Frase do dia

Joaquim Levy largou bem, mas é uma ilha de competência em um mar de mediocridade, com honrosas exceções

ARMÍNIO FRAGA, EX-PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL, SOBRE O MINISTRO DA FAZENDA QUE FOI SEU ALUNO comentar

26 de janeiro de 2015, 19:15

BAHIA Camaçari: Prefeitura firma parceria com o Unicef

Foto: Aristeu Chagas

Ações de promoção e defesa da criança e adolescente serão desenvolvidas no Município

A Prefeitura de Camaçari e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) vão desenvolver ações de promoção e defesa da criança e adolescente no município. O início da parceria foi definido hoje (26/01), durante encontro entre o prefeito de Camaçari, Ademar Delgado e a coordenadora da Unicef para Bahia e Sergipe, Helena de Oliveira. De acordo com a coordenadora da Unicef para Bahia e Sergipe, Helena de Oliveira trabalhar com grandes centros é uma meta da instituição e o desejo da Unicef é desenvolver em Camaçari projetos que possam servir de referência para outras cidades do Brasil e até do mundo. Investir em ações para crianças e adolescentes no intuito de garantir um futuro digno é uma das prioridades do prefeito Ademar Delgado que prontamente se dispôs a firmar a parceria e, inclusive, sugeriu que as primeiras ações sejam realizadas nos condomínios do programa Minha Casa, Minha Vida. O termo de compromisso para validar a parceria deve ser assinado em março. Até lá, representantes da Unicef e de secretariais municiais discutirão quais programas e projetos poderão ser executados em Camaçari. Participaram do encontro a secretária da Mulher, Miriam Bitencourt, o secretário da Fazenda, Camilo Pinto, o vereador Elias Natan (PV) e a consultora na área de sobrevivência e desenvolvimento infantil da Unicef Bahia e Sergipe, Valderez Aragão.

26 de janeiro de 2015, 19:00

BAHIA Família e PSB evitam comentar resultado preliminar de acidente que matou Campos

Foto: Fernando Frazao/ ABr

Família lamentou bastante a morte do então presidenciável em agosto de 2014

A família do ex-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, preferiu não comentar o resultado preliminar do acidente que vitimou o presidenciável e outra seis pessoas em 13 de agosto de 2014. Nesta segunda-feira, 26, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) confirmou que o piloto Marcos Martins e copiloto Geraldo Magela Barbosa não tinham o treinamento de transição exigido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar o modelo Cessna 560 XLS+. O Cenipa também descartou que o acidente tenha sido causado por fogo na aeronave, colisão com drone, ave ou objeto durante o voo. Em nota divulgada pelo PSB, a família Campos diz que só se pronunciará a respeito do assunto após a conclusão de todas as investigações. A nota é assinada pelo advogado da família, José Henrique Wanderley Filho. O Diretório Nacional do PSB informou que está acompanhando as investigações promovidas pela Aeronáutica e pela Polícia Federal para apurar as causas do desastre aéreo, mas também não quis comentar o caso.

Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2015, 18:45

BRASIL Estado Islâmico pede mais ataques em países ocidentais

A organização extremista Estado Islâmico pediu hoje (26) mais ataques terroristas nos países ocidentais e saudou os atentados cometidos recentemente, como o contra cartunistas do jornal francês Charlie Hebdo. “Apelamos aos muçulmanos na Europa e no Ocidente infiel para que ataquem onde quer que estejam (…) prometemos aos cristãos que vão continuar a viver em estado de terror, medo e insegurança”, afirmou Abou Mohammad al-Adnani, porta-voz da organização em mensagem áudio difundida na internet. “Vocês ainda não viram nada”, acrescentou. O porta-voz disse ainda que a organização extremista considerava como “inimigos” os muçulmanos que podem atacar inimigos e não o fizeram. O apelo do Estado Islâmico surge mais de duas semanas após os atentados em Paris ao jornal Charlie Hebdo e a um supermercado judaico, que fizeram 20 mortos, entre os quais os três terroristas.

