14 de novembro de 2017, 17:12

BAHIA Rui anuncia mil vagas para concurso da Polícia Civil

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Governado Rui Costa em mais uma edição do programa #PapoCorreria

Em mais uma edição do programa #PapoCorreria, transmitido ao vivo pela rede social Facebook, o governador Rui Costa confirmou a publicação do edital do concurso da Polícia Civil ainda este ano, na primeira quinzena de dezembro, e deu mais detalhes sobre o processo. “Me reuni nesta semana com o secretário da Segurança Pública, com o secretário da Administração do Estado e também com o secretário da Fazenda, e nós batemos o martelo, e o concurso público será realizado com mil vagas para a Polícia Civil, entre agentes policiais civis e delegados”, afirmou o governador. O Governador do Estado autorizou a realização de concurso público para contratação de mil novos policiais civis, atendendo a resolução número 433/2017, expedida pelo Conselho de Política de Recursos Humanos (Cope). O concurso vai abrir 880 vagas para investigador de polícia, 82 para delegado e 38 para escrivão. O edital de abertura para inscrição dos candidatos no certame está previsto para ser lançado na primeira quinzena de dezembro deste ano. O Cope é um colegiado consultivo e de supervisão que tem por finalidade estabelecer diretrizes e normas relativas à política de recursos humanos do Estado. O conselho é presidido pelo secretário da administração e composto por outros três secretários de estado, além do procurador geral e pelo superintendente de Recursos Humanos do Estado. A Polícia Civil solicitou a abertura do concurso para delegados, investigadores e escrivães em função da aposentadoria, exonerações e falecimento de policiais. O pedido passou por análise da Secretaria da Administração quanto ao número de vagas disponível nas carreiras e pela avaliação da Diretoria de Planejamento Orçamentário, para verificar a disponibilidade orçamentária e financeira. Os estudos foram encaminhados ao Cope para subsidiar a decisão dos conselheiros. O Governador autorizou a realização do concurso, homologando a resolução do Cope. A previsão para o ingresso dos novos policiais civis na corporação é em julho de 2018. Antes de serem convocados os candidatos vão fazer provas objetivas e discursivas. Depois precisam passar por exames médicos e teste de aptidão física, fases que também são eliminatórias. Serão submetidos também a exames psicotécnicos e passarão por investigação social. Entre 2015 e 2017, o Governo nomeou 1.850 novos policiais militares. No ano de 2016, 687 novos policiais foram incorporados aos quadros da Polícia Civil. Contratou, também, 414 novos agentes penitenciários e 121 peritos para o Departamento de Polícia Técnica. Em junho de 2017, realizou o maior concurso da história da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, com cerca de 140 mil candidatos para 2.750 vagas (2 mil para PM e 750 para Bombeiros). Ainda em 2017, realizou concurso para oficiais, sendo 60 da PM e 30 do Corpo de Bombeiros. O governo também aumentou o valor pago aos policiais pelo Prêmio por Desempenho Policial (PDP), concedido àqueles que atingirem as metas de redução de criminalidade nas suas áreas de atuação. Além do aumento no valor, o governo passou a conceder a premiação duas vezes ao ano a conceder para um número maior de policiais.

14 de novembro de 2017, 16:40

BAHIA Anderson Ninho anuncia apoio à pré-candidatura de Marcell Moraes e João Roma para próximas eleições

