11 de julho de 2019, 10:36

EXCLUSIVAMais da metade da bancada de Rui e totalidade da de Neto votaram a favor da reforma

Foto: Reprodução/Arquivo

Rui Costa não conseguiu conter os deputados de sua base que apóiam o governo de Jair Bolsonaro

Quinze parlamentares, dos 29 que integram a base do governador Rui Costa (PT), ajudaram a aprovar a reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro, em votação de primeiro turno, ontem, na Câmara dos Deputados, todos de partidos que apóiam tanto o petista, na Bahia, quanto o presidente da República, em Brasília. A ala da bancada federal baiana ligada ao prefeito ACM Neto (DEM), formada por 10 deputados, entregou, por sua vez, todos os votos necessários à aprovação da reforma. O voto favorável da turma de Rui ao governo foi facilitado pelo fato de o governador, percebendo que não poderia impedir os deputados que estão com o pé nas duas canoas – no governo estadual e no federal – de fazerem sua “média” com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente da República, acabou liberando a bancada para votar como quisesse. A decisão foi anunciada numa reunião na semana passada para discutir o posicionamento com relação à reforma. O único líder do grupo de Rui que buscou uma justificativa para puxar o voto da bancada de seu partido pela reforma foi o senador Otto Alencar (PSD), que alegou ter negociado uma pauta de interesse do governo baiano, a pedido do governador, em troca dos cinco votos do partido em favor da matéria. Petistas, comunistas e socialistas, ferrenhos críticos da reforma e do governo, estão entre os principais aliados de Rui que votaram contra, grupo em que se inclui ainda Félix Mendonça Jr., do PDT.

Reveja quem votou a favor e contra a reforma entre os deputados baianos:

A favor

Abílio Santana (PR)
Adolfo Viana (PSDB)
Alex Santana (PDT)
Antonio Brito (PSD)
Arthur Maia (DEM)
Cacá Leão (PP)
Charles Fernandes (PSD)
Carlos Cajado (PP)
Elmar Nascimento (DEM)
Igor Kannário (PHS)
João Carlos Bacelar (PR)
João Roma (PRB)
José Nunes (PSD)
José Rocha (PR)
Leur Lomanto Jr. (DEM)
Márcio Marinho (PRB)
Otto Alencar Filho (PSD)
Pastor Sargento Isidório (Avante)
Paulo Azi (DEM)
Paulo Magalhães (PSD)
Professora Dayane Pimentel (PSL)
Raimundo Costa (PR)
Ronaldo Carletto (PP)
Tito (Avante)
Uldurico Júnior (PROS)

Contra

Afonso Florence (PT)
Alice Portugal (PCdoB)
Daniel Almeida (PCdoB)
Félix Mendonça Jr. (PDT)
Jorge Solla (PT)
Joseildo Ramos (PT)
Lídice da Mata (PSB)
Marcelo Nilo (PSB)
Mário Negromonte Jr. (PP)
Nelson Pelegrino (PT)
Valmir Assunção (PT)
Waldenor Pereira (PT)
Zé Neto (PT)

Comentários