Frase do dia

Toda a mídia apostou na tempestade perfeita. Crise cambial, o Brasil ia sofrer crise e, com isso, a economia ia entrar num processo caótico.

Presidente Dilma Rousseff. comentar

29 de julho de 2014, 11:30

SALVADOR Correia defende veterinários contra críticas de vereador

Foto: Divulgação

Vereador Tiago Correia (PTN)

Ao saber da entrevista concedida pelo vereador Marcel Moraes (PV) a uma rádio de Salvador, onde o edil faz declarações contra os médicos veterinários, o vereador Tiago Correia (PTN) prontamente saiu em defesa da categoria. “Ao afirmar que agora as castrações são de graça, e que ele quer dar prejuízo aos veterinários, o vereador Marcel faz uma defesa apaixonada da sua causa, mas esquece que quem realiza essas cirurgias são profissionais que são remunerados para isso, profissionais como outros que têm contas para pagar”, afirmou Correia. Veterinário por formação, Tiago Correia afirmou que “quem quiser fazer filantropia, esteja a vontade, sendo ou não profissional”. Ele ainda acredita que o vereador Marcel Moraes tem uma resistência à classe por conta de uma visão mais apaixonada que tem pelos animais, confrontando sentimentos com questões médicas e técnicas, apesar de ter projetos relevantes, a exemplo do Hospital Público Veterinário. “Muitas vezes o leigo acredita que o melhor para o animal é um tratá-lo como um humano, esquecendo que cada um tem suas necessidades biológicas e hábitos que variam muito de espécie para espécie. Logo, quando é dado o tratamento específico, o mesmo não é entendido ou aceito por quem não tem os conhecimentos técnicos. Por exemplo, existem pessoas que insistem em dar banhos diários em cães e alimentá-los com comida humana, até mesmo bolo, sem saber o prejuízo que causam ao animal”, relatou Correia. O vereador do PTN ainda afirmou que o exercício da medicina veterinária hoje em dia é muito especializado, e que existem clínicas muito bem aparelhadas, que não devem nada a clínicas humanas, com custo alto e alta demanda. “A sociedade precisa entender a importância que o médico veterinário tem em nossas vidas, estando presente desde o café da manha, quando o leite, a manteiga, o queijo e o presunto foram inspecionados desde o momento da sua produção até o seu beneficiamento. Isso sem falar nos programas de saúde pública, combatendo zoonoses como raiva, tuberculose e outras doenças que são perigosas para a vida humana”, frisou. “Enfim, o papel do veterinário vai muito além de cuidar de animais. É uma profissão bastante complexa e muito importante para o avanço científico, pois programas de melhoramento genético em animais, além de aumentar a produção que nos alimenta, trouxeram grandes conquistas para a reprodução humana, como também pesquisas na área de nutrição animal produziram muito conhecimento importante na nutrição humana. O que é preciso de fato é a valorização e o reconhecimento de uma profissão que é muitas vezes esquecida e pouco valorizada”, complementou Tiago Correia. O vereador disse que o veterinário não é apenas “médico de cachorro”. “Somos muito mais! E em relação a desvios de conduta, qualquer profissão está sujeita a isso, mas tenho total confiança no Conselho de Medicina Veterinária que é muito atento e atuante”, finalizou.

29 de julho de 2014, 11:30

BAHIA Prefeitura de Correntina encerra inscrições de processo seletivo

A Prefeitura de Correntina encerra nesta terça-feira (29), as inscrições do seu processo seletivo com 467 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio, técnico e superior. Do total de oportunidades, 217 são imediatas e 250 são para cadastro reserva, sendo que parte delas serão destinadas a pessoas com necessidades especiais. Os salários variam de R$ 724,00 a R$ 5.995,00, em jornadas de 20, 30 e 40 horas por semana. O processo seletivo será composto por provas objetivas, previstas para serem aplicadas dia 24 de agosto de 2014. Também haverá prova de títulos para todos os cargos de nível superior. Mais informações podem ser obtidas através do edital do certame.

