18 de junho de 2018, 10:31

BAHIA Mais de 842 mil baianos poderão sacar PIS/Pasep a partir desta segunda

Mais de 842 mil baianos vão ter acesso a recursos que estão depositados em contas inativas dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil (BB) divulgaram na última quarta-feira (13) o calendário de saques. Em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer sancionou a lei e assinou o decreto que regulamentam os saques, que agora poderão ser feitos por todas as pessoas que têm direito ao benefício, e não apenas por aquelas com 60 anos ou mais, como vigorava na regra anterior.Tem direito ao benefício, já a partir desta segunda-feira (18), qualquer pessoa que trabalhou formalmente entre os anos de 1971 e 1988, desde que as mesmas ainda não tenham feito o saque dos recursos em outras ocasiões. Na Bahia, a estimativa da Caixa é que a medida provoque uma movimentação de pouco mais de R$ 1 bilhão. Cerca de 28,7 milhões de brasileiros têm dinheiro em contas inativas do PIS/Pasep para resgatar. Desse total, 3,6 milhões já fizeram o saque até maio deste ano, num total de R$ 5 bilhões. Os outros R$ 34,3 bilhões ficarão disponíveis para serem sacados no Banco do Brasil (servidores públicos) e na Caixa Econômica Federal (trabalhadores do setor privado).

Correio*

18 de junho de 2018, 09:59

BAHIA PPS decide apoiar candidatura de Zé Ronaldo

O PPS confirmou, na manhã de ontem, o apoio à pré-candidatura de José Ronaldo (DEM) ao governo da Bahia. O anúncio foi feito durante o Congresso Estadual da legenda, realizado no auditório do Salvador Shopping Business, no Caminho das Árvores. Presidente do PPS na Bahia, o vereador Joceval Rodrigues ressaltou que a pré-candidatura do democrata é a oportunidade de a Bahia ter um novo projeto. Ao agradecer o apoio, José Ronaldo afirmou que, até lideranças ligadas ao governador Rui Costa (PT), que é candidato à reeleição, tem manifestado o desejo de ficar de seu lado.“Temos recebido manifestações de apoio de diversos partidos, inclusive, de lideranças de partidos ligados à situação, inconformadas com a forma como o governo do PT conduz o estado. Em todos os municípios que visitamos recebemos inúmeras manifestações de pessoas insatisfeitas com as seguidas promessas que nunca saem do papel e com os problemas relacionados à segurança. Não podemos continuar liderando os índices de violência do país. A educação foi abandonada e as pessoas morrem na fila da regulação. A Bahia quer mudança, quer voltar a se desenvolver”, afirmou o democrata no evento.Depois de ser oficializado como o principal candidato de oposição ao Palácio de Ondina, José Ronaldo tem intensificado as visitas ao interior do estado. Neste final de semana, ao lado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), foi às cidades de Vitória da Conquista, Valença e Itabuna. Nos bastidores, o democrata soteropolitano foi criticado por aliados por falta de empenho da campanha do correligionário. Nos encontros no interior, José Ronaldo teceu duras críticas ao adversário. “Vivemos um período de estagnação. O governo do PT se preocupou apenas em rivalizar com nosso prefeito ACM Neto, que faz um excelente trabalho na capital. Nessa tentativa, esqueceu dos outros 416 municípios da Bahia. A mudança é necessária. Os municípios devem ser tratados com igualdade”, disse.Além do PPS, o pré-candidato da oposição já conquistou o apoio também do PSDB, que indicou o deputado federal Jutahy Magalhães Júnior para a composição, como candidato ao Senado. O PTB anunciou o aval no final de abril. O PSC, que quer emplacar o parlamentar Irmão Lázaro na chapa, como postulante à Câmara Alta do Congresso, também já confirmou que estará ao lado do democrata. No entanto, ameaça lançar candidatura avulsa do deputado. O PRB, que briga por um espaço na majoritária, não se pronunciou oficialmente, mas a expectativa é de que apoie José Ronaldo.

