12 de julho de 2019, 19:31

BRASILDayane afirma que governo foi prudente ao indicar voto favorável a professores e policiais

A deputada federal baiana Professora Dayane Pimentel ressaltou, nesta sexta-feira (12), que o presidente Jair Bolsonaro, a equipe econômica do ministro da Economia, Paulo Guedes, e o PSL – partido do presidente e da parlamentar – entenderam que o sacrifício pedido a policiais e professores “já era muito pesado”. Segundo a parlamentar, foi prudente o voto favorável às duas categorias na votação dos destaques da reforma da previdência na Câmara dos Deputados.

“O PSL fechou questão, votando a favor dos professores e também dos policiais nos destaques da reforma da previdência. Essa foi a orientação do presidente Jair Bolsonaro e da equipe econômica, e eu entendo que ele [o presidente] foi muito prudente nisso”, apontou a deputada federal.

Comentários