Frase do dia

Como os fundamentos da economia podem melhorar devido a apenas dois meses de governo provisório? O próprio Ministério da Fazenda provisório reconheceu os fundamentos sólidos da economia, que foram construídos desde 2003.

Dilma Rousseff comentar

28 de julho de 2016, 13:15

BRASIL Operador do ‘departamento de propina’ da Odebrecht recebeu de outras empreiteiras

Foto: Divulgação

Dados constam em pedido de quebra de sigilo de empresas, segundo o MPF

O advogado Rodrigo Tacla Duran, apontado como um dos operadores das offshores criadas pelo “departamento de propina da Odebrecht”, recebeu R$ 36 milhões de empreiteiras investigadas na Lava Jato, entre elas, a UTC, Mendes Júnior e EIT. Os dados constam em pedido de quebra de sigilo de empresas que, segundo o MPF, são suspeitas de escoar a propina da Mendes Júnior. Somente da Mendes Júnior, o escritório Tacla Duran Sociedade de Advogados, entre 2011 e 2013, recebeu R$ 25 milhões. Da UTC foram R$ 9 milhões e da EIT outros R$ 2 milhões. A reportagem apurou que no caso da Mendes Júnior, os repasses ao operador são explicados na proposta de delação premiada em negociação com a Procuradoria-geral da República. Os valores seriam destinados a agentes públicos envolvidos em irregularidades em obras da Petrobrás e no governo do Rio de Janeiro. Até então, os investigadores tinham conhecimento apenas da atuação de Tacla Duran em transações envolvendo as contras secretas da Odebrecht. Com a quebra de sigilo das construtoras, os investigadores descobriram que duas empresas de TaclaDuran foram beneficiárias de pagamentos milionários de investigadas na Lava Jato. O advogado foi citado na delação de Vinicius Veiga Borin – executivo dos bancos Antigua Overseas Bank (AOB) e Mein Bank – como um dos responsáveis por criar e operar offshores da Odebrecht. De acordo com Borin, Tacla Duran era responsável por um grupo de offshores utilizadas para operacionalizar os pagamentos efetuados pelo Departamento de Operações Estruturadas – nome oficial da central de propinas da empreiteira, segundo os investigadores da Lava Jato. O Departamento de Operações Estruturadas foi alvo da 23.ª etapa da Lava Jato, que levou à prisão do marqueteiro João Santana, sua mulher e sócia, Mônica Moura, além do próprio Borin. Foi a partir da Operação Acarajé – assim batizada em referência a um dos nomes usados nas planilhas da contabilidade paralela da Odebrecht para propinas – que a força-tarefa da Lava Jato chegou ao núcleo dos pagamentos ilícitos da empreiteira.

Estadão

28 de julho de 2016, 13:00

BRASIL Fernando Cavendish e Carlinhos Cachoeira voltam para prisão

A Polícia Federal voltou a prender hoje (28) Fernando Cavendish, ex-dono da empreiteira Delta, e Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Os dois haviam sido presos, há cerca de um mês, por lavagem de R$ 370 milhões desviados de cofres públicos, no âmbito da Operação Saqueador. Depois de ficarem cerca de dez dias no Complexo Penitenciário de Bangu, eles passaram a cumprir pena em prisão domiciliar desde o dia 11 de julho. Também voltaram a ser presos hoje Adir Assad, Marcelo Abbud e Cláudio Abreu. Os três também tinham sido beneficiados com a prisão domiciliar e tinham deixado a penitenciária em 11 de julho. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da Polícia Federal. Ontem (27), a 1ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), no Rio de Janeiro, determinou que os cinco presos na Operação Saqueador retornassem ao presídio. Leia mais na Agência Brasil.

Vitor Abdala, Agência Brasil

28 de julho de 2016, 12:47

SALVADOR Prefeitura anuncia construção de complexo náutico nesta sexta (29)

O prefeito ACM Neto e os investidores da Todos os Santos Empreendimentos Imobiliários convidam a imprensa para uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (29), às 11h, no Palácio Thomé de Souza, quando assinam o memorando para a implantação do Complexo Turístico Marina de Todos os Santos, que será construído no Lobato.O novo empreendimento, cujo investimento é de R$35 milhões, prevê a implantação de um complexo turístico formado por uma marina náutica de lazer e de serviços e um empreendimento imobiliário que irá gerar 350 empregos diretos. O complexo contará ainda com o funcionamento de uma Escola do Mar, destinada à formação de mão de obra para atividades náuticas, com preferência para os moradores da região.​

