Frase do dia

O que nós estamos assistindo no Oriente Médio, pelo amor de Deus, é um genocídio, é um massacre.

Marco Aurélio Garcia, chefe da Assessoria Especial da Presidência da República. comentar

25 de julho de 2014, 19:15

BRASIL Doleiro da Lava Jato passa mal na PF e é internado

Foto: Divulgação

Doleiro Alberto Youssef

O doleiro Alberto Youssef, alvo maior da Operação Lava Jato, passou mal na manhã desta sexta feira, 25, na Custódia da Polícia Federal em Curitiba (PR). Ele foi removido em uma ambulância do SAMU para um hospital onde os médicos constataram alteração dos batimentos cardíacos do preso. Por prevenção, Youssef foi submetido a um cateterismo e permanece internado, sob escolta de agentes da PF. O doleiro já é réu em cinco ações penais no âmbito da Lava Jato, investigação sobre lavagem de dinheiro que pode ter alcançado R$ 10 bilhões. Ele foi preso no dia 17 de março, em São Luís (MA).

25 de julho de 2014, 19:00

SALVADOR “ACM Neto sepulta mentiras do PT”, diz Leo Prates

Foto: Divulgação

Líder de DEM e vice-líder do Governo na Câmara Municipal de Salvador, Leo Prates

Hoje (25), data do lançamento do Programa Primeiros Passos, o líder de DEM e vice-líder do Governo na Câmara Municipal de Salvador, Leo Prates, frisou que “com esta ação; que é o maior programa de transferência de renda da história do município de Salvador e outras, a gestão ACM Neto desmente as mentiras do PT segundo as quais este seria um governo municipal que governaria para os ricos”, afirmou. Diversas mães que não conseguirem vaga na rede municipal de creches terão um local deixar seu filho. No primeiro ano, a Prefeitura investirá R$ 20 milhões no projeto. Enquanto a mãe não consegue a vaga na rede pública, ela recebe uma ajuda financeira, por criança, em idade de atendimento nas creches. O projeto Primeiro Passo foi concretizado após um Projeto de Indicação (PIN 506/13) propondo este “auxílio-creche” apresentado por Prates. “É a segunda mentira do PT que o prefeito ACM Neto desmente com ações concretas. O PT também insistia em divulgar que ACM Neto era contra a política de cotas raciais. E ele implantou uma norma que estabelece uma cota de 30% para negros nos concursos públicos. Aliás, maior que a cota do Governo Federal, que é de 20%”, finalizou Prates.

25 de julho de 2014, 18:50

BAHIA Incra reconhece Quilombola de Tijuaçu e beneficia famílias

Foto: Divulgação

Publicação significa o reconhecido pelo Instituto de que a área de 8,4 mil hectares é um território quilombola

O Território Quilombola de Tijuaçu, na Bahia, tem portaria de reconhecimento do Incra publicada, nesta sexta-feira (25), no Diário Oficial da União (DOU). A publicação significa o reconhecido pelo Instituto de que a área de 8,4 mil hectares, onde vivem 828 famílias, é um território quilombola. O Tijuaçu abrange os municípios de Senhor do Bonfim, Filadélfia e Antonio Gonçalves, situados a 450 quilômetros de Salvador. Trata-se da área com maior número de famílias beneficiadas pelo Programa Brasil Quilombolas no estado. A portaria de reconhecimento consolida o Território Quilombola de Tijuaçu como remanescente de quilombo e dá legitimidade ao conteúdo do Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID), publicado em 2010. É 12ª portaria publicada que favorece territórios quilombolas baianos. Com o reconhecimento, o Serviço de Regularização de Territórios Quilombolas do Incra/BA inicia a elaboração do kit decreto, que reúne as documentações necessárias, para que a área de Tijuaçu possa ser decretada como de interesse social pela Presidência da República. Com o decreto presidencial, o Instituto poderá iniciar o processo de arrecadação das terras públicas e obtenção de imóveis rurais e posses inseridos no perímetro. São 39 propriedades particulares e 37 posseiros.

