24 de abril de 2018, 12:14

BAHIA Rui diz que espera ver Angelo Coronel no Senado em 2019

O governador Rui Costa disse hoje (24.04), pela manhã, no lançamento da segunda etapa do projeto Mutirão de Cirurgias, na sede do Senai/Cimatec, em Piatã, que espera ver o presidente da Assembleia Legislativa – ALBA, Angelo Coronel, no Senado, em 2019. A fala de Rui se deu logo após o discurso de Coronel, que elogiou a revolução que o Governo do Estado está realizando na área da saúde pública da Bahia e lançou o nome de Rui Costa como candidato à Presidência da República, em 2022. “A eleição presidencial de 2022 ainda está longe, mas espero vê-lo, Coronel, no Senado no ano que vem”, disparou o chefe do Executivo baiano.“Rui Costa é o ‘governador da Saúde’, embora já tivéssemos vários governadores médicos e ele seja economista. Mas o que move Rui, não tenho dúvidas, é o ideal do menino que nasceu no bairro da Liberdade e que sabe as dificuldades por que passa o povo pobre quando tem que enfrentar a marcação de uma consulta ou a internação em um hospital. E ele transformou o ideal em ação: é o governador que mais investiu recursos públicos em saúde, na Bahia, em todos os tempos. Por tudo isso, daqui a oito anos, é o nosso candidato à Presidência da República, em 2022”, disse Coronel em seu discurso.Ao lado do governador Rui Costa, da primeira-dama Aline Peixoto, do secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, do presidente da UPB, Eures Ribeiro, de deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores, o presidente da ALBA disse que os investimentos no mutirão de cirurgias, unidades básicas de saúde, policlínicas e grandes hospitais regionais são revolucionários. “Tenho certeza que a história pessoal do governador Rui Costa, que perdeu sua mãe por causa de um câncer diagnosticado tardiamente, tenha feito ele conceber programas como o mutirão de cirurgias e, principalmente, o das policlínicas regionais. E isso representa uma revolução na saúde pública da Bahia”, destacou o chefe do Legislativo. Coronel diz que a política de saúde de Rui Costa, capitaneada pelo secretário Fábio Vilas-Boas, é uma demonstração clara do espírito público e das prioridades de cada governante. “Rui poderia ter escolhido obras de fachada, mas escolheu trabalhar pelas pessoas, principalmente pelas que mais precisam. Cada policlínica representa um investimento médio de R$ 24 milhões, entre a construção e equipamentos, mas o que mais importa é que um cidadão, uma cidadã, poderá fazer um exame de alta complexidade, até então impossível”, diz Coronel.

24 de abril de 2018, 10:49

BAHIA Prefeito de Euclides da Cunha anuncia parceira com Rui Costa

Foto: Reprodução

O prefeito de Euclides da Cunha, Luciano Pinheiro (PDT), foi recebido nesta segunda-feira, 24, pelo governador Rui Costa (PT). Em postagem no seu Facebook, Pinheiro cita o que chama de “parceria em benefício do povo de Euclides da Cunha”. “A parceria estabelecida com o grupo do governador Rui Costa, foi estabelecida para durar muito tempo e gerar frutos que vão levar Euclides da Cunha a um novo estágio de desenvolvimento”, disse. O gestor esteve acompanhado do deputado federal Félix Mendonça Júnior, presidente do PDT na Bahia. Luciano foi candidato do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB).

24 de abril de 2018, 09:39

BAHIA Depoimento de Joesley em investigação sigilosa envolve Jonga Bacelar, diz jornal

Foto: Divulgação

Depoimento estaria relacionado ao deputado federal Jonga Bacelar

Novos documentos apresentados por Joesley Batista atingem vários políticos um ano após a Operação Patmos. De acordo com o jornal O Globo, Batista detalhou pagamentos a dezenas de partidos ao longo dos anos, boa parte via caixa 2. Segundo a publicação, são 32 anexos complementares apresentados no ano passado. Neste ano, Joesley prestou oito depoimentos à Polícia Federal em sete investigações. Um deles, a pedido da PGR, ocorreu no dia 12 de abril, e está relacionado a uma investigação sigilosa envolvendo o deputado federal Jonga Bacelar (PR-BA). Joesley e seu irmão, Wesley, prometem dar mais detalhes sobre o recebimento de propinas disfarçadas de doações eleitorais para o ex-governador do Ceará Cid Gomes.