28 de julho de 2016, 12:45

BRASIL “PMDB não tem sistema de corrupção organizado como o PT, mas Cunha, sim”, diz Marta

Foto: Divulgação

Pré-candidata à Prefeitura de São Paulo Marta Suplicy (PMDB-SP)

A senadora e pré-candidata à Prefeitura de São Paulo Marta Suplicy (PMDB-SP) afirmou nesta quinta-feira que, apesar de ter políticos investigados pela Justiça, não existe no PMDB um sistema de corrupção organizado como, na opinião dela, há no PT, sua antiga legenda. “Senti-me traída (pelo PT). O PMDB tem gente investigada e não tem sistema de corrupção organizado como tem o PT”, afirmou. “Da parte dele (Eduardo Cunha), sim”, emendou Marta durante sabatina realizada pelo portal UOL, o jornal Folha de S.Paulo e o SBT. Marta deu a resposta ao ser questionada se haveria um esquema de corrupção envolvendo o deputado federal afastado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), investigado pela Justiça e alvo de um processo de cassação do mandato. Marta disse que, “como todo povo brasileiro”, é favorável à cassação de Cunha, cuja proposta deve ser avaliada pelos deputados federais no plenário da Câmara em agosto. Para a senadora, não existe um grande partido sem investigados na Lava Jato e, na avaliação dela, a operação da Polícia Federal e do Ministério Público “veio para ficar e tem meu apoio”. Marta lembrou que o PT tem três ex-tesoureiros presos e disse que o partido decepcionou eleitores e não somente ela. No entanto, afirmou ter tranquilidade de que não terá o nome citado na operação, mesmo com empresas envolvidas na Lava Jato tendo doado dinheiro à sua campanha ao Senado, ainda pelo PT, em 2010. “Não temo ser investigada. Quem controlava as finanças e a comunicação do partido foi o partido e não eu. Temor zero”, resumiu a pré-candidata. Ela criticou ainda o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo fato de ele não ter assumido a candidatura à Presidência da República ainda em 2014 e de ter mantido o apoio à reeleição da agora presidente afastada Dilma Rousseff. Segundo Marta, após Lula não ceder aos apelos, ela teve uma última conversa com o ex-presidente e informou que deixaria o PT. “Eu tinha clareza que Dilma seria um desastre, e que o Brasil seria uma Venezuela. Ele (Lula) desistiu de ser candidato, eu disse que seria erro crasso e que buscaria o meu caminho. Depois disso nunca mais falei com ele”, afirmou a senadora. Ela considerou como o maior erro político de Lula, além da escolha de Dilma, o apoio ao atual prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). Marta defendeu o apoio recebido do vereador Andrea Matarazzo (PSD), que será seu candidato a vice, mesmo com as críticas feitas pelo parlamentar a ela no passado, quando a senadora ainda estava no PT e ele no PSDB.

Estadão

28 de julho de 2016, 12:35

BRASIL Marina lança hoje Ricardo Young na disputa em São Paulo

A ex-senadora Marina Silva será a principal estrela da convenção da Rede Sustentabilidade que lançará nesta quinta-feira, 28, a candidatura do vereador Ricardo Young à Prefeitura de São Paulo. O partido não formou aliança com nenhuma outra legenda na capital e concorrerá com uma chapa “pura”.Como a bancada da sigla na Câmara é de apenas quatro deputados federais, a Rede terá um tempo de TV irrisório no horário eleitoral gratuito e pouco dinheiro do Fundo do Partidário para gastar na campanha. A “penúria” será compensada com a presença de Marina. “Ela atuará intensamente nas mídias (sociais) e em caminhadas”, conta Young.A Rede lançará candidato em 15 capitais, mas o foco estará em três campanhas; Alessandro Molon, no Rio de Janeiro, Paulo Lamachi, em Belo Horizonte, e Young em São Paulo. A estratégia do partido é manter “aceso” o recall da ex-senadora, que é uma das líderes nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018.

