Frase do dia

Não existe essa história de que você é um salvador da pátria. Não existem salvadores da pátria. A pátria é uma construção de homens e mulheres.

Marina Silva, candidata à Presidência da República pelo PSB. comentar

31 de agosto de 2014, 17:48

BRASIL Site de Marina Silva sofre ataques e sai no ar

O site da campanha de Marina Silva, candidata do PSB à presidência da República, sofreu dois ataques e ficou fora do ar por mais de uma hora, de acordo com nota divulgada neste domingo, 31, pela sua assessoria de imprensa. O primeiro ataque ocorreu no sábado, 30, e o segundo neste domingo. Os ataques deixaram o site fora da rede por uma hora no sábado, entre 21h e 22h, e por cerca de 20 minutos neste domingo no começo da tarde. Nos dois episódios, a equipe técnica ligada à coordenação da campanha restabeleceu a normalidade das conexões e reforçou os sistemas de segurança. Novas instabilidades, porém, podem voltar a ocorrer, de acordo com a nota. A assessoria não informou de onde partiram os ataques, mas mencionou que medidas judiciais estão sendo providenciadas para apurar a origem da ação, classificada como “criminosa e antidemocrática”.

31 de agosto de 2014, 17:46

BRASIL MST ocupa Fazenda do senador Eunício Oliveira

O Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra (MST) ocupou neste domingo, 31, a Fazenda Santa Mônica, de propriedade de Eunício Oliveira (PMDB), senador e candidato a governador do Ceará. De acordo com a organização do movimento, três mil famílias estão no local. Eunício, que continuará em campanha, não se pronunciará a respeito do assunto, deixando o tema exclusivamente com o diretor administrativo da agropecuária, Ricardo Augusto. Para Augusto, a invasão foi um ato “surpreendente”. Segundo nota do diretor, a fazenda é produtiva e está localizada em Goiás, em uma região sem conflitos agrários. “É uma propriedade que observa todas as normas da legislação trabalhista, tributária e ambiental, inclusive com áreas de proteção e de guarda de espécies da fauna silvestre homologadas pelo Ibama”, argumentou. Já o MST diz que as terras são improdutivas. “O MST denuncia a escandalosa relação do senador Eunício com expulsão de dezenas de famílias camponesas da região, com o único intuito de promover a especulação fundiária, em uma região onde o preço da terra tem se valorizado muito nos últimos anos.” Segundo o movimento, algumas propriedades do político estão arrendadas para a produção de soja e milho, o que demonstraria o interesse exclusivamente financeiro que o senador tem com a área. “Esse é um claro exemplo de como o Estado brasileiro tem profundos vínculos com o latifúndio e o agronegócio”, trouxe a nota do MST.

Célia Froufe, Agência Estado

31 de agosto de 2014, 13:00

SALVADOR Sábado contabiliza oito homicídios em Salvador; mais jovem tinha 17 anos

Dois homens foram mortos na noite deste sábado (30) no Parque São Paulo, no bairro de Itinga, Lauro de Freitas, por dois homens encapuzados que estavam em um veículo não identificado. Segundo a Central de Polícia, Adriano Denis Pinto dos Santos, de 27 anos, foi atingido por disparos em várias partes do corpo e Edgar Francisco Santos Souza, de 21, recebeu um tiro. Eles estavam dentro de uma barbearia quando foram baleados. De acordo com a 27ª Delegacia, uma terceira pessoa ficou ferida e foi socorrida ao Hospital Jorge Novis, em Lauro de Freitas. O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa investiga o caso, mas até agora os suspeitos ainda não foram identificados. Ainda neste sábado, aconteceram mais 7 homicídios. Segundo a Central de Polícia, Robson dos Santos Batista, de 23 anos, foi morto durante a tarde com tiros na cabeça, na Baixa do Mandu, no bairro de Pernambués. A autoria e motivo são desconhecidos. Na mesma tarde, um homem não identificado foi morto na Travessa Bela Vista, no bairro de Pero Vaz, por disparos de arma de fogo e, em Simões Filho, na Rua Centro, Marcio Oliveira Filho, de 36 anos, foi morto com tiros nas costas e na cabeça. Suspeitos ainda não foram identificados. O corpo de um homem foi encontrado no interior de um veículo na Avenida Alto do Girassol, próximo a São Francisco, em Cassange. A polícia ainda não identificou a vítima ou o motivo da morte. Já em Itapuã, um homem de prenome Eliezer, aparentando 40 anos, foi atingido na cabeça, na madrugada deste sábado, com pelo menos dois tiros por dois homens que estavam em uma moto, ninguém foi identificado até o momento e o motivo ainda é desconhecido. Segundo a Central de Polícia, a vítima estaria envolvida com crimes contra a Patrimônio. O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa investiga o caso. Ainda na madrugada, Lucas Freire Costa, de 18 anos, foi morto com vários disparos de arma de fogo na cabeça, costas e braço, na Travessa Macedo Costa, em Narandiba. A polícia não soube dar mais informações sobre o caso. Leia mais na Correio.