25 de julho de 2014, 18:45

BRASIL Modelo do pré-sal é armadilha para Petrobras, diz KPMG

As regras do modelo de partilha, que estabelecem a Petrobras como operadora única e com ao menos 30% de participação nos consórcios das áreas do pré-sal, representam uma “armadilha financeira” para a estatal. A avaliação é do líder da KPMG, Manuel Fernandes, que também é presidente do Comitê de Energia da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham), que realiza nesta sexta-feira, 25, a conferência “Libra: repercussões para o mercado e o que esperar do novo modelo de partilha”. “Ela tem muita competência e capacidade, mas o fato de operar 30% no mínimo gera uma dificuldade de previsibilidade no mercado. Quando você vê o tamanho da conta que precisa ser investida, essas coisas são contraditórias”, avalia Fernandes. “É uma armadilha financeira para a Petrobras”, afirmou. As críticas partiram também do presidente da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), Eloi Rodriguez. Segundo ele, com o atual modelo, os leilões não geram interesse para investidores e por isso só contarão com uma oferta, como aconteceu com a área de Libra. Leiloada em novembro, a primeira área do pré-sal recebeu apenas a oferta do consórcio formado por Petrobras, Shell, Total e as chinesas CNPC e CNOOC. “Só vai ter oferta de quem a Petrobras escolher. A operadora é única, não tem escolha”, avaliou. O presidente da PPSA, estatal que fiscaliza a exploração nas áreas do pré-sal, Oswaldo Pedrosa, rebateu as críticas e afirmou que o tema é “página virada”. “A lei foi discutida no Congresso. Agora, isso tem que ser levado para frente. Novos leilões vão acontecer, e não devem ser como Libra, que é sem igual no mundo todo. A atratividade dos leilões é imensa”, garantiu.

Antonio Pita, Agência Estado

25 de julho de 2014, 18:35

SALVADOR Severiano: Salvador perdeu verba para construir 150 escolas

Foto: Divulgação

Candidato a deputado federal, Severiano Alves (PDT)

Ainda que a Prefeitura de Salvador tenha lançado dois programas de educação infantil, hoje, chamados “Primeiro Passo” e “Primeira Infância”, a medida não compensa a perda da verba federal para a construção de 150 creches. Este é o entendimento do candidato a deputado federal, Severiano Alves (PDT), que carrega como expertise a presidência do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e da Comissão de Educação da Câmara Federal, além de três mandatos dedicados a bandeira da educação. “Sabemos das dificuldades geográficas da cidade e do crescimento desordenado da cidade. Da mesma forma, sabemos que existem muitas áreas para desapropriar como casarões antigos, abandonados e ocupados pela marginalidade, o tráfico de drogas. São esses espaços que poderiam estar a servir as 53 mil crianças de 0 a 5 anos, de Salvador, que estão fora das escolas, de acordo com o último senso do IBGE”, contrapôs Severiano. Da verba que o Governo Federal viabilizou para construir 200 creches, a administração municipal identificou apenas 50, denunciou o pedetista. “Considerando que cada creche poderia atender até 200 alunos, só aí significa a perda de inclusão de 30 mil crianças. A bolsa de R$ 50 é um paliativo que não supri o aprendizado oferecido nas 150 creches que deixaram de ser construídas, até mesmo porque o custo médio de um aluno é de R$ 265, valor com base nos cálculos dos 25% da receita destinado a educação”.

