14 de agosto de 2019, 16:04

SALVADORPara Moisés, relação de Rui com base na Câmara é “um equívoco”

Foto: Fernanda Chagas

O vereador Moisés Rocha (PT) admitiu, na tarde desta quarta-feira (14), que a relação do governador Rui Costa (PT) com sua base na Câmara Municipal de Salvador é “um equívoco”. No entanto, o parlamentar comemorou a visita do governador na Casa, onde é aguardado para apresentar o projeto do Veículo Leve de Transporte (VLT) – novo sistema que ligará o bairro do Comércio, na capital baiana, à Ilha de São João, em Simões Filho, na região metropolitana.

“A relação do governador com sua bancada de vereadores não é uma relação tão próxima porque é mais consolidada certamente com os deputados da Assembleia Legislativa. Acho que é um equívoco, mas infelizmente, ao longo do tempo, tem sido assim. Temos tentado corrigir essa distorção, afinal de contas Salvador é a maior cidade do nosso Estado, é a capital, uma das maiores cidades do país e a Câmara Municipal responde pelos moradores dessa cidade. Mas não é só o governador Rui Costa, governos anteriores ainda não conseguiram enxergar essa necessidade de ter uma interlocução mais próxima com os vereadores”, lamentou o petista.

Ainda em entrevista ao site Política Livre, Moisés relembrou que a última vez que foi recebido pelo governador foi em 2018. “Ainda quando vereador Zé Trindade era o nosso líder, salvo me engano, no ano passado. Zé Trindade conseguiu organizar uma reunião da base de vereadores de Rui Costa na governadoria”.

Fernanda Chagas e Raiane Veríssimo

Comentários