Foto: Divulgação

O suplente a vereador e líder comunitário, Anderson Ninho (SD), anunciou na tarde desta terça-feira (14) o apoio à pré-candidatura do deputados estadual Marcell Moraes (PV) para reeleição na Assembleia Legislativa e do chefe de gabinete do prefeito ACM Neto, João Roma, para assumir uma cadeira no Congresso Nacional nas próximas eleições de 2018. Com mais de 6.300 votos nas últimas eleições municipais, votação que garantiu a suplência na Câmara Municipal de Salvador, Ninho afirmou que a formação da aliança com os dois pré-candidatos é de suma importância para manutenção do trabalho que vem transformando a realidade das comunidades de Don Avelar, Pau da Lima, Alto da Cebola, Jardim Cajazeiras e adjacências, localidades onde o membro do Solidariedade milita como líder comunitário. “Antes dessa aliança ocorrer, procurei fazer uma análise criteriosa com o intuito de mudar esse cenário de incompetência administrativa que tem se instalado no país. Acredito tanto na seriedade de João Roma quanto no trabalho já desenvolvido por Marcell Moraes na Assembleia Legislativa. Não tenho dúvida que esse apoio continuará dando frutos para população das comunidades onde tenho desenvolvido um grande trabalho em Salvador”, declarou Ninho. De acordo com Marcell, o apoio de Ninho chega para agregar e dar ainda mais força na campanha de reeleição por uma vaga na ALBA. “Ninho é um líder atuante, que tem o reconhecimento das comunidades onde atua comprovado nas urnas da última eleição, além de ter uma forte identificação com o trabalho que desenvolvemos em todos esses anos de vida pública. Estou satisfeito e muito feliz com a concretização dessa aliança”, afirmou.

14 de novembro de 2017, 11:02

BAHIA Governo lança vídeo educativo sobre uso das policlínicas regionais

Foto: Reprodução

O Governo do Estado lançou, nesta terça-feira (14), um vídeo educativo, mostrando como vão funcionar as policlínicas que começam a ser entregues nesta sexta-feira, com a inauguração, em Teixeira de Freitas, da unidade que vai atender ao Extremo Sul do Estado. A estimativa que é cada unidade beneficie cerca de 500 mil moradores dos municípios integrantes do consórcio responsável pela sua instalação. As demais policlínicas vão funcionar nas regiões de Guanambi, Jequié e Irecê. As novas policlínicas não atenderão por demanda espontânea. Para utilizar seus serviços, o paciente precisará de um agendamento prévio feito através das Secretarias da Saúde dos municípios que fazem parte do Consórcio que administra a unidade. A unidade de Teixeira de Freitas já começará a funcionar na segunda-feira (dia 20), atendendo aos moradores de Teixeira de Freitas, Itanhém, Medeiros Neto, Vereda, Lajedão, Ibirapuã, Caravelas, Posto da Mata, Nova Viçosa, Mucuri, Prado, Alcobaça, Itamaraju e Jucuruçu.

14 de novembro de 2017, 10:51

BAHIA Sedur autoriza R$ 6 mi para prefeitura do marido de Jusmari

A cidade de Luís Eduardo Magalhães, comandada pelo prefeito Oziel Oliveira (PDT) receberá da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), um convênio no valor de R$ 6,03 milhões. O órgão é ligado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, chefiada por Jusmari Oliveira (PDT), que é esposa do prefeito. O valor é para custear a pavimentação asfáltica em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), com drenagem profunda, no loteamento Mimoso do Oeste. O prazo do convênio para a execução da obra é de 10 meses.A título de comparação, o montante é três vezes maior do que o destinado para o segundo município mais agraciado no ato desta terça, Santa Maria da Vitória, que vai receber R$ 1,96 milhão dos cofres do governo, para pavimentação asfáltica em diversas ruas e vias.

14 de novembro de 2017, 10:44

BAHIA Polícia Federal cumpre mandados na sede da Embasa

Foto: Reprodução

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira, 14, mandados na seda da Embasa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). De acordo com a PF, a Operação Águas Limpas tem como alvo cinco mandados de busca e apreensão em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro, e investiga documentos relativos a investigação de crime ambiental na capital baiana. Foi constatado o lançamento de esgoto sanitário, através de um emissário submarino, construído no governo Paulo Souto, sem o cumprimento das etapas necessárias para minimizar o impacto ambiental de dejetos no oceano. Ainda segundo a PF, uma perícia realizada na empresa de saneamento identificou que a bomba responsável por fazer o escoamento estava inoperante, o que lançava o esgoto sem o devido tratamento nas águas da Baía de Todos-os-Santos.

14 de novembro de 2017, 10:40

BAHIA Jutahy desconversa sobre saída de Imbassahy do PSDB

Foto: Divulgação

O deputado federal Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) comentou o racha no partido e a possibilidade de saída do atual ministro-chefe da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy. “Na convenção ele disse que não ia falar de divergências, mas de convergências. Nós queremos o Imbassahy satisfeito, senão ele vai procurar outro caminho. No Brasil, muita gente troca de partido como troca de camisa. Se o desejo do Imbassahy é ser candidato a deputado federal, acho difícil ele sair. Mas se a posição dele for disputar a chapa majoritária, ele tem que analisar”, acrescentou em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta terça-feira, 14.