Agência Brasil

26 de janeiro de 2015, 18:30

SALVADOR Aplicativo oferece informações de trânsito e transporte no Carnaval 2015

Em caráter experimental, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) e a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) lançam o aplicativo Mobilidade do Carnaval, que irá auxiliar os foliões no período da festa. Disponível por enquanto apenas para dispositivos Android, o app oferece gratuitamente informações de trânsito, estacionamentos remotos e transporte. Após download na Google Play, o usuário informa se está indo ou voltando da folia, a que circuito se destina ou de qual deles está saindo, e por que meio de transporte, se carro, ônibus ou táxi. A partir destas informações preliminares, acionando o dispositivo de localização de seu smartphone, o usuário pode descobrir onde está o estacionamento mais cômodo para seu deslocamento, em que locais estão os pontos de táxi mais próximos dele e até se as linhas que conhece levam ao evento. De acordo com o superintendente Fabrizzio Muller, “a ferramenta é muito útil para soteropolitanos e turistas, já que permite a verificação de itinerários e a consulta de distâncias a serem percorridas”. Ele ressalta que o dispositivo ainda passa por teste e em breve estará disponível em outras plataformas.

26 de janeiro de 2015, 18:15

BRASIL Petrobras bate recorde de processamento em refinarias do Brasil em 2014

Segundo a estatal, a carga total refinada no último ano foi de 2,1 milhões de barris de petróleo por dia (bpd)

A Petrobras divulgou na tarde desta segunda-feira, 26, dados consolidados das operações de refino no País em 2014, atualizando as informações com os dados de dezembro, ainda não publicados pela companhia. Segundo a estatal, a carga total refinada no último ano foi de 2,1 milhões de barris de petróleo por dia (bpd), o que representa um aumento de 1,7% na carga processada em relação a 2013. A estatal destacou ainda recordes mensais de março e junho, quando a carga diária processada atingiu a marca de 2,151 milhões de bpd e 2,172 milhões de bpd, respectivamente. Até o momento ainda não foram divulgados os dados finais da companhia sobre produção e refino no mês de dezembro, mas a estatal tem reforçado a divulgação de dados positivos em comunicados diários à imprensa. No comunicado, a Petrobras divulgou ainda o processamento de 632,7 mil bpd nas unidades de hidrotratamento de diesel, número cerca de 15% superior ao ano de 2013. Também houve alta no processamento das unidades de craqueamento catalítico, segundo a estatal. De acordo com a Petrobras, a melhora é atribuída ao “aumento da eficiência operacional obtido pela gestão integrada do sistema de Abastecimento, contribuindo para a redução das importações de derivados”. O desempenho também pode ser atribuído à entrada em operação da primeira etapa da Refinaria Abreu e Lima, em dezembro.

Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2015, 18:00

MUNDO Alexis Tsipras toma posse como primeiro-ministro grego

Foto: Agência Lusa/Yannis Kolesidis

Novo premiê grego cumprimenta jornalistas após juramento

Alexis Tsipras tomou posse hoje (26) como primeiro-ministro da Grécia, após a vitória nas eleições legislativas do seu partido, o Syriza, neste domingo (25), que fechou uma aliança de governo com os nacionalistas Gregos Independentes. O novo primeiro-ministro prestou juramento perante o chefe de Estado grego, Karolos Papoulias. “Senhor presidente, juro que aplicarei a Constituição e as leis e que trabalharei sempre pelo interesse geral do povo grego”, disse Tsipras, que assinou assinou o decreto de nomeação com Papoulias. Em seguida, o líder do Syriza saiu da sala saudando os repórteres de imagem com a mão sobre o coração. Antes, numa reunião com o presidente, Tsipras disse ter conversado com o líder dos Gregos Independentes, Panos Kammenos, que lhe assegurou que o partido “dará voto de confiança ao governo”. “A maioria absoluta requerida existe”, disse ele, acrescentando esperar que essa maioria se amplie “ainda mais” na votação da equipe governamental. O Syriza conquistou 36,34% dos votos nas eleições gerais de domingo, ganhando 149 lugares no Parlamento, dois a menos que o necessário para a maioria absoluta. Os Gregos Independentes obtiveram 4,75% dos votos, elegendo 13 deputados. A aliança, acordada hoje de manhã, tem sido descrita por analistas como peculiar, dado que os dois partidos apenas partilham a oposição à “troika” de credores – União Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional – que acusam de ter provocado uma crise humanitária no país.