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2016, 12:30

BRASIL CNA entrega a Temer lista com dez sugestões para agropecuária brasileira

O presidente interino, Michel Temer, receberá dos integrantes da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com quem está reunido, uma lista com dez sugestões de medidas para “garantir o crescimento e o fortalecimento da agropecuária brasileira”. A lista foi apresentada hoje (28) em um ato comemorativo pelo Dia do Agricultor, na Esplanada dos Ministérios, pouco antes do encontro com Temer. Entre as medidas sugeridas na lista entregue pelo presidente da CNA, João Martins da Silva Júnior, há pedidos para que o governo assegure aos produtores o direito de propriedade, de forma a garantir a paz no campo; modernização da política agrícola brasileira; redução e simplificação de tributos; implementação do Código Florestal; licenciamento ambiental de atividades rurais; modernização da relação de trabalho rural. Também estão, entre as demandas apresentadas, medidas que favoreçam o acesso a mercados internacionais; a priorização dos investimentos em infraestrutura e logística para escoamento da produção; promoção da assistência técnica e gerencial no campo; e o estabelecimento de um novo marco regulatório para registros agro-químicos. Além do presidente interino e de João Martins, participam da reunião cinco vice-presidentes da CNA; o secretário-executivo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Daniel Carrara; e representantes da confederação nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Roraima e Maranhão.

Pedro Peduzzi e Yara Aquino, Agência Brasil

28 de julho de 2016, 12:19

BRASIL Dilma diz ‘ter convicção’ de que conquistará votos contra o impeachment

Foto: Divulgação

Presidente afastada Dilma Rousseff

A presidente afastada Dilma Rousseff afirmou que acredita conseguir evitar o impeachment no Senado em entrevista à revista norte-americana Time divulgada nesta quarta-feira, 27. Questionada se conseguirá os 27 votos necessários contra o processo no plenário, ela respondeu “lutei para isso… e tenho a convicção de que posso vencer”. “Estou sendo julgada por um não crime. O que está acontecendo no Brasil não é um golpe militar, mas parlamentar. Está afetando as instituições, as erodindo por dentro, as contaminando. Então, eu acredito que essa luta requer uma arma. Vivemos em uma democracia e a respeitamos. A arma nessa luta é o debate, a explanação e o diálogo.” Na entrevista, Dilma voltou a defender a realização de um plebiscito para que o presidente que exercerá o mandato a partir de 2019 possa “comandar o País de uma forma melhor”. Ela também disse que o impeachment é misógino. “Quando uma mulher se torna a primeira presidente da República, abre espaço para uma avaliação da mulher que é muito estereotipada. De um lado são histéricas. De outro, insensível, fria e sem coração”, afirmou. A presidente afastada culpou a crise política por colocar o País em recessão, especialmente a partir do ano passado. À Time, falou ter tentado uma política a fim de prevenir que o pior da crise global chegasse. “Tivemos algum sucesso em 2011, 2012, 2013 e 2014″.

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2016, 12:00

ECONOMIA No Dia do Agricultor, Brasil quebra recorde de maior mesa de frutas do mundo

Quem passou pela Esplanada dos Ministérios na manhã de hoje (28) foi surpreendido com a maior mesa de frutas já exposta no mundo. Com 240 metros de comprimento e 18,8 toneladas de frutas, a mesa foi montada pela Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) como parte das comemorações pelo Dia do Agricultor. Certificado pelo Guinness Book, o Brasil bateu o recorde de maior mostruário de frutas do mundo, superando a Índia, que detinha o feito com aproximadamente 9 toneladas. As frutas como abacaxis, laranjas e bananas vieram de produtores rurais de diversos estados e, depois de atestado o recorde, foram distribuídas para as pessoas que passavam pelo gramado da Esplanada dos Ministérios, na região central de Brasília. O presidente da CNA, João Martins da Silva, disse que o evento foi organizado com a intenção de mostrar a grandeza da agropecuária brasileira. “Quando se fala na agropecuária brasileira, se fala em grãos, soja, algodão, mas a agropecuária brasileira é muito diversificada. O Brasil é um grande produtor de frutas e viemos mostrar para a população que produzimos frutas de qualidade e com segurança, isento de qualquer contaminação”, disse. No final da manhã, representantes da CNA se reúnem com o presidente interino Michel Temer para entregar um documento com um conjunto de dez medidas para garantir o crescimento e fortalecimento da agropecuária brasileira. Entre os itens do documento estão a redução e simplificação de impostos, a implementação do Código Florestal e a modernização da relação de trabalho rural.

