12 de julho de 2019, 18:27

BAHIAZé Neto evita polemizar com Otto sobre voto contrário à reforma da Previdência

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O deputado federal Zé Neto preferiu não polemizar com o senador Otto Alencar (PSD) que chamou de “incoerentes” os deputados baianos do PT, PCdoB e PSB que votaram contra o texto-base da reforma da previdência na Câmara dos Deputados. A tal “incoerência”, segundo o senador, seria pelo fato dos deputados estaduais dos mesmos partidos terem votado, no ano passado, a favor do projeto com mudanças na previdência enviado pelo governador Rui Costa (PT) à Assembleia Legislativa da Bahia.

“Temos nos estados um rombo muito grande e os esforços feito pelo governador Rui Costa foi exatamente para tentar fortalecer a previdência. Quando aumentou [a contribuição dos servidores estaduais] de 12 para 14%, fizemos combinado com vários outros estados do Brasil e que hoje a esmagadora maioria está culminando nesse sentido, mas sempre buscando que nossa previdência seja mais íntegra, o que aconteceu aqui em Brasília não vai muito nessa linha, a situação é outra. Prefiro não polemizar com Otto que é uma grande liderança do nosso campo de governo e merece todo nosso respeito”, amenizou o parlamentar.

Segundo Zé Neto, a aliança do PT com o PSD na Bahia é importante para a base de apoio do governador e não é nenhuma novidade ter diferenças entre os partidos que compõem a bancada governista de Rui no Congresso Nacional. “Temos uma aliança extremamente importante para a Bahia e para nosso projeto político, mas nem sempre vamos rezar na mesma cartilha, devemos respeitar as diferenças que existem, especialmente, em relação aos temas federais. Vamos tentar baixar um pouquinho a temperatura, deixar essa febre passar para discutir com mais calma esse assunto e evitar polemizar, pelo menos por enquanto”, pontuou o parlamentar petista.

Raiane Veríssimo

Comentários