14 de novembro de 2017, 08:31

BAHIA Deputados baianos se dividem sobre nova legislação trabalhista

Foto: Agência Senado

A senadora Lídice da Mata, que participa da Reunião do Comitê de Mudanças Climáticas da ONU, na Alemanha, utilizou as redes sociais para criticar a Lei Trabalhista

Políticos baianos estão divididos a respeito da nova Lei Trabalhista, que entrou em vigor no último sábado (11). Ontem, em entrevista à Tribuna, o Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Cláudio Mascarenhas Brandão, declarou que a reforma precisaria ser melhor debatida no Congresso Nacional para evitar a enxurrada de ações trabalhistas que serão criadas por brechas na lei. “O ponto inicial de discussão desse projeto é a sua legitimação, porque na Câmara Federal ele não foi discutido. Não foi uma mudança pequena, em um ponto ou outro da legislação. Ele muda tudo. Muda completamente a possibilidade de que haja uma nova interpretação das relações de trabalho no Brasil. Atinge todo mundo, em todos os segmentos, seja empresário, empregado ou autônomo”, disse Brandão.“Faço minhas as palavras do ministro. Vai haver um número grande de judicialização”, afirmou o deputado federal Afonso Florence (PT) à Tribuna. “A lei causa insegurança jurídica. Muitas alterações ferem a constitucionalidade, porque ela não pode estabelecer regras de contratação que explicitamente levarão a redução das contribuições da seguridade-social. Ela vai causar uma redução de receita e aumentar o déficit da Previdência”.Para o petista, é um dos críticos mais ferrenhos contra o trabalho intermitente. “Muitos trabalhadores vão receber menos que um salário-mínimo. Então, isso condiciona um desrespeito à Constituição”, diz o parlamentar. “Além disso, há vários outros aspectos. A judicialização expressiva será decorrente da retirada de direitos trabalhistas por causa da legislação obscura, como a questão da insalubridade para mulheres grávidas”.Já o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), um dos principais defensores das novas regras, acredita que “é natural que com uma mudança tão importante na legislação, hajam interpretações diversas, que no decorrer do tempo vão se consolidando”. “Eventualmente pode se ter uma reclamação de inconstitucionalidade. Nada de anormal. Isso só mostra que a legislação realmente avança. E, da mesma maneira que o poder legislativo redige a lei e o executivo sanciona, você tem que ter a interpretação do poder judiciário”, afirmou à Tribuna.A senadora Lídice da Mata, que participa da Reunião do Comitê de Mudanças Climáticas da ONU, na Alemanha, utilizou as redes sociais para criticar a Lei Trabalhista. De acordo com a parlamentar baiana, a legislação que foi proposta pelo governo de Michel Temer para criar empregos não terá esse efeito. “É uma lei que prejudica o trabalhador e garantirá mais lucro aos empresários. É (uma reforma) cheia de absurdos”, avalia.Para ela, o nível de emprego está crescendo “aquém do esperado”. A parlamentar acredita que o aquecimento que haverá nas próximas semanas será mais ligado aos festejos de fim de ano do que a algum possível impacto da nova lei. Lídice é uma das senadoras da oposição a assinar representação para a saída do ministro Ives Gandra Filho da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, que defendeu a nova legislação, alegando que serão criados novos empregos. “Ele quer uma sociedade que volte ao passado, onde os trabalhadores fiquem num sistema de super exploração, com jornada diária superior a dez horas. O 1º de maio é uma data reconhecida no mundo, pois foi quando operários foram mortos em nome da conquista de uma carga de trabalho de oito horas diárias”, concluiu.