24 de abril de 2018, 09:30

BAHIA Bahiafarma inicia fornecimento de insulinas para o SUS

Foto: Divulgação/GOVBA

A Bahiafarma, laboratório público do Estado da Bahia, inicia nesta semana o fornecimento de insulinas para abastecer o Sistema Único de Saúde (SUS). Os primeiros lotes do medicamento, usado para controle da Diabetes, devem chegar aos postos de saúde nos próximos dias. O procedimento marca a primeira etapa do processo de transferência de tecnologia que vai tornar o Brasil um dos poucos países a dominar o processo de fabricação de insulina, um dos medicamentos mais utilizados no mundo – e considerado estratégico pelo Ministério da Saúde.A compra do medicamento, por parte do ministério, foi publicada no dia 16 deste mês, no Diário Oficial da União, concretizando a redistribuição dos projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) para produção de insulina no País, que havia sido definida por meio da Portaria número 551, publicada no DOU em 21 de fevereiro de 2017. Pelo documento, a Bahiafarma passa a ser responsável pelo abastecimento de 50% da demanda de insulinas do ministério, fornecendo para o SUS as insulinas de maior uso – a Regular (R) e a de ação prolongada, NPH.Para a produção das insulinas, a Bahiafarma tem como parceiro tecnológico o laboratório ucraniano Indar, dentro do regime de PDPs. “É uma empresa que atua exclusivamente em pesquisa e produção de insulinas há mais de 15 anos e é reconhecida por utilizar tecnologias inovadoras, além de realizar operações em diversos países”, ressalta o diretor presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias.A PDP entre Bahiafarma e Indar prevê a instalação da fábrica de insulinas na Região Metropolitana de Salvador (RMS). “Uma fábrica de insulinas é uma unidade de alta tecnologia, que poucos laboratórios detêm, e estamos dando todos os passos para atingir a excelência na instalação desta unidade”, afirma o executivo, enfatizando que “a Indar tem todo o know-how para auxiliar-nos neste processo, que vai resultar na mudança de patamar da indústria farmacêutica no Norte-Nordeste brasileiro, com atração e formação de mão de obra altamente qualificada”.

24 de abril de 2018, 09:16

BAHIA UPB pede que prefeitos pressionem STF pelo julgamento da divisão dos royalties do petróleo

A União dos Municípios da Bahia (UPB) enviou um ofício pedindo que os prefeitos baianos pressionem o Supremo Tribunal Federal (STF) pelo julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4917, que dispõe sobre os royalties do petróleo. A pauta tramita no STF há seis anos, e, desde que a ministra Carmen Lúcia concedeu uma liminar suspendendo os efeitos da Lei 12.734/2012, ainda não foi apreciada no plenário. A legislação prevê a distribuição dos royalties entre todos os estados e municípios do Brasil, não apenas aos produtores de petróleo. O movimento municipalista reivindica que a liminar seja derrubada e que os recursos sejam repartidos entre as 5.568 cidades brasileiras. A UPB começou a pedir apoio dos prefeitos baianos para um abaixo-assinado nacional organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) para cobrar o julgamento da matéria.De acordo com dados da CNM, entre 2013 e 2017, municípios e estados deixaram de receber R$ 43,7 bilhões, em valores de março de 2018 atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), por meio do Fundo Especial do Petróleo. Com a nova lei dos royalties em vigor, um município de 10 mil habitantes, a exemplo de Caém, no Centro Norte baiano, receberia o valor de R$ 2.2 milhões retroativos de abril de 2013 a dez 2017, segundo cálculos da CNM.

