26 de junho de 2019, 18:06

EXCLUSIVAManassés não confirma saída da base de Rui, mas crava não ter “rabo preso com ninguém”

Foto: Divulgação

Manassés obteve 65.255 votos válidos na última eleição, sendo 25 mil somente em Salvador

Em meio aos rumores de que o suplente de deputado federal Manassés (PSD) pode deixar a base do governador Rui Costa (PT) e marchar com o prefeito ACM Neto (DEM) em 2020, o ex-deputado estadual em contato com este Política Livre, não somente deixou a possibilidade em aberto ao afirmar ainda ser muito cedo para qualquer tipo de posicionamento, bem como cravou não ter “rabo preso com ninguém”. Candidato do PSD mais votado em Salvador com 25 mil votos, ele ainda não descartou a possibilidade de ser candidato à prefeitura de Salvador. “Quem decide pelo PSD é o senador Otto Alencar [presidente estadual da sigla]. Neste momento, o governador não tem um candidato e nem ACM Neto tem 100% de certeza que de quem será o sucessor dele. De repente, até eu mesmo posso ser candidato. Quem não gostaria de ser prefeito de uma cidade como Salvador, é algo gratificante para qualquer político, mas ainda é muito cedo ainda para qualquer tipo de posicionamento”, minimizou.
Porém, ao ser questionado se havia insatisfação com a gestão de Rui, com o grupo ao qual integra, frisou que: “insatisfação existe em todo seguimento. Eu não tenho nada com o governo, não tenho cargo nenhum no governo e nem rabo preso com ninguém. Os votos que tive foi sem estrutura nenhuma, apenas através do meu projeto pessoal”.
Manassés, que obteve 65.255 votos válidos nas últimas eleições, se referiu as unidades da Instituição Social Manassés na Bahia, que recupera e reintegra jovens com dependência química.

Comentários