13 de junho de 2019, 19:35

INTERIOR DA BAHIANos 30 anos de Madre de Deus, prefeito comemora dez meses sem assassinatos na cidade

Foto: Divulgação

O prefeito da cidade de Madre de Deus, Jeferson Andrade (PP)

Nesta quinta-feira (13) é celebrado o aniversário de 30 anos de emancipação política da cidade de Madre de Deus. Os festejos do aniversário foram iniciados com o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e do município. Logo após, o padre Milton conduziu a celebração de uma missa na Igreja da Matriz. O ápice das comemorações foi uma sessão solene na Câmara Municipal, onde o prefeito Jeferson Andrade (PP) aproveitou o seu discurso para mandar um recado para os próximos gestores do município. “Hoje diversas políticas públicas nossas são referência para a Bahia e para o Brasil. Portanto, não podemos retroceder. Programas como a escola em tempo integral em todas as escolas e o nosso projeto de esportes, com o Centro de Alto Rendimento (que possibilita a muitos de nossos atletas brilharem na Bahia e no Brasil), não podem, de forma nenhuma, parar”, afirmou. “O maior presente desta gestão aos cidadãos de Madre de Deus é o fato de estarmos há dez meses sem assassinatos e tentativas de homicídio. Não há nada como viver em um ambiente onde a violência não está nos rondando diariamente”, pontuou o chefe do Executivo municipal. A cidade conta com a Secretaria de Segurança Cidadã e o prefeito Jeferson Andade também atribui essa estatística ao trabalho social, com foco na formação das crianças e adolescentes. Presente ao ato, o deputado estadual Niltinho (PP) pontuou “a brilhante administração do prefeito Jeferson Andrade. Por onde caminho na Bahia, destaco as conquistas de Madre de Deus. E temos ainda muito trabalho pela frente. Sou o primeiro deputado que representa Madre de Deus e o meu gabinete é uma extensão da cidade”. Na sessão solene, um painel de fotos prestou uma homenagem a diversas mulheres da cidade. O evento contou com a presença dos secretários municipais, do presidente da Câmara Municipal de Madre de Deus, Paulinho de Nalva, e dos vereadores Cláudia Copque; Jodiane; Pastor Melk; Anselmo; Joyce Filha de Seu Hélio; Renato; Lindivaldo; Kikito e Val Peças.

Comentários