Correio*

29 de julho de 2014, 11:15

BRASIL CUT: ‘Eleito, Aécio fará aeroporto no quintal dele’

Foto: Divulgação

Presidente da CUT, Vagner Freitas de Moraes

Observado por Lula, o presidente da CUT, Vagner Freitas de Moraes, fez duros ataques ao presidenciável tucano Aécio Neves na noite desta segunda-feira. Deu-se na abertura da 14ª Plenária Nacional da entidade. Ao discursar, o sindicalista fez referência ao aeroporto que o governo de Minas construiu no município de Cláudio. A pista de pouso fica a 6 km da Fazenda da Mata, um refúgio da família Neves que Aécio visita amiúde. Ardoroso defensor da reeleição de Dilma Rousseff, Vagner Freitas disse que a classe trabalhadora “não pode errar” na escolha do próximo inquilino do Planalto. “Alguém acha que a eleição do Aécio vai significar investimento em políticas públicas de qualidade no Brasil? Não. Ele vai fazer o que ele sempre fez. Imagina! Ele, como senador, já faz aeroporto na casa do pai dele! Se for presidente da República vai fazer aeroporto no quintal dele!” O mandachuva da CUT revelou-se profundamente desinformado. Construída ao custo de R$ 13,9 milhões, a pista de pouso ficou pronta em 2010. Aécio aprovou-a como governador de Minas. Só assumiria sua cadeira no Senado em fevereiro de 2011. De resto, o aeroporto não fica na “casa do pai” do tucano, morto há quase três anos. Foi plantado em terras desapropriadas de Múcio Tolentino, tio-avô de Aécio. Alheio à precisão, Vagner Freitas entregou-se a um vale-tudo retórico no seu esforço para espinafrar Aécio. A CUT está empenhada em recolher assinaturas para colocar de pé uma reforma política com plebiscito. “Se nós conseguirmos o plebisto popular e o Aécio ganhar a eleição, ele joga esse plebiscito no lixo.” “Se continuarmos conseguindo todos os aumentos reais de salário das campanhas salariais e o Aécio ganhar a eleição, nós vamos ter problema”, prosseguiu o presidente da CUT. “E vamos ter que fazer campanha para defender empresas publicas, nossos direitos, para ter salário, porque ele vai acabar com a gente.” No Apocalipse esboçado por Vagner Freitas, “se o Aécio ganhar a eleição, ele vai acabar com a conquista que nós construímos com o presidente Lula de valorização do salário mínimo, que é a questão social mais importante do Brasil.” Ao concluir o seu discurso, transmitido ao vivo pela internet, o comandante do braço sindical do PT repassou o microfone para Lula, cacique supremo da tribo partidário-sindical. Leia mais no Blog do Josias.

Josias de Souza, Blog do Josias

29 de julho de 2014, 11:00

ECONOMIA Taxa de juros sobe e inadimplência das famílias cai

A taxa média de juros do crédito para as famílias subiu, enquanto a inadimplência apresentou queda, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (29). A taxa de juros subiu 0,5 ponto percentual para 43% ao ano, em junho, em relação ao mês anterior. Já a inadimplência, considerados atrasos superiores a 90 dias, caiu 0,2 ponto percentual, para 6,5%. A taxa média de juros do crédito para as empresas caiu 0,4 ponto percentual, para 22,6% ao ano. A inadimplência das empresas caiu 0,1 ponto percentual, para 3,4%. Esses dados são do crédito livre, em que os bancos têm autonomia para aplicar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros. No caso do direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura), a taxa de juros do crédito para as empresas caiu 0,8 ponto percentual, para 7,9% ao ano. No caso das famílias, a redução chegou a 0,2 ponto percentual, com taxa de 7,7% ao ano. A inadimplência do crédito direcionado ficou estável em 0,5% para as empresas e caiu 0,2 ponto percentual para as famílias (1,7%). O saldo das operações de crédito no país chegou a R$ 2,830 trilhões, em junho, com crescimento de 0,9% no mês e 11,8% em 12 meses.

Kelly Oliveira, Agência Estado

29 de julho de 2014, 10:52

BAHIA “Governo investiu quatro vezes mais em estradas”, diz Rui

Foto: Divulgação

Rui Costa, candidato a governador da Bahia pela coligação “Pra Bahia Mudar Mais”