Correio*

31 de agosto de 2014, 12:45

MUNDO Israel derruba drone sírio nas colinas Golã

As forças militares de Israel disseram neste domingo terem derrubado um drone que entrou no espaço aéreo controlado por Israel vindo da Síria. O porta-voz do exército israelense, coronel Peter Lerner, disse que a aeronave não tripulada aparentemente pertence ao exército sirio e atravessou a acidentalmente o espaço aéreo controlado por Israel na região das colinas do Golã. O drone foi derrubado por um míssil. “Temos repetidamente declarado que responderemos a qualquer quebra da soberania de Israel e continuaremos a agir para manter a segurança”, afirmou Lerner. O militar disse que o incidente ocorreu próximo a Quneitra, um principal ponto de travessia entre a Síria e as colinas do Golã controladas por Israel. A região de Quneitra já foi local de pesados conflitos nos últimos dias entre tropas do governo sírio e rebeldes. Israel tem evitado tomar partido na guerra civil síria dos últimos três anos, embora as tropas israelenses tenham respondido a ataques ocasionais de morteiros que aterrisaram na parte israelense dos montes Golã. Israel diz que alguns ataques ocorreram acidentalmente, enquanto outros acredita terem sido intencionais. Israel captou as colinas Golã na guerra do Oriente Médio de 1967 da Síria e depos as anexou a seu território, um movimento nunca reconhecido internacionalmente.

Agência Estado

31 de agosto de 2014, 12:30

BAHIA Emir Sader ratifica importância de manter o projeto de esquerda no Brasil

Foto: Kleidir Costa

Emir Sader fala das contradições nas propostas de governo da candidata Marina Silva e ratificou o apoio a Dilma

O debate político na noite deste sábado (30) lotou o comitê do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), no Rio Vermelho, em Salvador, onde o parlamentar, militantes de diversos movimentos sociais e jovens receberam o sociólogo e cientista político, Emir Sader, para discutir o tema “Reforma Política e Participação da Sociedade”. De acordo com Valmir, a atividade foi uma oportunidade para nivelar as opiniões sobre a reforma política e entender mais do processo eleitoral. Para o petista, o que faz o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estar com “todo gás” para reeleger Dilma é o projeto político que ela defende. “Independente da bandeira da reforma agrária, o projeto político é maior, e é por esse projeto que estamos aqui – pautando a reforma da constituinte. E é em nome dele que vamos trabalhar para reeleger Dilma no Brasil e eleger Rui Costa na Bahia”, pontua. Para o sociólogo, o projeto em curso no país não pode ser interrompido. O professor é contra a candidatura de Marina Silva (PSB-REDE). “Ela é obscurantista, o ponto de vista dela é extremamente reacionário. Ela já alterou o programa de governo três vezes em menos de um dia. Veja que tem três coisas significativas que ainda estão lá. Primeiro, a independência do Banco Central. Isso é enganoso, é independente de quem? Deixa de ser dependente da política econômica do governo, que é de desenvolvimento com distribuição de renda, para ser dependente dos bancos e do mercado financeiro. Esse é um ponto neoliberal. Segundo lugar, baixar o perfil do pré-sal, Marina está pensando nas grandes empresas internacionais de energia, é pra elas que ela vai entregar o pré-sal. O terceiro item ajuda a entender isso. Ela fala ‘nós vamos baixar o perfil do Mercosul e fazer acordos bilaterais’. Com quais países ela quer fazer esses acordos? É claro que é com os Estados Unidos, deixar de liderar países na América latina, África, ser líder no mundo para voltar a se submeter aos EUA.”. Participaram da mesa de trabalho o representante da Consulta Popular, Mário Neto, a membro da direção nacional do MST, Elizabete Rocha, a secretária de Políticas para as Mulheres (SPM), Vera Lúcia Barbosa, além do presidente do PT de Salvador, Edson Valadares, o presidente da CUT-BA, Cedro Silva, e representantes de movimentos sociais de luta pela terra e de direitos humanos.