Yara Aquino, Agência Brasil

28 de julho de 2016, 11:57

BAHIA Daniel Almeida nega que PCdoB tenha financiado viagem de Lula a Juazeiro

O presidente estadual do PCdoB, deputado federal Daniel Almeida, afirmou nesta quinta-feira, 28, que a sigla não desembolsou recursos para o evento em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou em Juazeiro, no dia 11. Na cidade, Lula recebeu título de cidadão juazeirense, além de participar do lançamento da pré-candidatura de Paulo Bonfim a prefeito. O partido comunista reiterou que o ‘presidente Lula foi a Juazeiro com recursos próprios’. A ação movida pelo PTC questionando com que dinheiro o partido bancou a ida de Lula a cidade, para Almeida, é típico de quem não gosta de democracia. a (CAB).

28 de julho de 2016, 11:53

BRASIL Lava Jato: STF ouve hoje ex-diretor da Câmara

Foto: Agência Brasil

Depoimento está sendo realizado em uma sala do STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) está tomando o depoimento hoje (28), pela manhã, do ex-diretor do Centro de Informática (Cenin), da Câmara dos Deputados, Luiz Antônio Souza da Eira. Ele é uma das testemunhas de acusação na ação penal em que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) responde pelo recebimento de US$ 5 milhões de propina em contas não declaradas na Suíça. O depoimento está sendo realizado em uma sala do STF. As audiências foram marcadas no último dia 11 e constam em despacho assinado por um juiz auxiliar do gabinete do ministro Teori Zavascki. Entre as testemunhas, figuram cinco delatores da Operação Lava Jato. Na semana passada, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, negou, por motivos processuais, pedido da defesa de Cunha para suspender os depoimentos das onze testemunhas de acusação. O ministro entendeu que não cabe habeas corpus, recurso utilizado pela defesa de Cunha contra decisão de um membro da Corte. O mérito da questão não chegou a ser analisado. No próximo dia 1º de agosto, serão ouvidos na Justiça Federal no Rio de Janeiro o ex-diretor da Área Internacional da Petrobrás, Nestor Cerveró, o ex-diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, e o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano. O empresário Júlio Camargo falará à Justiça Federal, em São Paulo, no dia 8 de agosto.

Michelle Canes, Agência Brasil

28 de julho de 2016, 11:41

ECONOMIA Arrecadação cai 7,33% no primeiro semestre, diz Receita Federal

A arrecadação federal de impostos e contribuições federais somou R$ 617,257 bilhões no primeiro semestre, com queda real de 7,33% na comparação com o mesmo período do ano passado, descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), utilizado pelo governo para estabelecer as metas. Em junho, o governo federal arrecadou R$ 98,129 bilhões em impostos e contribuições. O total representa queda real de 7,14 % em relação ao mesmo período de 2015. Os dados foram divulgados, hoje (28), pela Receita Federal, Foi o pior resultado para junho desde 2010. O resultado da arrecadação decorreu, principalmente, do desempenho da economia, evidenciado pelo comportamento dos principais indicadores macroeconômicos que afetaram diretamente a arrecadação de diversos tributos, destaca a Receita Federal. Segundo a Receita, entre os principais fatores que influenciaram a arrecadação em junho está a queda da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e Contribuição para o PIS/Pasep, com redução real de 8,45%. PIS/Pasep é a sigla do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), que são contribuições sociais devida pelas empresas. O resultado sofreu o efeito da diminuição de 10,20% no volume de vendas de bens. Houve ainda redução no Imposto de Importação e Imposto sobre Produtos Industrializados vinculados à importação com queda de 28,38% em razão da redução no valor em dólar da importação. No caso das receitas previdenciárias, a arrecadação registrou queda real de 3,14% no período. A arrecadação sofreu o efeito ainda da queda do Imposto de Renda-Pessoa Jurídica (IRPJ), com decréscimo de 7,58%.

Daniel Lima, Agência Brasil

28 de julho de 2016, 11:38

SALVADOR Convenção Municipal do PSOL vai homologar as candidaturas de Salvador neste domingo