Tribuna da Bahia

14 de novembro de 2017, 08:20

BAHIA Rui Costa aguarda decisão da Justiça sobre empréstimo

Foto: Divulgação/GOVBA

Governador Rui Costa

O governador Rui Costa voltou a falar sobre o imbróglio envolvendo o empréstimo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil ao Governo do Estado. O gestor declarou, durante a entrega de obras de requalificação no entorno da Arena Fonte Nova, que continua aguardando a decisão judicial para que o recurso seja liberado. “Os prazos estão concluídos e espero que haja uma posição favorável da Justiça para que possamos receber o empréstimo que vai permitir a construção de escolas e estradas”, afirmou o petista. O empréstimo havia sido autorizado no dia 13 de julho, mas foi suspenso no mesmo dia.Ele também reclamou sobre a retenção da verba de R$ 300 milhões para o metrô, que o Governo Federal não teria repassado. O Estado, segundo ele, já antecipou R$ 100 milhões. “Temos medição não paga do metrô e que o estado antecipou. Semana passada antecipamos R$ 100 milhões de caixa próprio, não só do metrô, mas de outras obras, como a Linha Vermelha, a Linha Azul, porque os recursos não chegam”.O governador disse ainda que as obras de requalificação do Centro Antigo estão encaminhadas. “Vamos fazer esse trecho da Fonte Nova e o contorno do Dique. A ideia é fazer a parte interna, dando acessibilidade, ciclismo, enfim, melhorando a infraestrutura. É um investimento bastante relevante”, acrescentou.O suplente de deputado federal Robinson Almeida (PT) voltou a acusar o grupo aliado do prefeito ACM Neto (DEM) de barrar o empréstimo de R$ 600 milhões. “Otto [Alencar, senador] declarou que o presidente Temer ligou para ele e disse que o governo não poderia liberar o empréstimo para o governo da Bahia porque havia uma interdição a pedido do Democratas. Se ele o fizesse, poderia ter o apoio do PSD, mas perderia o apoio do DEM, e isso aconteceu na véspera da votação da primeira denúncia. […] Tanto é que Temer teve todos os votos do grupo de Neto e o PSD abriu uma dissidência”, disse o petista. Já Afonso Florence (PT) afirmou que o impasse “é um escândalo” e também apontou os oposicionistas como responsáveis pela não liberação do dinheiro. O empréstimo estava em negociação desde o primeiro semestre deste ano. “Isso está prejudicando a população. Nós vamos continuar a denunciar essa prática coronelista”, disse à Tribuna.

Tribuna da Bahia

13 de novembro de 2017, 21:04

BAHIA Rui firma convênio que garante R$ 8,5 milhões para reformar estádios e ginásio

“Estamos assegurando melhores condições para a prática do esporte no interior porque acreditamos que ele é capaz de transformar a realidade dos nossos jovens”, afirmou o governador Rui Costa durante assinatura de convênios do Governo do Estado com 18 Municípios na tarde desta segunda-feira (13), no auditório da Seinfra, em Salvador. Serão investidos R$ 8,5 milhões para reforma de ginásio e estádios no interior por meio da Secretaria do Trabalho e Esporte (Setre).As reformas serão feitas nos estádios municipais de Barro Preto, Camacan, Camamu, Candeias, Cocos, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Ibicuí, Malhada de Pedras, Novo Horizonte e Ubaitaba. Já os estádios Mairi e Serrolândia vão ganhar gramado sintético. Em Jeremoabo e Planalto, os estádios receberão iluminação. Em Lapão, será implantada grama sintética nos campos de society do Parque da Cidade e da Praça da Juventude. O Ginásio Clériston Andrande, em Ipiaú, receberá manutenção corretiva, assim como o Ginásio Paulo Braga, em Senhor do Bonfim.A secretária do Trabalho e Esporte, Olivia Santana, destacou que “estas ações de recuperação de estádios concretizam os compromissos assumidos pelo governador em valorizar e interiorizar a recuperação e construção de equipamentos esportivos. A população tem paixão ao esporte, principalmente futebol. Nós estamos trabalhando para atendê-la”, afirmou.Outros R$ 28 milhões em contratos foram garantidos para a realização de obras de pavimentação de ruas, drenagem, macrodrenagem, reforma de mercados e centros de abastecimentos, construção de pontes, aquisição de veículos e equipamentos para agricultores familiares e cessão de uso de bens móveis de saúde. O evento na Seinfra reuniu 68 prefeitos e 26 deputados.