31 de agosto de 2014, 12:15

BAHIA Homem é internado em hospital de Simões Filho com suspeita de Meningite

Um paciente foi levado ao Hospital Municipal Eduardo Alencar, em Simões Filho, com suspeita de meningite, na noite desta sexta-feira (29). Segundo informações do hospital, Claudiomiro Conceição da Silva, de 46 anos, aguarda uma vaga para ser transferido ao Hospital Couto Maia, em Salvador, mas a doença ainda não foi, de fato, confirmada.

Correio*

31 de agosto de 2014, 12:00

SALVADOR Barra tem cortejo infantil e último dia de roda-gigante neste domingo

Ainda novidade para muitos, a nova orla da Barra ficou lotada no segundo final de semana após a inauguração. Mais do que conferir como ficou, muita gente aproveitou para entrar na fila para andar na roda-gigante e conferir o visual da orla lá de cima. Teve também quem aproveitou o dia para pedalar, andar de skate na pista alargada e sem trânsito de veículos em boa parte do trecho. O Farol da Barra virou palco de roda de capoeira e também das já tradicionais rodinhas de violão, formadas por quem vai ver o pôr do sol. Para aqueles que ainda não aproveitaram para dar uma volta na roda-gigante, não dá para perder tempo. Hoje é o último dia que o equipamento estará no Largo do Farol da Barra. Ele funciona das 10h até as 21h. Para acessar, basta levar um quilo de alimento não perecível, uma peça de roupa ou um brinquedo. Também é possível andar na roda-gigante doando, em dinheiro, o equivalente a um quilo de alimento. A programação de hoje começa às 10h, com um cortejo infantil animado pelo cantor Alex Costa, no Coreto Elétrico. Ele faz show para a criançada em frente ao Farol da Barra até o meio-dia. Além da roda-gigante, outros brinquedos estarão distribuídos entre o Farol e o Barra Center, com acesso gratuito para crianças. O secretário de Turismo e Cultura de Salvador, Guilherme Bellintani, afirmou que “a ideia é ver as pessoas voltando às ruas de Salvador” e disse esperar que essa movimentação se torne rotina. A Barra foi inaugurada oficialmente no dia 22 de agosto e teve programação especial até o dia 24, com shows, feiras e atrações infantis.

Correio*

31 de agosto de 2014, 11:45

SALVADOR Metrô vai operar uma hora mais cedo a partir de amanhã

Foto: Divulgação

Novo horário vale entre 1º e 14 de setembro, ainda em fase experimental, sem custos à população

A partir da segunda-feira (1º), o metrô de Salvador começa a funcionar uma hora mais cedo. De segunda a sexta, os trens trabalham das 8h às 16h e, aos sábados, das 8h às 13h, e não mais a partir das 9h. O novo horário vale entre 1º e 14 de setembro, ainda em fase experimental, sem custos à população. A partir do dia 15, começa a operação comercial do metrô, sob responsabilidade da concessionária CCR. O modal passará a funcionar todos os dias, das 5h à meia-noite, com tarifa prevista de R$ 3,10. Hoje, o metrô de Salvador opera com cinco estações: Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Acesso Norte e Retiro. Os trens que já estão em operação têm capacidade para transportar 6 mil passageiros por hora. No entanto, o número deve aumentar à medida em que chegarem novos trens e forem inauguradas novas estações. O trajeto atual é de 7,5 km, percorrido em 16 minutos – em horário de pico, o mesmo trajeto é feito de ônibus em cerca de 50 minutos.