Neste domingo (31) o Partido Socialismo e Liberdade, realiza a Convenção Municipal de Salvador, no Hotel Sol Victoria Marina, localizado no Corredor da Vitória, das 9hs às 13hs. Na oportunidade, serão homologadas a pré-candidatura do sociólogo Fábio Nogueira à Prefeitura da capital baiana pela sigla, os pré-candidatos a vereadores da legenda e será batido o martelo sobre os partidos que vão compor a chapa que vai disputar o pleito eleitoral. Após a realização da Convenção, os militantes e lideranças do PSOL ao lado de diversos movimentos sociais vão participar do Ato Político pelo “Fora Temer”, às 15hs, na praça do Campo Grande. Essa Convenção irá marcar a estreia do professor universitário e pre-candidato à Prefeitura de Salvador, Fábio Nogueira, no processo de disputa eleitoral, primeira candidatura do psolista. “Nossa campanha será um contraponto à velha política. Há uma frustração com os partidos políticos de uma maneira geral. Temos um presidente golpista (Temer) que é apoiado em nossa cidade por ACM Neto. Além disso, a esquerda precisa se reinventar, avaliar acertos e erros e se apresentar como algo novo”, destaca Nogueira, lembrando que o PSOL deve assumir um Programa dos movimentos sociais e dos cidadãos que não se sentem representados pelos políticos tradicionais. Um dos diferenciais da candidatura do PSOL será o recorte racial e popular representado pelo Programa Democrático e Popular e a coligação que será definida durante a Convenção. “Na cidade de Salvador nós negros somos 8 em cada 10 soteropolitanos e formamos a esmagadora maioria dos bairros mais pobres e periféricos. Somos uma cidade negra. Nossa cultura e tradições carregam em si tudo o que é africano. Ainda temos setores políticos conservadores que atuam para perseguir as religiões de matriz africana. Seremos uma alternativa política com a cara do povo de Salvador, que entende suas necessidades e vontades”, salienta o psolista.

28 de julho de 2016, 11:29

BRASIL Ministério da Saúde exonera 73 cargos comissionados

O Ministério da Saúde publicou hoje (28), no Diário Oficial da União (DOU), a exoneração 73 titulares de cargos de comissionados da pasta, dando sequência à reforma administrativa determinada pelo governo federal, com o objetivo de enxugar a máquina pública, segundo a assessoria do órgão. Este primeiro enxugamento abrange apenas cargos administrativos, não implicando, portanto, segundo assessores, em qualquer prejuízo no atendimento direto ao público. Após as exonerações, os cargos serão extintos. Entre os cargos afetados pelas portarias estão os de diretores, coordenadores, assessores, gerentes e assistentes da área.

Pedro Peduzzi, Agência Brasil

28 de julho de 2016, 11:16

SALVADOR Para Alice, popularidade de Neto não assusta ‘de maneira alguma’

Foto: Política Livre

A pré-candidata a prefeitura de Salvador pelo PCdoB, Alice Portugal, comentou a alta popularidade do prefeito ACM Neto (DEM) e disse que os números são apenas uma comparação do democrata com a ‘gestão desastrosa’ de João Henrique Carneiro, seu antecessor. Durante o encontro de pré-candidatos a prefeito ligados ao governador Rui Costa, Alice afirmou que o resultado não a assusta “de maneira alguma”. “A popularidade do prefeito é comparativa sobre a situação da cidade anteriormente. A cidade estava numa situação deplorável, e ele construiu embelezamento em vários pontos da cidade. E eu não sou contra o embelezamento. Se eu foi prefeita, vou continuar embelezando. Sou mulher, organizada, gosto de tudo bonitinho. Mas a cidade não precisa só disso. Precisa de muito mais. Precisamos tratar das pessoas”, declarou ao Metro1. “Pesquisa é o retrato de um momento, e a campanha dirá se seremos capazes de ser uma alternativa, uma esperança a mais para o povo de Salvador”, concluiu.

28 de julho de 2016, 11:14

BRASIL Diário Oficial publica reajuste de militares e servidores do TCU

Os novos valores a serem pagos em funções, cargos e vencimentos relativos ao plano de carreira de servidores do Tribunal de Contas da União (TCU) foram publicados hoje (28), no Diário Oficial da União (DOU). A mesma edição traz a lei que altera soldo e escalonamento vertical das Forças Armadas. No caso do Tribunal, o reajuste abrange os vencimentos básicos aplicados para cargos de auditoria, de técnicos e de auxiliares, além de funções de confiança e cargos em comissão. Já entre os postos e graduações beneficiadas pela lei que altera soldo e escalonamento vertical dos militares estão os de generais, capitães, brigadeiros, majores, tenentes, guardas-marinha, aspirantes, suboficiais, subtenentes, sargentos, cabos, taifeiros, soldados, marinheiros, recrutas e corneteiros. Leia mais na Agência Brasil.

Pedro Peduzzi, Agência Brasil