Tribuna da Bahia

18 de junho de 2018, 09:40

BAHIA “Todos se aproveitaram do meu governo”, diz JH

Foto: Política Livre

João Henrique

Quase cinco anos depois de deixar a prefeitura de Salvador, João Henrique falou abertamente sobre os erros praticados por ele quando chefiava o Palácio Thomé de Souza. Em entrevista exclusiva à Tribuna, o ex-prefeito afirmou que cometeu um equívoco ao montar um secretariado político. “O que foi de negativo nos meus oito anos foi dividir o governo com muitos partidos políticos. Hoje eu não faria mais isso. Na época, era a cultura política predominante e dominante. Tanto dos governos federais que passaram antes de Lula e, inclusive no de Lula, como nos governos estaduais que se passaram e os municipais. Esse fatiamento de secretarias e órgãos só leva a corrupção”, afirmou. Na entrevista, JH chega a dizer que havia “tinha praticamente subgovernos, subprefeituras, dentro de uma prefeitura”. Segundo ele, quase todos os partidos se aproveitaram da administração tanto de direita quanto de esquerda. O ex-prefeito diz ainda que foi “injustiçado” e que sua família sobre até hoje consequência do tempo que era comandante do Thomé de Souza. Leia a entrevista completa na Tribuna da Bahia.

18 de junho de 2018, 09:35

BAHIA PRB Bahia lança programa Qualifica Juventude

O Programa Qualifica Juventude é uma iniciativa do PRB Bahia, através dos setoriais Juventude e Mulher, que tem por objetivo capacitar jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade para o mercado profissional. Nesta terça (19), às 15h o evento será lançado na Uninassau Mercês, uma das Instituições parceiras do programa. No evento, haverá a palestra do coaching Tadeu Ferrt sobre Plano de Carreira e os primeiros passos para uma profissão de sucesso. E a Prof. Ana Patrícia Benevides sobre a Rede Certific e a importância da educação para realização de sonhos. Estará presente a vereadora Ireuda Silva representando a presidente estadual do PRB Bahia, a deputada federal Tia Eron, o coordenador do PRB Juventude Gilberto Barreto, a professora Eugênia Sampaio, articuladora do programa com os jovens da comunidade do Nordeste de Amaralina, a professora Rose Rozendo, diretora do Instituto Uniart, organização convidada para execução e monitoramento do programa. Nesta primeira fase serão qualificados 160 jovens do Nordeste de Amaralina, em seguida será ofertados em outro bairros da cidade.

18 de junho de 2018, 09:21

BAHIA Otto responde a Leonelli: se quisesse disputar governo, teria apoio das oposições

Foto: Divulgação

Senador Otto Alencar

O senador Otto Alencar (PSD) afirmou que o momento oportuno, caso tivesse pretensão de ser candidato ao Governo da Bahia, era a eleição deste ano. A declaração do presidente do PSD baiano, foi uma resposta ao secretário-geral do PSB na Bahia, Domingos Leonelli, que criticou a “hegemonia” de Otto na administração do governador Rui Costa (PT). Em entrevista ao Metro 1, Otto disse que Leonelli tem sido ‘muito duro’ com ele e o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel. “Ele tem as razões para a todo custo querer emplacar a vaga para senadora Lídice da Mata. É um direito dele. Mas tem sido muito áspero e duro comigo e com Coronel, tentando desqualificar de toda forma. Se eu quisesse ser governador, o momento era esse. Não tinha nada a perder”, afirmou. Otto ressaltou que, se fosse postulante ao Palácio de Ondina, teria apoio de partidos de oposição. “Em 2022, nem sei o que vai acontecer. Espero estar vivo, mas não para usurpar direitos de ninguém. Não faço esse movimento. Quero chegar é com saúde física e mental. Não para ser candidato, mas para viver minha vida”, afirmou

18 de junho de 2018, 09:01

BAHIA Lídice pretende fazer ato na terça para discutir situação na chapa

Foto: Política Livre

A senadora Lídice da Mata (PSB) fará uma plenária nesta terça-feira, 19, para discutir a composição da chapa do governador Rui Costa (PT). A chapa do petista deve ser anunciada nesta semana. O encontro será realizado no Hotel Sol Vitória Marina, no Corredor da Vitória, a partir das 18h. Lídice deve, de fato, ficar de fora da composição governista. Aliados garantem que a chapa será formada por Rui e o vice-governador João Leão (PP), como candidatos à reeleição, além do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), e o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), como postulantes ao Senado.Ainda não se sabe se Lídice da Mata vai ser candidata à Câmara dos Deputados, como sugeriram Rui Costa e Wagner, ou se vai ser suplente do ex-governador. Caso seja a última opção, o deputado federal Bebeto (PSB) pode ficar com a suplência. Já a suplência de Coronel deve ficar com o PCdoB, mas o nome ainda não está definido.A expectativa é de que o anúncio da chapa aconteça durante um evento na sede da UPB (União dos Municípios da Bahia), no CAB, com a participação de líderanças políticas do interior e da capital baiana. Informações do Metro1.