Coluna Satélite/Correio*

24 de abril de 2018, 09:04

BAHIA Afonso Florence rebate fala de Gualberto sobre PT

O deputado federal Afonso Florence (PT) rebateu as declarações de João Gualberto (PSDB), pré-candidato oposicionista ao governo, que alfinetou o grupo de Rui Costa (PT) afirmando que os petistas não têm nomes de peso na chapa. “Gostaria de saber se os nomes de peso que eles têm é o de João Leão, Ronaldo Carletto, Otto Alencar… Todos eles foram ligados a ACM Neto, né?”, criticou o deputado tucano em entrevista à Tribuna, ontem. “Gualberto não tem o que dizer”, rebateu Florence. “Que eu saiba, essa coalizão eleitoral já tem muitos anos. Essa afirmação não se sustenta nos fatos. Nós temos uma coligação que vai ser firmada após as convenções. É uma coalizão que tem como referência nacional Lula e Dilma. É um grupo muito forte. Ao lado de Gualberto estão, além de ACM Neto, Geddel, Eduardo Cunha, Temer e Aécio. Esse é o grupo dele. Densidade eleitoral a gente vai aferir depois da eleição. Foi ACM Neto que fugiu da disputa eleitoral”. Ainda na entrevista, Gualberto afirmou que “junto com Rui Costa têm muitos dos que eles chamam de golpistas, que de dia estão lá no Palácio do Planalto com Michel Temer e de noite aqui com Rui Costa”. “Esses golpistas fazem parte de lá e parte daqui. Então, essas besteiras que eles falam… O [candidato] de peso é Rui Costa? É ele que é o de peso? É o Jaques Wagner que é o de peso? Eles podem estar com o mandato em consequência da força do 13 na época. Ok, mas esse é o peso? Qual o passado deles? O que fizeram na vida?”, disse o oposicionista.O petista disse que o tucano “está fazendo um tipo de afirmação que não se sustenta em fatos”: “De fato, a coalizão é muito ampla. Temos partidos da base de Temer, mas aliados que votaram contra o impeachment [de Dilma]. Alguns votaram pela investigação de Temer, que tem provas robustas de corrupção. Se posicionaram contra as reformas trabalhista e da Previdência. Então, é uma base eclética. Já o grupo dele está na base de Temer e Aécio. Então, ele está acusando o nosso grupo de ser igual ao dele?”. “Em vez de ele criticar, tem que responder pelas posições dele. Gualberto votou com o golpe e os nossos aliados não votaram. E está aí o resultado: uma presidente honesta afastada para colocar Temer. Agora, como candidato, tenta se afastar de Temer. Mas ele trabalhou para colocar Temer”, finaliza Florence.

Tribuna da Bahia

24 de abril de 2018, 08:24

BAHIA Militantes do PT da RMS debatem orientação eleitoral e miram reeleição de Valmir e Rui

Os militantes do Partido dos Trabalhadores dos municípios que compõem a Região Metropolitana de Salvador (RMS) traçaram estratégias e debateram orientações eleitorais para 2018 durante atividade no último sábado (21) em Simões Filho. A reunião política ainda debateu a atual conjuntura, aprovou resoluções contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ampliou as ações para fortalecer a reeleição do governador Rui Costa e do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). De acordo com a dirigente do PT de Salvador, Daniele Ferreira, o encontro ainda ampliou os debates sobre as pré-candidaturas de Jaques Wagner para o Senado e dos petistas Mário Jacó e Luiz Carlos Suíca para deputado estadual. “Foi mais um momento importante para a política na Bahia. Primeiro, pelo fato de tirarmos resolução contra a prisão do ex-presidente Lula, uma prisão arbitrária. Lula foi o melhor presidente deste país e merece respeito. Sem falar que o processo que o condenou foi criado, não existem provas”, salienta Ferreira. Para o militante do PT de Simões Filho, Vilobaldo Machado, o encontro também tratou de temas específicos como a política contemporânea e os seus desafios, “para fortalecer as lideranças locais a fim de dialogar com a sociedade”. Ele diz que o papel do PT agora é garantir a liberdade de Lula, para que ele seja candidato em 2018. “Vamos lutar para que ele seja nosso candidato”, completa. O deputado federal Valmir Assunção disse que os encontros regionais devem ser intensificados, para que a população tenha mais informações sobre a conjuntura política. “Estamos levando dados importantes dos governos de Lula e Dilma e dos mandatos de Jaques Wagner e Rui Costa, na Bahia. Temos que traçar estratégias para garantir que o projeto do PT na Bahia continue mudando a vida das pessoas e que Lula tenha condições de retornar para a Presidência da República e que a democracia seja retomada”, finaliza o parlamentar baiano. A reunião do final de semana contou com militantes do município anfitrião de Simões Filho e de cidades como São Sebastião do Passé, Dias D’ávila, Candeias, Santo Amaro, Camaçari, Lauro de Freitas e Salvador.