25 de julho de 2014, 18:30

BAHIA Equipes vão fiscalizar a propaganda eleitoral

Foto: Divulgação

Equipes serão coordenadas por servidores da Justiça Eleitoral, que terão o poder decisório durante as rondas

Preocupados com a poluição visual que já toma conta da cidade de Salvador, a Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA) e a Justiça Eleitoral vão formar equipes de trabalho para fiscalização da propaganda eleitoral no Município de Salvador e exercício do poder de polícia. As equipes serão formadas por servidores da PRE, das 1ª e 6ª Zonas Eleitorais, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), da Prefeitura de Salvador e de entidades públicas e privadas que desejarem integrá-las. As equipes serão coordenadas por servidores da Justiça Eleitoral, que terão o poder decisório durante as rondas. Eles receberão orientação dos juízes Eleitorais com atribuição para exercer o poder de polícia. A Prefeitura de Salvador ficou responsável por fornecer a estrutura humana, material, logística e de armazenamento, com destaque visual, inclusive, de que está a serviço da Justiça Eleitoral para implementação da fiscalização. Já as entidades públicas e privadas poderão aderir ao trabalho, prestando apoio operacional ou indicando representantes para participarem das diligências. As ações e iniciativas desse trabalho de fiscalização foram objeto de uma reunião da PRE com o Núcleo de Apoio às Promotorias de Justiça Eleitorais do Estado da Bahia (Nuel), do Ministério Público Estadual, o TRE, a 1ª e a 6ª Zonas Eleitorais, a Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município de Salvador (Sucom) e a Procuradoria-Geral do Município. O trabalho está amparado no art. 5º, parágrafo único, da Resolução TRE/BA nº 08/2014, de acordo com o qual “os juízes responsáveis pelo exercício do poder de polícia, com o apoio do Ministério Público e de outras instituições públicas ou particulares, poderão firmar equipes de trabalho para realizar atividades de fiscalização da propaganda eleitoral”.

25 de julho de 2014, 18:30

BAHIA Paulo Souto: “Vamos dar um basta na violência do Baixo Sul”

Foto: Valter Pontes/Coperphoto

Candidatos fizeram carreaa em Camamu

“Com tantas belezas e riquezas naturais, o Baixo Sul é uma região abençoada por Deus. Seu povo, que sempre foi alegre e hospitaleiro, não merece viver no inferno da violência desenfreada que invadiu as cidades e a zona rural nestes últimos sete anos e meio. Vamos dar um basta nisto!”, afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, ao lado dos companheiros de chapa, Joaci Góes (vice), e Geddel Vieira Lima (senador), nesta sexta-feira, dia 25. O sentimento de esperança de dias melhores da população do Baixo Sul era manifestado em acenos e gestos esfuziantes e entusiasmados por onde passava a carreata da chapa majoritária oposicionista. O cortejo motorizado partiu de Camamu, no final da manhã, e seguiu por Ituberá, Nilo Peçanha, Taperoá e Valença. Em cada uma dessas cidades, a comitiva da oposição, composta também pelos candidatos a deputado federal, José Carlos Aleluia, Cláudio Cajado e Hildécio Meireles, e estadual, Heraldo Rocha e Sandro Régis, fazia um corpo a corpo e realizava comícios, transmitindo a mensagem da nova Bahia. Paulo Souto garantiu que a segurança pública será uma prioridade em sua administração. “Se eleito, vou restabelecer a confiança entre o governo e a polícia. Aumentar e distribuir melhor o contingente policial. Além de investir em tecnologia e inteligência para combatermos com eficiência a criminalidade em todo o estado. A paz vai voltar à Bahia”, disse.