13 de novembro de 2017, 20:25

BAHIA Micro-ônibus gratuitos vão garantir transporte entre policlínicas regionais

Foto: Secom/GOVBA

Micro-ônibus exclusivos e gratuitos farão o transporte de pacientes

Criadas para ampliar e melhorar a qualidade do atendimento de saúde no interior da Bahia, as quatro policlínicas regionais que o Governo estará inaugurando nos meses de novembro e dezembro contarão com micro-ônibus exclusivos e gratuitos para fazer o transporte de pacientes. Os veículos vão circular com diferentes rotas pelos municípios que integram os consórcios de saúde de cada região, facilitando o acesso da população às novas unidades. A primeira policlínica será entregue nesta sexta-feira (17), em Teixeira de Freitas, para atender aos moradores das cidades do Extremo Sul baiano. Na região, os micro-ônibus funcionarão com seis roteiros. O primeiro vai conduzir os passageiros de Itamaraju até Teixeira de Freitas. O segundo passará por Prado e Alcobaça, enquanto o terceiro tem na sua rota Nova Viçosa (sede), Mucuri. O quarto roteiro inclui Caravelas e Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa. Um quinto veículo vai circular pelas cidades de Vereda, Lajedão e Ibirapuã. Já o sexto micro-ônibus levará os pacientes de Itanhém, Medeiros Neto até a Policlínica. As demais policlínicas vão atender aos consórcios de municípios das regiões de Guanambi, que será inaugurada no dia 24 deste mês, Irecê e Jequié, com entrega marcada para os dias 21 e 22 de dezembro, respectivamente.

13 de novembro de 2017, 19:54

BAHIA Prefeitos afastados terão que usar tornozeleira eletrônica

A prefeita afastada de Porto Seguro, Cláudia Oliveira

Diversas medidas cautelares foram aplicadas aos prefeitos de Eunápolis, Robério Oliveira, de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, e de Santa Cruz de Cabrália, Agnelo Santos, pela juíza Rogéria Maria Castro, da 2ª Seção do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Uma delas foi o uso da tornozeleira eletrônica. Os gestores do município também devem comparecer periodicamente em juízo, para informar e justificar suas atividades, além de estarem proibidos de acessar ou frequentar determinados ambientes para evitar riscos de novas infrações e de manter contato com determinadas pessoas relacionadas ao delito. A juíza também suspendeu o exercício da função pública ou de atividade de natureza econômica ou financeira dos prefeitos. As medidas cautelares substituem um pedido de prisão preventiva, que segundo a juíza Rogéria Maria Castro só deve ser decretada em situações extremas.

13 de novembro de 2017, 19:09

BAHIA Rui reúne 68 prefeitos e 26 deputados em evento na capital

Foto: Divulgação/GOVBA

O evento foi realizado no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra)

A celebração de 71 convênios entre o Governo do Estado e 61 municípios não atraiu a Salvador apenas os prefeitos que assinaram os papéis com o governador Rui Costa. O evento, realizado no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), na tarde desta segunda-feira (13), reuniu outros sete prefeitos, 20 deputados estaduais e seis federais. Para Rui, o ato simbolizou “a união de esforços daqueles que trabalham intensamente para continuar transformando a Bahia, gerando desenvolvimento e renda para os baianos”. No total, R$ 37 milhões serão disponibilizados para a realização de obras de pavimentação de ruas, drenagem, macrodrenagem, reforma de estádios, ginásios, mercados e centros de abastecimentos, construção de pontes, aquisição de veículos e equipamentos para agricultores familiares e cessão de uso de bens móveis de saúde. “No próximo dia 27, faremos novo ato como novos municípios, para que possamos celebrar mais convênios”, afirmou o governador. Ele reforçou a agenda de inaugurações de policlínicas e hospitais regionais, que terá início na próxima sexta-feira (17), quando o Governo do Estado inaugura a policlínica regional do Extremo Sul, em Teixeira de Freitas.