24 de abril de 2018, 08:21

BAHIA Rui Costa diz ter apoio de 90 prefeitos da oposição

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Governador Rui Costa

O governador Rui Costa (PT) está mais otimista em relação à campanha de reeleição deste ano após a desistência de ACM Neto (DEM). Ontem, durante assinatura de ordem de serviço para contenção de encostas no Alto do Peru, em Salvador, o petista declarou que aproximadamente 50 prefeitos já haviam declarado apoio a ele e o número aumentou para 90 após a mudança na chapa do DEM. “Já tinha um fluxo antes mesmo do anúncio, eu diria, se fosse chutar um número aqui, a oposição tinha uns 120 prefeitos ligados à oposição, desde a eleição de 2016, passando pela eleição da UPB”, afirmou o governador aos jornalistas.Ainda no evento, Rui Costa disse que processará o deputado federal João Gualberto (PSDB). O tucano deu declarações afirmando que prefeitos têm supostamente recebido ligações de aliados governistas com a proposta de R$8 milhões em obras em troca de apoio. “Eu vou processá-lo. Mentir e caluniar é crime. Se eu tivesse R$8 milhões, estaria com as finanças boas. Nem se fosse um valor menor, eu teria condições de oferecer. Os que vieram antes confiavam no nosso jeito de governar. E os que vieram agora foram guiados por suas lideranças”, vociferou. O petista confirmou que pode fazer o anúncio dos nomes que irão compor a chapa majoritária apenas em julho, quando ocorrem as convenções partidárias. Aliados da senadora Lídice da Mata (PSB) iniciaram uma verdadeira campanha nas redes sociais criticando a escolha do presidente da Assembleia, Ângelo Coronel (PSD), na composição em detrimento da socialista. “Nada que um chá de ‘maracugina’ não possa resolver. A política é para quem tem nervos de aço e, em geral, o apressado come cru”, declarou.As obras de contenção encosta no bairro de São Caetano serão realizadas na Rua Rocinha do Fiais e contam com investimento de cerca de R$ 2,6 milhões. “Aqui temos 250 metros de encosta, com muitas casas construídas no alto e no pé do morro. Quando a obra for concluída, com certeza essas famílias vão ter tranquilidade para dormir, sem medo de a terra correr, mesmo em dias muito chuvosos. É um investimento importante, é uma obra trabalhosa, mas muito necessária para a população que precisa dessa segurança”, afirmou o governador. Serão beneficiados 2.572 moradores que vivem na área da encosta. A obra será realizada pela Conder em uma área de mais de quatro mil metros quadrados. Desde 2015, por meio do Programa de Prevenção de Desastres Naturais, o Governo do Estado já realizou a entrega de 34 obras de contenção de encosta.

Tribuna da Bahia

23 de abril de 2018, 21:30

BAHIA Divulgado gabarito da prova do concurso da Polícia Civil

Foto: Reprodução/A Tarde

Foi divulgado nesta segunda-feira (23) o gabarito da prova objetiva do concurso da Polícia Civil, que aconteceu no domingo (22). O gabarito está disponível no site da organizadora, a Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho (Fundação Vunep). Clique aqui para acessar. Na área, é preciso que os candidatos inscritos façam um login, informando email ou CPF e senha, para assim ter acesso às respostas.O concurso teve abstenção de 21,78%. Esse número corresponde a 10.444 inscritos que deixaram de fazer as provas . No total, 37.676 candidatos compareceram aos 48 locais de prova na capital baiana.

