (Folha)

16 de janeiro de 2012, 11:47

BRASIL Casa da Moeda abre concurso para 1.015 vagas

A Casa da Moeda do Brasil lançou concurso que oferece 27 vagas para posse imediata e 988 para formação de cadastro de reserva. As oportunidades são para cargos de nível médio e superior com rendimentos que variam entre R$ 1.395 e R$ 3.592. O concurso será organizado pela Fundação Cesgranrio e as inscrições podem ser feitas de 12 a 31 de janeiro pelo site www.cesgranrio.org.br. As taxas variam de R$ 45 (nível médio/técnico) a R$ 90 (nível superior). Em todo o país, mais de 43 mil vagas a serem preenchidas por concurso público estão com inscrições abertas esta semana. Leia mais no Congresso em Foco.

16 de janeiro de 2012, 11:35

BRASIL Dilma discute cortes no orçamento com Miriam Belchior

Foto: Agência Brasil

Miriam Belchior

A presidente Dilma Rousseff despacha hoje à tarde com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, que retorna de férias. Na pauta, o corte de despesas no orçamento da União e investimentos para 2012. O tema será discutido em reuniões setoriais que a presidente pretende realizar na quinta, sexta-feira e sábado, como preparatória para a primeira reunião ministerial do ano, marcada para a próxima segunda-feira. O Ministério da Fazenda defende um corte drástico nos gastos, na casa de R$ 60 bilhões, para cumprir a meta cheia de superávit primário, de 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas a presidente quer novos cálculos para preservar os investimentos neste ano de eleições. (Agência Estado)

16 de janeiro de 2012, 11:26

BRASIL Dilma sanciona lei que regulamenta emenda da saúde

Com 15 vetos, a presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira (16) a regulamentação da emenda constitucional que fixa os gastos obrigatórios do governo federal, dos Estados e dos municípios com o sistema público de saúde. A nova lei define quais ações podem ser contabilizadas como gastos em saúde e prevê punição para quem descumprir as novas regras. Pelo texto aprovado pelo Congresso em dezembro, permanece para a União a regra segundo a qual o governo deve aplicar na saúde o valor empenhado (reservado para gasto) no orçamento anterior, acrescido da variação nominal do PIB (Produto Interno Bruto). Um dos vetos da lei, sugerido pelos ministérios do Planejamento e da Fazenda, retirou o artigo que prevê “créditos adicionais” para a saúde na hipótese de revisão do valor nominal do PIB. Segundo os ministérios, “a necessidade de constante alteração nos valores a serem destinados à saúde pela União pode gerar instabilidade na gestão fiscal e orçamentária”. A proposta terá maior impacto nos cofres dos Estados. O percentual obrigatório que eles devem investir é 12% da receita. Mas, a partir de agora, eles não poderão contabilizar como gastos de saúde despesas como o pagamento de aposentadorias e restaurantes populares para alcançar esse percentual. A expectativa é que para cumprir as novas regras os governadores e prefeitos vão desembolsar R$ 3 bilhões ao ano.(Folha)