18 de junho de 2018, 07:10

BAHIA Rui Costa enfrentará temas espinhosos na campanha, diz jornal

Foto: Mateus Pereira / GOV Bahia

Rui Costa

Elogiado pela gestão fiscal, que fechou o primeiro quadrimestre de 2018 com superávit primário de R$ 663,7 milhões, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), será confrontado durante a campanha à reeleição com números espinhosos de sua administração. De acordo com publicação no Estadão, os altos índices de assassinatos, a terceirização da gestão da saúde para organizações sociais, a ausência de concursos públicos para médicos e de reajuste linear para os servidores deverão aparecer no discurso dos opositores na disputa ao Palácio de Ondina. Principal pré-candidato de oposição, o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo (DEM) deve apostar nas críticas ao aumento da violência nos governos petistas. “São números extraordinários negativamente. Não podemos permitir a continuidade desse sofrimento”, afirmou. Já o ex-ministro da Integração Nacional e pré-candidato do MDB, João Santana, deve focar na economia do Estado. Ele critica a atual gestão por não investir em setores como o agronegócio. “Não dá para não mostrar o que deixou de ser feito.” A taxa de desemprego na Bahia, que é administrada pelo PT desde 2007, é de 17,9%, acima da média nacional de 12,9%. Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostram que, com 7.110 homicídios em 2016, o Estado tem o maior índice de assassinatos no País, em números absolutos. De acordo com o Atlas da Violência 2018, entre os dez municípios mais violentos do Brasil, quatro estão na Bahia: Eunápolis, Simões Filho, Porto Seguro e Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Na área da Educação, o Estado amarga uma taxa de analfabetismo de 12,7% – seis vezes maior que a de São Paulo. Os educadores estão há três anos sem reajuste salarial. Procurada, a Secretaria de Segurança Pública questionou a metodologia utilizada pelo Fórum, como falta de padronização no registro de mortes violentas. A pasta discorda de acrescentar na contagem criminosos mortos em confronto com as forças de segurança. “Um policial atacado tem, por lei, o direito e o dever de reagir proporcionalmente”, afirmou a secretaria, em nota.

Estadão

17 de junho de 2018, 11:10

BAHIA Rui lamenta morte do construtor de trios elétricos Orlando Tapajós

Foto: Reproducão/Metro1

O governador Rui Costa lamentou, neste domingo (17), a morte do construtor de trios elétricos Orlando Tapajós. Por meio das redes sociais, Rui afirmou que “é com imenso pesar que recebo a notícia do falecimento de Orlando Tapajós, uma das personalidades baianas que mudaram a forma de se fazer Carnaval na Bahia e no Brasil”.O governador acrescentou que se solidariza, “em meu nome, da primeira-dama e de todos os baianos, com os familiares e amigos de Orlando Tapajós, nesse momento de dor e sofrimento. Expresso meus sentimentos de luto e pesar pela perda de uma figura tão importante para a história do Carnaval baiano”.

17 de junho de 2018, 08:10

BAHIA Morre construtor de trios Orlando Tapajós, aos 85 anos

Foto: Evandro Veiga/Correio*

O construtor de trios elétricos Orlando Tapajós, 85 anos, morreu neste domingo (17). Seu Orlando, responsável por trios icônicos, como a Caetanave, estava internado no Hospital Teresa de Lisieux, no Itaigara, desde segunda-feira (11), quando sofreu um infarto. Desde então, estava na Unidade de Terapia Intensivas (UTI). A informação foi confirmada logo nas primeiras horas da manhã deste domingo pelo presidente da Associação Baiana de Trios Independentes (ABTI), Paulo Leal. “A ABTI e toda comunidade carnavalesca está de luto e lamenta profundamente a perda do grande carnavalesco e ícone da história da Bahia e do Brasil. Estamos auxiliando a família em todos os procedimentos para o sepultamento e, em breve, informaremos o horário e local“, disse Leal, em nota divulgada pela assessoria do Conselho Municipal do Carnaval (Comcar).Além de ter sofrido um infarto, Seu Orlando estava com um quadro de infecção urinária, como explicou o filho dele, Orlandinho Tapajós, ao CORREIO, na quarta-feira (13). Já neste domingo, o neto mais velho do construtor de trios, Neto Tapajós, divulgou um texto em homenagem ao avô. Na mensagem, postada no Instagram, ao lado de uma foto, ele agradece ao avô por ter ensinado o que é “ser um Tapajós”.