13 de novembro de 2017, 19:03

BAHIA Governo concede abono a 15 mil policiais em novembro

Nesta segunda-feira (13), o governo do Estado começou a pagar a 15 mil policiais um bônus referente ao Prêmio por Desempenho Policial (PDP). Ao todo, R$ 13 milhões serão destinados à iniciativa, que deve ocorrer durante a primeira quinzena de novembro, em folha especial, para integrantes das polícias Militar, Civil e do Departamento de Polícia Técnica (DPT). A medida beneficia 14.829 mil servidores integrantes de companhias, batalhões e delegacias das áreas que conseguiram reduzir os índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), no primeiro semestre de 2017, comparado ao semestre anterior. Dados da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA), apontam que no período, os indicadores de CVLIs diminuíram em 2,5% em Salvador, 2,7% no interior e 1,8% no geral. Na Polícia Militar serão contemplados 12.246 agentes, entre oficiais e praças. Na Polícia Civil, 2.539 delegados, escrivães e investigadores receberão o PDP, enquanto no DPT serão 44 peritos. Os valores ficam entre R$ 371,54 e R$ 1.857,73.

13 de novembro de 2017, 18:09

BAHIA Aleluia articula encontro de Temer com controlador da Bamin

Foto: Divulgação

Uma audiência entre os representantes da Eurasian Resources Group (ERG), Alexander Machkevitch e Alijan Ibragimov, e o presidente Michel Temer, realizada nesta segunda-feira (13/11), em Brasília, deve destravar investimentos da ordem de US$ 2,5 bilhões previstos para o complexo mineral da Bamin, em Caetité, Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e Porto Sul. O montante de recursos a serem investidos deve gerar 35 mil empregos diretos e indiretos no Estado. Articulador do encontro, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) está confiante no importante passo dado. “O presidente Temer ouviu do líder do grupo controlador da Bahia Mineração (Bamin) que a companhia está pronta para investir no estado, aguardando apenas o edital de licitação do governo federal”, diz ele, que estava presente à reunião.Com as obras da Fiol paralisadas desde a gestão da ex-presidente Dilma Roussef, e o Porto Sul sem sair do papel, a Bamin está impedida de escoar a sua produção de ferro. Segundo Aleluia, os empecilhos burocráticos que emperram o desenrolar do projeto foram alvo de críticas do empresário.”Quando estivemos com os representantes da empresa em Astana, no Cazaquistão, ouvimos que eles atuam em 30 países e nunca uma licença ambiental demorou tanto quanto na Bahia”, assinala o deputado baiano, destacando o absurdo de, depois de sete anos, o empreendimento ainda estar sem operar.”É hora de agilizar esses investimentos que serão responsáveis por gerar nove mil empregos diretos e 35 mil no total. E tudo isso no interior, que é onde mais precisamos. Não podemos continuar nessa morosidade do governo estadual para captar grandes obras”, afirma Aleluia. A reunião ainda contou com a participação do secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, e do vereador de Salvador Alexandre Aleluia.

13 de novembro de 2017, 17:54

BAHIA Governo do Estado celebra R$ 37 milhões em convênios com 61 municípios

O governador Rui Costa assinou, na tarde desta segunda-feira (13), em Salvador, convênios que garantem investimentos em infraestrutura urbana, agricultura familiar e saúde em 61 municípios baianos. No total, R$ 37 milhões serão disponibilizados para a realização de obras de pavimentação de ruas, drenagem, macrodrenagem, reforma de estádios, ginásios, mercados e centros de abastecimentos, construção de pontes, aquisição de veículos e equipamentos para agricultores familiares e cessão de uso de bens móveis de saúde. A assinatura ocorreu durante encontro com prefeitos no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). “Quem me acompanha sabe o quanto eu valorizo a relação com o município. Conseguimos fazer mais e melhor com parceria. No próximo dia 27, faremos novo ato como novos municípios, para que possamos celebrar mais convênios”, afirmou o governador, que ainda reforçou a agenda de inaugurações de policlínicas e hospitais regionais. As obras serão realizadas por meio de convênios e licitações celebradas pelas secretarias estaduais do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), através da Superintendência dos Desportos (Sudesb), com contratos no valor total de R$ 8,5 milhões; de Desenvolvimento Rural (SDR), com R$ 15,6 milhões; e de Desenvolvimento Urbano (Sedur), por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), com investimentos de R$ 11,9 milhões. A Secretaria da Saúde (Sesab) aplicará R$ 1,2 milhão.