11 de setembro de 2019, 16:01

BAHIAMinistro diz que preocupação com dengue é maior na Bahia

Foto: Divulgação

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse hoje (11) que a região que mais preocupa este ano com relação à incidência de dengue, com a chegada do período chuvoso, é o estado da Bahia como porta de entrada da doença no Nordeste. Segundo dados do ministério divulgados hoje, Minas Gerais e São Paulo concentram as ocorrências de casos de dengue registradas entre 30 de dezembro e 24 de agosto. Mandetta informou que a doença está “claramente” se deslocando do Sudeste e do Centro-Oeste para o Nordeste. “Quando uma pessoa tem a dengue, ela vacina, ela ganha anticorpos”, disse o ministro, após participar de audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados. “A movimentação dessa epidemia, ela veio do Sudeste, em relação ao Centro-Oeste e está entrando no Nordeste. Ela interrompe por causa do ritmo das chuvas. Agora, voltam as chuvas. Aquela marcha que estava vindo, a nossa preocupação – lógico que a gente vai ter casos aqui, são populações maiores -, mas a preocupação é que ela está claramente indo em direção ao Nordeste”. Mandetta reforçou a importância da participação da sociedade e do cidadão no combate à proliferação do mosquito transmissor e destacou que a pasta vai divulgar as ações de conscientização antes do início do verão. Na semana que vem, será lançada a campanha publicitária de combate ao mosquito Aedes aegypti.

Agência Brasil

Comentários