Os R$ 2,8 bilhões investidos para recuperação de oito mil quilômetros de estradas em todo território baiano e mais R$ 270 milhões previstos para melhorias em outros mil quilômetros são apontados pelo candidato ao governo Rui Costa, da coligação Pra Bahia Mudar Mais, como um dos diferenciais entre a gestão de Jaques Wagner e a de Paulo Souto. “Fico admirado quando ouço o candidato da oposição falar mal das estradas na Bahia. Além de não apresentar propostas e insistir nas críticas vazias, aposta na falta de memória da população”, atacou o petista, lembrando que nos últimos anos, a Bahia bateu recordes na construção e recuperação de estradas. “O atual governo investiu quatro vezes mais que o anterior. É visível a diferença. ‘São oito mil quilômetros de estrada em oito anos. Mil quilômetros por ano ‘”. A ampliação e melhoria da trafegabilidade tem sido prioridade do governo do PT, atesta o candidato, dizendo que ao assumir, em 2007, Wagner encontrou a malha rodoviária em total abandono, com estradas esburacadas, mal cuidadas, motivo de acidentes e frequentes assaltos a ônibus. Atualmente, dos 417 municípios, apenas nove ainda não estão com acesso pavimentado às principais vias da malha rodoviária estadual. “Mas todos os projetos e recursos estão garantidos para a execução dos trabalhos”, garante. O próximo governo fortalecerá a relação com os consórcios municipais, no sentido de viabilizar apoio para a estruturação e manutenção das estradas vicinais, através de patrulhas mecânicas, em parceria com o PAC II, usinas de asfalto, via apoio técnico do Derba. Todas as ações estão previstas no Programa de Governo Participativo do candidato petista, inclusive a duplicação das BRs 101, 116, contorno rodoviário de Feira de Santana a construção da 235. “Irei concluir a duplicação da BR 415, que liga Itabuna a Ilhéus, que está em processo licitatório, com investimento de R$ 7,5 milhões”. Os principais objetivos de Rui são a ampliação de capacidade nos principais eixos de integração, ampliando a capacidade no entorno dos principais centros urbanos e o adensamento da malha vicinal nas principais regiões agrícolas. O principal projeto estruturante proposto pelo candidato é o Sistema Viário Oeste (SVO), que objetiva aproximar a Ilha de Itaparica à Salvador, através da ponte, ampliando o sistema rodoviário da Ilha com a duplicação da Ponte do Funil, que será articulada com o Sul e o Oeste do estado, através da ampliação da BR 242 e implantação de via de Santo Antônio de Jesus até a BR 116.

29 de julho de 2014, 10:45

BAHIA Marinha resgata corpo da quinta vítima de afogamento no Rio São Francisco

A Marinha do Brasil retomou as buscas pelos corpos dos jovens desaparecidos no Rio São Francisco na manhã desta terça-feira (29). Segundo a polícia, o corpo da quinta vítima, Dieison Andrade Silva, 16 anos, foi encontrado a um quilômetro de distância do local do afogamento. Ainda está desaparecido Rogério Pereira Machado, 15 anos. O seis jovens se afogaram na tarde de domingo (27), no município de Serra do Ramalho, a cerca de 440 quilômetros de Salvador. Segundo informações da polícia, o grupo estava acampado no local para um retiro religioso que aconteceu durante o final de semana. Ao todo, cerca de 20 jovens estavam presentes no evento, no povoado de Passos. Todas as vítimas do afogamento moravam em Serra do Ramalho. As buscas começaram ainda no domingo por equipes da Marinha, Polícia Civil, Polícia Militar e da Guarda Municipal, além de pescadores da região. Os corpos de César Augusto Souza Prado, 20 anos, e José Eudes Barbosa da Silva, 15, foram localizados no mesmo dia. Na segunda (28) foram encontrados os corpos dos irmãos Ramon de Castro Lima, 15 anos, e Derilto de Castro Lima, 20. Leia mais no Correio.

Correio*

29 de julho de 2014, 10:30

MUNDO Itália envia sete aviões para combater incêndio em depósito na Líbia

O governo interino da Líbia informou hoje (29) que a Itália vai enviar sete aviões para combater o incêndio, iniciado domingo (6), num depósito de combustível em Trípoli, próximo ao aeroporto da capital, após ser atingido por um míssil. O país passa por uma grande crise e, desde o dia 13 de julho, milícias se confrontam pelo controle da infraestrutura aeroportuária da capital. A grande instabilidade levou vários países a retirar cidadãos e corpo diplomático, entre eles os Estados Unidos, que fecharam sua embaixada na cidade. As autoridades líbias não descartam que o incêndio, se não for combatido a tempo, possa desencadear uma catástrofe se as instalações petrolíferas e gasíferas explodirem. Segundo o governo, a petrolífera italiana Eni também vai participar no envio dos aviões e de técnicos especializados no combate às chamas nas instalações da empresa Brega. O governo pediu às partes em conflito um cessar-fogo para facilitar os trabalhos dos bombeiros e a evacuação da área, num raio de 3 quilômetros ao redor das instalações. Ao todo, dois depósitos armazenam aproximadamente 90 milhões de litros de combustível.