Correio*

23 de abril de 2018, 18:45

BAHIA Conder inicia asfaltamento em ruas do Barbalho

A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), inicia o asfaltamento das ruas Emídio dos Santos e Professor Viegas, no bairro do Barbalho, na noite desta segunda-feira (23). Para a realização dos serviços, será necessária a interdição parcial da pista. Uma das faixas ficará livre para o trânsito. Primeiramente, será feita a fresagem. Em seguida, ocorrerá o asfaltamento. A obra deve ser finalizada até sexta-feira (27). As intervenções integram o projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador’, iniciativa do Governo do Estado destinada à pavimentação de vias e requalificação de calçadas em mais de 270 ruas em toda a região antiga de Salvador. O projeto foi planejado para ser executado por etapas, simultaneamente, em diferentes pontos do Centro Antigo. Assim, os bairros próximos foram interligados por cinco lotes, sendo quatro já em andamento. A obra nas ruas Emídio dos Santos e Professor Viegas integra o lote 5 do projeto, onde estão sendo investidos R$ 12 milhões para melhorias de 46 ruas nos bairros de Nazaré, Soledade, Lapinha, Macaúbas, além do Barbalho. Os serviços já foram concluídos em 12 vias desse lote, sendo 11 ruas em execução. A obra geralmente começa com a requalificação dos passeios com melhorias na acessibilidade para, em sequência, serem iniciadas as intervenções na pista, com a recuperação da via. A Conder disponibiliza o número 3116-6760 para que a comunidade possa tirar dúvidas sobre o projeto, das 8h30 ao meio-dia e das 13h30 às 18h, além do endereço eletrônico (email) socialpacpav@conder.ba.gov.br.

23 de abril de 2018, 18:01

BAHIA Proprietários de veículos com placas de final 4 têm desconto de 5% até quinta-feira

Termina nesta quinta-feira (26) o prazo para que os proprietários de veículos com placas terminadas em 4 aproveitem o desconto de 5% no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), em cota única. Existe ainda a possibilidade de parcelar o tributo em três vezes, sem desconto; para isso, basta pagar a primeira prestação também no dia 26 e acompanhar as outras datas previstas na tabela de pagamento. Outra opção para os contribuintes que possuem veículos com placas de final 4 é quitar o valor integral, também sem abatimento, até o dia 29 de junho. Todas as datas de pagamento do IPVA estão escalonadas em tabela divulgada no site da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA). O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes. O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, sendo necessário apenas apresentar o número do Renavam. Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito precisam ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2018. Já o seguro obrigatório deve ser pago integralmente até o vencimento da primeira parcela do imposto, em caso de parcelamento do IPVA. O pagamento do tributo referente a embarcações e aeronaves deve ser efetuado até 30 de maio. O IPVA é a segunda fonte de arrecadação tributária do Governo do Estado. A frota tributável da Bahia é de cerca de 1,9 milhão de veículos. Mais informações podem ser consultadas no site da Sefaz-BA ou por meio do call center da secretaria (0800 071 0071).

23 de abril de 2018, 17:06

BAHIA Campanha de vacinação contra a gripe é iniciada na Bahia

Foto: Carol Garcia/GOVBA

Crianças de seis meses a menores de cinco anos devem tomar a vacina contra a gripe

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) deu início à campanha de vacinação contra a gripe nesta segunda-feira (23), com o objetivo de reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções trazidas pelo vírus da influenza. A meta é vacinar 90% do público-alvo, formado na Bahia por 3,6 milhões de pessoas. “Essa é uma doença sazonal, que tem aumento no número de casos nas estações mais frias. A prevenção ocorre no mês de abril justamente para garantir a proteção no inverno, sobretudo da população de maior risco”, explica o coordenador do Programa Estadual de Imunização, Ramon Saavedra. Fazem parte dos grupos prioritários os indivíduos com 60 anos ou mais; crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes e puérperas (até 45 anos dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. A campanha segue até 1º de junho, tendo o dia 12 de maio como o Dia D de mobilização nacional. Em 2017, na Bahia, foram vacinadas 2,6 milhões de pessoas, o que representou 84,60% da cobertura vacinal, considerando a estimativa populacional de 3 milhões de pessoas. Dos 417 municípios, apenas 172 alcançaram a meta de vacinar 90%.