Correio*

31 de agosto de 2014, 11:30

BAHIA Estudantes de universidades públicas terão bolsa, garante Rui

Chapa majoritária fez caminhada no município de Ipirá

O que era para ser uma carreata se transformou em uma grande caminhada pelas ruas de Baixa Grande, culminando em mais de 10 mil pessoas na praça de Ipirá, na noite do sábado (30). A Caravana 13 com os candidatos da coligação Pra Bahia Mudar Mais Rui Costa (governador), Otto Alencar (senador) e João Leão (vice-governador), acompanhados do governador Jaques Wagner, foi recepcionada pelo prefeito Ademilton Sampaio com a afirmação de que participavam daquele comício “gente não só de Ipirá, mas também da Baixa Grande e Pintadas. Esse aqui é um palanque forte”, afirmou. Falando pelos gestores da região, Sampaio frisou a crença da população no avanço do trabalho, que segundo ele, vem mudando a realidade do estado. “O candidato da oposição, ex-governador, em dois mandatos não conseguiu investir R$5 mi. Só a estrada para Pintadas, que Wagner fez, foi R$16 mi”, comparou. Rui reiterou o compromisso de investir em infraestrutura, saúde e educação e garantiu que a Chapada terá sua Universidade Federal. A proposta dele é criar cinco novas universidades federais no estado, oferecer 150 mil vagas de ensino profissionalizante, com garantia do primeiro estágio para os jovens que estiverem nos cursos técnicos, além de e bolsa para os universitários das instituições públicas. “Educação é o único patrimônio que pais pobres podem dar aos seus filhos e não vou deixar que os estudantes parem de estudar por falta de dinheiro”. Jaques Wagner disse que Rui sabe bem do que fala. “Estudou em escola pública, fez curso técnico e se formou na Ufba – na época, a única Federal da Bahia”, disse o governador, atestando que o candidato petista tem responsabilidade com os avanços necessários . “Tenho certeza que Rui vai ser um governador melhor do que eu fui. Ele errou e acertou ao meu lado, sempre pensando no melhor para a Bahia”. Na manhã desse domingo a Caravana 13 iniciou a campanha com Carreata na cidade de Alagoinhas e, à tarde segue Valente e Retirolância, encerrando as atividades com comício em Conceição do Coité.

31 de agosto de 2014, 11:15

BRASIL Marina faz caminhada na Rocinha e promete respeito às comunidades

A candidata à Presidência da República Marina Silva (PSB) fez ontem (30) uma caminhada pela comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro. Cercada por correligionários e candidatos a cargos no Legislativo, ela parou algumas vezes para conversar com moradores e comerciantes. Marina disse que o programa de seu partido inclui o respeito às comunidades, com acesso a serviços públicos de qualidade na saúde e educação, além de um “esforço continuado para que a segurança pública possa de fato resolver o problema da violência”. Ela disse que é preciso também destinar recursos para urbanizar e regularizar os locais de moradia existentes, sem remoções das comunidades. “O nosso compromisso é tratar as comunidades com respeito ao seu território, à sua identidade cultural. E temos uma meta de aumentar em mais 4 milhões as moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida, inclusive com os programas para atender às comunidades nas suas próprias regiões de moradia, fazendo a urbanização e criando os espaços de convivência; [implantando] a educação de tempo integral, valorizando os espaços de afetividade e de cultura nas comunidades”. Quanto à retirada do programa de governo do trecho que propunha apoio ao casamento civil para pessoas do mesmo sexo, Marina disse que houve um “engano”, e foi divulgado um texto que não havia sido aprovado pela coordenação da campanha. De acordo com ela, o mesmo ocorreu em relação à energia nuclear. “Não é que foi uma revisão. Na verdade, nós tivemos dois problemas no programa, que foi em relação à energia nuclear, que na parte de ciência e tecnologia foi incluída uma questão que não havia sido acordada entre mim e o Eduardo [Campos], e na parte do movimento LGBT. O texto para publicação foi o texto tal como foi apresentado pela demanda dos movimentos sociais. Todos os movimentos sociais apresentaram suas demandas; foram feitas as mediações e se contemplou o tanto quanto possível as propostas. Agora voltou com o texto que foi mediado”. De acordo com ela, independentemente da posição quanto à política LGBT, o compromisso da candidatura é com a defesa do Estado Laico, respeito à liberdade individual e à liberdade religiosa.