Correio*

17 de junho de 2018, 07:32

BAHIA Marcelino Galo condena possível extinção do IFBA em Valença

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) criticou a ameaça de extinção, pelo governo federal, do campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), em Valença, no Baixo Sul do Estado. O parlamentar disse que a comunidade acadêmica está assustada com a notícia de uma reunião, na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), em que o encerramento das atividades da unidade responsável por formar 708 estudantes de municípios da região estaria selado.”Não duvidamos de nada vindo desse governo usurpador de direitos e de sonhos do povo brasileiro. É importante que a população do Baixo Sul esteja mobilizada em apoio aos professores, técnicos e estudantes do IFBA, visto que esta instituição é fundamental para a formação dos filhos da classe trabalhadora e também para fortalecer o desenvolvimento regional”, enfatizou Galo, ao lembrar que uma reunião de urgência está prevista para acontecer no campus na segunda-feira (18), às 10h30, para tratar do assunto.”Não podemos nem vamos permitir, em hipótese alguma, esse ataque a um instituto que é referência por sua excelência de ensino e que tem compromisso em transformar a realidade dos estudantes e contribuir com o desenvolvimento do Baixo Sul do nosso estado”, afirmou Marcelino Galo, que semana passada esteve reunido com lideranças de Valença e região, junto com o deputado federal Jorge Solla, discutindo a candidatura de Lula à Presidência da República e a necessidade da população criar núcleos de resistência “contra a agenda de retrocessos” imposta pelo Governo Federal.

17 de junho de 2018, 07:03

BAHIA Governo do Estado garante festejos juninos em mais de 160 cidades

O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), estará em todo o estado comemorando os festejos juninos. Ao todo, mais de 160 cidades, distribuídas por diferentes zonas, recebem o apoio do governo estadual. Em Salvador, a festa começou no dia 14 com o campeonato de quadrilha, em Periperi, e segue até o dia 24 no Centro Histórico e em Paripe, com 85 atrações. Um receptivo também foi preparado na Estação Rodoviária e no Aeroporto Internacional de Salvador para receber os turistas.Nomes como Trio Nordestino, Geraldo Azevedo, Cicinho de Assis, Targino Gondim, Del Feliz, Elba Ramalho, Fulô de Mandacaru, Lucy Alves, Zé de Tonha, Jó Miranda, Forrozão, Felipe Araújo, Marilia Mendonça e Devinho Novaes já estão confirmados na festa da capital, que acontece nos dias 23 e 24 de junho. A programação contempla o Terreiro de Jesus, Largo do Pelourinho, Tereza Batista, Quincas Berros D´Água, Pedro Arcanjo e Cruzeiro de São Francisco, no Centro Histórico, e a Praça João Martins, em Paripe.A tradição dos 60 anos do Trio Nordestino abre a programação do palco principal (Terreiro de Jesus), no dia 23 (sábado). A 5ª geração da atração, que nasceu em 1958, se apresenta a partir das 17h. Na sequência, será a vez do mago do forró, Val Macambira, apresentar um repertório recheado de ritmos nordestinos. Grande atração da noite, Geraldo Azevedo apresenta canções como ‘Táxi Lunar’, ‘Bicho de Sete Cabeças’, ‘Veneza Americana’, ‘Semente de Adão’, ‘Caravana’, ‘Dia Branco’ e ‘Moça Bonita’. A noite ainda segue com Cicinho de Assis e Genard.O segundo dia, 24, será aberto por outro ícone do forró: Targino Gondim, com o show ‘Sem Limites’. A apresentação inclui clássicos como ‘Esperando na Janela’, ‘Pra se Aninhar’, ‘Dance Forró mais Eu’ e ‘Toca pra nos dois’. Del Feliz, que propaga o forró no mundo, se apresenta na sequência, com canções em italiano, espanhol e inglês ao toque da sanfona.Depois de ter gravado um CD com diversos outros nomes do forró, Elba Ramalho reforça o time deste dia. A artista apresenta seus clássicos, a exemplo de ‘De Volta Pro Aconchego’, ‘Bate Coração’, ‘Asa Branca’, ‘Banho de Cheiro’, ‘Eu Só Quero Um Xodó’, ‘Tenho Sede’ e ‘Na Base da Chinela’. A grade terá ainda dois grandes nomes: Fulô de Mandacaru e Lucy Alves.No Largo do Pelourinho, o dia 23 terá Flor de Maracujá, André Macedo, Poizé, Zé de Tonha e Mariana Fagundes. No dia 24, Kiko Salli, Cangaia, Jorge Zarath, A Patroa e Jó Miranda se apresentam. A programação nas praças será de sexta-feira (22) até domingo (24), com 15 atrações por dia. “Ainda contaremos com o forró pé de serra em um espaço que vem conquistando o público, a sala de reboco, que fica no Cruzeiro de São Francisco”, revela o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado. A programação tem patrocínio do Banco do Brasil e da Schin.