Agência Brasil

29 de julho de 2014, 10:29

SALVADOR Mercado do Rio Vermelho terá novo horário de funcionamento

Foto: Divulgação / Flickr

Mercado do Peixe, Rio Vermelho

Os frequentadores do Mercado do Rio Vermelho devem ficar atentos ao novo horário de funcionamento do local a partir desta segunda-feira (28), que será de 8h às 4h do dia seguinte de segunda a quinta-feira, e das 8h às 6h do dia seguinte às sextas, sábados e vésperas de feriados. A medida foi definida ontem, durante reunião entre a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), por meio da Coordenadoria de Feiras e Mercados (CFM), e representantes da Associação dos Permissionários do Mercado do Rio Vermelho. Os horários poderão ser revistos e ampliados em caso de datas festivas e no período de alta estação, quando aumenta o movimento de clientes. Outros pontos definidos foram a ampliação do horário de fiscalização pela Semop, que passará a ser 24h, assim como a realização da Operação de Ação Integrada (PAI) no local, para coibir poluição sonora oriunda de veículos estacionados no mercado e atuação de ambulantes irregulares. No encontro também foram debatidas questões estruturais do espaço como iluminação, ambulantes, ocupação do estacionamento, apoio da Guarda Municipal, número de mesas e cadeiras utilizadas pelos estabelecimentos, sanitários e coleta de lixo, dentre outros assuntos. A próxima reunião acontecerá no dia 1º de setembro, quando serão feitas avaliação de resoluções e pendências, assim como a apresentação da minuta do Regimento Interno do Mercado pelos permissionários.

29 de julho de 2014, 10:21

MUNDO Ataques deixam 22 civis mortos no leste da Ucrânia

Pelo menos 22 civis foram mortos nesta terça-feira em duas cidades do leste da Ucrânia, informaram autoridades locais. O uso de foguetes não guiados no confronto entre forças do governo e rebeldes separatistas pró-Rússia tem causado mais mortes nas últimas semanas e é criticado por grupos de direitos humanos. Com os combates acontecendo numa grande parte da região, investigadores internacionais foram impedidos mais uma vez nesta terça-feira de visitar o local no qual o avião da Malaysia Airlines caiu. A prefeitura de Lugansk, que é controlada pelos rebeldes, disse nesta terça-feira que cinco pessoas foram mortas quando um asilo de idosos foi atingido por disparos de artilharia. A televisão russa mostrou imagens de corpos em cadeiras de rodas cobertos por cobertores. O porta-voz ucraniano da área de segurança, Andriy Lysenko, disse que os rebeldes bloquearam a ferrovia, o que impede os moradores de sair da cidade. “Se antes conseguíamos organizar viagens de trem adicionais entre Lugansk e Kiev, agora eles bloquearam completamente a linha férrea”, afirmou Lysenko. Ele também acusou os separatistas de usar crianças como escudos humanos e de impedir carros de deixar Lugansk. Não foi possível verificar a veracidade das informações. Em Horlivka, cidade sitiada por tropas do governo, o escritório do prefeito informou que 17 pessoas, dentre elas três crianças, morreram após um ataque com bombas. O escritório do prefeito disse que tem havido graves danos a casas e escritórios do governo no centro da cidade. Também foi informado que o andar mais alto de uma escola foi destruído após ser atingido por uma bomba. Os rebeldes acusam o governo de usar indiscriminadamente artilharia pesada contra bairros residenciais em área sob seu controle. Uma missão de monitoramento da Organização das Nações Unidas (ONU) na Ucrânia disse que tem havido um alarmante crescimento da quantidade de armamento pesado em áreas civis de Donetsk e Lugansk, o que inclui artilharia, tanques, foguetes e mísseis que estão sendo usados para infligir baixas crescentes e danos à infraestrutura civil. A ONU disse em relatório divulgado nesta semana que o uso de tais armamentos representam uma violação à lei humanitária internacional. “Há o crescente uso de armamento pesado em áreas que são basicamente cercadas por prédios públicos”, disse Gianni Magazzeni, que lidera o escritório da ONU que observa os acontecimentos na Ucrânia. “Toda a legislação internacional precisa ser aplicada e totalmente respeitada.” O governo ucraniano afirmou que proibiu o uso de artilharia em áreas com alta densidade populacional e, por sua vez, acusa dos separatistas de atacar civis, numa tentativa de desacreditar o Exército. O número de mortos tem aumentado. A ONU disse que pelo menos 1.129 pessoas foram mortas entre meados de abril, quando os combates tiveram início, e 26 de julho. Pesados confrontos também se espalharam por outras áreas da região, dentre elas cidades não muito longe do local da queda do avião da Malaysia Airlines. Lysenko disse que dez soldados foram mortos e 55 ficaram feridos em confrontos nas últimas 24 horas. Um grupo de oficiais da polícia e especialistas forenses da Holanda e da Austrália estão atualmente em Donetsk na expectativa de viajar para o local onde o Boeing 777 caiu. Pelo terceiro dia consecutivo, a delegação foi forçada a cancelar seus planos de ir até a área onde estão os escombros da aeronave.