25 de julho de 2014, 18:25

BAHIA TRE-BA mantém multa contra Wagner por uso de propaganda

Foto: Arquivo / Política Livre

Governador Jaques Wagner

Está mantida a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que multou, em novembro de 2013, o governador Jaques Wagner (PT) a pagar multa de R$5.320,50 por irregularidade, durante as eleições 2012, no uso da propaganda institucional do Governo no município baiano de Alagoinhas. A decisão, dada por maioria dos membros da Corte Eleitoral, na sessão realizada na manhã desta sexta-feira (25/7), resultou de julgamento dos embargos de declaração com efeitos infringentes interpostos por Wagner com o propósito de reverter a condenação. A acusação é de que, se valendo do slogan “Bahia de Todos nós”, típico da propaganda institucional, foi criado um segundo slogan, “É o Governo da Bahia trabalhando em Alagoinhas”, para que Wagner alavancasse a candidatura de Joseildo Ribeiro Ramos, do mesmo partido, na disputa pela Prefeitura da cidade em 2012. A prática configurou conduta vedada pelo artigo 73, inciso VI, alínea b, da Lei 9.504/1997, a Lei das Eleições. Na votação, ao divergir do Juiz Wanderley Gomes, relator do processo, o Juiz Carlos d’Ávila, que havia pedido vista dos autos, enfatizou que os embargos deveriam ser inacolhidos por serem instrumentos previstos pela lei apenas como forma de corrigir omissão, contradição ou obscuridade no julgamento final do Tribunal. O entendimento é o de que tais vícios não existiam no Acórdão 1.335/2013, que trouxe a decisão do TRE-BA, consagrado pela unanimidade da Corte Eleitoral.

25 de julho de 2014, 18:15

BRASIL Santander diz que economia pode piorar se Dilma subir

Foto: Pedro Ladeira / Frame

Presidente Dilma Rousseff

O banco Santander fez um alerta a seus clientes mais ricos: se a presidente Dilma Roussef se estabilizar nas pesquisas de opinião para as eleições de outubro ou voltar a subir a bolsa irá cair, os juros subir e o câmbio se desvalorizar. Ou seja, a economia vai se deteriorar. O alerta foi dado nos extratos de julho do banco Santander para os clientes do segmento Select, que tem renda de mais de R$ 10 mil por mês. A divulgação pela imprensa do alerta enviado aos clientes no extrato de julho gerou um mal-estar geral no banco. Em sua página principal da internet, a instituição colocou um comunicado dizendo que apenas 0,18% de seus clientes receberam esse tipo de extrato e que o texto não reflete a posição da instituição. ”O referido texto feriu a diretriz interna que estabelece que toda e qualquer análise econômica enviada aos clientes restrinja-se à discussão de variáveis que possam afetar a vida financeira dos correntistas, sem qualquer viés político ou partidário. Sendo assim, o Banco pede desculpas aos clientes que possam ter interpretado a mensagem de forma diversa dessa orientação, e reitera sua convicção de que a economia brasileira seguirá sua bem-sucedida trajetória de desenvolvimento”, diz o banco no comunicado.

Agência Estado

25 de julho de 2014, 18:00

BAHIA Maurício de Tude diz aguardar processo de Luíza Maia e Caetano

Foto: Divulgação

Presidente estadual do PTN, Maurício de Tude

Em relação a matéria publicada na imprensa, dando conta de uma ameaça da deputada Luíza Maia (PT) e do ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT) de processar o PTN e seu presidente estadual, Maurício de Tude, ele declarou : “Aguardo com toda tranquilidade o processo que a deputada Luiza Maia e o ex-prefeito Luiz Caetano ameaçam mover contra o PTN, a justiça será feita, e eles serão punidos por explorar trabalho infantil. Agora falando em justiça, peço ao Sr. Luiz Caetano que passe no 1º Juizado Especial Criminal e na 32ª Vara Civil da Justiça em Salvador, pois os oficiais de justiça há mais de um ano, tentam intimá-lo no endereço que ele declara à Justiça Eleitoral como seu domicílio e nunca é encontrado. Quanto ao projeto da Cidade do Saber, a despeito dos milhões gastos mensalmente pela prefeitura numa cidade como Camaçari, é apenas um projeto piloto, pois não atende nem 3% das crianças e adolescentes matriculados na rede pública municipal e é objeto de auditoria do Tribunal de Contas, por indícios de desvios de recursos públicos, matéria que já levou os tribunais a condenar o casal petista,” finalizou.

