9 de outubro de 2017, 09:49

COLUNISTASTrânsito.com

Maurício Bacelar

Coluna: Engenharia

Maurício Bacelar é engenheiro civil e foi diretor-geral do Detran (2015). Ele também foi secretário de Obras da Prefeitura de Dias 'Ávila (1986), diretor do Copec (1987) e secretário de Infraestrutura da Prefeitura de Camaçari (2002). Ele escreve uma coluna semanal no Política Livre às segunda-feiras.

- Engenheiro Civil - 1985
- Secretário de Obras da Prefeitura Municipal de Dias D'Ávila - 1986
- Diretor do Copec - Complexo Petroquímico de Camaçari - 1987
- Secretário de Infraestrutura da Prefeitura Municipal de Camaçari - 2002
- Diretor Geral do Detran-Ba - 2015

Listar artigos

A tecnologia tem evoluído muito e cada vez mais interfere no dia a dia das pessoas, influencia na comunicação, no trabalho, na medicina, na engenharia, na produção de alimentos, enfim em todos os setores da vida humana. No trânsito não é diferente, tem sido usada para proteger a vida. O airbag, o freio ABS, a direção elétrica, o cinto de três pontas, o capacete, são alguns exemplos.

A tecnologia, também, é usada para facilitar a mobilidade, os semáforos inteligentes e sincronizados são dois bons exemplos. A população reclama quando a tecnologia é usada na fiscalização e critica o uso do talonário eletrônico – para emissão de multas, a instalação de lombadas eletrônicas – controle de velocidade em determinados trechos das vias, fotos sensores – possibilita a fiscalização remota ou radares – limita velocidade nas vias. Em resumo, a sociedade civil enxerga a tecnologia como algo punitivo.

A tecnologia não tem limites, ultimamente está sendo usada na relação entre os órgãos de trânsito e os cidadãos, com forte impacto na elevação da qualidade de vida.

Desde 2015, o Detran da Bahia, através do seu aplicativo Detran-BA Mobile, disponível nas plataformas iOS e Android, totalmente gratuito, permite que o usuário demande serviços do órgão, pela internet, de qualquer lugar, sem precisar da presença física. A população pode requerer segunda via da CNH, do CRLV ou a permissão internacional de dirigir pelo smartphone ou pelo computador. Pode consultar e ser alertado de resultado de exames, pontuação na CNH, lançamento de multas, vencimento do IPVA e da habilitação. Tem disponível o perfil do veículo com informações sobre revisões, troca de óleo, de bateria, de pneus ou vencimento de se guro. Acessa, ainda, informações de veículos roubados, além de ter à sua disposição simulados para a prova teórica de direção.

Assim, a tecnologia tem agido no trânsito. Não só para punir, mas para proteger a vida, fiscalizar, facilitar a mobilidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas!

Comentários