Agência Lusa

26 de janeiro de 2015, 17:45

BAHIA Zé Neto agiliza TAC para licitar transporte complementar

Foto: Divulgação

Líder do governo na Alba negocia assinatura de TAC que retoma licitação da categoria

O líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual Zé Neto, participou na manhã desta segunda-feira (26) de uma reunião na sede do Ministério Público Estadual (MPE), no bairro de Nazaré, com o objetivo de concluir as negociações para a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que visa a retomada da licitação para regulamentação do Sistema de Transporte Complementar do Estado da Bahia. “Esse é um momento muito esperado por todos nós. E com certeza, tanto para vans, quanto para ônibus, esse TAC vai gerar um novo marco na qualidade dos sistemas. Já que o documento, além de tratar de questões contratuais e abrir as licitações, há também pactuações que dizem respeito à melhoria da qualidade dos dois sistemas, inclusive com ampliação de linhas. Assim, o Governo dá um passo decisivo na melhoria da logística do transporte público de massa em nosso estado”, afirmou Zé Neto. A reunião contou com as presenças da promotora de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e Moralidade Administrativa (GEPAM), Rita Tourinho, do diretor da Agência de Regulamentação dos Serviços Públicos de Transportes (Agerba), Eduardo Pessoa, dos representantes da Associação das Cooperativas, Associações e Permissionários do Transporte Complementar e Alternativo do Estado da Bahia, Dagoberto Muniz (presidente) e Ricardo Medrado (diretor) e do presidente da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário do Estado da Bahia (Abemtro), Décio Sampaio. A assinatura do TAC está agendada para a próxima terça-feira, 3 de fevereiro, na sede do MP, no bairro de Nazaré, em Salvador.

26 de janeiro de 2015, 17:30

BRASIL Cunha diz ter ‘segurança absoluta’ de eleição no 1º turno

Foto: Reprodução

O deputado Eduardo Cunha, candidato do PMDB à presidência da Câmara dos Deputados

O deputado Eduardo Cunha, candidato do PMDB à presidência da Câmara dos Deputados, estava confiante ao deixar o encontro com deputados do PSDB de são Paulo, que oficialmente apoiam Julio Delgado (PSB-MG) na disputa. “A gente tem a segurança absoluta que vai ser resolvido no primeiro turno”, disse o peemedebista, apostando na polarização entre sua candidatura e a do petista Arlindo Chinaglia. Questionado se este prognóstico levava em conta possíveis dissidências no bloco de oposição liderado pelo PSDB, Cunha desconversou. Para ele, é possível vencer no primeiro turno sem os votos da oposição. Tucanos reiteraram a intenção da bancada de São Paulo de apoiar Júlio Delgado, mas admitiram a possibilidade de apoiar Cunha caso a candidatura do PSB não emplaque ou mesmo seja retirada por falta de base de apoio. Mais cedo, o presidente estadual do PSDB Duarte Nogueira havia dito que a bancada paulista “caminharia” com Delgado. Após a reunião com Cunha, o tucano disse que, como o voto é secreto, era impossível garantir que não haveria dissidências. O candidato do PMDB aposta na polarização para que a disputa seja decidida em primeiro turno, mas pregou respeito a Delgado, o candidato oficial da oposição. “Na medida em que o outro se lança candidato, a gente tem que, por respeito a ele, deixar que ele faça a campanha”, afirmou. “O processo tende a se acirrar, se polarizar por natureza”, disse Cunha.

Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2015, 17:15

BAHIA Lídice defende aliança programática com o governo

Foto: Divulgação

O PSB da senadora Lídice da Mata ficará à frente da Junta Comercial do Estado e Superintendência de Defesa Civil

A presidente do PSB na Bahia, senadora Lídice da Mata, disse nesta segunda-feira (26), na Governadoria, que a reaproximação do partido com a Administração Estadual se deu por conta de uma relação política existente há anos e por uma afinidade programática. No governo de Rui Costa (PT), o PSB ficará à frente da Junta Comercial do Estado e Superintendência de Defesa Civil. Dentro do que chamou de afinidade programática, Lídice destacou a implantação do sistema de ensino em tempo integral nas escolas baianas; o aprimoramento do programa Pacto Pela Vida, a exemplo do que foi realizado em Pernambuco, estado governado pelo PSB, que conseguiu reduzir os índices de homicídios e na Saúde, onde a principal linha de propostas está na sua interiorização.”Temos a disposição de contribuir com um governo que teve a plataforma de campanha muito semelhante à nossa e é isso que nos faz retornar”, afirmou. O governador Rui Costa ressaltou que o PSB também contribuirá informalmente com outras áreas do Executivo, a exemplo da Cultura, onde o partido tem uma forte militância. “É um partido que tem uma longa luta conosco na redemocratização do País e outras conquistas tanto no plano nacional, quanto no regional”, disse. Nos governos de Jaques Wagner (2007-2014), o PSB comandou a pasta do Turismo, onde Lidíce ressaltou legados como a implantação da Lei Estadual, da estratégia denominada Terceiro Salto e mais de 20 mil pessoas qualificadas.

26 de janeiro de 2015, 17:00

BRASIL Centrais sindicais protestarão contra mudanças em benefícios sociais

As seis maiores centrais sindicais do país promoverão quarta-feira (28) uma manifestação para pedir a revogação das medidas provisórias (MP) 664 e 665, anunciadas no fim do ano passado. As duas medidas alteram regras sobre pensão, auxílio-doença e seguro-desemprego. Durante o ato, que começará no Museu de Arte de São Paulo, na Avenida Paulista, e seguirá em passeata. Os representantes das centrais farão duas paradas (uma no prédio do Ministério da Fazenda e outra na Petrobras) para entregar um documento expressando a insatisfação dos trabalhadores. De acordo com o secretário de Organização e Políticas Sindicais da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Francisco Pereira de Souza, o objetivo é discutir a defesa dos direitos e o emprego dos trabalhadores, porque, na avaliação das seis centrais sindicais, as medidas do governo vão causar prejuízos importantes para a sociedade. “Nossa mobilização é também em função de um certo descontentamento, porque estivemos com o governo em algumas ocasiões, e a nós foi dito que os trabalhadores não teriam nenhuma surpresa, e que não haveria mudança em seus direitos. Mas fomos surpreendidos. Não concordamos com elas [medidas provisórias], nem com a forma como foram anunciadas. Vamos propor que o governo reveja as medidas”, disse o sindicalista. Leia mais na Agência Brasil.