25 de julho de 2014, 17:45

SALVADOR Aeroporto recebeu grande movimentação na Copa

Foto: Andréa Farias / Correio*

Durante o Mundial, 36,7 mil pessoas passaram pela capital baiana

O aeroporto de Salvador teve grande movimentação entre os meses de junho e julho por conta da Copa do Mundo. Segundo dados da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC-PR), o número de pessoas que passaram pela cidade foi maior até mesmo que no Carnaval. No dia 14 de junho, data com maior movimentação no aeroporto de Salvador durante o Mundial, 36,7 mil pessoas passaram pela capital baiana. O número é 15% maior do que o dia com maior número de passageiros ao longo do carnaval deste ano. Os 21 principais aeroportos brasileiros, que concentraram o fluxo de torcedores durante a Copa do Mundo, receberam 17,8 milhões de passageiros entre os dias 10 de junho e 15 de julho. Esse intervalo de tempo compreende o período entre dois dias antes e dois dias depois do final do mundial. O número é quase 13% maior que em igual período do ano passado, quando esses mesmos terminais receberam 15,8 milhões de pessoas. Guarulhos foi o aeroporto que mais movimentou passageiros durante a Copa, com 4,1 milhões de passageiros. O aeroporto do Galeão registrou fluxo de 1,92 milhão de passageiros. Em Brasília, foram 1,77 milhão de passageiros no período. O aeroporto de Congonhas, na capital paulista, registrou 1,41 milhão de passageiros. Em Confins (MG) foi registrada movimentação de 1,12 milhão de passageiros. O índice médio de atrasos superiores a 30 minutos nas partidas foi de 6,94% entre 10 de junho e 15 de julho. A SAC cita que na União Europeia, os atrasos com mais de 30 minutos em todo o ano de 2013 representaram 7,6% do total. O tempo médio de restituição de bagagem nos nossos aeroportos durante a Copa foi de 8 minutos e 36 segundos para os voos domésticos e de 28 minutos e 18 segundos nos internacionais. O check-in doméstico demorou, em média, menos de 11 minutos. E a emigração ocorreu em 5 a 7 minutos, cita o balanço divulgado hoje. A SAC argumenta que os principais aeroportos que atenderam as cidades-sede da Copa de 2014 receberam quatro vezes mais pessoas que os principais aeroportos da África do Sul durante a Copa de 2010. Segundo a Secretaria, passaram pelos terminais de passageiros sul-africanos cerca de 4 milhões e meio de pessoas entre 1º de junho e 17 de julho de 2010. Como comparação, a SAC cita que no Brasil, Guarulhos movimentou sozinho mais de 4 milhões de pessoas durante a Copa 2014.

Correio*

25 de julho de 2014, 17:30

MUNDO Israel rejeita proposta de cessar-fogo apresentada por John Kerry

O governo de Israel recusou hoje (25) a proposta de cessar-fogo apresentada pelo secretário de Estado norte-americano, John Kerry, informou emissora de televisão israelense. Segundo o Canal 1, o Gabinete de Segurança rejeitou por unanimidade a proposta de Kerry, “nos termos em que está”. O Canal 1 adiantou, porém, que os ministros continuarão discutindo o assunto. Kerry encontrou-se com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, e o ministro dos Negócios Estrangeiros do Egito, Samed Shukri, com a intenção de chegar a um acordo de cessar-fogo, após 18 dias de conflito armado, que já causou a morte de cerca de 800 palestinos, a maioria civis, e de 73 israelenses, 34 deles soldados. Os meios de comunicação informam que o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, não abdica do direito do Exército de destruir túneis usados pelos guerrilheiros do Hamas para lançar ataques em território israelense. A proposta de Kerry previa um cessar-fogo inicial, seguido de negociações entre delegações das partes envolvidas no conflito. O Hamas, a maior força em Gaza, rejeitou inicialmente a proposta de cessar-fogo, exigindo um acordo final antes da suspensão das hostilidades, mas esforços da mediação internacional obtiveram uma abertura para alcançar a paz. Kerry, que passou a última noite no Cairo, capital egípcia, manteve encontros com Ban Ki-moon e Samed Shukri e prometeu falar aos jornalistas ainda nesta sexta-feira.

Agência Brasil