16 de junho de 2018, 13:05

BAHIA José Ronaldo e ACM Neto são recebidos em Vitória da Conquista

Foto: Divulgação

O pré-candidato a governador pelo Democrtatas, José Ronaldo, cumpriu uma extensa agenda de reuniões e entrevistas nesta sexta-feira (15), em Vitória da Conquista. À noite, ele foi acompanhado pelo presidente nacional do partido, o prefeito de Salvador ACM Neto, participando do Encontro da União, na Câmara Municipal. O evento contou com a participação de lideranças políticas das cidades de Belo Campo, Poções, Cândido Sales, Itapetinga, Itarantim, Anagé, Barra do Choça, Ribeirão do Largo, Abaíra, Tanhaçu, Santa Cruz da Vitória e Caetité.Em entrevistas para as rádios locais, José Ronaldo falou sobre a importância de Vitória da Conquista e do Sudoeste para o estado e reconheceu a necessidade de investir na segurança pública, um problema crônico na região. Segundo o ex-prefeito de Feira de Santana, “é assustadora a situação em que se encontra o estado, que tem cinco das dez cidades mais violentas do país, conforme dados recentes do Atlas da Violência, do Ipea (Instituto Pesquisa Econômica Aplicada)”. Nesta semana, a cidade ficou assustada com um crime envolvendo a morte de dois adolescentes e outros dois baleados.O pré-candidato chamou a atenção também para as filas intermináveis na regulação da saúde e disse que uma solução tem que ser encontrada. “Chegando ao governo, eu imediatamente daria um fim a essa fila direcionando pacientes e fazendo parcerias com hospitais particulares. O povo não pode ser tratado dessa forma. Tem gente morrendo nas filas enquanto aguarda vaga para atendimento”. José Ronaldo falou ainda sobre a necessidade de concretizar a construção da Barragem do Rio Pardo e a necessidade de melhorar a distribuição de água para o distrito de Inhobim.Apoiadores da região convidaram José Ronaldo para participar de um almoço, que contou com a presença da vice-prefeita de Conquista, Irma Lemos; dos deputados Arthur Maia, dos pré-candidatos Hildécio Meireles, Lúcio Rocha, Marcelo Melo e Esmeraldino; do ex-governador Nilo Coelho; vereadores Márcio Ferreira (MDB), Néo de Santa (PSB) e Manoelito (PSB)

16 de junho de 2018, 12:20

BAHIA Drone e helicóptero reforçam fiscalização de trânsito no São João

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) lançou a Operação São João 2018 neste sábado (16), em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária da Polícia Militar (BPRv), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as secretarias estaduais da Saúde (Sesab) e de Infraestrutura (Seinfra) e órgãos municipais de transporte, além do apoio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa). As atividades foram iniciadas com uma blitz na saída da BR-324, no Acesso Norte, em Salvador.A expectativa do Detran-BA é reduzir o número de acidentes em 50% em relação a 2017. “Essa ação visa combater os acidentes de trânsito que acontecem nesse período junino, para que a população possa viajar com segurança. Nós montamos toda uma operação especial. Vai haver fiscalização nas principais rodovias que levam aos principais destinos juninos. Nós faremos essas ações tanto de educação para o trânsito, quanto da fiscalização da via”, explicou o diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes.Cerca de 350 funcionários do Detran-BA, 18 mil policiais militares e 700 agentes da PRF trabalharão na operação. Equipamentos também reforçam a operação. Um drone será usado no controle do fluxo do tráfego nas vias, contribuindo para o flagrante de infrações que fogem do alcance visual das abordagens, como o uso do celular e a tentativa de fuga da blitz, entre outras situações. Helicópteros da PM e da PRF farão sobrevoos nas vias. Tecnologias como o OCR, equipamento que faz a leitura das placas à distância, e outros aparelhos darão mais agilidade aos trabalhos.Abordada pelos agentes, a gerente de recursos humanos Claudia Alves aprovou a operação. “Eu acho importante. Apesar de a lei determinar isso como uma regra e procedimento a ser adotado, algumas pessoas realmente não cumprem. Estou um pouco nervosa porque foi a primeira vez, mas foi ótimo”, declarou a condutora.