Akemi Nitahara, Agência Brasil

31 de agosto de 2014, 11:00

BRASIL Nordeste, Sudeste e Sul concentram projetos de energia eólica

Os parques e projetos de parques eólicos concentram-se nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul. De acordo com Eduardo Tosta, especialista em Projetos de Competitividade Setorial da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), os motivos são o transporte, além da quantidade e qualidade dos ventos nos estados dessas regiões. “A tendência é gerar uma cadeia produtiva perto de onde vai ser instalado o parque eólico, onde estão os potenciais, as regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Então, a cadeia produtiva de torres, de pás e de outros componentes de grande porte tende a se formar perto dos fabricantes que estão próximos de parques para reduzir os custos de transportes, já que não é tão fácil isso no Brasil”, disse à Agência Brasil. Eduardo Tosta apresentou na quarta-feira (27) no 5º Brazil Windpower, encontro que reúne, no centro de Convenções Sul América, no centro do Rio, representantes das principais empresas da cadeia produtiva da indústria de energia eólica e é promovido anualmente pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), pelo Conselho Global de Energia Eólica (Gwec) e pelo Grupo CanalEnergia, o mapeamento da cadeia produtiva da indústria eólica no Brasil, feito pela ABDI. Tosta informou que o trabalho indicou que é preciso haver uma parceria maior entre as políticas energética e industrial, mais colaboração entre os fornecedores das montadoras de equipamentos com os fornecimentos em contratos de longo prazo e mudança na metodologia na aquisição de energia para não criar gargalos produtivos. De acordo com Tosta, o mapeamento apontou ainda que há segmentos no setor que registram ociosidade de até 50%. “Existe hoje uma ociosidade. Em alguns setores existe a sobrecapacidade, mas em outros, nós visitamos fornecedores que disseram que hoje não há pedidos suficientes. Este tipo de ajuste é feito pelo próprio mercado”, explicou. Leia mais na Agência Brasil.

Cristina Indio do Brasil, Agência Brasil

31 de agosto de 2014, 10:45

MUNDO Putin chama Ucrânia para negociações imediatas

Foto: Divulgação

Presidente russo, Vladimir Putin

O presidente russo Vladimir Putin pediu à Ucrânia o início imediato de negociações para uma solução política à crise no leste da Ucrânia, incluindo discussões sobre soberania. Em comentários feitos na rede de TV nacional Canal 1, reportados pelas agências de notícias russas, Putin afirmou que as conversas deveriam ser conduzidas de modo significativo e não sobre questões técnicas, “mas sobre questões relacionadas à organização política da sociedade e sobre a soberania do sudeste da Ucrânia, com o objetivo de salvaguardar os interesses legítimos das pessoas que vivem alí”. Apesar do uso da palavra “soberania”, Putin não vislumbra uma soberania para as duas regiões separatistas do leste ao estado que tem chamado de “Novorossiya” (Nova Rússia), disse depois seu porta-voz Dmitry Peskov, de acordo com uma agência russa. Anteriormente Putin havia pedido por negociações entre o governo central e rebeldes separatistas no leste, contra os quais as forças ucranianas têm lutado desde abril, enquanto a Rússia defendia a federalização que devolveria mais poderes para tais regiões. O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, divulgou em junho um plano de paz propondo um nível não especificado de descentralização dos poderes executivos e das questões orçamentárias das regiões. Mas os rebeldes rejeitaram qualquer negociação sem a suspensão da ofensiva das forças ucranianas. Representantes dos rebeldes não foram encontrados para comentar sobre as declarações de Putin deste domingo e o porta-voz de Poroshenko, Svyatoslav Tsegolko, disse não ter nada a comentar.

Agência Estado