Agência Estado

29 de julho de 2014, 10:08

BRASIL Aneel: pagamento de distribuidoras ficará para agosto

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, confirmou nesta terça-feira, 29, que o órgão regulador vai adiar o prazo de pagamento da energia no mercado pelas distribuidoras novamente, desta vez para o fim de agosto. Segundo ele, a agência pode antecipar a data caso os recursos do empréstimo de R$ 6,5 bilhões com o consórcio de bancos sejam liberados antes disso. Na segunda-feira, 28, o Broadcast, serviço de informações em tempo real da Agência Estado, informou que a data seria postergada, pois a previsão é de que o dinheiro do financiamento só chegue às mãos das distribuidoras de energia no dia 10 de agosto. O prazo para esse desembolso originalmente era 10 e 11 de julho, e havia sido remarcado para esta quinta-feira, 31. Mas o governo ainda não conseguiu finalizar os trâmites do novo empréstimo. “O processo tem um rito mais demorado, mas tudo já está bem encaminhado”, disse Rufino. As despesas que serão alvo de adiamento totalizam R$ 1,322 bilhão das distribuidoras com a compra de energia no mercado de curto prazo. A conta envolve apenas os desembolsos de maio, que são pagos com dois meses de defasagem. Rufino disse que a data de pagamento da energia adquirida pelas distribuidoras em junho deve permanecer a mesma – 6 e 7 de agosto. Segundo ele, o valor deve ser bem menor do que os desembolsos de maio. A assinatura do contrato entre as instituições e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que intermedeia o repasse do dinheiro às empresas, está prevista para ocorrer apenas no dia 7 de agosto. Os recursos devem ser liberados no dia 10, e devem ter as mesmas condições do primeiro financiamento, de R$ 11,2 bilhões.

Agência Estado

29 de julho de 2014, 10:00

BRASIL Receita faz operação para combater crimes aduaneiros no Espírito Santo

A Receita Federal realiza hoje (29), pela Alfândega do Porto de Vitória, no Espírito Santo, a Operação Três Elementos para combate a crimes aduaneiros e mapear pontos de interesse para ações de vigilância e repressão em portos. A operação combina deslocamento aéreo, marítimo e terrestre. O órgão informa que a operação conta com 20 servidores, entre auditores-fiscais, analistas e servidores de apoio, que vão trabalhar no helicóptero modelo EC-135, na lancha Denebola e em quatro viaturas terrestres da Alfândega. A Receita tem usado aeronaves e lanchas nas ações de fiscalização em vários estados brasileiros, inclusive no Espírito Santo.

Agência Brasil

29 de julho de 2014, 09:50

EXCLUSIVA Como Borges e Zé Rocha impediram troca na Bahiatursa

A denúncia publicada na revista Veja desta semana sobre cobrança de propinas a empreiteiros por parlamentares do PR estaria entre as razões para o partido ter adiado a troca de seu comando na Bahia do deputado federal José Rocha, atual presidente da agremiação na Bahia, pelo colega João Bacelar. Este também teria sido o motivo porque o governo do Estado suspendeu a substituição do secretário estadual de Turismo Pedro Galvão por um indicado de Bacelar. Com base numa denúncia do ex-ministro dos Transportes César Borges, ex-presidente do PR baiano, à presidente Dilma Rousseff, a revista acusa Bacelar de ter cobrado propina de um empreiteiro que presta serviços ao Ministério. Pelas mãos do mesmo Borges, a denúncia teria ido parar, antes de ser publicada na revista, na mesa do governador Jaques Wagner (PT), que sustou a mudança na Bahiatursa. Por rejeitar a pressão dos parlamentares de seu próprio partido, o ministro foi obrigado a deixar a pasta dos Transporte para se abrigar na dos Portos. Uma fonte do governo estadual contou a este Política Livre que, ao tomar conhecimento de que Bacelar se movimentava para exigir a secretaria de Turismo, Borges e o deputado Zé Rocha se anteciparam e reproduziram a denúncia ao governador. Wagner, que afirma não se pautar por denúncias na imprensa, agiu de forma diferente desta vez. Afinal, não quer que nada dificulte a tentativa de fazer o sucessor. Quanto à troca no comando do PR na Bahia, por determinação da direção nacional, só deve ocorrer também depois das eleições.