16 de junho de 2018, 12:03

BAHIA Coronel aplaude decisão do STF que considerou ilegal condução coercitiva

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Angelo Coronel, aplaudiu a decisão do Supremo Tribunal que considerou ilegal a condução coercitiva de pessoas que sequer foram intimadas a prestar depoimento. “A condução coercitiva só servia para expor e humilhar pessoas que nem mesmo acusadas eram. Concordo com a posição do ministro Marco Aurélio Mello, que citou discurso do senador Roberto Requião: ‘não há moralidade em um sistema judiciário que acusa, processa e condena segundo a visão de mundo dos juízes, segundo simpatias ou antipatias’. O juiz tem que julgar somente segundo a lei”, disse Coronel, ao participar hoje (16.06), ao lado do ex-governador Jaques Wagner, da reunião plenária do deputado Bira Corôa, realizada no auditório do Sindae, nos Barris.Coronel disse que o Judiciário não pode ser refém da opinião pública nem de preferências pessoais. “O Judiciário tem que se pautar exclusivamente na Constituição e nas leis do país. Se for agir conforme o momento ou casuisticamente, vai aprofundar ainda mais a crise que estamos vivendo. A politização do Judiciário e, principalmente, do Ministério Público é danosa à democracia. Como também disse o ministro Dias Toffoli, do STF, ‘nenhum juiz no Brasil tem poder de atingir a liberdade de ir e vir de ninguém’. Juiz não é Deus e, nem mesmo, emissário dele”, explicita Coronel, que também defendeu, no ato no Sindae, a libertação do ex-presidente Lula.O chefe do Legislativo também elogiou a postura do deputado estadual Bira Corôa: “Fiz questão de abraçar Bira nesta plenária realizada no auditório do Sindae, porque sei que é um deputado sério, trabalhador e comprometido com as causas sociais. Sou testemunha de sua luta pela população negra, pela defesa dos povos e comunidades tradicionais, pelos trabalhadores e pela juventude, tanto na Câmara de Vereadores de Camaçari, quando na ALBA, desde 2007. A comissão que ele preside – a da Promoção da Igualdade – é uma das mais proativas da Assembleia”. Deputado estadual pelo terceiro mandato, Bira Corôa foi um dos mais importantes articuladores para que o Governo do Estado atuasse no programa de reforma dos terreiros de candomblé, além de ter sido relator do projeto que culminou na aprovação do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa na Bahia.

16 de junho de 2018, 11:25

BAHIA Senai-BA abre 556 vagas de cursos gratuitos

Até o dia 26 estão abertas as inscrições para os cursos de Aprendizagem Industrial Básica do Senai-BA. São 556 vagas distribuídas em 11 cursos, ofertadas no município de Salvador. Os candidatos devem ter de 14 a 21 anos ou de 18 a 21 anos, a depender do curso escolhido. Todos os cursos são gratuitos e não há taxa de inscrição para o processo seletivo. Os interessados devem se inscrever exclusivamente pela internet, no site www.fieb.org.br/senai. Caso seja atingida a quantidade máxima de 10 candidatos por vaga, a instituição pode encerrar o prazo antes dessa data. Os candidatos aprovados no processo seletivo poderão ser contratados como aprendizes pelas indústrias. As unidades onde os cursos serão oferecidos e outras informações estão disponíveis no edital, que pode ser acessado no site do Senai Bahia. Os cursos de aprendizagem industrial de nível básico ofertados são: Agente de Gestão de Resíduos Sólidos Industriais e Urbanos; Assistente Administrativo; Auxiliar de Obras de Edificações; Auxiliar de Operações Logísticas; Desenhista Técnico; Editor Gráfico; Eletricista Industrial; Mecânico de Manutenção de Automóveis; Mecânico de Manutenção de Máquinas Industriais; Operador de Processos Industriais; Operador de Suporte Técnico em TI.

Correio*