23 de abril de 2018, 13:30

BAHIA Valença receber curso gratuito de filetagem de peixe

Os aquicultores de Valença poderão vender seus pescados com mais qualidade e maior valor agregado a partir dessa semana. Nessa terça e quarta-feira (24 e 25/04) 15 produtores da comunidade de Orobó participam de um curso de filetagem realizado pela Bahia Pesca (empresa vinculada à Secretaria de Agricultura). As aulas acontecem das 8h às 17h, no laboratório de alimentos do Ifba de Valença (Rua do Arame, bairro do Tento). “Dentre os temas abordados no curso estão as boas práticas de fabricação, higienização e estrutura do local de beneficiamento, filetagem de tilápia, e técnicas para melhor aproveitamento do pescado”, explica a gerente de assistência técnica da Bahia Pesca, Eliana Carla Ramos. A capacitação atende a uma demanda dos aquicultores da região que são atendidos pelo programa de assistência técnica desenvolvido pela Bahia Pesca. “Identificamos que essas famílias poderiam ter um aumento de renda se soubessem aproveitar melhor o pescado. Além disso, com a filetagem o peixe passa a ter mais qualidade e, consequentemente, pode ser vendido por um preço melhor”, explica o presidente da Bahia Pesca, Eduardo Rodrigues.

23 de abril de 2018, 10:54

BAHIA Rui lança segunda etapa do Projeto Mutirão de Cirurgias Eletivas

Nesta terça-feira (24), às 9h, o governador Rui Costa participa do lançamento da segunda etapa do Projeto Mutirão de Cirurgias Eletivas, que também contará com a participação de secretários e prefeitos de todos os municípios baianos. A novidade desta nova edição é a ampliação dos procedimentos disponibilizados. Implantado no segundo semestre de 2016, o programa realizou mais de 18 mil atendimentos e pouco mais de 14 mil cirurgias, contemplando os 417 municípios da Bahia. O evento acontece no Senai Cimatec, na Avenida Orlando Gomes, 1.845, no bairro de Piatã.

23 de abril de 2018, 10:28

BAHIA Combate da gripe H1N1 será debatido na Assembleia nesta terça

A gripe H1N1 tem preocupado os parlamentares baianos dada a repercussão de casos. A Bahia já registrou 12 mortos pela doença e aproximadamente 96 pessoas apresentaram sintomas, de acordo com a secretaria da Saúde da Bahia. Nesse contexto na busca por um debate que venha nortear os trabalhos do legislativo como forma de ajudar a fomentar ações junto ao poder Público que visem combater a proliferação do vírus, a Comissão da Saúde da Assembleia Legislativa realizará uma audiência pública na próxima terça-feira (24). A medida foi de autoria do presidente do colegiado, deputado estadual Alex da Piatã (PSD). “A ideia é chamar os técnicos da secretaria da Saúde do Estado para que possam nos explicar o real cenário da gripe no Estado e quais ações estão em andamento para a prevenção. Temos que ter noção para podermos propor ações que ajudem a amenizar um eventual crescimento do H1N1 na Bahia”, disse Alex. Foram confirmados casos de H1N1 em 16 municípios e os óbitos ocorreram em cinco deles. Salvador registrou oito (8) óbitos. Os outros municípios foram Camaçari (1); Lauro de Freitas (1); Saúde (1) e Serrinha (1). A audiência coincide com o período de início da vacinação contra o H1N1 de grupos prioritários. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa no dia 23 de abril e termina 1º de junho, tendo o dia 12 de maio como o Dia D de mobilização nacional. Este ano, acontecerá a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que tem por objetivo reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções trazidas pelo vírus da influenza. De acordo com a Sesab, a meta é de vacinar 90% do público alvo, formado por 3,6 milhões de pessoas dos grupos prioritários: indivíduos com 60 anos ou mais; crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes e puérperas (até 45 anos dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.