Agência Brasil

26 de janeiro de 2015, 16:45

BRASIL Defesa de Cerveró retira Dilma do rol de testemunhas

Foto: Vagner Rosário/Futura Press

O ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró chega ao IML de Curitiba, na quarta-feira, 14

Menos de três horas após pedir a intimação de Dilma Rousseff como testemunha, a defesa do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró apresentou uma nova petição à Justiça Federal em que pede a substituição da presidente por uma outra testemunha Ishiro Inagaki, de Tóquio. A alegação do advogado Edison Ribeiro para a súbita mudança está na petição entregue nesta segunda feira, 26. Ele justifica a troca “uma vez que a decisão sobre a aquisição das sondas foi privativa da Diretoria da Petrobrás, não passando pelo Conselho de Administração, onde a testemunha ora substituída (Dilma Rousseff) exercia a Presidência”. Na ação penal, Cerveró e o lobista Fernando Antônio Falcão Soares, conhecido como Fernando Baiano, são acusados de receberem propina de cerca de US$ 30 milhões para viabilizar contratos de navios-sonda para a Petrobrás. Os pagamentos teriam sido feitos por Júlio Camargo, representante da empresa Toyo Setal, a Baiano, que atuaria diretamente na Diretoria Internacional, na época dos fatos comandada por Cerveró. Ao Estado, Ribeiro minimizou o episódio e disse que a troca foi motivada após uma conversa com Cerveró na carceragem da PF em Curitiba, onde o ex-diretor está preso. “Não foi nada demais, eu havia colocado a presidente (Dilma) e o (Sérgio) Gabrielli porque um foi presidente da Diretoria Executiva e outro do Conselho de Administração (da Petrobrás). Mas, ao conversar com Nestor Cerveró ele me disse que neste neste caso (pagamento de propina em compra de navios-sonda pela estatal) a decisão foi exclusiva da Diretoria, não passou pelo Conselho”, explicou. Questionado se há perspectiva de elencar a presidente como testemunha em outros episódios investigados pela Lava Jato, o advogado afirmou que ainda não pode adiantar nada. “Cada caso é um caso, eu examino e vejo quais são as melhores testemunhas, como aconteceu hoje”, assinalou. Leia mais no Estadão.

Fausto Macedo e Mateus Coutinho, Estadão

26 de janeiro de 2015, 16:30

ECONOMIA Juros longos avançam em linha com dólar e curtos fecham estáveis

Os juros futuros de curto prazo fecharam estáveis, enquanto os longos avançaram em linha com o câmbio, em um ambiente de liquidez muito fraca. No encerramento da sessão regular da BM&FBovespa, o DI com vencimento em abril de 2015 tinha taxa de 12,270%, ante 12,260% no ajuste da sexta-feira, com 43.135 contratos. O DI para janeiro de 2016 terminou em 12,69%, de 12,68% no ajuste anterior, com 53.035 contratos. O DI para janeiro de 2017 (101.550 contratos) fechou em 12,36%, de 12,34%, e o DI para janeiro de 2021 (36.375 contratos), 11,67% (11,64% no ajuste da sexta-feira). Nos negócios de balcão, o dólar à vista encerrou a R$ 2,587 (+0,19%). Na mínima, perto das 15 horas, ficou estável em R$ 2,582 e, na máxima, pouco depois das 11 horas, subiu a R$ 2,608 (+1,01%). O dólar encerrou a sessão em alta ante o real, pautada principalmente pelo exterior, onde a moeda exibiu avanço ante as demais divisas de países emergentes. Nesta segunda-feira de agenda fraca de indicadores, o dólar acabou mesmo sendo o vetor para o rumo das taxas longas. Os curtos refletem o compasso de espera do mercado, que está ansioso pela divulgação da ata do Copom na quinta-feira, para calibrar suas apostas para a política monetária, já que o comunicado da reunião da semana passada não deu pistas sobre os próximos passos do BC. Enquanto isso, na pesquisa Focus, a mediana das estimativas para o IPCA de 2015 saltou de 6,67% para 6,99% e a de 2016 caiu de 5,70% para 5,60%. Para o PIB de 2015, a mediana recuou de 0,38% para 0,13%. Ainda pela manhã, a Fundação Getulio Vargas (FGV) informou que a confiança do consumidor caiu 6,7% em janeiro ante dezembro, para 89,8 pontos, o menor nível da série histórica, iniciada em setembro de 2005.

Denise Abarca, Estadão Conteúdo